Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku Web Novel Online 17-50

Posted



Death March Web Novel Online 17-50 

[A Deusa Inocente — Parte 2]


Death March Kara Hajimaru isekai Kyousoukyoku, Death March to the Parallel World Rhapsody

Satou aqui. “Covardes que quebram as regras são vencidos em um confronto direto” e “Oponentes fortes demais podem ser superados ao se encontrar uma brecha nas regras”, embora contraditórias, são coisas que frequentemente encontramos em histórias clássicas. Eu gosto de ambos os desenvolvimentos, mas acho que alguém que na vida real, quem prefere quebrá-las a seguí-las está apenas cavando sua própria cova.

◇◇◇

— [Virem panqueca!]
A Deusa Parion decidiu se teletransportar para cima de nós com sua autoridade e nos esmagar com a Espada Divina em modo < PEREÇA > em uma tentativa de cortar a todos nós junto com a nave e as Deusas Karion e Urion.
[Alocar Unidades]
— Eu já sabia que você ia fazer isso. [Capturar Vista (Tudo Ao Alcance das Mãos)].
A enorme espaçonave foi puxada de volta para onde Parion estava assim que terminamos de nos transportar para longe.
— [Investida Divina!]
Merda.
Envolvida em um manto de luz azulada, ela veio para cima de nós, como se cortasse o próprio espaço que nos separava. Ainda assim, eu consegui de alguma forma escapar da nave com todo mundo, mas como as meninas de cabelo púrpura e as duas Deusas não eram consideradas como membros da minha equipe, acabamos transportados para lugares diferentes.
— Arisa, eu sinto muito. Mas para o bem de todas...
— Se está tentando mandar a gente ir embora, pode esquecer.
Antes que eu pudesse terminar a minha sentença, ela já foi recusando.
— A Arisa-chan está certa! Essa é a hora viramos o jogo com o poder da amizade e do esforço!
— Mestre, nós queremos ser de utilidade ao senhor.
— Isso mesmo, nanodesu! Pochi e Tama vão dar o seu melhor, nanodesuyo!
— Aye!
Seguindo o exemplo de Arisa e das meninas Beastkin, todas expressaram a sua intenção de lutar ao meu lado.
— Satou, do nosso ponto de vista, lutar contra o Deus Demônio ou a Deusa Parion não é tão diferente assim.
— Concordo plenamente com as palavras de Karina-sama. Embora eu pessoalmente me sinta hesitante de me rebelar contra Deusa Parion, como uma MIko, impedir os planos de uma divindade que cometeu um grave crime é mais uma de minhas responsabilidades!
— Eu sou da mesma opinião de todas! Além do mais, tenho completa confiança que o nosso ágil Satou-san vai conseguir parar os planos de Parion-sama!
— Sim, o mestre Satou ficará bem com toda certeza.
Rudy: Essa última parece ter sido a Núcleo-02.  
Zena-san e as outras garotas mostraram a sua confiança-quase-como-fé em mim.
— Satou, varinha modelo nave de batalha.
Assim como pedido por Mia, retirei a varinha do meu [Armazém]. Pelo visto, ela queria lutar contra Parion usando a versão completa da magia anti-divina.
— Mestre, me dê a minha e a da Hikaru-tan também.
Além dessas duas, tirei inclusive o escudo modelo nave de Nana e outros equipamentos pesados de suporte.
— Arisa, eu posso ter criado essas três varinhas com força suficiente para disparar as suas habilidades únicas, mas...
— Eu sei, eu sei. Pelo bem da nossa vida amorosa daqui para frente, vou fazer questão de apenas chegar ao meu limite máximo.
— Não, eu prefiro que você não chegue nem perto desse limite.
— MESTRE!
Parion havia feito seu movimento. Aparentemente, ela conseguiu descobrir onde as Deusas Urion e Karion estavam se escondendo, com a ajuda de uma de suas Autoridades.
— Núcleo-02, leve estas meninas de cabelo rosa para algum lugar seguro.
Tomei para fora do meu [Armazém] uma pequena nave com capacidade de submersão espacial e teletransportei a todas com [Alocar Unidades].

◇◇◇

— [Punho Divino da Ruína!]
— [Mobilidade Inigualável (Tudo Pode Ser Evitado)!]
Parion usou sua Autoridade para evitar a chuva de tiros escarlates disparados por Karion.
— [Mais Poderosa Lança (Tudo Pode Ser Penetrado)!]
— [Eu não vou permitir!]
A Deusa Urion conseguiu neutralizar o golpe finalizar de Parion.
Arisa e as meninas sugeriram ajudar através do [Link Familiar], mas eu pedi para que aguardassem por uma chance. Caso elas agissem agora, a Deusa Parion poderia revidar, então era vital achar o momento oportuno para um golpe decisivo.
— [Mago Mestre]
Geh!
Ela usou a Autoridade do Deus Demônio para Conjurar a [Dança da Armadura Divina] e a [Espada Retalhadora de Dragões]. Com isso, conseguiu facilmente bloquear o meu feitiço de luz e contra-atacar em seguida.
— [Mais Poderosa Lâmina (Tudo Pode Ser Cortado)]
Achando uma abertura, Parion passou entre mim e Urion e foi para cima de Karion.
Merda!
Eu transportei a Deusa Karion para o meu lado antes que a Espada Divina a cortasse. Ainda bem que deu certo, pois acabei usando o [Alocar Unidades] por reflexo. Pelo visto, agora que tínhamos juntado forças para lutar contra Parion, as duas Deusas passaram a ser interpretadas como unidades minhas.
Mas sério, ela é forte demais.
Nós estávamos completamente na defensiva mesmo com duas Deusas fazendo total uso de suas Autoridades.
— [Que raiva.]
A Deusa Parion apareceu na minha frente balançando sua espada, mas de alguma forma, eu consegui evitar a barragem furiosa de [Espada Retalhadora de Dragões] que ela atirou com a Espada Divina.
— [Urion!]
No instante em que terminei de me esquivar do golpe, o grito de Karion chegou aos meus ouvidos.
Olhando para trás, a cabeça de Urion tinha sido cortada pela foice de Parion.
O que está acontecendo aqui?
Parion estava bem na minha frente e não parecia ser algum tipo de cópia, já que ela estava segurando a Espada Divina e até mesmo utilizando Autoridades. Por outro lado, ela também estava atrás de mim com a foice na mão, avançando em direção ao pescoço de Karion.
Eu não vou deixar!
Com a ajuda do [Alocar Unidades] baseado na visão, consegui bloquear o caminho da foice.
— [Urion, deve voltar à vida!]
Karion pegou a cabeça da Deusa Urion e a colocou de volta em seu corpo, rezando para que ela revisse.
— [Não vai acontecer!]
A Parion com a Espada Divina correu na direção das duas Deusas.
Eu me livrei da Parion com a foice com o [Alocar Unidades] e me pus no meio das três.
— [Pereçam juntos!] — A Espada Divina em modo < PEREÇA > veio na nossa direção.
Seria necessário sacrificar a Pendragon para...
Não, eu ainda tenho um outro trunfo.
Flashes ofuscantes e um estrondo ensurdecedor rugiu antes de atirar a Deusa Parion carregando a Espada Divina para longe. O que eu fiz foi retirar o [Ataque do Deus Demônio] que estava guardado no meu [Armazém].
Um segundo depois, Parion saiu de dentro da explosão ainda que cambaleante. Esse ataque não era o bastante para derrotá-la, mas com todo certeza tinha feito algum estrago.
— “Você não vai ferir o masuta”, assim proclamo!
Eu estava me perguntando o porquê de a Deusa Parion com a foice não ter vindo nos atacar ainda e acabou que Nana e as meninas beastkin a estavam mantendo ocupada.
— [Sai da frente!]
— [Jutsu da Pele de Cigarra]~?
No instante em que Nana seria cortada junto com o seu [Reino Paladino], ela foi salva pelo Ninjutsu de Tama.
— [Lâmina Certeira (Golpe Certo)]
Parion atirou espadas contra as meninas usando o [Arsenal Infinito (Unlimited Blade Works)]
— NYU!
— Phalanxus~ nanodesu!
Pochi arremessou os [Phalanx] contra as espadas. Esses escudos descartáveis não eram o suficiente para bloquear o ataque, mas a onda de choque causada quando eles foram destruídos, atiraram as meninas para longe da linha de fogo. Considerando que Tama estava carregando Pochi, ela provavelmente ficou bem.
E aproveitando a abertura que elas criaram...
— < PENETRAÇÃO DRACÔNICA HEXA! >
Liza descartou seu Exoesqueleto de Batalha e se lançou contra Parion, desencadeando uma chuva de Lanças de Dragão contra Parion.
— [Mobilidade inigualável (Tudo Pode Ser Evitado)]
Com o auxílio de sua Autoridade, ela evitou o golpe.
— AINDA NÃAAAAAAAAAAAOOOOOO!!!
Liza alterou forçadamente a trajetória do ataque disparando um [Canhão de Lâmina Mágica] com sua calda, mostrando um golpe finalizar que eu nunca tinha visto antes contra a Deusa Parion.
— < PENETRAÇÃO DRACÔNICA INFINITA!!! >
Uma barragem de golpes com intensidade o suficiente para deixar pós-imagens golpeou Parion por todos os lados possíveis como se fosse um ataque em área de larga escala.
— [Muu...]
A [Dança da Armadura Divina] foi feita em pedaços e diversas lacerações estavam visíveis no corpo dela.
— [Eu odeio vocês...]
Puxei Liza para os meus braços com o [Alocar Unidades] antes que a retaliação de Parion a atingisse.
— Isso foi espetacular.
— Mestre...
Elogiei o esforço dela enquanto fazia uma troca furiosa com a segunda Parion.
— KARINAAAAAAAA, SAINTTTTT KIIIIIIIIIIIIIICKKKKKKKKKKKK!!!
Potencializada pela habilidade única de Zena-san [Presa Divina] e o super fortalecimento de Raka, lady Karina desceu dos céus em direção a Parion;.
— [Não vão me pegar, não de novo!]
Parion facilmente evitou o golpe com sua Autoridade.
— RAKA-SAN! É A NOSSA CHANCE!
— [DISPERSAR!]
No instante em que lady karina passou pela Deusa Karion, as luzes que a envolviam se dispersaram em um flash.
— [Muu!]
— [ARISA!]
— [OK!]
Enquanto Parion estava ofuscada pela luz, Golens gigantes controlados pela Princesa Sistina se manifestaram em volta dela. Provavelmente tinha sido Arisa que os teletransportou.
Os golens envolvidos em uma luz esmeralda avançaram contra Parion.
— [Por que não consigo esquivar!?]
Eu podia sentir divindade vindo deles.
— [É culpa de Tenion... Todo mundo contra mim é tão injusto!]
Pelo visto, Tenion se juntou a batalha através de Sera.

◇◇◇

— [Urion deve voltar à vida!]
— [Karion.] — A voz de Urion pode ser ouvida.
Pelo visto, a Deusa Karion conseguiu revivê-la, seja através de sua magia ou alguma Autoridade.
Hm?
O número de marcações no meu mapa aumentou.
Quando me virei ao redor, o que me recebeu foi a imagem das Deusas Urion e Karion sendo perfuradas no coração por espadas e lanças azuladas. Essas armas tinham sido empunhadas por três Parions diferentes.
A Parion com a foice bloqueou o meu caminho enquanto a Parion com a Espada Divina deu o golpe de misericórdia nas duas Deusas.
— [Deuses são Omnipresentes.]
Esse parecia ser o mecanismo por trás do surgimento de cinco Deusas Parion.
Nós já estávamos tendo um grande problema lutando contra duas, imagine cinco delas. Para piorar, a Divindade que ela possuía aumentava toda vez que um Deus era morto. Embora os corpos dos Deuses vencidos fossem sugados pela Espada Divina, o poder deles seria carregado para o corpo de Parion.
Seria preciso um milagre para reverter esta situação.
— [Mestre, mais três segundos!]
Arisa entrou em contato comigo através do [Link Familiar].

◇◇◇

— Três, dois, um...
Eu me movi junto das meninas com o [Alocar Unidades] baseado na visão. Enquanto isso, Parion nos caçava com seus olhos.
— [Queda Mitológica!]
— < EXTINÇÃO MITOLÓGICA! >
— [Devorador de Mitos!]
As três magias anti-divinas engoliram as cinco Deusas Parion.
— Aha, ela não tentou esquivar daquilo.
— Sim, é uma surpresa.
— Falta aprendizado.
Deixando a Parion sendo pressionada pelo Golens de lado, não imaginei que as cinco seriam pegas no ataque. Ela provavelmente não imaginou que o restante do meu time também pudesse usar ataques efetivos.
— Que poder destrutivo assustador.
— É verdade, Liza. Não consigo me imaginar recebendo aquilo de frente.
— Vitória~?
— Nosso emivipi são Arisa, Mia e Hikaru, nanodesu!
Pochi provavelmente quis dizer MVP.
— Deixem a comemoração para depoi que tivermos confirmado que ela foi vencida, okay?
De fato.
— [Ugh...]
Uma das Deusas Parions se revelou depois de soprar longe a nuvem de poeira levantada pela explosão.
Ela havia perdido um braço e parte do corpo, além de surgirem rachaduras na sua pele, junto com uma luz negra que escorria de seu corpo no lugar de sangue. As auréolas em volta dela piscavam e sua voz parecia trêmula.
— [Fui descuidada...]
Aparentemente, mesmo um Deus não era capaz de prever um golpe que estava fora do seu alcance.
— [Mas eu não vou ser mais agora.]
No momento em que ela recuperou o seu espírito, o seu corpo despedaçado também voltou. Em adição, uma aura negra-azulada cobriu o corpo de Parion como uma armadura e auréolas azul-índigo e vermelho-escarlate surgiram em suas costas. A auréola azul original dela, moveu-se para o topo da cabeça.
— Mentira... nem aquilo foi o bastante?
— Okay, agora as coisas ficaram realmente ruins.
É, nem eu tinha imaginado que ela conseguiria voltar ao normal tão rápido, depois de tomar três magias anti-divinas.
— [Retribuição Divina!]
O ataque mágica de Parion voou em direção a Arisa e as meninas. Já prevendo aquilo, eu peguei a todas com o [Alocar Unidades] para o ponto seguro onde as outras estavam — a pequena nave onde a Núcleo-02 estava a bordo.
As varinhas modelo nave de batalha ficaram para trás e foram evaporadas no mesmo instante.
Parion em si, não parecia interessada, considerando que ela nem parou para verificar se obteve sucesso.
— [Agora é a vez de Tenion.]
Ela murmurou para si.
— [Mas antes disso...]
A Deusa Parion subitamente apareceu na nossa frente.
— [Acabar com esse irregular chato!]
A Espada Divina veio em nossa direção em modo < PEREÇA >. Eu imediatamente nos movi para uma centena de quilômetros dali, mas na hora em que ressurgirmos a Deusa Parion já estava lá.
— [Deuses são Omnipresentes!]
Ou seja, ela podia parecer onde bem quisesse. Não dera ela não nos ter impedido usando uma Autoridade.
Droga.
A Pendragon se rachou antes de tragicamente se partir.
Isso é muito mal.
— [Peguei você.]
A foice de Parion estava a um centímetro do meu pescoço.
Faíscas negras e multicoloridas colidiram umas contra as outras.
Essas faíscas saíam do confronto entre uma espada cor-de-arco-íris e a Ceifadora de Deuses.
De onde surgiu essa espada, vocês perguntam? Esta era a combinação da Espada Sagrada Excalibur com uma Presa do Deus Dragão.
— [Entendi, você tinha duas presas.]
Rachaduras começaram a surgiu no corpo da lâmina.
Agora que ela tinha absorvido mais duas Deuses e aumentando a sua divindade, Parion tinha ficado muito mais forte.

◇◇◇

— [É o fim, agora.]
A Excaliburn partiu-se em pedaços depois de mais algumas trocas.
— [Vou tomar conta de você que nem fiz com o Deus Demônio.]
Parion balançou a Espada Divina e a Foice ao mesmo tempo, mas eu as bloqueei usando as duas espadas arco-íris quebradas e mais pedaços delas caíram no chão do Submundo. Eles continuaram a perfurar o solo até pararem profundamente dentro da terra.
A imagem das meninas surgiram na minha mente.
Não, não mostrem cenas do passado antes da minha morte, por favor.
Mas o que se mostrou foi uma cena das Bridal Knights (Cavaleiras Nupciais).
Duas cópias idênticas do cronograma delas...
Mas como isso poderia me ajudar...?
Procurando por uma resposta milagrosa, vasculhei o interior do meu [Armazém].
Achei!
Rapidamente informei a Arisa o que eu precisava através do [Link Familiar] e fugi usando o [Alocar Unidades].
No deck da nossa nave para onde eu me transportei, Parion surgiu.
— [Inútil. Tudo acabou agora.]
— [Sim, acabou com certeza.]
Eu operei o [Armazém] com meu pensamento.
— [Ótimo, seja um bom menino.]
Parion assentiu para mim.
— [Vou fazer com que a sua morte seja indolor. Alguma últimas palavras?]
Últimas palavras?
Meticulosamente, controlei uma fina linha feita de divindade com a minha Magia Ancestral para que ela não percebesse.
— Bem...
O que precisava ser dito era...
— Xeque-Mate.
— [Xeque-Mate? Ah, eu conheço essa! Aprendi com os heróis. Sim, é seu Xeque-Mate!]
Parion levantou a foice.
— Nope.
— Nope?
Ela inclinou a cabeça em confusão até que percebeu a linha feita de divindade enroscando em seu corpo.
— [É inútil.] — Ela balançou a espada contra a linha.
Naquele mesmo instante, uma presa arco-íris emergiu do chão da nave e atravessou Parion por detrás. As meninas perfuraram a nave com a presa do Deus Dragão contendo o efeito de [Atravessar à Tudo] que eu deixei lá dentro.
— [Como...?]
O corpo de Parion começou a piscar intensamente.
— [Parion achou que você não tinha mais destas...]
O truque foi bug de duplicar itens que eu descobri no meu [Armazém]. Assim como aconteceu com o cronograma das bridal Knights que Arisa fez a mão, originalmente eu tinha apenas duas presas do Deus Dragão, mas elas acabaram sendo duplicadas. Embora eu ache que quem tenha fez isso tenha sido a Kagura escondida.
— [Ainda não. Eu ainda não perdi.]
Mesmo depois de ter o núcleo dela perfurado pela Presa do Deus Dragão, Parion continuou a se apegar a vida sem desistir.
[PAAAAAAAARRRIIIIIIIIIOOOOOOOOONNNNNNN!!!]
A auréola amarela se transformou em um braço e agarrou a Deusa Parion.
— [DESISTAAAAAA!!!]
— [PAAAAAREEEEEEEEEE!!!]
— [É O FIM!!!]
Em seguida, foi a vez das auréolas laranja, azul e púrpura agarrarem Parion no corpo e na face. Pelo visto, a consciência dos outros Deuses ainda persistia na Divindade que foi roubada deles.
— [Calem a boca, seus barulhentos]
— [SATTTTTTTTTTOOOOOOOOOOUUUUUU!!!]
— [AGOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORA!!!]
As auréolas azul-índigo e vermelho-escarlate brilharam e ergueram Parion no céu. Pelo visto, as Deusas Urion e Karion perceberam o que eu estava prestes a fazer e tentaram me ajudar, mas Parion rasgou os braços dos Deuses, só restando as auréolas das duas Deusas.
 — [Ainda não. Eu não perdi ainda!]
Parion ofegava pesado. Com seu núcleo danificado, a divindade se esvaia do corpo dela, fazendo com que a sua própria existência fosse desestabilizada.
— Não, a derrota é sua.
Isso porque...
— Eu já...
Então, olhei para cima.
— Declarei o Xeque-Mate.
Os céus do Submundo se dividiram, com o rugido das imensas estrelas que caíam dele.
— [Não, eu não quero!]
Parion se teletransportou para longe, mas, na mesma hora, as estrelas brilhando sumiram também.
— “É inútil”.
Autoridades eram milagres criados pelo poder revestido aos Deuses. A chuva de meteoros que estava caindo agora tinha sido liberada pela divindade do mais poderoso de todos os Deuses, o Deus Dragão, com uma quantidade excepcional disponível para liberar. Nada poderia se contrapor a isso.
Eu fechei os meus olhos e as imagens das estrelas caindo entraram na minha visão. Elas caiam enquanto Parion corria desesperada entre o mundo humano e o Reino dos Deuses.
No instante ela parou, seja devido o cansaço ou porque ela desistiu... Estrelas esmagaram impiedosamente Parion, demolindo tudo que havia naquele reino divino.
>Título: [God Slayer: Parion] foi adquirido.
>Título: [Deus] foi adquirido.
>Título: [Algoz Divino] foi adquirido.
>Restrição de Ocupação foi liberada.
>Habilidade Única [Criar Unidades] foi liberada.


Se gostou deste capítulo, Solucione o nosso CAPTCHA DE DOAÇÃO e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!


< Death March 17-49 | Death March Índice | Death March 17-51 >


Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários