Isekai Maou Lightnovel 9-4-3

Posted



Isekai Maou Light Novel Online Vol 9

O Solitário – Parte 3


A muralha ruiu, mas felizmente Diablo havia mantido o efeito de voo de suas botas, a [Dança do Céu Vazio], o que o preveniu de desmoronar junto dela.
Ele desceu até o chão da cidade, onde as pessoas estavam em pânico com a queda da estrutura com mais de 100 metros de altura, juntamente com a criatura de asas negras que estava nas costas de Rem.
Portanto, Rem continuava sendo manipulada. As asas cresceram e assumiram a forma de uma cabeça de bode outra vez.
Diablo teve um pensamento.
Mais ao leste da cidade tem um bando de Seres Demoníacos assistindo a tudo. Vai ser uma dor de cabeça se ele voar para lá.
Talvez por causa de sua aparência atual ou quem sabe pela [Restrição Física], mas a velocidade de voou do inimigo estava lenta. Ele se preparou para recomeçar o combate, no entanto, a situação não mudou.
Modinalaam rangeu os dentes.
— MALDIÇÃO, DESGRAÇADO...
— Mu?
— EU SOU! O GRANDE REI DEMÔNIO! AQUELE QUE ABSORVEU OS DEMAIS REIS! O ORIGINAL, O SUPREMO REI DEMÔNIO! O MAIOR PODER MÁGICO! O MAIOR PODER FÍSICO! O MAIOR EXÉRCITO DE SERES DEMONÍACOS! DE TODOS ELES... DE TODOS ELES, CONTRA UM INSETO DAS RAÇAS! PERDER PARA UM INSETO DAS RAÇAS!?
Suas mãos gigantescas pressionaram os chifres de bode em sua cabeça, fazendo sons de rachar. A cabeça de bode começou a ser esmagada e, com uma voz estranha, como se sangue bloqueasse a sua garganta, Modinalaam gritou.
— POR QUE, NARUYA!? POR QUÊ!? ESTE GRANDE REI DEMÔNIO É INFERIOR!? POR QUÊEEEEEEEEEEEE!!!
— Faltou fazer as devidas preparações.
— GYAAAAAAAAAAHHH!!! DIAAAAAAAABLOOOOOO....OGOH  OGOGOGO? OGOGOG...OH!?
Cedendo a grande pressão, sua cabeça foi esmagada, derramando sangue pelo chão. Com suas próprias mãos, Modinalaam deu um fim a sua vida.
Suicídio!?
Entretanto, a sensação opressiva não diminuiu e, acima de tudo, a consciência de Rem parecia que ainda não tinha retornado.
Quando decidiu dar um passo em direção a ela, uma serpente negra correu para fora do corpo de Rem.
— Ugh!?
Ele hesitou em disparar um feitiço ou não, já que ela estava na linha de fogo. Caso o golpe fosse efetivo, o dano ao corpo dela seria... mas caso fosse muito de vagar e não conseguisse se defender, ele mesmo seria...
De repente, um relâmpago passou raspando por sua cabeça, seguido pela voz de uma menina.
— Para trás, Diablo! Você vai ficar no caminho, noda!
— KRUM!?
E abandonar a Rem!? — Foi o que ele pensou, mas, naquela hora, decidiu confiar nela.
Diablo recuou usando sua magia de voo e imediatamente entendeu que tinha feito a decisão correta. Diversas cobras negras se amontoaram em volta de Rem até que sua figura despareceu no meio delas.
— Que merda está acontecendo aqui!?
— O [Rei Demônio da Insanidade, Modinalaam] está mostrando sua verdadeira forma, noda!
Krum, que havia corrido até onde ele estava, o respondeu. Shera também estava com ela.
— E quanto a Rem!? O que vai acontecer com ela!?
— Shera, fique calma, noda! Já que o Modinalaam está dentro dela, vai ficar tudo bem! Isso porque se o recipiente for morto antes que os preparativos para a ressurreição estejam prontos, o Rei Demônio será extinguido!
— Krum-chan, você sabe que não entendi uma palavra do que disse, não é!?
— Ah... em outras palavras, Se Rem morrer, Modinalaam também morre, então ela deve estar viva, nanoda!
— Eh...? Isso significa que se matarmos Modinalaam, a Rem morre!?
Krum balançou a cabeça para os lados.
— Isso não vai acontecer! Isso porque Maou irá arrancar aquele maldito de dentro dela!
— Hurray!
— No entanto, Modinalaam também sabe disso, noda. Mesmo tendo usado a Rem como refém, ele não pode ganhar do Diablo, por isso, o recipiente agora não passa de um ponto fraco para ele. Por causa disso, ele foi em busca de sua próxima forma e acabou daquele jeito.
Diablo decidiu fazer uma pergunta.
— Krum, o que esse idiota está planejando fazer?
— Ele vai reunir poder mágico, nanoda. Para conseguir um corpo forte o suficiente para ganhar contra você, mesmo que isso signifique encontrar sua própria destruição.
— O que você quer dizer com poder mágico? Reis Demônios não deveriam ter uma quantidade infinita disso?
— Umu, se estivermos saudáveis, é infinito, nanoda! Mas Modinalaam teve seu corpo original destruído, precisando escapar para dentro de Rem. Com seu poder mágico remanescente, ele não conseguiu ganhar esta batalha.
Então ele estava nesse tipo de dilema.
— Certo, mas o que você quis dizer com reunir poder mágico?
— Aquilo, noda. Assista e você entenderá.
Krum apontou para o horizonte. Incontáveis serpentes negras correram em direção aos Seres Demoníacos. Gritos de terror e agonia se levantaram, junto com explosões mágicas e artes marciais. No final, as serpentes não pararam, indo uma atrás da outra, devorando aos Seres Demoníacos e Bestas Demoníacas.
— Ugh...
Shera cobriu sua boca.
Quanto a Diablo, começou a suar frio.
— Por poder mágico... você quer dizer, os Seres Demoníacos!?
— É uma cena trágica, não é? Já que não há tantos com alta capacidade mágica entre os membros das Raças, ele não teve escolha senão predar Bestas e Seres Demoníacos, que certamente seriam uma boa fonte de poder.


◇◇◇


Quando as serpentes negras surgiram, o comandante em exercício, Owlrou  foi o primeiro a fugir.
O conselheiro, Lazpuulas gritou para todos.
— CORRAM! PROCUREM ABRIGO! NÓS DEVEMOS ESCAPAR!
A usuária de Bestas Demoníacas, Manuela bateu contra o casco aos seus pés.
— Grande Tartaruga, rápido, vamos embora!
— Com esse corpão enorme ela não vai conseguir a tempo!
Lazpuulas pegou Manuela sob seus braços e correu por cima do corpo da tartaruga, como se patinasse sobre o casco.
A maior parte do exército não fugiu e assistiram a cena se perguntando o que estava acontecendo. A força individual de cada um era grande, por isso o medo que sentiam era pequeno.
Será uma aniquilação total. — Lazpuulas correu com tudo que pode.
As Bestas Demoníacas de tamanho colossal que estavam na linha de frente do exército, foram as primeiras a serem engolidas pelas serpentes.
— Grande Rei Demônio-sama!? Por qu...!
Gritos de terror surgiram entre os Seres Demoníacos que estavam mais próximos das Bestas.
A expressão de Manuela se tornou pálida.
— Por que... por que o Grande Rei Demônio-Sama está fazendo isso!?
Lazpuulas tentava desesperadamente carregar seu corpo pesado.
— Aquilo já não é mais o grande Rei Demônio-sama! Aquelas são serpentes venenosas que apenas desejam se saciar com poder magico!
— Para alguém chamado de Sacerdote, você não está cometendo blasfêmia!?
— Se sobrevivermos a isso, ouvirei o seu sermão até o final!
O Ser Demoníaco gordo e com cabeça de sapo, moveu suas pernas como o vento e correu. Ele não poderia ser considerado rápido, mas como as serpentes estavam distraídas comendo os demais Seres e bestas Demoníacas, ele conseguiu alcançar a floresta.
Imediatamente depois de Manuela e Lazpuulas alcançarem a floresta... foram cobertos por uma enorme sombra.
— Ah...
Se tratavam das serpentes negras.


◇◇◇


Shera gritou alto mais uma vez.
— Está mudando de novo!
— Umu! Parece que Modinalaam está próximo de seu estágio final, nanoda!
A aparência que Modinalaam assumiu foi a de um [Castelo] e Diablo reconheceu isso.
— ...É o [Castelo do Rei Demônio].
Embora tenha dito, a coisa real era muito maior do que no jogo. Em Cross Reverie, seria mais largo que a própria cidade de Faltra, o que era muito natural em enredos que a masmorra final fosse superior às cidades em tamanho.
Sua estrutura era composta por diversas torres alinhadas como lanças, sendo rodeadas por uma grande muralha. O portão, fazendo som ruidoso, se abriu diante deles.
Krum abriu sua boca novamente.
— É quase como se ele estivesse chamando por você, Diablo.
— Mu...
— Modinalaam acha que se lutarem lá, conseguirá vencer... ou talvez não.... Qualquer coisa que poderia ser chamada de ego já não existe mais nele. Tudo que resta é o desejo de lutar com você, nanoda.
— Rem também está lá dentro?
Krum assentiu.
— Umu. Maou sempre esteve com ela, então pode dizer pelo cheiro.
Naquele momento, outras pessoas vieram da cidade. Dito isso, como a muralha havia se tornado uma montanha de escombros, o que era dentro ou fora dela se tornou algo vago.
— Yaa, Diablo-san. As coisas ficaram bem ruins, não é?
Quem veio primeiro foi Sylvie, com Lamnites logo atrás dela.
— O que é aquilo? Um castelo? Quando o construíram?
— Ao que parece é só uma sombra do que costumava ser o Grande Rei Demônio Modinalaam.
Ouvindo a explicação de Diablo, Lamnites fez uma expressão de que estava incrédula, mas não disse nada a esse respeito.
Sylvie decidiu fazer uma pergunta para Krum.
— Aquela coisa é uma montanha maciça de poder mágico, certo? Já que não tem um corpo físico, é possível manter a sua forma por um longo período? Eu gostaria de ouvir a opinião de um Rei Demônio de verdade~
Ei, essa linha não está claramente dizendo que “Há um falso Rei Demônio aqui”, não é!? — Foi o pensamento que Diablo teve, mas decidiu se manter quieto.
Krum balançou a cabeça.
— Umu! Essa coisa se formou com o acúmulo de poder reunido de vários Seres Demoníacos, mas no final vai tudo desaparecer, noda! Provavelmente não vai restar mais nada pela manhã.
— Se é assim, então que bom!
— Só que... se você esperar por isso, não vai ser nada seguro para essa cidade, sabe?
— Ah... é assim mesmo?
Sylvie coçou sua cabeça.
Olhando mais de perto, serpentes negras se estendiam para além do falso [Castelo do Rei Demônio] de tempos em tempos. Além disso, embora fosse devagar, a estrutura estava chegando mais perto.
Lamnites voltou seu olhar para o castelo.
— A essa velocidade, deverá chegar a Faltra em uma hora. Não sei dizer até que distância essas serpentes conseguem alcançar, mas se dissermos que seja o mesmo que um [Rifle Mágico], a cidade estará em sua linha de fogo em aproximadamente 30 minutos.
Ela era uma [Atiradora Mágica] que afundou [Navios de Areia] em alta velocidade. A capacidade de mensuração de seus olhos era algo em que se podia confiar. Infelizmente, a este ritmo, eles não poderiam simplesmente rezar até a chegada do nascer do sol.
Lamnites deu ordem aos cavaleiros que estavam de prontidão atrás dela.
— Priorizem os feridos e evacuem os cidadãos para o portão leste! Quanto àqueles que queiram fugir para a capital real, deixem que passem, No entanto não haverão soldados para fazer a escolta! Todas as mãos disponíveis irão permanecer para defender este lugar até o fim!
— SIM, SENHORA!
Sylve olhou em volta com ansiedade.
— Você está pensando em lugar com aquilo!?  Nós estamos falando do Grande Rei Demônio que absorveu seu exército inteiro, sabe!?
— Não importa quem seja o inimigo... seis das oito torres da barreira ou estão de pé, ou podem ser facilmente reparadas. Quanto às demais duas, podem ser temporariamente fixadas em três dias, fora que a torre central na Guilda dos Feiticeiros está segura. Esta cidade é absolutamente necessária para proteger o território das Raças, por isso não podemos permitir que ela seja perdida! Se cairmos hoje, mesmo que o Grande Rei Demônio desaparecer, outros Seres Demoníacos poderão facilmente tomar as demais cidades indefesas, ou você poderia me dizer com toda certeza de que não há mais nenhum Ser Demoníaco nas proximidades com vida?
— Nn... Honestamente, acho que ainda tem alguns.
Indo pelo lado cauteloso, era possível que ainda existisse Seres Demoníacos que não estavam nas linhas de frente, por tanto, os militares e aventureiros correram para proteger a cidade.
Como se recolocando no lugar deles, outras pessoas vieram correndo para onde o grupo estava reunido e Shera acenou para elas.
— Rose-san! Edelart-san!
Assim que chegou, Rose abaixou a cabeça e curvou-se profundamente para Diablo.
— Estou terrivelmente arrependida, Mestre. Dê a esta Rose a punição apropriada... Em pensar que esta sucata imprestável estava dormindo enquanto o senhor lutava...
— Esqueça, isso não é necessário. E quanto a Sasala?
— Não importava o quanto tentássemos, ela não acordava.
Serio?
Um clima pesado se formou entre todos presentes. Embora fosse um momento crítico para todos os membros das Raças, a hora de dormir seria priorizada?
De repente, Diablo teve um pensamento.
Parando para pensar, Lumachina que é a Alta Sacerdotisa Chefe escolhida por Deus, tem aquele problema de “não receber o efeito de milagres”.
É bem provável que... de qualquer forma, não tente forçar ela. Uma espada é algo que só mostra seu verdadeiro brilho quando bem polida. Se ela precisa dormir, então que a deixem dormir.
— Entendido, Mestre.
Do outro lado, Edelgart estava olhando para o falso Castelo do Rei Demônio com uma expressão complicada no rosto.
— ...
— O que foi, noda?
A jovem Ser Demoníaca gemeu para a questão de Krum.
— Muitos~ companheiros... desapareceram.
— Ah, é verdade. Você era do grupo que foi tomado pelo Castelo do Rei Demônio.
— Sim... mas... eh~... hmmm...
Edelgart procurou pelas palavras certas para dizer. De certa forma ela era uma garota ruim em conversar, mas ninguém tentou apressá-la.
Depois de um tempo, Krum bateu palmas.
— Muito bem! Diablo, você já teve o suficiente de conversas chatas, certo? Agora escolha, o que faremos, noda!?
Diablo olhou para todo mundo em sua volta. Shera, Krum, Edelgart, Rose, Sylvie, Lamnites... e então, para o Castelo do Rei Demônio.
...Rem.
— Naturalmente, estou indo buscar minha propriedade de volta! Até mesmo Modinalaam deseja colocar um fim em tudo isso.
Krum mostrou seus dentes em um sorriso.
— É assim que o Mestre de Maou deve ser, nanoda! Aquela coisa não vai parar até que destrua o núcleo dele. Vá lá e lhe dê uma boa surra, nanoda!
Ouvindo as palavras de Krum, Shera inclinou a cabeça.
— Krum-chan, você não vem com a gente? Não vamos resgatar Rem juntas?
— Eu irei sozinho.
Diablo tinha um bom entendimento da força de Modinalaam. Além disso, o efeito de [Restrição Física] não funcionaria dentro do castelo. Isso porque a [Bomba Customizada] não era capaz de alcançar até lá. Caso a luta progredisse para algo semelhante à antes, ele não teria manobra suficiente para proteger aqueles ao seu redor.
Percebendo uma coisa, Diablo deu suas instruções ao grupo.
— Neste momento, ataques físicos perderam o seu sentido por volta desta área. Para aqueles que utilizam espadas ou lanças, o ideal é que as encantem para se tornarem ataques mágicos.
Se Modinalaam tivesse percebido isso de imediato, seria necessário pensar em outra contra medida. Já que ele continuou usando sua força sem qualquer hesitação, significa que sua cabeça não estava pensando em qualquer estratégia.
Sylvie fez uma cara de desgosto.
— Diablo-san, isso não é nem um pouco razoável! A maioria dos soldados e aventureiros usam ataques físicos! Mesmo um feitiço de alto nível... mal dá para encantar esse tanto de gente, sabe!?
— Mu...
Isso estava além de suas expectativas.
Agora que ela havia mencionado, neste mundo praticamente não existia investimento em encantamentos. Como Diablo teria qualquer feitiço usado em si refletido pelo [Anel do Rei Demônio], nunca teve interesse nisso. Será que conseguiriam proteger a cidade contra as serpentes negras agora que a maior parte do seu poderio foi enfraquecido?
De trás dele, uma voz se levantou.
— Sobre os encantamentos, permitam-me cuidar disso.
Quando se viraram, um grupo de feiticeiros e cavaleiros se aproximou. Eles então se dividiram, abrindo passagem para uma mulher charmosa e sorridente, que estava segurando um cajado.
— Diablo-san, já faz um bom tempo, não é?
— Celes!?
Talvez por tê-la chamado pelo apelido íntimo, os feiticeiros que faziam a escolta fizeram uma cara dura.
Ao lado dela também estava Galford.
— Recebi um relatório sobre a situação e a Guilda dos Feiticeiros decidiu fazer uma colaboração completa. Deixe este lugar para nós... os membros das Raças ainda estão enfrentando uma crise que ameaça a sua existência. Se aquela imitação do Castelo do Rei Demônio não for parada, não teremos qualquer chance de vitória.
— Galford, você chegou aqui com um ar todo importante... mas tem certeza que será útil nessa batalha?
— Gostaria de me testa para saber?
Ao menos sua sede de sangue não tinha diminuído.
Embora seus membros perdidos terem sido regenerados, em pensar que Galford já estaria de volta ao campo de batalha quando não tinha-se passado nem meio dia! Este era o significado de ser um herói da grande guerra anterior?
Celes interveio entre os dois.
— Diablo-san.
— Mu?
— Farei o meu melhor.
— Ah... umu, certo... Bem, tenha certeza de ajudar esses estorvos a serem úteis.
A atmosfera calma dela ajudou a suavizar o clima. Em uma situação assim, ter alguém assim poderia tanto ser para melhor quanto para pior.
Celes abriu a boca novamente.
— Eu te imploro, Diablo-san... traga a Rem-san de volta.
— Você tem certeza do que está dizendo? Não foi ela quem tentou tirar sua vida?
— Rem-san jamais faria algo assim. Tenho certeza que foi obra do Grande Rei Demônio. Aquela menina tem um forte senso de responsabilidade, grande perseverança... e muita solidão. Eu sempre desejei que Rem-san pudesse ser livre em cada sentido da palavra.
O discurso dela soava mais como uma oração, apesar de ser uma feiticeira.
Você nem precisava ter dito isso.
Diablo pegou seu cajado em mãos.

— Confiem tudo a mim!


Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!





Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários