Death March Webnovel 2-03

Posted



Death March 2-3
[Encantamentos, a Soldado e Uma Tarde Agitada]

Satou aqui. Quando agito a varinha assim, mais do que um mago, sinto que me pareço mais com o maestro de uma orquestra, mas infelizmente a habilidade [Maestria] não apareceu, o que me deixou um pouco desapontado.
Parece que mais uma vez, ainda estou longe da rota harém.


◇◇◇


Depois de voltar para a pousada, guardei as ferramentas de alquimia. Eu queria tê-las colocado dentro da [Bolsa Mágica], mas pelo que ouvi de Nadi-san durante a nossa turnê, este item costumava ser popular entre as pessoas prósperas por volta da época do rei ancestral Yamato, no entanto, hoje em dia era de uso exclusivo para o exército, nobres de alto escalão ou comerciantes muito ricos, sendo um item bastante caro.
Por esta razão, não posso continuar a usá-lo casualmente. Embora não seria um problema lidar com alguns bandidos, caso um nobre colocasse os olhos sobre, as coisas poderiam ficar sérias.
Seguindo as instruções que Nadi-san me deu ontem, enchi um balde com água, mergulhei um pano dentro e o espremi. Em seguida, pego um cabide que comprei ontem e coloco o pano lá.
Ótimo, as preparações estão completas!
Agora era hora de usar o encantamento do feitiço [Secar]!
— Lu lala, la, li...la?
Mesmo podendo ler o que estava escrito, eu não conseguia pronunciar! Seria necessário ler 100 caracteres em um minuto?
Que tipo de jogo roubado é esse!
Então, continuei a praticar o encantamento enquanto me sentia desanimado, mas no final, não obtive sucesso. O pano acabou seco mesmo que sem ter usado a magia, mas isso não me deixou feliz.
— Tudo bem, acho que vou precisar de ajuda.
Eu me levanto e bato as mãos.
Quando em apuros, corra até Nadi-san! Vou pedir conselhos a ela.
Mesmo me sentindo agarrado a um fio de esperança, sigo até a Loja de Serviços.
...Infelizmente, Nadi-san não estava.


◇◇◇


Como ela não voltou até o anoitecer, decidi ir até a livraria no distrito central. Deveria haver outros livros sobre Magia Cotidiana além daqueles que comprei.
No caminho até lá, fui chamado pelo dono da loja de roupas. Aparentemente, o meu pedido havia sido concluído antecipadamente.
Me pergunto se o proprietário lembrou de quando falei que não tinha mudas extras e por isso apressou o pedido. Já que ele teve todo o problema de preparar as roupas, vamos tratar de recebe-las.
— Ficou realmente excelente!
— Sim, o senhor se parece com o herdeiro de uma grande firma ou mesmo um nobre!
O proprietário e sua esposa me elogiaram muito.
Para confirmar o tamanho, fiz algumas poses na frente de um espelho de corpo inteiro. Entretanto, o produto final não ficou melhor do que do que a amostra daquele dia? Não, não era um exagero.
— De fato, está melhor do que a amostra.
— Exato! Como foi um pedido urgente, acabei chamando um alfaiate diferente do habitual, mas essas linhas finas e costuras bem feitas ficaram esplêndidas! Graças ao senhor cliente, fiz um enorme achado!
 Como posso dizer? Sinto como se devesse pedir desculpas por causar problemas.
Depois daqui, vamos apenas embrulhar minhas roupas velhas e vestir estas novas.


◇◇◇


Quando cheguei ao portão, me pediram para apresentar o cartão de identificação. De acordo com o soldado, aparentemente alguns ladrões surgiram depois da última perturbação, portanto agora era necessário apresentar uma identificação.
Na praça, a maioria das lojas ao longo da estrada principal estavam abertas. Como a luta ocorreu e grande parte na frente do portão do castelo, tirando alguns azarados, as lojas permaneceram intactas.
Decidi comprar folhas de chá em uma loja especializada que Nadi-san me apresentou ontem em frente a praça e também comprei algumas especiarias na lojas de temperos. Em outra, especializada em alimentos de luxo, comprei arroz, miso e molho de soja.
Sei que já disse isso várias vezes antes, mas que tipo de mundo de fantasia é este...?
Em frente a um bar ainda na praça, um bardo estava recitando um poema com grande senso de realidade sobre a batalha de ontem entre o Demônio e os Cavaleiros.
“O misterioso herói com a máscara prateada não seria um filho bastardo do Conde?”, coisas assim estavam sendo cantadas por ele. Na verdade a máscara estava mais para acinzentada, mas pelo visto o bardo usou de liberdade poética aqui.
Como gostei bastante do serviço, dei a ele uma moeda de prata... mas preciso dizer, isso tudo é muito embaraçoso!
Quantos desvios será que vou tomar só para chegar na livraria?


◇◇◇


— Satou-san, muito obrigada por tudo ontem!
Semone-san me cumprimentou com um sorriso dentro da livraria. Ao que parecia, hoje era sua vez de cuidar da loja.
— Olá, Semone-san. Como está a condição do seu avô?
— Ele foi curado com magia, mas como já tem uma idade avançada, vovó estará cuidado dele pelos próximos dois ou três dias para que descanse.
Velho, o senhor tem uma ótima neta. Estou com muita inveja.
Fiquei jogando conversa fora com ela antes de chegar para o tópico principal de minha visita.
— Você está procurando por livros que ajudem a praticar os encantamentos de Magia Cotidiana?
— Sim, fui capaz de entender a explicação do livro, mas não consigo fazer o encantamento...
— Hmm, Satou-san os encantamentos de Magia Cotidiana são fáceis de lembrar, mas normalmente se precisa de três à cinco anos de treino para conseguir dominá-los e, mesmo assim, cerca de oitenta por cento das pessoas geralmente acabam falhando.
Mesmo que eu tenha obtido a habilidade depois que usaram o feitiço de [Secar] em mim? Bem, não se pode esperar muita coisa quando se trapaceia...
— Alguém que já possui o [Dom]? Certo, tem pessoas que vêm de uma família de longa linhagem de magos que já nascem com a habilidade, mas geralmente elas recebem a ajuda de algum membro para aprenderem a usar...
Portanto, não há necessidade em aprender a partir de livros... era o que ela queria dizer.
Como não havia o que se pudesse fazer, apenas comprei alguns livros relacionados a treino vocal e atuação.
Vamos tentar melhorar o meu ritmo de fala também.


◇◇◇


A loja de magia na frente da rua principal estava coberta com uma lona. Assim como eu imaginava, ela estava fechada também.
— Olá, senhor ágil.
Virando a cabeça, encontro uma garota usando um vestido simples porem elegante, com seu corpo inclinado para frente enquanto olhava para mim. Com um corpo esguio, cabelos longos e alisados, era uma garota bonita e charmosa.



 — Como vai, Soldado-san? Que vestido mais adorável você está usando hoje.
> [Habilidade: Lisonjia] foi adquirida.
Por favor, não atrapalhe a nosa conversa...
— Ehehehe~ como é raro termos folgas, não tenho muitas chances de vestir isso.
— Sobre ontem, suas fraturas já foram curadas?
— Sim! Era o que eu queria dizer, mas o lugar onde fraturei ainda dói ocasionalmente, então pensei em passar no templo.
Só para deixar claro, se tratava da Soldado que salvei de cima de uma árvore ontem.
— Você mesmo não pode curar?
— Não há feitiços de cura na Magia do Vento, sabe?
Entendo, então cada elemento possui seu próprio ponto forte.
— Ah~ Zena está caçando um namorado~!!!
— Oh, é verdade! Deixando o rosto de lado, ele está bem festivo e, acima de tudo, é um rapaz jovem! Bom trabalho, Zena!
— Ei garotas, não façam piada com ela. Mesmo sendo uma flor que demorou à desabrochar, essa garota está trabalhadno duro, então vamos apenas apoiá-la com um sorriso caloroso.
Me pergunto se elas são amigas da Soldado-san.
Algumas garotas estavam fazendo um alvoroço na entrada da loja, enqunato cochichavam entre si. Havia inclusive alguns insultos misturados nas entrelinhas da conversa delas.
Então o nome da Soldado-san é Zena, hein? Soa muito bem.
Zena-san estava abrindo e fechando a boca silenciosamente com um rosto completamente avermelhado.
Se posos dizer é uma reação bastante fofa~
— E-EI, VOCÊS ESTÃO ENGANADAS! EU SÓ QUERIA AGRADECER A ELE POR TER ME SALVADO ONTEM!
A face das três endureceu um pouco na hora em que ouviram isso.
— Por-por salvar você... não me diga!
— O herói-sama da máscara de prata!
— Não pode ser! Ele estava empunhando em cada braço uma marreta e um machão de duas mãos, sabe? Esse garoto de aparência delicada não conseguiria fazer isso!
— Não... não é disso que estou falando.
Entretanto, as palavras de Zena-san não conseguiram alcançar as outras.
— Ei, mas a altura dele não é a mesma?
— A cor do cabelo é diferente, não é? O daquele cavalheiro era dourado.
— Além disso ele não está vestindo uma máscara.
—POR FAVOR, ME OUÇAM!
Depois que Zena-san grita com tudo que podia, as três finalmente prestam atenção nela.
— Como eu não podia me mover por causa das feridas, este homem me carregou até a estação de tratamento ontem!
— Aah~ então era deste tipo de “salvamento”.
— Mas espere, esta não é então uma oportunidade de ouro?
— Não a compare com alguém como você. Zena não tem esse tipo de desenvoltura.
Sim, é um grupo bem barulhento. Vamos deixar a Zena-san cuidar disso.
Ainda assim, as três estavam torcendo por ela sem qualquer malícia ou sacarmos, então provavelmente a valorizavam e muito.
Me pergunto se é uma boa hora para interrompê-las.
— É um prazer conhecê-las, eu me chamo Satou, um mercador viajante. Meus planos são de ficar por esta cidade durante algum tempo, então é um prazer me tornar conhecido de vocês.
— Ei Onii-san, você não é mesmo o namorado da Zena-cchi?
— Nos conhecemos apenas ontem e, além disso, só descobri o nome dela depois que todo mundo a chamou.
— Mas, mas, para Zena vestir uma saia e sair num encontro!
— N-não é um encontro!
— Mas você nunca vestiu uma saia mesmo nos feriados.
Zena-san e as outras três garotas que pareciam ter a mesma idade que ela, trocaram palavras entre si de maneira alegre.
— Eu adoraria que você aceitasse sair com ela. Essa garota, apesar da idade, nunca deu um passo em direção ao sexo oposto, imagine arranjar um namorado!
— Isso aí, mesmo sendo uma nobre caída e sem nenhum tostão no bolso, ainda assim é uma ótima escolha. Seu peito pode ser plano, mas ela é uma adepta da Magia de Vento com um futuro promissor como soldado!
As outras duas até a recomendaram.
Pessoalmente eu gosto dela e em mais cinco anos, quando tiver suas curvas devidamente formadas, adoraria em fazer um avanço~
 Zena-san interrompeu sua discussão com a outra e rapidamente interveio onde estávamos.
— N-nós não somos caídos!!! Meu irmãozinho já herdou o título! Embora seja verdade que não temos dinheiro ou status no governo...
Portatno Zena-san era uma nobre de ranque baixo.
...Ela não vai negar a parte sobre ter um peito plano?
— Vamos parar de brincar com a Zerna-san e voltar para o castelo. Se nos atrasarmos para a troca de turno, o treinamento especial do comandante vai estar nos esperando.
— A~té~mais então, Zena-cchi! Vamos querer ouvir tudinho sobre isso depois~
— Zena, joge bem com seu apelo sexual e seu lado frágil! Mostre a sua coragem!
As três voltaram relutantemente para o castelo enqunato Zena-san parecia aliviada e um pouco embaraçada.
Hmm?
Uma das garotas voltou apressada e entregou algo para Zena-san, que inicialmente ficou com um olhar confuso, até que então pareceu entender o que havia sido entregue, ficando com a face completamente vermelha. Provavelmente já esperando por esta reação, a garota voltou para suas amigas enqunato dizia “Boa sorte~♪”.
Zena-san secretamente colocou a coisa que recebeu no bolso e pessoalmente não irei perguntar sobre isso.
Sim, porque sou um cavalheiro.


Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!





Share on Google+

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários