Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku Web Novel Online 17-49

Posted



Death March Web Novel Online 17-49 

[A Deusa Inocente]


Death March Kara Hajimaru isekai Kyousoukyoku, Death March to the Parallel World Rhapsody

Satou aqui. Dizem que as crianças são puras e inocentes, mas essas qualidades também são o que leva algumas a fazer algo cruel por curiosidade. Se um dia você as pegar em flagrante, é a obrigação de um adulto repreendê-las para o próprio bem delas.

◇◇◇

— [Por quê?]

O rosto descontente de Parion era visível do outro lado da chuva de faíscas negras e multicoloridas. A razão disso foi a minha intervenção no momento em que ela ia matar os três últimos deuses.

Para ser bem honesto, tirando a Deusa Karaion, quem me ensinou a [Barreira Contra Miasma] e a barulhenta, mas inofensiva Deusa Urion, eu não estava muito interessado em salvar o arrogante Deus Heraruon. No entanto, já que ele era um dos deuses que protegiam o mundo humano de forças externas, acabei resgatando-o também.

— [O que é isso? Uma espada que bloqueia a Espada Divina? Estranho.]
 Parion olhou para minha espada cor de arco-íris.

— Esta é a Divina Espada Mágica Sagrada [Pendragon].

Era uma espada feita pela fusão da Espada Magica Sagrada [Pendrago], que imolei aos Deuses em Borenhart, mas que de alguma forma acabou voltando para o meu [Armazém], e uma [Presa do Deus Dragão] que eu tinha comigo, por meio de Magia Ancestral.

Eu não tinha certeza se conseguiria fazer isso com o pouco de divindade que me restava, mas acabou dando tudo certo.

Para começar, o que Magia Ancestral precisava era de uma vasta quantidade de poder mágico. Aparentemente, a minha falta de Divindade aconteceu porque a usei no lugar do meu MP, que tinha diminuído com o meu level. Por isso, eu acabei utilizando a magia de Arisa, que era minha familiar, junto com os estoques que guardei nas espadas sagradas dentro do meu [Armazém].

— [Eu não sei dessa espada.]

Parion balançou casualmente a [Foice Ceifadora de Deuses] e eu use o [Alocar Unidades] para me esquivar dela. Usando essa abertura a pequena Deusa tentou eliminar os outros Deuses, mas a impedi  usando outra vez o [Alocar Unidades].

— [Não me atrapalhe.]

Parion se virou para me atingir com a Espada Divina, mas eu a bloqueei usando a Pendragon. Infelizmente, a arma dela era um pouco mais forte.

— [Lâmina Mais Forte (Tudo Pode Ser Cortad)]
— [EU NÃO VOU DEIXAR!]

Com o grito de Urion, uma luz azul-índigo caiu sobre Parion, apagando a luz azul que envolvia a foice. Mesmo que não pudesse evitar o golpe em si, a foice parou de se mover depois de destruir a barreira, impedindo  que a Deusa Karion cortada junto com ela.

— [Não consigo matar.]

A Deusa Parion bateu com o pé no chão em frustração, assim como uma criança.

Hã? É apenas eu ou a aura azul que cobria a Deusa Parion e a cor arco-íris da foice ficaram um pouco mais escuras, que nem a Espada Divina?
— [POR QUE, PARION!? FALE, O POR QUÊ!]

Depois de recuperar um pouco a compostura, o Deus Heraruon se atirou contra Parion enquanto gritava.
Tudo bem, vamos usá-lo como distração e desarmar a Deus Parion durante essa chance.
— [Parion deveria sentir muito. Karion disse o mesmo.]  — A Deusa Urion se juntou ao Deus Heraruon.
As autoridades de Parion eram superiores às dos outros três deuses, mas, contando comigo, eram quatro contra um. Assim até mesmo ela estava começando a sentir pressão.

— [Todo mundo contra mim não é justo.] — Ela resmungou como se não lembrasse o que tinha acabado de fazer.
Mesmo sua boca assumido um formato de “^” em descontentamento, os ataques dela continuavam sem interrupção. Nós escapamos por um triz em vários momentos, mas graças a minha espada e a de Urion lidando com a foice, Heraruon conseguiu uma chance de agarrar a mão de Parion que segurava a Espada Divina.
O rosto de Parion ficou ainda mais irritado.
— [Isso acaba aqui, Parion.]
— [É como Heraruon diz. Parion deveria largar estas armas perigosas.]
— [Eu me lembrei.]
Pude notar que a expressão de Parion mudou para um leve sorriso.
— [< PEREÇA >]
Ah, merda.
No instante em que ela recitou a inscrição, eu chutei o Deus Heraruon para longe, agarrei a Deusa Urion e nos transportei para uma zona segura com o [Alocar Unidades].
Conforme nos afastávamos, vi no canto o Deus Heraruon sendo engolido pela ativação da espada até os joelhos. Ele ainda conseguiu resistir por mais algum tempo com a ajuda da barreira Karion, mas isso só durou alguns instantes diante da lâmina da Espada Divina em seu modo
< PEREÇA >.
A longa vida do Deus Heraruon foi devorada por uma enxurrada negra e violenta, chegando ao fim.
— [P-Parion, ela...!] — Sussurrou Urion espantada ao meu lado.
Aparentemente, ela estava em choque não pela morte de Heraruon, mas pela transformação completa que Parion passou.
Bem, eu consigo entender.
Uma aura escura transbordava para fora dela, deixando apenas metade do seu rosto adorável ainda exposto. O olho azul vazio e a boca semitransformada da metade negra do corpo dela, pareciam especialmente assustadores.
Lembrava um pouco o Deus Demônio quando ele estava sendo corroído pelas impurezas.
A minha opinião sem qualquer base era de que, as impurezas que a Espada Divina absorveu foram transferidas para a Deusa Parion quando ela ativou a inscrição. Por sinal, a foice também ficou negra, igual a Espada Divina, mas essa mudança não teve tanto impacto quanto a primeira.
— [Passos Leves (Mais Rápido Que Qualquer Um).]
A Deusa Parion usou uma habilidade única de movimento instantâneo e lançou a espada divina em modo < PEREÇA > contra a Deusa Karion.
Como se eu fosse deixar!
Coloquei-me entre as duas com o auxilio do [Alocar Unidades] e agarrei a Deusa Urion enquanto as camadas da barreira avermelhada iam se rompendo uma-a-uma.
A lâmina dela estava muito perto de mim.
Eu não vou consegui...
A minha única escolha era sacrificar a Pendragon para ganhar tempo e...!
De repente, Parion foi atirada para longe.
— Hehe, é o que você ganha por se esquecer da Arisa-chan aqui!
Pelo visto, Arisa disparou um feitiço anti-divino contra ela. Urion e eu acabmos sendo empurrados pela onda de choque, mas graças a isso, escapamos do golpe de um ataque de morte certa.
— É, vamos pegar ela!
— N, de acordo.
O feitiço anti-divino de Hikaru atingiu Parion logo em seguida e o Fenrir Menor invocado por Mia a mordeu também. Infelizmente, as versões menores, destinadas para Reis Demônios, não conseguiram causar qualquer dano. Parion se livrou do fenrir com a foice e o despedaçou com a Espada Divina.
— [Intrometida.]
Os olhos infantis dela focaram em Arisa.
— [< CONDENE >] — Parion ativou a inscrição da foice.
Puxei as meninas para onde eu estava com o [Alocar Unidades], enquanto o golpe da Deusa balançava horizontalmente.
Merda.
Distanciei-me o máximo possível junto com as garotas.
Depois de ter perdido o seu alvo, Parion começou a girar com a foice em modo < CONDENE >, fazendo uma secção circular no salão do Deus Demônio.
Tanto o [Reino Paladino] de Nana como a barreira vermelha de Karion foi instantaneamente dizimadas pela aura negra.
— URION!
Tendo falhado em escapar do golpe, Urion teve a metade inferior do seu corpo apagada.
— Caramba, como é que ela consegue ser tão forte com uma carinha inocente daquelas!?
Você tirou as palavras da minha boca, Arisa.

◇◇◇

— Núcleo-02, prepare a decolagem de emergência!
Eu trouxe todo mundo de volta para a ponte da nossa nave, incluindo as Deusas Karion, Urion e as meninas de cabelo cor-de-rosa, é claro.
Mesmo com a [Pendragon] como trunfo, lutar contra a Deusa Parion carregada de impurezas, enquanto empunhando a Espada Divina e a Ceifadora de Deuses era demais até para mim. Acima de tudo, não tinha qualquer razão para arriscar a minha vida para mata-la.
Eu provavelmente nunca teria colocado o meu pescoço nessa disputa interna entre os Deuses se não fosse pelo fato de que perder mais um Deus aqui poderia colocar o mundo humano em risco.
— Erupções~?
— Anbali-vabou-nanodesu!
Começando por Tama e Pochi, retornaram para a realidade quando viram o mundo a volta começar a ruir.
As montanhas do submundo entraram em erupção, rachaduras surgiram no solo, nuvens descarregaram raios até onde a vista alcançava e tornados desceram dos céus.
— [É apenas natural que o submundo se desestabilize depois que o Deus Demônio se foi.]
— [Concordo com Karion.]
Pelo visto, Urion terminou de regenerar sua metade perdida.
— Mestre, todos os preparativos para a decolagem de emergência estão prontos!
— Iniciando decolagem de emergência. Todos os inimigos estão na linha de fogo.
— Sim!
— Entendido.
Zena-san e Karina-sama, que estavam cuidando dos inimigos lá fora, retornaram para o interior da nave. Conforme íamos subindo, exterminamos todos os demônios que ainda restavam.
Tansportar a todos para uma área mais segura seria a melhoria uma boa escolha, mas eu decidi guardar a minha divindade para usar no futuro.
Foi então que o espaço se distorceu quando saímos de dentro do castelo.
— [Não vão a lugar nenhum.]
Parion apareceu para bloquear o nosso caminho.
— Eu já esperava por isso.
Levei a nave para longe usando o [Alocar Unidades] baseado na visão.
— [Já disse que não vão a lugar nenhum!]
Eu sabia que ela iria nos seguir, mesmo que fôssemos para o mundo humano.
— Ei, ela não parece estar maior?
— Sim, com toda certeza, BEM maior.
A Deusa Parion havia se tornado tão grande que poderia segurar a nossa nave com as mãos.
— Parion! Por que, por que você está fazendo isso! — Sera correu para o deck da nave e gritou.
Jugando pela luz esmeralda em volta dela, possivelmente era Tenion quem estava controlando o seu corpo.
— [É a minha missão.]
Por algum poder divino desconhecido, Parion conseguiu reconhecer a Deusa Tenion através de Sera.
— Missão?
— [O Deus Criador-sama nos disse: Chegue até o topo e se torne uma Deusa esplêndida.]
Disse ela como se recitando uma passagem.
— [Você já se esqueceu, Tenion?]
Parion inclinou a cabeça.
Não, é claro que eu me lembro! Mas, antes disso, ele também nos disse [Guie a humanidade e nutra sua fé]!
— [Essa foi uma ordem minoritária. Humanos são criaturas capazes de gerar uma quantidade infinitamente pequena de Divindade a partir da essência mágica (mana) como fertilizante. O que o Deus Criador-sama realmente desejava era que nós Deuses coletássemos uma vasta quantia de Divindade para atingirmos maiores alturas.]
Tenion cambaleou com a revelação.
Pelo visto, ela estava dizendo a verdade.
— Mas, mas, mesmo que seja verdade...
— [E, a fim de chegar a novas alturas, a melhor forma é massacrando os outros Deuses e consumindo as suas almas junto com todo o montante de Divindade que reuniram ao longo das eras.]
O rosto inocente de Parion assentiu em satisfação.
 Então, ao invés de fazer tudo isso por malícia, ela estava apenas segundo aquilo que acredita ser a vontade desse Deus Criador.
— [Chega de ganhar tempo.]
Parion virou estendeu os braços.
— [Finalmente terminei de me adaptar.]
Cinco aureolas se manifestaram atrás dela. Cada um possui uma cor correspondendo a um Deus que foi assimilado: Púrpura, Laranja, Azul, amarelo e então, a cor pessoal dela, Azul-Claro. No entanto, essas aréolas tinham contornos negros, como se devido as impurezas.
Rudy: Garleon, Urion e Parion usam 3 tonalidades diferentes de azul, Azul, Azul claro e Azul-índigo.
— [Aquela Parion é perigosa. Karion disse o mesmo.]
— [Não, eu não disse. Mas concordo com o nível de perigo. Parion está dois ranques acima de nós. É uma situação desesperadora mesmo se a Tenion se juntasse a nós.]
A diferença é tão grande assim, heim...

— [Sim. Parion é a mais forte.]


Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku / Death March to the Parallel World Rhapsody


Se gostou deste capítulo, Solucione o nosso CAPTCHA DE DOAÇÃO e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!



Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários