Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku Web Novel Online 4-06

Posted


Death March Web Novel Online 4-06

[Carruagem e Cocheiro]



Satou está aqui. Eu tenho uma carteia de motorista, mas, em
verdade, faz anos que não dirijo. Sendo um homem que mora no centro da cidade,
o transporte público já é o suficiente para me satisfazer. Embora, ter o meu
próprio carro seria bem conveniente para ir a um encontro...
 

◇◇◇

— Nós só temos charretes
a cavalo aqui. Se quiser comprar uma carruagem, procure na guilda dos
mercadores na muralha interna.
Tentei conversar com os cocheiros estacionados perto do
portão, mas ninguém estava vendendo carruagens por lá. Por acaso o que eu
estava fazendo era como tentar comprar um carro em um ponto de táxi? Isso me
deixou meio que envergonhado.
Rudy: Aparentemente, esses cocheiros são “taxistas” que levam as pessoas
do portão para o resto da cidade em suas charretes.
— Se você não se importar com uma usada, a guilda dos
mercadores deve ter. Eles estavam à procura de compradores se não me engano.
Um outro cocheiro nos interrompeu quando estávamos
conversando. Eu agradeço a ele, então subo na sua charrete e seguimos em
direção a guilda dos comerciantes. Quanto a nossa bagagem, peço a Liza e Arisa
que voltem com elas para a hospedaria.

◇◇◇

O cocheiro que me escoltou até a guilda, generosamente fez as
intermediações entre nós.
— Normalmente nós não venderíamos para alguém que não é
membro da guilda, mas já que você foi apresentado pelo Yosagu-san, vamos fazer
uma exceção.
Yosagu-san era o nome do cocheiro. Pode não ser de
importância alguma, mas o nome do vendedor era Sunifun-san.
Ele me mostrou duas carruagens: uma coberta, com o interior
de aproximadamente quatro tatames? Já a outra parecia uma caixa quadrada, com
dois metros de altura e espaço para a bagagem no teto. A largura dela era igual
a outra.
A coberta custava 10 moedas de ouro, enquanto a com formato
de caixa 30. A mais cara parecia mais robusta e segura, mas seria necessário de
4~6 cavalos para puxá-la. A quantidade de cavalos para a coberta iria depender
do peso da bagagem, mas se fosse algo leve, de 1~2 seria o bastante.
Como o que eu queria era segurança, decidi comprar a com
formato de caixa, mas o vendedor me disse que já que o centro de gravidade era
elevado, seria mais difícil de operá-la, por isso me abstive. Eu tinha uma
licença de motorista, mas dirigir uma carruagem? Já que eu não tinha qualquer
experiência era melhor agir com cautela.
Pedi para que me mostrassem o interior da coberta antes de compra-la,
mas, como eu poderia dizer isso, era normal? Debaixo do assento do cocheiro
tinha baú secreto para guardar coisas de valor. Aparentemente, tinha sido algo
remodelado pelo antigo proprietário.
— Eu gostaria de levar a carruagem coberta, mas teria como
preparar os cavalos para mim também?
— Claro, nós podemos conseguir dois [Cavalos Gontsu] da
guilda para você. Se estiver interessado em mulas, nós podemos conseguir
quatro, mas, dependendo da carga, pode ser que elas não sejam o mais adequado.
Contei a ele que o meu objetivo era chegar à cidade do
labirinto e que a carga seria de 6 pessoas mais a bagagem necessário, então ele
recomendou os cavalos para este serviço. Caso eu quisesse levar grandes cargas,
embora fossem mais lentas, mulas seriam melhores. Caso eu estivesse com pressa,
[Cavalos Shuberien] seriam a escolha certa, no entanto todos os disponíveis já
tinham sido comprados pelo estado.
O preço de tudo seria de 20 moedas de ouro, mas consegui
baixar para 18 e Sunifun-san ficou surpreso quando paguei tudo em cash. Isso
porque normalmente as pessoas fecham o negócio e pagam posteriormente, depois
de sacar o dinheiro.
— Acontece que estou com um pouco de pressa. Eu costumo ser repreendido
por agir assim na minha casa.
Tentei dar uma desculpa que sugerisse que eu era o filho
ignorante sobre o mundo de alguma família nobre.
— Satou-sama, já que está indo com apenas seis pessoas para a
cidade do labirinto, talvez seja um desperdício ir sem carga.
Você acha?
Realmente, só precisaríamos de metade do espaço disponível,
fora que Arisa e eu tínhamos habilidades de armazenamento.
— Que tipo de produto você recomendaria?
— Certo, acho que bestas e virotes teriam boa demanda na
cidade do labirinto. Aqui em Seryuu, elas são modeladas para abater Wyverns no
céu, por isso as especificações são bem mais elevadas do que as de outras
regiões, então acredito que vão vender que nem água. Além disso, o preço do
couro e da lã são baratos nessa época, então pode ser uma boa ideia fazer
ganhos com isso.
— Mas com sua licença, Satou-sama. O senhor tem a permissão
para fazer comércio?
— Infelizmente ainda não.
É preciso ter uma permissão?
— Isso é uma pena. Nós só podemos vender permissões pelo
preço de 10 moedas de ouro.
— É bastante caro.
 — Para comercializar
em pequena escala, você não precisa. Mas caso entre em uma cidade sem isso,
terá de pagar uma tarifa tão elevada que o seu ganho será praticamente nulo.
Entendi... então vai ser melhor
esconder as coisas no meu [Armazém] para fugir dessas tarifas... Mas não tenho
qualquer motivo para fazer dinheiro de maneira ilegal.
— Se você não tiver planos para fazer comércio com outras cidades,
eu sei de um produto que é isento dessa tarifa, mas se você for para outras
cidades, os impostos são enormes, então não faria sentido.
— Que tipo de produto?
— Como nós não temos demanda nessa cidade, não deram um nome
por aqui ainda, mas na cidade do labirinto eles chamam de Pó de Dragão.
Penso que a minha cara vacilou quando ouvi o nome do tal
produto. Já que o Sunifun-san perguntou, acabei contando a ele sobre a fraude
no distrito leste.
— Entendo, não é para menos que você fez essa cara. Mas, o
que temos aqui é garantido pela associação do comércio.
Eles vendiam um pequeno barril pelo preço de 10 moedas de
ouro, o mesmo mostrado no [Preço de Mercado]. Por falar nisso, parece que essa
mesma quantidade podia ser facilmente vendida por 20 moedas de ouro na cidade
do labirinto. Já que vale o dobro do preço, isso não significava que era
bastante rentável?
Ou então eu pensei, mas ele me disse que por causa das
tarifas caso eu entrasse em outras cidades ao longo do caminho, além dos custos
de transporte, o ganho final acabava sendo bem pequeno.
— Se você não conseguir vender, pode levar até a guilda dos
comerciantes de lá. Eles irão comprar pelo mesmo preço que vendemos aqui. Se
quiser, posso fazer uma carta de recomendação garantindo a qualidade do
produto.
Pensei em comprar uma grande quantidade de barris, mas acabei
decidindo me controlar, dando a desculpa que não sobraria espaço para água e
outros mantimentos. No final, carreguei comigo 6 barris de [Pó de Dragão], 100
peças de couro de cabra, 100 peças de lã, 10 bestas e 1000 virotes. Como tudo
deu 70 moedas de ouro mesmo depois de abaixar o preço, assinei um contrato
temporário para pagar amanhã quando viesse buscar os produtos.

◇◇◇

— Neste exato momento, estou viajando numa carruagem para
fora de Seryuu... Dito isso, não era como se eu tivesse já partido.
Depois terminar os negócios na guilda, perguntei se
Sunifun-san poderia me apresentar a alguém que pudesse me ensinar a dirigir.
Então, Yosagu-san que ainda estava me esperando disse “Permita que este velho
que lhe mostre se faz”, e foi assim que as coisas aconteceram.
No instante em que ele começou a me ensinar o básico...
>Habilidade: [Condução] foi adquirida.
Assim como sempre, tratei de colocar pontos nela e ativar.
Quer dizer que está numa liga
diferente da habilidade [Operar]?
Embora desajeitado, consegui controlar os cavalos na primeira
tentativa. Durante a prática, tratei de aumentar mais um ponto na habilidade. Apesar
de não me comparar ao Yosagu0san, que estava no level 3, pude manusear bem a
carruagem, então parei de colocar pontos na habilidade.
— Os jovens de hoje aprendem rápido, não é?
— Foi tudo graças ao senhor Yosagu que me ensinou muito bem.
Ignorando a trapaça de conseguir a habilidade, os
ensinamentos dele eram realmente fáceis de se entender. Como um bom instrutor, ao
menor sinal de erro ele já me corrigia. Especialmente quando eu manuseava os
cavalos como se fossem um carro ao invés de m ser vivo. Ele me repreenderia
energicamente...
— Você é bom nisso.
— Muito obrigado.
— Agora, vou te ensinar como apertar e afrouxar as rédeas dos
cavalos. Dependendo de quão bem você for nisso, poderá facilmente controlar a
fadiga dos seus cavalos. Se você valoriza eles, não negligencie essa parte.
Yosagu-san passou a me encarar com um olhar ainda mais sério
enquanto me ensinava isso. Ele provavelmente era alguém que adorava cavalos.
Depois de mais uma hora de treino, ele me aprovou como
cocheiro.
Inicialmente, achei que demoraria mais e Yosagu-san disse que
as pessoas normalmente só entenderiam de leve o conceito em um dai, por isso
ele estava impressionado comigo.
Antes de se tornar um cocheiro, ele trabalhava em uma
caravana antes de se tornar um cocheiro local aqui em Seryuu. Depois disso, me
ensinou várias cosias como quais bestas e lanças eram melhores para se proteger
uma carruagem, ou como eu sempre deveria obter água nas cidades por onde
passasse, já que nem sempre estariam disponíveis nos locais indicados do mapa.
Ele também me ensinou que sempre que eu desse uma parada, não poderia me
esquecer de alimentar os cavalos com uma pedra de sal e água.

 ◇◇◇

Nós retornamos para a guilda com a carruagem, já que a
charrete de Yosagu-san tinha ficado lá quando nós saímos para aprender a
conduzir. No caminho, nós conversamos sobre os bordeis da cidade e, pelo visto,
ele também era um apreciador de grandes seios.
Como agradecimento por tudo que tinha feito por mim, combinei
de irmos para o bordel que ele me recomendou por minha conta. Já que ultimamente
havia um monte de lolis ao redor de mim, essa seria uma boa oportunidade para
me divertir um pouco.
Rudy: Satou-kun, tem pelo menos uma loli que estaria disposta a se
divertir com você a noite toda, caso estivesse interessado.

◇◇◇

Antes de voltar para a Monzen com a carruagem
nova, passei na alfaiataria para pegar as minhas roupas. Cheguei bem na hora da
entrega e pude conhecer o tão falado alfaiate. Para a minha surpresa, quando
achei que já tinha visto aquele rosto em algum lugar antes, me toquei de que se
tratava da minha “parceira de banho” no outro dia. Que embaraçoso.
Mais impressionante ainda era que ela
também se lembrava de mim e me cumprimentou com um sorriso, mas não teve nenhum
desenvolvimento especial depois disso. Eu agradeci a ela pela qualidade das
roupas e fui embora.
Rudy: Que decepção, Satou-kun...

◇◇◇

Eu dirigi a carruagem até a entrada da Monzen. Martha-chan estava bem na
frente da porta, então informei a ela sobre a minha comprava. Como tinha vagas
no estábulo, ela me disse que não tinha problema estacionar lá, no entanto era
preciso pagar pelo serviço extra.
— Ueru comu~ (Welcome, Bem-vindo)?
— Nanodesu~!
Quando eu estava conversando com a
Martha-chan, Pochi e Tama vieram correndo para o estábulo. Tama provavelmente
queria dizer “Welcome”.
Outras duas pessoas saíram logo em
seguida, sendo uma delas a assistente-san (Yuni). Será que ela também não tem
preconceito pelo fato das meninas serem semi-humanas? De qualquer forma,
parecia que Arisa e as crianças estavam brincando na sombra de uma árvore no
jardim.
Não, acho que “brincando” não seria bem
a palavra. Estava mais para “aprendendo a ler” com os cartões.
Parece que no começo era Martha-chan
quem estava agindo como professora, ensinando as crianças. Mas depois, Arisa
propôs que, “Vamos colocar as cartas com as palavras para cima e quem puder
dizer qual é o contexto que está em baixo, fica com ela”. Como as outras
meninas nunca tinham entrado em contato que este tipo de brincadeira antes,
elas ficaram muito viciadas nisso.
Depois de duas horas jogando, quem mais
conseguiu cartas foi Arisa, seguida por Pochi, Lulu, Yuni, Tama e por fim,
Liza. Terminada a brincadeira, pedi para que as meninas tomassem de conta da
carruagem e dos cavalos e chamei Arisa para vir comigo no quarto. Quando
saímos, ví que o rosto de Lulu parecia meio perturbado.
Mas bem, depois
eu resolvo esse mal-entendido.
                                                      
             
Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku / Death March to the Parallel World Rhapsody


Se você gostou deste capítulo, Solucione o Captcha de Doação e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!



Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários