Death March Webnovel 2-11

Posted




Death March 2-11
[O Labirinto do Demônio – Parte 4]
Death March To The Parallel World Rhapsody Capa Capítulo 2-11

Satou aqui. Em séries clássicas, Labirintos sempre possuem tesouros, monstros e armadilhas misteriosas. Enquanto os riscos são imensos, os ganhos por aumentar de nível com facilidade também são enormes. Pode-se dizer que esta é a verdadeira emoção de se estar em um Labirinto.
Uma Equipe formada por apenas guerreiros com certeza é bem desequilibrada, não é mesmo?


◇◇◇


Após descansarmos mais duas vezes ao longo do caminho, cobrimos cerca de 80% do percurso até a saída e, desde o nosso último descanso, não achamos mais nenhum cadáver de vítimas.
Os equipamentos de Tama e Pochi já não eram mais as duas espadas ornamentais que encontramos na casa antes. As meninas agora estavam no level 13 e aparentemente as estatísticas de Semi-humanos eram por volta de três leveis acima de alguém da raça humana.
Elas também adquiriram algumas habilidades.
As habilidades de Pochi eram [Procurar inimigos], [Atirar], [Desossar] e [Espada Curta]. As de Tama [Desossar], [Coletar] e [Espada Curta]. Já Liza [Cozinhar], [Desossar], [Lança] e [Apunhalar].
Pode-se dizer que agora a força delas estava num nível completamente diferente de quando as encontrei pela primeira vez. Se um inimigo não tiver qualquer ataque que cause maus-estados, então mesmo que seja um monstro de nível 20, as três ainda seriam o suficiente para lidar com ele. Embora ainda seja perigoso enfrentar vários de mesmo nível de uma só vez, já que não tínhamos ninguém que pudesse atuar como “Tanker” no nosso time.
Rudy: Um “Tanker” é alguém especializado em se defender e distrair inimigos enquanto os membros especializados no ataque eliminam os monstros.
— A parede é, estra~nha?
Tama sentiu algo de errado com a parede dentro da sala e quando olhei bem para ela, descobri uma [Porta Secreta]. Verificando no mapa, certamente tinham uma passagem escondida atrás, no entanto...
Quando mudei o ângulo de visão do mapa, a mais ou menos 5 metros atrás da parede tinha uma abertura perpendicular com 100 metros de profundidade e 3 de largura. Um precipício, ou melhor, uma armadilha de fosso? Avisei a Tama e companhia para que não se aproximassem da parede.
Saindo da sala, o caminho formava uma encruzilhada, com três sobreviventes em uma das salas mais a frente. Como essas pessoas já estavam lá há mais de uma hora, provavelmente estavam descansando, o que significava que a sala era segura.
Embora eles estivessem a apenas cinco salões antes da saída, mas já que não possuíam um [Mapa] como o meu nada podia ser feito quanto a isso.
— Pessoal, parem!
O radar apontou um ponto vermelho, indicando que um inimigo estava se aproximando à grande velocidade. Já que se tratava apenas de um, me perguntei se ele tinha vindo de uma das outras salas.
Enquanto recuava com as meninas, aproveitei para checar as informações dele. Uma fera zumbi, raça morto-vivo, com cinco metros de comprimento e dois de altura. A mordida pode paralisar e seus ataques incluem também o uso das garras. Sua fraqueza era o elemento sagrado.
— O level é... de 40?
O varredor do labirinto, heim?
De fato, que nem em jogos antigos. Um monstro anormalmente forte iria aparecer para matar os jogadores que não conseguiram sair no limite de tempo estipulado.
Antes que nós entrássemos em contato com ele, retornamos para a sala e eu evacuei Pochi, Tama e Liza para o um canto da parede. A fera era muito forte e, se elas fossem descuidadas, poderiam acabar morrendo em um único golpe.
O monstro saiu casualmente da passagem.
Exercendo apenas a força necessária, heim?
A criatura que se revelou foi uma pantera negra com um chifre vermelho na testa.
De repente ela sumiu de vista!
Eu rapidamente chequei no radar, mas a posição do inimigo não tinha mudado...
Em cima!
Com um salto rápido e ricocheteando no teto para ganhar força, ela mergulhou usando todo o peso do corpo!
Abaixo de mim, senti o chão do andar rachando.
Ter tanta velocidade mesmo sendo um morto-vivo...
Se continuasse saltando desse jeito, as garotas beastkin poderiam entrar em perigo, por isso lutar de frente contra aquela coisa não era uma boa escolha.
Dando uma volta em círculo para tentar me amedrontar, a besta abriu sua mandíbula antes de começar um novo ataque, deixando uma abertura, que usei para atirá-la para longe.
A fera morta-viva aterrissou suavemente contra a parede, mas coloquei minha força nas pernas e ataquei, fazendo com que a porta secreta se quebrasse, derrubando-a no precipício... Amen~♪


◇◇◇


Agora, que tal ajudar os sobreviventes?
Do outro lado da encruzilhada, o andar estava coberto por linhas brancas e pegajosas.
— Grudento~?
— Meus pés estão grudando~ nanodesu.
— Isso é uma teia de aranha?
Tama e Pochi limparam o caminho com suas espadas.
Na sala, havia sete casulos, sendo que três deles continham sobreviventes. Nós deveríamos resgatá-los enquanto a aranha estava fora, mas na hora que as pessoas dentro dos casulos perceberam a gente se aproximando, começaram a se debater desesperadamente.
Só por precaução, chequei os status deles antes de ir ajudar.
Nidore, mercador de escravos com 40 anos de idade e level 11. Habilidades: [Negociação], [Tortura] e [Aritmética].
Visconde Jin Belton, Nobre com 33 anos de idade e level 15. Habilidades: [Magia de Fogo], [Chama Mágica] e [Sociabilidade].
Tana Belton, filha do Visconde Jin Belton. Nobre de 14 anos de idade e level 3. Habilidades: [Sociabilidade] e [Etiqueta].
O Visconde certamente seria de grande ajuda em nosso potencial de guerra. Mas, mesmo assim, o que fazia um Nobre naquela praça?
Nos dividimos para salvar a todos. Enquanto eu ajudava o Visconde, Liza ficou encarregada da filha, enquanto Tama e pochi se responsabilizaram pelo mercador.
No entanto, quando estávamos a meio caminho de libertá-los, uma aranha subindo pelo chão foi captada pelo [Radar]. Assim como na outra sala, tinha um precipício aqui também.
— Tem um inimigo chegando! Pochi, Tama, Liza, parem um momento com o resgate e se preparem para interceptá-lo!
As garotas imediatamente pegaram suas armas e se prepararam para o combate. Depois de uma série de batalhas, esse nível de cooperação já era esperado.
Felizmente, as bocas dos sobreviventes estavam tapadas, uma verdadeira benção disfarçada. Qualquer barulho a mais agora só iria atrapalhar.
A aranha emergiu de um buraco no chão.
Primeiro, a acertei com uma pedra na cabeça para distraí-la, então Liza perfurou a cabeça com sua lança, enquanto Tama e Pochi atacaram nas juntas da carapaça ao longo do corpo.
Cheguei a pensar que a aranha tinha morrido com o primeiro ataque, mas... para não ter caído mesmo depois de empalar a cabeça, de fato era um monstro.
Liza interceptou os ataques que vieram das patas e Tama, junto de Pochi, aproveitaram a abertura para causar mais ferimentos, reduzindo a barra de vida da aranha. Como parecia que iria demorar se continuasse assim, secretamente atirei uma pedra com força, dando o golpe final.
Deixando a recuperação do núcleo mágico com Tama, retornei para resgatar os sobreviventes.
— Estou salvo! Sou de uma família distinta que descende do fundador Yamato-sama, o atual chefe da família Belton, Viconde Jin Belton. Após sairmos deste lugar, aguarde uma boa recompensa, meu jovem!
— Muitíssimo obrigado, Visconde-sama. Me chamo Satou, um simples comerciante.
Assim que terminei de me apresentar, o resgate do Visconde foi terminado. Ele então correu até sua filha e tomou a faca de Liza, dando prosseguimento ao resgate. A razão para isso foi porque, ou não queria que uma semi-humana tocasse sua filha, ou porque gostaria de salvá-la ele mesmo.
— Muito obrigado. Sou Nidonre, um comerciante. Embora garotas possam não gostar muito de mim, já que o meu negócio é lidar com escravas.
— Muito prazer, meu nome é Satou e sou um comerciante também.
— Um comerciante...? Eu tinha certeza que você era um [Aventureiro].
Enquanto prestava atenção ao que Nidoren dizia, dei-lhe um pouco de água fresca.
— Que tipo de serviços esses [Aventureiros] fazem?
— Hm? Ah, sim! No reino Shiga eles são chamados de [Exploradores], não é mesmo? Eles exterminam monstros nos labirintos, recolhendo tesouros e núcleos mágicos. É um trabalho de alto risco, mas também de alta remuneração.
Tama voltou até a mim com o núcleo em mãos.
— Deixando o tamanho do núcleo de lado, a pureza é bem baixa. Talvez porque este labirinto ainda seja jovem.
De acordo com Nidoren-shi, depois de refinados, núcleos mágicos eram usados na criação de ferramentas mágicas e, quanto maior o grau de pureza, maior a eficiência na manipulação de magia, possibilitando a criança de ferramentas mais avançadas.
Rudy: O “Shi” é uma forma de tratamento assim como kun, san e sama. No caso, refere-se a alguém com mais conhecimento que você.
— Ainda assim, que brilhante coordenação. O adestramento delas foi bem longo, não foi? Escravas tão boas assim poderiam facilmente serem vendidas por 20 moedas de ouro cada. Eu adoraria negociar com você nem que fosse só apenas uma delas!
Pelo visto era melhor não contar a ele que as garotas não eram oficialmente minhas escravas, já que isso poderia acabar se voltando contra mim.
Pedi para que as meninas cuidassem de resgatar os mementos dos outros casulos e distribuí comida para a Visconde Belton e Nidoren. Obviamente, não foi carne de sapo.
Apesar de reclamar da baixa qualidade dos alimentos, o Visconde comeu avidamente. Quanto a filha, apenas petiscou o queijo e deu alguns goles de água. Ela realmente devia estar muito exausta.


◇◇◇


Três salas até a saída.
O Visconde estava suportando a sua filho com o obro durante todo este tempo. Eu deveria me oferecer para carregar ela? Fiz essa sugestão, mas foi recusada.
O problema agora era a próxima sala. Como em uma dungeon criada por um mau GM, uma horda de monstros estava à espreita e o pior era que não dava para se chegar até a saída sem passar por esta.
Liderando a horda estava um demônio de level 35, juntamente com um Cavaleiro Esqueleto, um Ceifeiro Esqueleto e um Guerreiro Esqueleto, todos de level 30, além de mais soldados esqueletos normais, entre os leveis 10~15.
Será que eu devia me trocar para o herói mascarado agora?
Olhando no mapa, o sacerdote de colarinho azul estava a apenas 10 salas de distância daqui. Eu particularmente queria me juntar a ele, mas a exaustão da filha do visconde me preocupava. Mais do que isso, cada sala até ele estava sendo guardada por três monstros do tipo morto-vivo e se tivéssemos que nos juntar passando por tudo isso, iria levar pelo menos 2~3 horas, enquanto que se derrotássemos a horda agora, a sala seguinte não teria inimigos...
Tama e Liza retornaram de sua ronda.
— Um monte de ossos~?
— Na próxima sala tem alguma coisa esférica alada junto de mais 20 monstros do tipo esqueleto. Acredito que seja melhor procurarmos por um desvio...
A proposta dela soava razoável, só que a saída estava logo à frente...
Bem, está na hora de mostrar as incríveis capacidades da minha habilidade [Enganar]! OSU!


Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!





Share on Google+

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários