Death March Webnovel 17-02

Posted




17-2. Festa no Jardim (1)


Satou aqui. No tempo dos meus pais aparentemente era normal que os casamentos ocorressem em salões de festa com jantares extravagantes. Certa vez tive a oportunidade de ir ao casamento de um amigo onde tivemos um buffet no jardim após a cerimônia na capela. Talvez isso não possa ser comparado a um luxuoso jantar de menu completo, mas  lembro de ter aproveitado bastante o prazer de conversar livremente com meus amigos e seus conhecidos.

◇◇◇

— …Ufa, finalmente uma pausa.
A onerosa tarefa de cumprimentar a todas as pessoas havia chegado ao fim. Depois de realizar a parada que acompanhou a formação da ordem de cavaleiros, nós fomos chamados como convidados de honra em uma festa privada organizada pela família real em um jardim separado do salão de cerimônias. Eu achava que uma festa no jardim seria o momento para conversas interessantes, aperitivos saborosos e jogos divertidos… Mas no final não consegui aproveitar nada disso e fui atacado por um bando de nobres egocêntricos que tentavam me cumprimentar.
— Ahaha, mas isso é exatamente o que significa ser o convidado de honra!
— Mito, se você não tivesse lidado com metade deles para mim, eu não teria conseguido. Muito obrigado mesmo.
Os cumprimentos provavelmente seguiriam até o anoitecer se não fosse pela Hikaru.
— Satou-san, Mito-san, querem um refresco?
— Obrigado, Zena-san.
Minha garganta foi revitalizada pelo delicioso suco de uva que a Zena-san trouxe para nós.
— Carne~?
— Nós asseguramos um pedaço da dona vaca para o Goshujin-sama, nanodesu!
— Obrigado as duas.
Embora eu tenha conseguido apreciar a deliciosa carne de oumi junto a elas enquanto lidava com os nobres mais cedo, Tama e Pochi fizeram questão de guardar um pouco para mim. A cariciando a cabeça das duas, recebi o prato. A carne bem passada em si já era saborosa, mas o molho agridoce que foi adicionado aumentou sua suculência em diversas vezes. Nossa, é simplesmente maravilhoso.
— Cogumelos, bons.
Desta vez foi Mia quem chegou trazendo espetos contendo diversos cogumelos coloridos. A aparência deles era um pouco perigosa, mas tudo indicava que se tratavam de cogumelos comuns apesar da cor.
— São muito bons, Mia.
— Nn. — Mia assentiu com a cabeça satisfatoriamente.
Depois que terminei de comer, entreguei o prato a uma empregada que estava por perto. Foi quando alguém me chamou por trás.
— Meus parabéns pela formação de sua ordem privada de cavaleiros, Saa... Conde Pendragon-sama.
Quando me virei pensando quem poderia ser — a filha do Visconde Emlin, Lina Emlin, que esteve atuando como representante do governador da Cidade de Brighton, e também alguns outros membros da ordem estava de lá. Ela era apenas uma menina quando nos encontramos pela primeira vez, mas agora sua bela figura aparenta ser mais madura do que sua idade sugere.
— Para alguém com uma posição como a minha ser incluída nas gloriosas Bridal Knights (Cavaleiras Nupciais)… Isto é, hmm, a maior de todas as honrarias!
Pelo que eu podia ver ela estava um pouco nervosa e acabou tropeçando em suas próprias palavras.
— O que você está dizendo! Foi graças ao trabalho duro de Lina-chi em Brighton que o Goshujin-sama pode viajar tão livremente! Pare com essa coisa de “Alguém com uma posição como a minha”. — Arisa veio repreendê-la enquanto maliciosamente aproveitava para agarrar o meu braço.
— Nn, boa menina. — Mia agarrou o outro.
Quando as duas ficam lado a lado assim, o crescimento de Arisa se torna evidente. Sua aparência de antes era a de uma menina nos últimos anos do ensino fundamental, agora ela já se parece propriamente com uma garota no ginasial… Ou não, mas certamente ela ficou mais alta.
Rudy: O ginasial é o que se chama hoje de fundamental II (5º ano ao 9º)
Tama e Pochi têm crescido gradualmente também, mas sua taxa de desenvolvido parece menor que os de um Semi-humano comum, talvez por causa do excesso de força que elas ganharam ao subir tanto de nível.
Ops, mais importante que o crescimento das meninas, eu preciso dar os meus agradecimentos a senhorita Lina...”
— Lina-san, as duas estão corretas. É graças a você que a cidade de Brighton está progredindo melhor do que eu e o Marquês Muno esperávamos.
— Ah, não, isso não é verdade! Eu não fiz nada! Foi tudo graças ao pessoal da Firma Echigoya e aos oficiais.
— E eles só conseguiram isso por causa da nossa incrível representante! Tenha mais orgulho de si, garota!
Arisa fez algumas palavras de incentivo enquanto batia nas costas de Lina como uma vovó de Osaka. Como ela timidamente pediu minha opinião com um, “Eu fui mesmo de alguma utilidade?”, eu sorri de volta e respondi, “Sim, muita”. Ela sorriu orgulhosamente com suas bochechas levemente tingidas de vermelho.
— Satou-san, faça um elogio a nós também. Veja, hoje estamos com nossos melhores vestidos. — A princesa de cabelos rosados Menea veio trazendo consigo as domas de companhia de Karina-sama, Elina e Newbie-chan.
Há muitas opiniões controversas sobre tê-la na ordem, mas depois de considerar que ela é uma das poucas pessoas que Lady Karina consegue encarar nos olhos, o seu dom divino digno de ser nutrido, [Magia de Invocação] , e o fato de fazer parte da realeza do Reino de Rumooku onde o Castelo das Sombras reside, sua inclusão foi decidida.
“Como tudo indica que o castelo possui uma conexão profunda com o Deus Demônio, há boas chances que eu faça uma visitinha em breve.”
— Sim, ele realmente cai bem em você. Elina, Totona, vocês estão fantásticas também.
— Muito obrigada, Satou-sama.
— Ehehe~, você está me fazendo corar~
— M-muitíssimo obrigada! Estou realmente feliz!
Rudy: Totona? Eu tinha certeza que a Newie-chan era a menina do caso da carruagem! Totona é a garota mais velha do grupo da trupe de jovens bandidos que apareceram no mangá recentemente.
Cada uma delas teve sua própria reação quando as elogiei como pedido. Vendo o que estava acontecendo, todos os membros dos cavaleiros de ouro e de prata se reuniram aqui.
— Masuta, “desejo receber o seu elogio”, assim soloicito.
— Masita, eu também~
— Masita… Se, se eu puder também…
Assim passei a elogiar cada uma das garotas em suas lindas armaduras de noiva enquanto desfrutava da festa no jardim.
Ao que pude ver, os anfitriões conheciam bem as preferências das meninas já que os pratos consistiam de carne e doces. A maioria das recomendações que Liza me deu com um, “Este é bom”, estavam ótimos.  No entanto, como também havia nobres participando, os cozinheiros não prepararam dos aperitivos duros como pedra de que ela tanto gostava.
 Após experimentar só um pouco de cada parei de comer os pratos de Liza para não ficar muito cheio, assim pude provar da culinária chinesa que Lulu trouxe para mim, um Yamu Cha, e dos doces que Mia e Arisa me deram, que eram tão açucarados que pensei que meus dentes iriam derreter.

◇◇◇

— Um harém impressionante este seu, Satou.
Aquela a fazer um comentário de “mal-entendido-certo” foi ninguém menos que Ringrade Oyugock-sama, a [Bruxa da Destruição Celeste] e uma das antigas companheiras do Herói Hayato. Junto a ela estava Lady Maryest, a Grande Feiticeira do Império Saga e irmã caçula do antigo Imperador.
— …Anee-sama.
Sera, que estava próxima de mim, tinha uma expressão hesitante. Ao que parecia ela continuva não sabendo como lidar com sua irmã mais velha. Já que esta irmã em questão tem um grande afeto por Sera em si, ela lhe deu um abraço sem qualquer reserva.
— Ringrande-sama e Sua Alteza Maryest. As coisas se acalmaram no Império Saga?
— Sim. Graças a nave de alta velocidade emprestada por você, Conde Pendragon, fui capaz de prestar auxílio no pesado trabalho dos governadores e representantes.
Ouvi dizer que as duas também receberam suas armaduras da ordem, mas devido à destruição parcial ocorrida no Império Saga, elas tiveram que partir as pressas. Em circunstâncias normais esta não seria função da Princesa Maryest já que ela havia se afastado de seus deveres com o Império. Entretanto, em uma situação onde a maior parte da família imperial e os chefes estado foram perdidos, ela não poderia ignorar a situação na Capital Imperial.
— Sejam bem-vindas de volta.
Arisa ao notar a presença das duas foi até elas para conversar.
— Nos desculpe por fazer vocês voltarem tão rápido. Talvez tivesse sido melhor adiar a formação da ordem.
— Se seguíssemos com o planejado, teríamos ficado foram durante muito tempo. De qualquer forma foi bom partir logo, caso contrário, sinto que eles poderiam acabar me fazendo a nova Imperatriz, por isso retornei o mais rápido.
Com a diminuição de pessoas influentes e membros da realeza na capital, nobres de famílias menores estão agindo para ocupar o espaço deixado agora. A situação política no Império Saga provavelmente ficará instável por um tempo.
— Eles não tentarão levar você de volta à força?
— Ainda há membros sobreviventes da realeza. Embora sua posição na linha sucessória seja baixa, deve ficar tudo bem. Alguns idiotas estão planejando fazer a Trimenus a próxima governante para poder manipulá-la. Em fim, isso tudo apenas me deixa com dor de cabeça.
A filha mais velha do antigo Imperador Saga, a Princesa Trimenus, é candidata à noiva do filho mais velho do Príncipe Soltrick. Pelo que o príncipe me contou, ela tem se trancado em seu quarto desde o desastre causado pelo Rei Goblin. Isso é bastante compreensível já que ela perdeu os seus pais e tantos de seus irmãos de uma só vez.
“Bem, o mesmo se aplica a Princesa Maryest.”
— Mary, deixe isso para depois, não esqueça que viemos aqui para dar os nossos parabéns. — Ringrade colocou a mão no ombro da Princesa Maryeste, que estava expressão pesada.
— Satou, parabéns pela fundação da sua ordem privada de cavaleiros.
— Ah, verdade. Parabéns, Conde Pendragon.
— Obrigado.
Me curvei para elas.
— Ei, vocês receberam as armaduras que enviei, certo? Por que não tentam colocar elas agora?
— Sim… É mesmo, eu deveria vesti-la já que o fato de que estou na ordem já bem conhecido. E quanto a você, Rin?
— Se a Mary vai usar, então acho que também vou. Se eu sair espalhando por aqui que sou da ordem das amantes do Satou, tenho certeza de que vou parar de receber tantos pedidos de casamento.
— Não são amantes, são cavaleiras.
Fiz questão de corrigi-la já que era uma questão muito importante.
— Claro, cavaleiras, não é?
“Sério Ringrande-sama, pare de me encarar dessa maneira.”


◇◇◇


— Sua Alteza Maryest, como está a situação presente do Império Saga?
— Um caos, mas fora da capital melhorou bastante depois do anúncio de que os Heróis derrotaram o [Demônio Lorde Goblin] e os outros Demônios Lordes que o acompanhavam.
A Princesa Maryest, depois de vestir sua armadura, respondeu a pergunta que a Princesa Sistina lhe fez.
— Tudo isso graças ao Herói Nanashi e os Cavaleiros de Ouro. Você tem a minha gratidão.
Terminado seus agradecimentos, ela olhou na minha direção e na de Hikaru, em seguida, curvou-se elegantemente seguindo a tradição da realeza Imperial. Embora houvesse apenas nós quatro nas redondezas, as pessoas que viram sua ação começaram a discutir entre si.
Parece que estas duas perceberam que nós somos a verdadeira identidade do Herói Nanashi e seus Cavaleiros de Ouro.
— Então seria melhor agradecer diretamente a eles, não há nós.
— Suponho que esteja certo. Vou me lembrar de expressar minha gratidão na próxima vez que nos encontrarmos.
A Princesa Maryest acenou com a cabeça para Hikaru.
— Mudando de assunto, ouvi dizer que os Heróis Seigi e Yuuki participaram na subjugação do Demônio Lorde na capital.
— Sim, eles trabalharam duram ajudando na remoção dos destroços e apaziguando a população, apesar de que estavam reclamando quando cheguei lá.
Soa exatamente como os dois.”
A situação na capital foi assim tão ruim?
— Sim, os danos foram imensos. No entanto, como não acharam mais corpos sob os escombros e os maiores detritos já foram todos removidos, tenho certeza que em poucos anos as coisas deverão retornar ao normal.
Eu ajudei com isso quando passei pela capital. Me tomou metade de um dia, mas se fosse para deixar este trabalho nas mãos deles, seria muito pesado.
— Ainda…
Com uma taça de vinho na mão, Ringrande-sama murmurou, como se tivesse recordado de algo.
— Quem imaginaria que o [Demônio Lorde Goblin] que foi derrotado pela primeira geração de Heróis teria revivido.
— É mesmo… Para os três Grandes Demônios Lordes terem todos revividos ao mesmo tempo é como se o [Fim do Mundo] tivesse começado e eu não gosto disso.
A Princesa Maryest respondeu com palavras realmente sinistras o comentário de Ringrande-sama.

“Gente, parem levantar essas bandeiras perigosas que soam realmente possíveis de acontecer.”

Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!





Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários