Death March Webnovel 17-03

Posted




17-3. Festa no Jardim (2)


Satou aqui. Os originais de muitos contos de fadas famosos possuem algumas partes grotescas. Embora todo sangue, ambientação vil e finais infelizes sejam ideais para lições de moral, eu prefiro finais ruins que sirvam apenas para encerrar a história.

◇◇◇

— Ah, eu já ouvi sobre isso!
Para minha infelicidade alguém reagiu ao aterrador “Fim do Mundo”, comentado pela Princesa Maryest.
— É uma frase dita pelo Deus Demônio para o Herói na obra [O Casamento do Herói], desuwa!
Lady Karina, que deveria estar competindo com Tama e Pochi pelos aperitivos de carne, caminhou até onde estávamos com um olhar brilhante. Ela provavelmente estava ávida em se juntar a uma conversa sobre heróis que tanto ama.
— Sim, é exatamente esta.
Maryest confirmou a referência.
— Não esperava menos da filha daquele que é renomado como o maior especialista na pesquisa sobre heróis, o Marquês Leon Muno. Esta linha foi deixada apenas na primeira edição, por isso são poucas as pessoas que a conhecem.
— Sua Majestade pessoalmente agraciou nossa família com a primeira edição! [O Casamento do Herói] é minha história favorita. Eu posso recitar todas as cenas românticas!
Ao que aprecia este [O Casamento do Herói] o qual elas falavam, se tratava de um conto de fadas protagonizado pelo Primeiro Herói, que foi responsável pela fundação do Império Saga.
A história é dividida em primeiro ato e ato final. O primeiro ato descreve as ações do herói junto a Deusa Parion, que fez sua descida a terra em um corpo mortal. Eles lutaram contra o Deus Demônio, que liderava sete Demônios Lordes, o banindo para a lua, além do espaço vazio. A linha assustadora sobre o fim do mundo foi à frase final que o Deus Demônio disse ao Herói.
O ato final foi exatamente como o nome sugere, narrando a passagem do herói por sucessivos julgamentos até ele ser convidado ao Reino dos Deuses como um Semi-Deus para casar-se com a Deusa Parion.
Talvez o jovem de cabelos negros que impediu a ressurreição do Deus Demônio no Império Saga tenha sido o Herói da primeira... Nah, sem chance. Misturar realidade com ficção serve nem de piada.
O que me lembra, certa vez li para Pochi e Tama um livro de gravuras com uma história similar, mas conteúdo levemente diferente. Pelo menos não tinha qualquer palavra perigosa como [Fim do Mundo]. Provavelmente aquele livro tenha sofrido uma série de revisões até ficar adequado para crianças.

◇◇◇

— Mas o que seria então esse [Fim do Mundo]?
Arisa impacientemente pediu por explicações.
— O Deus Demônio disse o seguinte para o Herói (...)
Lady Karina ajustou seu tom e recitou a fala do Deus Demônio.
— [Tais ações fúteis. Não importa quantas vezes renasça, seu desejo jamais se realizará.]
???: Não, não, não, apenas renascer não é o suficiente. A expectativa de vida dos Deuses é muito diferente da dos mortais, sabe?
Em seguida, outra pessoa juntou-se à interpretação.
— [Não, isso não pode ser verdade! Farei com que ele se realize não importa o que aconteça! Mesmo a Deusa deseja por isso!]
— [Não importa que a pequena Deusa queira, humanos não podem se  tornar Deuses também.]
???: Não é como se os Deuses fossem Omnipotentes o suficiente para garantir divindade a qualquer um, entendeu?
 Não consigo lembrar onde foi que já ouvi isso antes.
— [Sejam centenas ou milhares de vezes, tamanho feito é inalcançável para plebeus tais como tu.]
???: Se uma porção da alma não basta, então você só precisa juntar vários pedaços dela em uma só!
A voz de uma jovem ressoava dentro de minha cabeça.
— Nyuru~n?
Tama de repente se aconchegou em volta do meu pescoço.
— Tudo bem~?
Seus grandes olhos claros estavam diretamente focados em mim. As outras meninas também estavam voltadas em minha direção.
— Obrigado Tama. Não é nada.
A última parte foi para acalmar as outras, que pareciam estar com um olhar de ansiedade.
— Desculpe, acabei me perdendo na metade da história em diante. Pode me explicar o que seria esse [Fim do Mundo] objetivamente?
— Bem, acho que não tenho escolha. Permita-me recitar novamente para você.
Sem qualquer sinal de estar ofendida, Lady Karina narrou à história mais uma vez. Acho que me perdi lá atrás, em alguma parte entre centenas ou milhares de partes. Mais uma parte preocupante apareceu quando o Deus Demônio foi banido para a lua por uma espada negra criada pelo Deus Dragão.
— [Oh Herói, destemido herói que ultrapassa mesmo a mim, o Deus Demônio. Poderoso tu és, mas o fim do mundo virás inevitavelmente.]
— [O Fim do Mundo? Enquanto eu viver jamais permitirei que vocês façam o que bem entenderem com esta terra amada pela Deusa!]
— [Ouça bem, meu nêmeses. Em um futuro distante, três Grandes Demônios Lordes almejarão devastar este mundo. Tome isto como sinal do início do fim dos tempos.]
— [O mundo nunca irá acabar! Me tornarei  um familiar divino e protegerei a paz nesta terra!]
— [Então provarei de tuas palavras. No crepúsculo do fim do mundo, me erguerei novamente. Nos encontraremos caso tu sejas bem sucedido em ascender ao trono dos Deuses.]
Entendo, então o presságio para o fim do mundo seria o aparecimento de três Grandes Demônios Lordes, o [Rei Javali Dourado], o [Rei Ancestral Cabeça-de-Cão] e o [Demônio Lorde Goblin].
— Então talvez aquele cara de cabelo preto realmente seja…
Arisa fez uma cara séria, como se estivesse assumindo que esta ficção fosse algo real e assumiu que o homem de cabelos pretos que impediu a ressurreição do Deus Demônio fosse o Herói da primeira geração.
— Arisa, é só uma história.
— …É, você tem razão.
Se o primeiro herói tivesse realmente  conseguido se tornar um Demi-Deus, Aze-san teria me contado quando a perguntei sobre exemplos de sucesso em humanos ascendendo a Deuses.
— Mas, Satou. — Hikaru apontou para si.
Ah, é verdade. Hikaru usou um feitiço para ficar em animação suspensa por 600 anos após a fundação do Reino Shiga. O primeiro herói surgiu a pelo menos o dobro disso, mas sobreviver através do uso contínuo de poções de rejuvenescimento é algo plausível.
— Masuta! “Há uma torre de champagne por aqui”, assim informo!
— Goshujin-sama, isso é incrível, nodesu! É super, ultra, mega incrível, nodesu!
— Goshujin-sama, eles estão preparando uma Serpente Dragão (Naga) inteira por aqui! O senhor gostaria de me acompanhar e checa-la!?
Nana, Pochi e Liza sopraram longe o clima pesado com suas vozes contentes.
— A Lulu é quem estará responsável em ajustar o fogo, então venha se o senhor puder!
— Obrigado por avisar, então acho que vamos todos conferir.
Quando penso melhor sobre isso, mesmo que o herói da primeira geração esteja vivo até os dias de hoje, isso não muda nada. Embora o ideal seria que a ressurreição do Deus Demônio não ocorresse.
— Goshujin-sama, este prato foi patrocinado por todo mundo da Firma Echigoya.
Os membros da firma estavam todos de pé ao lado de Lulu.
— Lorde Pendragon, parabéns pela formação da sua ordem privada de cavaleiros.
— Muito obrigado, Gerente Geral Elterina.
Quando a agradeci, ela fechou os olhos, parecendo profundamente comovida.
— Minhas sinceras felicitações, Lorde Pendragon. Ficamos verdadeiramente satisfeitas que o senhor tenha providenciado os equipamentos da ordem das [Bridal Knights] através da nossa firma.
Rudy: Lembrando que o nome está realmente em Inglês. Além disso, Bridal Knights seria algo como “Cavaleiras Nupciais”, o harém do Satou =D
Tifaliza, que estava acompanhando a gerente, agradeceu-me com seus habitual olhar sagaz. A armadura ao estilo vestido de noiva teve sua montagem e decoração final preparados pela firma Echigoya, provavelmente para esconder o fato de mim.
— Nunca imaginei que mesmo aquelas que não se destacam em combate poderiam ingressar na ordem também...
Ela murmurou com uma voz tão baixa que se não fosse pela minha habilidade [Ouvidos Atentos] eu não teria percebido. Seus olhos estavam fixados em Lina-sama, a representante do governo na Cidade de Brighton.
— Ah, ela estará encarregada de gerenciar o quartel general da ordem.
Será que Tifaliza gostaria de entrar na ordem também?
Nesse caso, estaria tudo bem se nos encarregássemos de gerenciar a logística?
— Ah, boa idéia!
A gerente entrou de cabeça na sugestão de Tifaliza. Ao que parecia as duas desejavam ingressar também.
Embora certamente trará desconfiança quanto a minha relação com o Kuro, mas pessoas já se referem a mim como [O Outro Nanashi], [Avatar de Dragão Auxiliando Nanashi] ou até mesmo como [Um dos Subordinados do Herói Nanashi], de qualquer maneira. Já é muito tarde para negar isso.
Além do mais, eu deveria recompensá-las por todo o trabalho duro que fazem por detrás dos panos como [Heróis Anônimos].
— Muito bem, irei confiar à Firma Echigoya nossa logística e a manutenção dos equipamentos.
— Muitíssimo obrigada!
— Iremos exercer o nosso melhor para servi-lo.
As duas sorriram deslumbrantemente.
— Vamos avisar aos demais membros.
— Mais importante, vamos encomendar mais duas armaduras!
Dizendo, “Com sua licença, Ku-, Lorde Pendragon!”, elas partiram.
“Ei, não me diga que tudo que queriam era poder usar a armadura-vestido-de-casamento também.”
— As duas devem estar com a cabeça lá nas nuvens.
Concordo com você, Arisa. Tanto que quase me chamaram de Kuro na frente de todo mundo.”

◇◇◇

— Haa, foi tão legal! Mas tão cansativo...
Arisa se jogou em cima do sofá enquanto suspirava, “Estou no paraíso~ho!”
— O banho já está preparado e tudo, então por que vocês não entram na banheira para lavar o cansaço?
— Goshujin-sama, entre com a gente também!
— Nn, juntos.
— Esfregar as costas~?
— Pochi vai esfregar também, nanodesu! Pochi é uma pró limpadora de costas, nanodesu yo!
A trupe das mais novas me convidou para o banho, mas como planejo trabalhar um pouquinho mais no que eu estava fazendo antes da cerimônia, acabei recusando a oferta.
Olhando para a janela, a lua cheia lá fora brilhava em uma cor levemente arroxeada.
— É a lua púrpura.
— Lua púrpura?
Repeti o murmúrio de Hikaru para saber mais sobre o isso.
— Seria algo como um bom presságio? Dizem que a quando a lua fica assim significa que o Deus Demônio está se debatendo dentro do selo.
— E isso era para ser uma boa notícia?
— Mas é. Se ele está se debatendo, significa que [O Selo do Deus Demônio ainda não foi desfeito].
— Ah, faz sentido.
“Essa é uma boa maneira de se olhar para isso…”
Depois que acenei com a cabeça, Hikaru sorriu para mim e foi se juntar as garotas na banheira.
Me virei para a lua novamente.
Em primeiro lugar, o Deus Demônio está realmente selado?”
Até onde sei, o Deus Demônio conseguiu materializar parcialmente os seus cabelos e até hoje tem distribuído seus fragmentos para pessoas reencarnadas.
— Talvez eu esteja pensando demais...
Se esse fosse mesmo o caso, o Demônio Lorde Grande Doninha e o Demônio Lorde Goblin não teriam se esforçado tanto para tentar libertá-lo. Se fosse para dar um palpite, seria como se as cordas do selo estivessem se afrouxado?
Opa, fiquei tão absorvido nos meus pensamentos que acabei indo em uma direção perigosa. Melhor eu começar a tomar cuidado para não levantar uma bandeira desnecessária que faria com que o selo se rompesse.”


◇◇◇

Na Manhã seguinte—
— Goshujin-sama, o senhor tem uma visita.
Uma empregada veio me acordar e fui até a entrada — não, a sala de visitas por alguma razão — e lá, Heim das Oito Espadas de Shiga estava esperando por mim.
Ele já está com uma expressão séria tão cedo.”

— Conde Pendragon, perdoe-me por visita-lo a esta hora. Há algo que preciso lhe mostrar.

Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!






Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários