Death March Webnovel 15-35

Posted



Death March 15-35 

[A Participação dos Cavaleiros de Ouro (3), O
Pequeno Herói]

O Capítulo não segue a perspectiva do Satou desta vez.

— [Reforço Físico], [Força Hercúlea], [Agilidade], [Concentração]
O jovem cavaleiro Marientail ativou suas skills.
Ele estava muito ciente da força do demônio superior a sua frente, mas o demônio em si, apenas encarou o jovem, como se não tivesse o menor interesse.
— Não faço ideia do que está pensando, mas você irá se arrepender de seu descuido!
[Já terminou? Eu (Wagahai), entediado.]
Usando a skill [Movimento Oscilante], ele se aproximou do demônio e então mudou a sua trajetória perpendicularmente.
No entanto, a finta do cavaleiro Marientail não foi capaz de afetar o demônio.
De sua posição, o jovem recitou o comando [Velocidade Crescente], a espada sagrada em sua mão brilhou e sua velocidade aumentou por cinco vezes.
O Demônio superior sorriu levemente para a ação do jovem.
Para ele, essa velocidade é tão boa quanto estar parado.
Sua boca se abriu, ao imaginar os últimos momentos do jovem, em deleite.
— Formação de Aceleração!
Um anel de luz surgiu a frente do jovem e ele foi explosivamente acelerado ao passar por ele.
A velocidade foi tamanha que sua imagem desapareceu por um instante da visão do demônio. Mais do que isso, sua intenção não era apenas atacar dessa forma, mas utilizar uma técnica que poderia aproveitar ao máximo possível a sua aceleração.
Mesmo assim.
[Uma simples aceleração mantendo a velocidade constante? Que ridículo.]
O ataque do jovem cavaleiro que havia sido acelerado ao ponto de deixar pós imagens, foi bloqueado pelo demônio por mero instinto.
Ele foi arremessado, quicando no chão enquanto quebrando o pavimento e finalmente colidiu contra a estante de uma loja de livros. Se corpo está coberto por uma pilha de livros que estavam na estante.
[Agora, me entretenha ainda mais, eu aguardo]
Uma pessoa normal teria morrido com este ataque. Mesmo que sobrevivesse, estaria gravemente ferido.
Mesmo que isso seja o senso comum, o olhar do demônio permanece na pilha de livros.
E assim...
Um flash de luz azul saltou da nuvem de poeira.
— WOOOOOOOOOOO!!!
Respondendo ao grito do jovem, a lâmina irradiou ainda mais em azul.
O demônio superior não pode contra-atacar, então bloqueou o ataque com sua espada larga vermelha escura. A colisão espalhou faíscas vermelhas e azuis ao redor.
[Uma batalha solitária, Eu lamento]
Subestimando o jovem que segura a espada sagrada com as duas mãos, o demônio superior balança o seu punho livre contra ele. Suas garras venenosas estão irradiando uma luz aterradora.
— Ele não está só!
Um homem de boa aparência fechou o espaço entre eles com [Movimento Oscilante] e com um flash de luz vermelha de sua lâmina mágica, tentou atacar o demônio, mas contra-atacou com sua calda. Felizmente o homem habilmente lidou com o ataque.
— Kigori-sama!
— Yo, Marientail. Desculpe o atraso!
Um raio luminoso voou em direção ao inimigo.
— Hehe, obrigado aos dois por ganharem tempo. Eu, o Homem Relâmpago gosto de fazer ataques grandiosos.
— Este foi o [Relâmpago da Ruina] de Rindolf-sama!
O ataque mágico realizado pelo mago mestre Rindolf-shi, conhecido como Homem Relâmpago, foi capaz de parar os movimentos do demônio superior.
[Uma bela surpresa, eu maravilhado]
Estufando seu peito, a pele queimada pela descarga elétrica se regenerou perfeitamente.
Mesmo magia avançada não era muito efetiva contra um demônio superior.
[Hora de retribuir o favor, eu ataco!]
Raios negros são disparados de seus chifres, indo em direção ao Homem relâmpago, que estava em uma das torres do castelo.
No entanto, uma barreira de luz apareceu antes que o ataque atingisse o castelo.
Esta foi a parede defensiva criada pelo Núcleo da Cidade.
Mas o demônio não parecia estar incomodado com seu ataque sendo neutralizado. Sua atenção está voltada aos canhões mágicos e cavaleiros fortemente equipados, reunidos atrás da muralha de luz.
[Brinquedos muito divertidos, eu digo]
Com um rugido, diversos círculos mágicos negros foram produzidos.
— Isso parece ruim, vamos impedi-lo, Sir Marientail!
— Sim!
Os dois avançaram contra o demônio superior irradiando traços de luz vermelha e azul.


◇◇◇


— M, maldição! Ele ainda pode usar as escamas em sua calda!
— Marientail! Desvie!
As escamas do demônio se transformaram, atacando ao jovem cavaleiro em seu abdômen.
O homem loiro se atirou na frente.
— Kigori-sama!
— Eu posso aguentar esse tanto de poder. Não as suas mãos, acabe com ele não importa o que aconteça!
As escamas se afundaram na armadura e no corpo do homem, sangue está escorrendo de sua boca.
— Sim!
O jovem cavaleiro se esforçou em segurar as lágrimas e avançou. A cobertura desesperada vinda do castelo mostrou-se ineficaz.
[Agora, sucumbam ao desespero, Eu recomendo]
Vários demônios grotescos surgiram debaixo do demônio superior.
Incontáveis demônios menores e medianos, montados em insetos monstruosos, surgiram do círculo mágico que se estendeu no espaço aberto.
Outros demônios menores com asas, surgiram no céu e começaram a destruir as casas ao redor.
— É como se os portões do inferno tivessem sido abertos.
Enquanto cuspindo sangue, o homem, com manchas negras sob os olhos, encarou os arredores.
Como a pessoa de maior level no exército territorial, ele entende que não há como o Condado de Seryuu se opor a esse exército demoníaco.
— N, não podemos desistir ainda! Mesmo que seja por apenas um instante! Precisamos ganhar mais tempo!
O jovem cavaleiro encorajou o homem de boa aparência.
O Demônio sorri para essa cena e começa a gargalhar, como se tudo isso fosse um espetáculo divertido.
— Depois de tudo isso, reforços da família real não virão. Mesmo se vierem, tudo já terá acabado.
— Abra seus olhos, Kigori!
O punho do jovem socou contra a face do homem de boa aparência.
— Não será apenas a família real— Kuro-sama também virá! E também a Ane-sama definitivamente os fará vir!
Uma pequena luz de esperança surgiu nos olhos do homem com essas palavras.
— Kuro— o seguidor do Herói, eh.
E então, o segundo round entre o demônio e os cavaleiros teve início.


◇◇◇


— Martha-san, me pergunto se as outras crianças do orfanato estão seguras.
— Está tudo bem, aquele lugar é tão resistente quanto o castelo, o cavaleiro Son-sama me contou.
Em um canto do abrigo sob a hospedaria, a pequena empregada, Yuni, e a filha da proprietária, Martha, estão divergindo sua ansiedade conversando em voz baixa.
Seus vizinhos e fregueses estão todos reunidos aqui.
Um especialmente ruidoso som trovejante ressoou.
Depois disso, tudo se tornou quieto.
— Talvez eles venceram os monstros?
— Vamos lá fora ver.
— Ei! Parem!
— Vou apenas dar uma espiada.
Um dos homens evacuados, livrou-se das pessoas que tentavam o impedir e abriu a porta do abrigo.
— Ei, como está lá fora?’
O homem que o tentou impedir estava preocupado, então ele perguntou ao homem que foi verificar o que estava havendo.
No entanto, ele ficou em silêncio e em seguida, algo caiu de cima.
— Au. O que é isso? Fede— UWAAAAAA!
Quando ele viu que se tratava da cabeça do outro homem, ele gritou em desespero.
O corpo do primeiro homem estava sem cabeça, jorrando sangue.
Mais gritos vieram do abrigo, que estava sendo dominado pelo medo.
Sons de mastigação começaram a ser ouvidos do telhado— o andar da hospedaria foi arrancado, irradiando a luz do sol no abrigo.
O responsável por isso, foi um inseto de tamanho colossal.
No instante em que a antena do monstro tocou no homem, os imensos Camelo-grilos perceberam as pessoas ali. Suas mandíbulas se estenderam e tocaram a área ao redor de Matha e Yuni, que estavam no canto da sala.
— GYAAA, socorro, pai, mãe, socorro, socorro!!!
— So, socorro, Satou-san!
As duas gritaram, mas apenas o casal da hospedaria teve coragem de enfrentar as mandíbulas e sua desesperada tentativa de resistir acabou quando eles foram vítimas das mandíbulas de outro monstro.
— Vamos salvar a Yuni nanodesu!
Uma esfera de luz azulada veio de longe e perfurou os dois pares de mandíbulas. E então, uma silhueta branca veio da esfera de luz e salvou as pessoas que haviam sido liberadas das mandíbulas.
— Lyuryu! Tome conta da Yuni e dos outros nanodesu!
— Lyuryuryuuu.
Um pequeno cavaleiro vestindo uma armadura dourada, pulou das costas de um dragão branco.
— Lâmina Mágica de Morte Certa (Vorpala)
Enquanto falava o nome da técnica, o cavaleiro de ouro atacou o corpo negro dos Camelos-grilos.
A camada defensiva vermelha escura dos monstros foi destruída no mesmo instante e o corpo duro como aço, foi perfurado como se fosse papel.
— Punição, nanodesu!
A espada do cavaleiro de ouro emanou uma forte luz azulada.
— H, herói-sama?
— É um pequeno herói-sama.
As pessoas que vinham saindo da hospedaria, falaram quando viram o pequeno Cavaleiro de Ouro.
— Lyuryuryuuu.
O dragão branco circulou no céu, indicando que havia mais inimigos se aproximando.
— Lyury! Traga a Yuni e os outros para baixo, nanodesu!-
— Lyuryuryuuu.
Como instruído pelo pequeno cavaleiro de ouro, o dragão branco desceu a família da hospedaria e a empregada.
Esta foi uma descida suave.
— Vocês estão feridos-nanodesu?
— S, sim, muito obriga— nanodesu? P, por acaso!...
Yuni estava quase perguntando, quando viu o pequeno cavaleiro fazer um sinal para manter silêncio.
Obviamente ela não conhecia nada sobre a cultura japonesa da era Showa, mas ela foi capaz de interpretar isso e parou de falar.
— Hero-sama, por favor, diga-nos seu nome.
— Pochi se Chama Cavaleiro de Ouro Amarelo-nanodesu!
— Cavaleiro de Ouro Amarelo-sama! Muito obrigado por nos salvar!
Mesmo que a pequena Yuni estivesse agonizando em sua mente “Você falou! Falou seu nome, Pochi-chan!” , ela resistiu a tentação de gritar isso enquanto dando um sorriso amargo e suando frio. E então, ela começou a gritar: “Cavaleiro de Ouro Amarelo”  o mais alto possível.
Ela é uma garota bem atenciosa aos seus amigos.
— Os outros não vieram junto?
— Zena foi para o labirinto-nodesu. Pochi irá com Lyuryu derrotar o demônio-nodesuyo.
— Então você veio derrotar o demônio! Cavaleiro de Ouro Amarelo-sama!
Enquanto tendo uma dor de cabeça pelo deslie verbal de sua amiga, ela transmitiu a sua conversa com a pequena heroína para as pessoas ao redor.
O admirável esforço de Yuni-chan não chegou até o Cavaleiro de Ouro naturalmente cabeça de vento, que estava com sua cabeça inclinada em confusão meigamente.
— Então aqui vou eu! Pochi irá trazer vários souvenires quando ela vier com o Mestre nodesu!
Yuni acenou para sua amiga quando ela partiu.
— Muito obrigado pela sua, Yuni-chan.
— Eh, Satou...
Ela se virou para a voz familiar, mas diante de si estava um rosto desconhecido. No entanto, quando ele gentilmente acariciou sua cabeça, trouxe de volta doces memórias.
— Sim, por favor, esteja normal na próxima vez.
— Claro. Eu farei isso.
Aquela misteriosa pessoa reuniu os outros, criou um abrigo subterrâneo com magia da terra e pôs uma poderosa barreira.
Tão esplendida, que mesmo aos olhos destreinados, a sensação transmitida é que estariam seguros ainda que o um Demônio Lorde atacasse.


◇◇◇


[Já acabou? Eu, insatisfeito]
A espada sagrada segurada pelo jovem cavaleiro ofegante, perdeu seu brilho e a soldado maga que ele estava protegendo, também já havia usado tanto poder mágico, que já não era mais capaz de se mover.
A única pessoa ainda capaz de lutar agora, era uma maga de vento.
O homem de boa aparência, Kigori, quem lutou junto ao jovem cavaleiro, já havia deixado o campo de batalha devido as suas graves lesões. Nesse momento, o Alto Sacerdote do templo de Garleon, Nebinen, estava desesperadamente tentando salvar sua vida por trás de uma casa em ruínas.
— ...■■■■■■■■■■ [Martelo de Ar]!
A magia lançada pela garota, que já havia se preparado para morrer, desapareceu antes mesmo de atingir o alvo.
[A composição é muito leve. Eu, classifico]
O Demônio Superior olhou para a jovem desesperada, quem havia se rendido no chão, com olhar de satisfação.
Demônios se deliciam com o medo e o desespero das pessoas.
Para aproveitarem este momento, eles continuamente atormentam os seus oponentes, enquanto os mantêm vivos.
— ...■■ [Martelo de Ar]!
Um Cavaleiro prateado surge no céu conjurado velozmente uma magia de vento.
A magia que poderia ter o mesmo efeito que a anterior, foi poderosa o bastante para que o demônio superior desse vários passos para trás.
Estilete de Vento!
Rudy: Sim, estilete. É uma classe de arma, da mesma forma que há facas, adagas e punhais. Não são sinônimos.
Recitando o mesmo verso sagrado da divina espada protetora do Reino, Claiomh Solais, sete estiletes dançaram pelo céu, enquanto emitindo um som claro.
Eles atacaram o demônio superior como aves de rapina, deixando traços de luz azulada em seu caminho.
[Por acaso você é um discípulo do Antigo Rei Yamato? Eu, maravilhado]
O demônio habilidosamente lidou com cada lâmina utilizando sua espada larga.
Estilete de Vento!
[Dois versos sagrados!? Eu, atônito]
Versos sagrados são únicos.
Esta era uma regra absoluta aplicada mesmo nas espadas sagradas concedidas pelos Deuses.
No entanto, o jovem de cabelos negros, quem criou o estilete, iria rir se ouvisse isso.
A única dificuldade foi a de colocar diversos circuitos em paralelo.
As lâminas de vácuo produzidas pelo estilete, gradativamente cercaram o demônio superior.
Ainda assim, havia uma grande diferença entre seres humanos e Demônios. Mesmo que a espada sagrada dançando no ar produzisse diversos ferimentos, o golpe decisivo ainda estava muito distante.
[Kukakakaka, sofra com o veneno deste sangue negro. Eu, alegrado]
Os soldados que inalaram o ar contendo sangue do demônio superior, começaram a cair no pavimento de pedra, tossindo enquanto cuspindo sangue.
Vendo isso, o Cavaleiro de Prata mordeu seus lábios sob o elmo. Ela suprimiu seu desejo se salvar seus aliados com uma magia de cura de atributo vento de larga escala.
O que ela precisa se focar agora é em repelir o demônio.
E então, ela completou seu feitiço antes mesmo de terminar os versos. E então fez seu movimento antes de entoar a última parte.
Estilete de Vento!
Recebendo o terceiro verso sagrado, os sete estiletes brilharam intensamente— e então se despedaçaram em partículas azuis.
[Poderia ser que não suportou o poder? Eu, ridicularizo]
— Tempestade
Sem ligar para a ridicularizarão do demônio, o Cavaleiro de Prata recitou o último verso de sua magia avançada de vento, preparada de antemão.
Ventos tempestuosos engoliram o demônio. Traços de luz dourada surgiram dentro da tempestade, como se fossem uma jaula.
Mesmo os ataques contínuos de seus braços negros, apenas faziam com que a jaula se fechasse mais e mais.
Esta magia foi criada adaptando a técnica da besta espiritual Garuda em uma magia de vento, criado especialmente para ela.
[Kuhahahah! Eu, maravilhado]
As lâminas de vácuo que surgiram dentro da jaula dourada, crucificaram o demônio.
Normalmente, mesmo inúmeras magias humanas, não poderiam exterminar um demônio superior, mas—
De dentro da tempestade partículas azuladas podem ser vistas. A magia de vento se transformou em um grande furacão azul.
[Você sacrificou um artefato sagrado apenas para me eliminar. Eu, comento]
O demônio superior, eliminado pelas partículas da espada sagrada, desapareceu em névoa.
— Isso foi graças a magia e as ferramentas que Satou-san me deu.
O Cavaleiro murmurou para si, sem que ninguém pudesse ouvir.
Um Cavaleiro de Ouro montado em um dragão menor prateado desceu até ela.
— Zena— err, nodesu, err, err.
— Cavaleiro de Prata Vento, não esqueça disso, Cavaleiro de Ouro Amarelo-san.
— É isso mesmo-nodesu! Pochi queria dizer isso-nodesuyo.
O Cavaleiro prateado colocou a mão em seu rosto e baixou a cabeça, tendo a mesma sensação que a Yuni mais cedo, mas ela rapidamente se recompôs e tratou de curar os feridos.
— Pochi e Lyuryu derrotaram todos as pessoas demônios-san-nodesu!
— Como esperado.
Ela disse levemente, mas não há muitas pessoas no Reino Shiga capazes de derrotar uma vasta quantidade de demônios medianos voadores em tão pouco tempo.
— Nenhum demônio lorde apareceu-nodesu?
O cavaleiro de Ouro fez uma pergunta perigosa enquanto meigamente inclinava sua cabeça.
— Sim, deve estar tudo acabado agora.
Se eles aparecessem assim tão facilmente, seria impossível viver em paz afinal.
As duas terminaram o tratamento de emergência e desceram ao solo.
— Você trabalhou muito bem, Yukel.
— Ne, Ane-sama!?
— Eu sou uma seguidora do Herói Nanashi, Cavaleiro de Prata Vento. Não sou sua irmã mais velha. Entendeu?
— Sim! Ane, digo, Vento-dono!
As orelhas do Cavaleiro de Ouro Amarelo abanaram enquanto os dois irmãos conversavam.
— Alguém está chamando-nodesu.
— Amarelo?
— Pochi irá sair por um instante-nodesu.
O Cavaleiro de Ouro subiu no dragão e voou pelos céus.
E ela foi até a parte de trás do templo da cidade de Seryuu.


◇◇◇


[Aqui está você— pequena heroína]
Uma criança com cabelos cor de mel está arrancando algumas pétalas de flores em um jardim.
O sorriso da criança estava em desacordo a sua idade.
— Pochi se chama Cavaleiro de Ouro Amarelo-nanodesu. O Mestre é que é o herói-nanodesuyo?
[Não, você realmente é um [Verdadeiro Herói]. Todos apenas têm mantido segredo de você]
— É mesmo-nanodesu?
O inocente cavaleiro de ouro inclinou a cabeça sem compreender o que a criança estava lhe dizendo.
[Sim, é mesmo-nanodesu. Por isso, eu quero que você, como heroína, derrote o demônio lorde.]
— O demônio Lorde é malvado-nanodesu? O Mestre disse para não derrotar Demônios Lordes bonzinhos-nodesu?
A batalha de seu mestre dentro do labirinto, flutuou na mente do cavaleiro de ouro.
[ Sim, é um realmente malvado demônio lorde Weaselkin, então está tudo bem. O Mestre irá lhe elogiar se você o derrota-lo.]
— Então Pochi precisa dar o seu melhor-nodesu! Pochi irá chamar a Zena agora-nodesu.
[Não, você não chegará a tempo se for assim. A minha heroína já está quase morta pelo demônio lorde.]
— Isso é mal-nanodesu.
Depois de dizer isso, o cavaleiro de ouro subiu em seu dragão, a criança sorriu satisfatoriamente.
Um sorriso que poderia fazer com que os amigos do cavaleiro de ouro se preparassem para lutar contra a criança, se o vissem.
[Você planeja ajudar?]
— Sim, nanodesu!
No entanto, o honesto cavaleiro não compreende, sem compreender, inconsequentemente concordou com o pedido da criança.
[Eu irei abrir um portal para o campo de batalha]
Um portal semelhante ao portão principal do templo, se abriu diante do cavaleiro de ouro e seu dragão branco.
A imagem de uma grande cidade em ruína, totalmente tingida de branco, surgiu a sua frente.
[Vá pequeno herói. E salve a minha heroína.]
— Sim-nanodesu! Pochi irá lutar duro-nodesuyo!

O Cavaleiro de Ouro respondeu alegremente e foi para o campo de batalha, junto ao seu dragão.


Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!





Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários