Death March Webnovel 17-01

Posted




17-1. Cerimônia

Satou aqui. Me pergunto por que razão o discurso de gente importante sempre demora tanto em cerimônias. Lembre de sempre estar lutando ferozmente contra a sonolência em momento assim durante os meus tempos de escola.

◇◇◇

— [Goshujin-sama!]
Quando eu estava completamente imerso em minha pesquisa, a voz alegre de Arisa soou através do nosso Link Familiar, me trazendo de volta à realidade.
— [Nós terminamos os preparativos aqui. Então venha para o salão cerimonial logo, ok?]
— Tudo bem... eu já estou indo.
Levantei-me da cadeira enquanto colocando de lado os arquivos da minha pesquisa.
“Acho que eu não devia ter pausado quando respondi.”
— [Goshujin-sama, você ainda está xeretando a identidade daquele cara de cabelos pretos?]
Por que isso a deixou preocupada.”
Este “Cara de cabelos pretos” de quem Arisa falou se refere ao misterioso homem que impediu o rompimento do Selo que prende o Deus Demônio na Capital do Império Saga.
— Não, é outra coisa.
Sua identidade pode estar cercada de mistério, mas já que ele impediu a ressurreição do Deus Demônio eu não o considero realmente um perigo. Acredito que seja alguém relacionado com os Deuses — da mesma forma que apóstolos, familiares ou coisa do tipo.
— [Isso é verdade?]
Aparentemente, pelo fato de seu dom divino [Checar Status] não conseguido identifica-lo e que Liza e as outras não puderem ver sua face, apesar de estarem bem na frente dele, tem preocupado bastante a Arisa. É muito provável que ele possuísse algum tipo de artefato semelhante ao [Bracelete do Deus da Trapaça] que Liza e ela possuem.
— Me teleportar diretamente para a sala de espera do Palácio Real pode não ser uma boa ideia, certo?
— [Não mesmo. Tem um monte de gente indo vindo, então acho que seria melhor ir para o quarto da Mito ou a mansão Pendragon primeiro.]
Normalmente também há diversos atendentes e empregadas no quarto de Hikaru no Palácio Real, portanto o melhor seria agir como um bom garoto e ir para a mansão Pendragon.
Oh?”
Quando tentei ver como as meninas estavam utilizando a Magia Espacial [Clarividência] depois que encerrei a chamada com Arisa, pude sentir que ela lançou um [Campo de Obstrução Espacial]. Eu poderia facilmente quebra-lo se quisesse, mas não há necessidade para isso. Elas podem estar muito bem no meio da troca de roupas.
Me transferi então do Palácio da Ilha Solitária para a Mansão Pendragon utilizando o [Alocar Unidades].

◇◇◇

— Conde-sama! Se apresse, por favor!
Quando sai do quarto de teletransporte, uma das empregadas que trabalha na mansão veio me apressar com os preparativos. Embora eu tivesse vestido um terno cerimonial com a ajuda da habilidade [Troca Rápida], precisei utilizar um terno branco para combinar com Arisa e as meninas. Estas roupas meio que pareciam com um terno de casamento.
— Também vou precisar de maquiagem?
— Sim senhor. O local onde a cerimônia será realizada é um lugar extremamente importante.
Já que não era como se eu estivesse indo fazer uma performance em um teatro, firmemente recusei usar maquiagem pesada.
A cerimônia de hoje será a entrega de prêmios dados pelo Rei em virtude dos diversos feitos que realizamos em todo o continente, assim como a oficialização da minha [Ordem de Cavaleiros], a qual foi autorizada graças ao meu status como [Matador de Demônios].
Pessoalmente eu não tenho interesse nesse negócio de cavaleiros, mas como as meninas têm recebido tantos convites para se juntarem aos países pelos quais passamos graças às nossas conquistadas ao redor do continente, além do encorajamento de Hikaru e Arisa, acabamos montando a ordem de cavaleiros para usar como pretexto.
Por tal razão, os membros serão compostos por um número seleto de membros entre as garotas na Ilha Solitária, escolhidas a mão por Aisa e Liza. Como parece que teremos uma avalanche de pedidos de participação, iremos por como requisito [Subjugar um Mestre de Andar no Labirinto de Selbira sem casualidades] antes que qualquer um apareça. Desse modo, haverá somente duas chances para se inscrever por ano.
— Meu senhor, há uma visita lhe aguardando...
Um mordomo que foi recentemente contratado, me guiou até o salão de espera enquanto me dizia isso. Olhei no [Mapa] para saber quem era, enquanto lembrava que não havia qualquer visita marcada para hoje, e vi que se tratava de uma pessoa bem inesperada.
— Por favor, aceite as minhas desculpas por fazê-lo esperar, Sua Alteza Soltrick.
— Não se incomode. Eu meramente parei aqui após a conclusão de um dos meus negócios.
O Príncipe Coroado do Reino Shiga, Primeiro Príncipe Soltrick respondeu cordialmente enquanto se levantava. Parece que ele está sendo acompanhado somente pelo Cavaleiro Real, Bodan-shi, hoje... não, espere, há mais vinte cavaleiros lá fora. Provavelmente são a sua escolta.
— Vocês está se dirigindo ao Palácio agora, não? Não machucaria ir com seus amigos de vez em quando.
Como eu não tinha razões para recusa-lo, eu sorri e assenti antes de seguir para a carruagem da família real estacionada no lado de fora. O designe dela foi aberto, utilizado em paradas e eventos assim, possuindo uma ferramenta mágica capaz de gerar uma poderosa barreira para prevenir tentativas de assassinato.
Desde que a coisa sobre o [Matador de Demônios] se espalhou, sempre há pessoas fazendo turismo pelos arredores da Mansão Pendragon, então é bem possível que ele tivesse feito esse tipo de arranjo tendo em mente a minha segurança. Apesar de que eu não acho que um bandido qualquer conseguiria sequer fazer um arranhão em mim, fico contente que Sua Alteza Soltrick tenha tanta consideração por mim.
— É o Lorde Pendragon!
— Longa vida ao Matador de Demônios!
— Conde-sama! Case comigo também!
— Glória ao Matador de Demônios e suas Sete Bravas Guerreiras!
Quando a carruagem se aproximou da entrada, uma multidão de gente estava aclamando por mim. Parecia haver um pouco mais do que o de costume hoje.
“Hã?”
Eu vi alguém familiar no meio da multidão. Aquela é… certo, suas vestimentas lembravam ao dos reinos gelados pertencentes ao grupo de países orientais. Ela parecia similar a princesa Awayuki do Reino Kiwolk, mas é impossível que a princesa viesse para um lugar como esse e nem sua marca registrada, o super, imenso martelo está consigo, então deve ser outra pessoa.
— Lorde Pendragon.
 Assim que pensei em buscar no Mapa, sua Alteza Soltrick falou comigo. Eu desliguei o menu e me virei para ele.
— É seguro dizer que você estaria interessado nas questões militares, considerando que estará formando sua própria ordem de cavaleiros?
— Não, na verdade (...)
Eu expliquei a ele que a minha intensão era criar um pretexto para proteger as meninas.
— Isso soa exatamente como você...
A minha resposta pareceu não ser do gosto do Príncipe Soltrick, vendo que ele colocou a mão em sua face enquanto murmurava. Eventualmente sua consciência assimilou os fatos, então ele disse “Tudo bem, faça como desejar”, com expressão de entendimento em seu rosto.
— Eu pensava em lhe propor a posição de marechal sob o meu comando caso você tivesse interesse em questões militares, mas… bem, é uma pena.
Marechal?”
Eu sequer sabia que esta posição existia neste mundo.
— Minhas mais sinceras desculpas.
— Você não precisa se desculpar. Embora ninguém exceto sua Majestade o Rei possa lhe comandar, você estaria disposto a auxiliar, isto é dentro da sua capacidade, o Rei Ancestral — o Herói Nanashi-dono caso algum desastre venha a acontecer?
— Com todo prazer. Eu não possuem qualquer experiência relacionada as forças armadas, então por favor escolha um marechal entre os generais já existentes.
Fico contente que ele tenha uma impressão tão alta de mim, mas eu não quero me jogar no meio dos problemas militares do Reino Shiga, não mesmo.
— Tudo bem, esqueça o que acabei de dizer...
Talvez o atual Rei o tenha proibido de tentar me recrutar já que o Príncipe não parecia ter a intensão de insistir no assunto. A única coisa que posso fazer é rezar para que ele continue assim depois que tiver sucedido ao trono.


◇◇◇

— Agora, vamos dar uma olhada no cronograma da cerimônia…
Após me separar do príncipe Soltrick no local da cerimônia, retirei do meu [Armazém] o cronograma que a Arisa havia escrito para mim enquanto aguardava sentado na sala de espera.
Há um monte de gente importante que preciso cumprimentar durante eventos como este.
— Satou-sama, sua grava está um pouco torta.
Uma das atendentes na sala de espera apontou  esse problema, entaõ coloquei o cronograma sobre a mesa e comecei a ajeitar minha gravata.
— Permita-me tomar conta disso, Satou-sama. Por favor, apenas relaxe...
Ela sussurrou em minha orelha enquanto gentilmente tocava a minha gravata. A distância entre nós está estranhamente pequena e, embora seu amplo busto pressionado contra mim seja bastante agradável, Arisa e as meninas ficariam muito bravas caso nos vissem, então tomei cuidado para não deixar minha alegria ficar  evidente em meu rosto.
— Sua Excelência, a cerimonia começará em breve. Se puder, por favor, venha.
Um oficial, o coordenador da programação, veio me chamar, então agradecia  atendente e deixei a sala.
Quando chegamos ao salão cerimonial, os olhos do Mestre de Cerimônias brilharam ao me ver.
— Ele é o explorador de classe Mithril que deixou incontáveis cadáveres de monstros em seu caminho e também o Matador de Demônios que liderou os Sete Guerreiros de Pendragon! Aqui está Sua Excelência, CONDE PENDRAGON!
Eu subi ao pouco como se estivesse sendo guiado pelas palavras super entusiásticas do anfitrião e todo o salão aplaudiu. Foi uma ovação realmente ensurdecedora. É claro que seria, já que não se limitava apenas as pessoas no salão, mas também nos telhados e janelas das construções vizinhas.
Oh?”
Ao vasculhar os arredores, acabei noticiando uma coisa. Arisa e as garotas não estão no palco mesmo que estejam sendo refletidas no display do [Radar]. Olhando no [Mapa], elas estão agora em uma sala logo abaixo do palco.
“Ah, sim, isso estava escrito no cronograma.”
Utilizando a função de inspeção no [Menu], eu verifique as notas que haviam nele.
Aparentemente, elas iriam fazer sua entrada junto com o anúncio de fundação da Ordem. Elas serão erguidas por uma plataforma em baixo do palco, assim como faziam as cantoras durante a Era Showa.
Acredito que seja desnecessário dizer, mas isso foi tudo ideia da Arisa.
— (...) Para conceder a [Medalha da Rosa Azul] em reconhecimento aos serviços distintos prestados pelo Conde Pendragon.
O Rei terminou seu discurso enquanto eu pensava em alguma coisa aleatória. Mais tarde Hikaru me contou que essa medalha de nome estranho foi dada àqueles que mantiveram a paz e a ordem durante tempos de desastres.
Após seguir o protocolo de agradecimento pela condecoração, a programação seguiu para a cerimônia de nomeação da Ordem de Cavaleiros.
“Jajajaajaaan!” ao som de algo que parecia a Marcha Nupcial, o palco se abriu, e a plataforma começou a subir.
Geh!”
Eu vejo noivas. Não, espera, olhando bem, são na verdade armaduras com designe de vestido de noiva.
— A Ordem de Cavaleiros privados do Conde Pendragon, os [Bridal Knights] fizeram a sua entrada! Todos lhes deem uma salva de palmas!
Ao grito do mestre de cerimônias, aplausos estrondosos explodiram no salão.
Bridal Knights… como em Cavaleiras do Casamento? Não, deve estar mais para Cavaleiras Nupciais (Noivas) no caso. Já que o nome está em inglês eu não acho que as pessoas do Reino Shiga entenderam o significado, mas já que as armaduras parecem exatamente com vestidos de noiva, eles podem muito bem ter pego o espírito da coisa.
— [Arisa...]
Já que a barreira de obstrução espacial ainda está ativada, eu a chamei através do nosso Link Familiar.
— [Ehehe~ como estou, linda, não estou? Me diz, você se apaixonou por mim de novo, não foi?]
Ela faz nem ideia de como estou furioso com ela agora. Olhando para o seu sorriso inocente eu já nem tenho mais motivação para dar um sermão sobre isso.
— [Então, fala o que você achou~? Sentindo vontade de me abraçar~ ou quem sabe querendo me levar para a cama agora mesmo?]
De fato a armadura ficou muito boa e ela está tão meiga vestindo aquilo, então vou dizer apenas, “[Sim, a armadura é bem fofa.]”
— [Ehh, apenas a armadura~? Diga alguma coisa sobre mim~]
Ignorando ela, eu olho para as outras meninas.
Com Arisa liderando, eu sinto que a Hikaru está no meio do time com armadura de ouro, seguido pelo time com armadura de prata, Zena-san, Sera, Lady Karina, Princesa Sistina, incluindo Shiro e Crow, mas até mesmo a filha do Visconde Emlin, Lina Emlin, que deveria está governando a Cidade de Brightn, está aqui, junto com a Princesa Menea do Reino Rumooku, a empregada Pina, e as acompanhantes, Elina e Newbie-chan, estão presentes. Todas vestindo o mesmo estilo de armadura.
Rudy: Newbie-chan, ninguém sabe o nome verdadeiro dela, ficando apenas o apelido “Novata-chan”. É a menina que foi atropelada pela carruagem do Satou e ela a salvou ao fazê-la ingerir uma poção boca-a-boca, o que lhe rendeu o título de “Santo”.
Embora é claro, os membros da Firma Echigoya ou as Brownies não estavam aqui já que (...)
Eh?”
Meus olhos foram cativados por uma linda mulher que estava timidamente acenando enquanto caminhava no final da fila junto as outras garotas.
— Aze-san!
Eu reflexivamente a chamei em voz alta.
Minha amada Aze-san, a Alta Elfa da Floresta Boruenan também estava aqui.
— Nada menos do que o esperado de Sua Excelência, Conde Pendragon! Seu olhar apurado descobriu imediatamente a conselheira especial das [Bridal Knights], coberta pelo véu místico está aquela conhecida como a Árvore Sagrada de Boruenan, a Alta Elfa Aialize-sama nos agracia com a sua presença!
Depois do anúncio do Mestre de Anfitrião, o salão se tornou ainda mais barulhento que antes. Elfos comuns já são uma raridade, ainda mais uma Alta Elfa que jamais deixa a Árvore Sagrada estar aqui não para menos que a audiência estaria chocada.
— [Aze-san, por que você está está aqui?]
Desfiz a barreira de obstrução espacial de Arisa e  perguntei a Aze-san.
— [Arisa-chan me convidou para vir. Ela disse que todas estariam se casan(...)]
— EU NÃO QUERIA QUE A AZE-TAN PERDESSE A CERIMÔNIA!
Arisa se colocou no meio da explicação da Aze-san.
— [Hou? Então é realmente apenas a cerimônia da ordem de cavaleiros?]
— [Ma-mas é claro!]
— [E não um casamento em massa?]
— Ah, hmm… I-isso é, errm, como posso dizer…]
— [Tudo bem, não tem problema mesmo que não seja um casamento em massa.]
A ideia de me casar com a Aze-san de fato é tentadora, mas não tenho certeza caso isso viesse com dúzias de outras noivas. Eu preciso endurecer o meu coração e continuar com a formação da ordem de cavaleiros.
Depois da Cerimônia de Formação da Ordem com a aprovação do Rei, participamos em uma parada pela cidade, causando uma comoção que rivalizaria até mesmo um casamento da família real.

◇◇◇

— Isso foi realmente divertido! Arisa-chan, muito obrigada por me convidar!
Com o fim da parada, Aze-san pegou uma varinha através da [Caixa de Itens].
— Você já está retornando?
— Sim, eu não posso deixar a Arvore Sagrada de Boruenan por tanto tempo.
Pelo que pude ver, ela pediu a Saisalize-san do clã Berinunan para tomar de conta das coisas enquanto estivesse fora.
— Eu irei escolta-la até lá.
— Muito obrigada, Satou. Pessoal, até a próxima.
Eu segurei a mão da Aze-san e nos enviei para Boruenan com o [Alocar Unidades].
— Ah, certo, Satou eu quase esqueci. Parabéns por ter completado os [Julgamentos Divinos].
Ela me deu os parabéns quando chegamos na casa de madeira.
— Se você estiver indo ao Reino dos Deuses…
Seus cabelos loiro-platinados dançaram ao vento.
— [Tome cuidado com o seu corpo.]
Enquanto escovava com as mãos seus cabelos que estavam levemente rosados, ela me admirou com um olhar completamente diferente da Aze-san normal ou seu modo Semi-Deusa.
— [Não deixe o seu corpo entre as fendas dimensionais. Tenha certeza de colocá-lo em sua bagagem de mão e trazê-lo de volta consigo.]
— Quem é (..)
Antes que eu pudesse perguntar sua identidade, uma Aze-san de cabelos verdes-esmeralda colocou sua face próxima a minha.
— [Só um pouco mais, Ichirou.]
Eu vi de relance seus cabelos mudando para azul-índigo um pouco antes que ela terminasse esta frase, então ela bloqueou os meus lábios usando os dela.
Assim que nos tocamos, uma torrente incontável de informação compensada inundou minha mente. Após o que pareceu tanto um instante como uma eternidade, Aze-san lentamente se afastou.
— [Só um pouco mais.]
Seus cabelos retornaram à coloração loiro-platinado. Eu a segurei quando ela desmaiou e comecei a refletir na informação que havia acabado de receber.
O [Jardim dos Deuses] está localizado em uma dimensão de alta ordem e aqueles que não estão familiarizados com isso sofrem o risco de terem suas almas retalhadas. O beijo de antes tinha a intensão de me dar o conhecimento sobre como me prevenir disso.
— ...Satou?
— Aze-san, como você está se sentindo?
Ela não tinha memórias do que havia acontecido, mas o fenômeno de rápida mudança de cores em seu cabelo provavelmente foi causado quando a menina da pintura possuiu seu corpo.
Fico feliz que ela tenha me dado um aviso, mas eu preferiria que ela não tomasse arbitrariamente o corpo de Aze-san assim nunca mais. Mesmo um beijo de Aze-san não tem qualquer significado se não for de livre vontade.
Eu deixei a confiei a Miko Lua-san e retornei para a Capital.


◇◇◇


— Goshujin-sama! Eu não acredito que você deixou para trás as notas escritas por sua amada Arisa-chan (...)
Assim que retornei para o jardim do salão cerimonial, Arisa veio me pressionar com o cronograma em suas mãos.
— Aah, foi mal eu (...)
Mas no momento em que fui me desculpar localizei o meu dentro do [Armazém].
— … Embora o meu está comigo?
— Hoee?
Passei para a Arisa o cronograma que eu tinha.
— Meu deus é verdade. A garota responsável pelas roupas na sala de espera disse que alguém havia deixado, então achei que fosse o seu.
Arisa pegou a minha mão e me levou para a festa enquanto usando a frase de desculpas da era Showa “Sry, sry”.
— Goshujin-sama~?
— Goshujin-sama, por aqui, nanodesu! A dona vaca assada está esperando, nanodesuyo!
No local onde uma enorme vaca Oumi perfurada em um espeto gigante estava sendo preparada, Tama e Pochi, vestidas em suas armaduras que pareciam vestidos de casamento, vieram saltitando me chamar.
Eu deveria guardar o sermão de terem transformado a cerimônia de formação da ordem em algo parecido com um enorme casamento em massa para quando retornarmos ao Palácio da Ilha Solitária.

Por hoje, vamos apenas aproveitar a festa no jardim.

Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!



Anterior | Índice | Próximo

Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários