Death March Webnovel 15-Intermissão-05

Posted


Death March Web Novel Online 15-Intermissão 5 

[No Condado Muno – Parte 2]

— Já está à vista?
— Sim, Satou-sama.
Recebi um relatório quando o dirigível estava prestes a chegar ao Castelo de Muno e fui até lá a partir do Palácio da Ilha Solitária.
Este dirigível não é propriedade do Ministério do Turismo, mas de uso pessoal, por isso ele foi disfarçado para parecer simples a vista.
Eu também reduzi a velocidade máxima, então ele só pode se mover tão rápido quanto uma motocicleta.
Os Brownies que controlam o dirigível disseram: — Tem um gosto que não pode ser encontrado em aeronaves leves e no mais novo modelo, então navega-lo também é bom— , para mim sobre o modelo.
— Já faz um tempo desde que estivemos aqui, não é mesmo?
— Nn.
Mia acenou para Arisa, que saiu do Palácio da Ilha Solitária logo atrás de mim.
— Eu me pergunto se o conde ficará satisfeito com a lembrancinha.
— Está tudo bem ~?
— Isso mesmo nanodesu! Não há ninguém— Não há muitas pessoas que não gostam de carne nodesu!
Tama e Pochi garantiram à preocupada Lulu que tudo ficaria bem. Pochi provavelmente mudou suas palavras no meio, porque Mia estava em seu campo de visão.
— Vamos desmembra-lo imediatamente assim que chegarmos lá.
— Sim, Liza-san.
Lulu respondeu a sugestão de Liza com um belo sorriso.
Liza tinha uma expressão séria no rosto, mas desde que sua cauda está balançando ritmicamente. Não há dúvida de que ela está ansiosa para o prato de carne que se seguirá.
— Então esta é a cidade natal de Karina-sama.
— Eu estive pensando, aquilo é um pomar?
Zena-san estava olhando para os arredores e Sera se interessou por um pomar à distância.
— Sim, abrimos um pomar de Lulu com a colaboração do Visconde Emlin.
— Visconde Emlim...
Sera olhou seriamente para meu rosto quando ouviu minha resposta. Minha habilidade [Orelhas Atenciosas] capitou seu pequeno resmungo: — Em pensar que eles usariam essa tática para enviar a filha deles ...—,  por algum motivo.
A segunda filha do visconde Emlin, Lady Lina, chegou ao condado para trabalhar como dama de companhia da filha mais velha do Conde Muno, Lady Soruna. Ela está atuando como representante do vice-rei na cidade de Brighton, cidade a qual está sob meu comando.
Rudy: Essa parte não ficou clara, mas ao que tudo indica, existe um vice-rei, que atua como governador e acima dele está o Satou. Acho que o Satou é quem possui a prioridade do Núcleo da Cidade e a outra pessoa tem atuado em seu lugar, mas como esse outro cara também é ausente, a Lina é quem tem administrado tudo.
Ela conseguiu de alguma forma se tornar à representante devido ao curso dos acontecimentos, embora não acho que o pai dela tenha planejado isso.
Sera provavelmente está apenas se preocupando demais.
Rudy: Sim, com mais uma candidata ao Harem ;D Ela atualmente está com 13 anos (Loli), mas já está ganhando corpo de mulher (Capítulo 15-33).
— Por fruta Lulu, você quer dizer aquela fruta de alta classe?
— Sim esta mesmo.
— Eu nunca soube que havia outro pomar de Lulu além daqueles no Ducado Oyugock.
— Isso porque não vai dar frutos ainda por mais dois anos.
A princesa inclinou a cabeça com a mão na bochecha.
Desde que ela ama o [Doce Lulu] (É um bolo), ela provavelmente está ciente da área de produção.
— Mestre, temos um relatório dos Brownies, então informo.
— Eles querem que a gente vá para a cabine de passageiros, já que a nave descerá em breve desuwa.
Nana, cujo relatório foi roubado por Lady Karina, emanava uma aura de desapontamento enquanto ainda estava sem expressão.
Nós estaríamos bem aqui fora graças a minha skill [Mãos Mágicas], mas nós ainda voltamos para dentro.
— Satou-san, o brownie no convés de observação informou que avistou uma fileira de carruagens.
Agradeci a Zena-san que relatou com um olhar alegre e abri o mapa.
Aparentemente, a fila de carruagens pertence a Orion-kun, o filho mais velho do conde e irmão mais novo de Lady Karina.
Já que está na hora dele se graduar na escola da Capital do Ducado, ele provavelmente está voltando para começar sua preparação para se tornar o próximo chefe da família.
Além dele, há mais de 10 carruagens refletidas no radar e cada uma delas tem um jovem nobre do Ducado Oyugock dentro.
Acho que até Orion-kun tem amigos que ele pode levar para casa.
Um pensamento tão grosseiro brilhou em minha mente, mas eu levemente balancei a cabeça para afastar meu preconceito.


◇◇◇


— Conde~!?
— Ele está acenando para nós, nodesu!
Tama e Pochi, que encontraram o Conde Muno acenando da janela do castelo, olharam para mim enquanto apontavam para ele. Eu confirmei a descoberta e as elogiei: — Bom trabalho em encontrá-lo—, mas as duas entenderam mal, correram para o convés e pularam para a janela do castelo.
Seus sons de aterrissagem eram diferentes, 'Shutat' com Tama e 'Bitaan' com Pochi, mas elas chegaram à janela onde o Conde Muno estava sem qualquer ferimento.
— E-, eu também!
— Você não pode Karina-sama.
Eu agarrei a nuca de Lady Karina, que estava correndo para o convés. Ela realmente não pensa como uma filha nobre deveria.
— Ooh, estou feliz em ver Pochi-kun e Tama-kun parecendo tão animadas como sempre.
— Nihehe ~? Estamos de volta ~?
— Estamos de volta, nanodesu!
Eu ouvi a conversa entre o Conde Muno, Tama e Pochi.
— Bem vindas de volta. O que faz aquela hidra pendurada na aeronave?
O conde Muno perguntou a Pochi e Tama quando viu a lembrancinha.
— Souvenir ~?
— É isso mesmo, nanodesu. É a mais saborosa hidra, a hidra de três cabeças, nanodesu!
Assim como o Pochi disse, entre os tipos de hidra, a mais deliciosa de todas é a de três cabeças.
A de duas-cabeças tem essas veias estranhas nela, a de quatro-cabeças tem a carne muito dura, só há poucos métodos para cozinhá-la. Liza acredita que a de cinco-cabeças possui a melhor  “Mastigabilidade” , mas não acho que haja muitas pessoas que compartilham dessa opinião.
Rudy: Lembrando que  a Liza costuma usar [Armadura Mágica] em seus dentes, comendo até mesmo um tendão da baleia (Tovkezeera) que até mesmo a Pochi não conseguiu.
— Satou-sama, nós estaremos soltando a hidra ali.
— Sim, eu vou deixar para vocês.
Eu deixei para os Brownies sem me intrometer.
Depois de aterrisar a hidra no quintal, o dirigível pousou no pátio do Castelo Muno.
— Bem-vindo de volta, Satou-kun, Karina.
— Nós retornamos Conde Muno.
— Pai, onee-sama, estou de volta!
— Meu, meu, oh Karina.
Curvei-me como um nobre ao Conde, que veio nos encontrar no pátio.
Lady Karina correu para sua família e abraçou seu pai e irmã mais velha.
Depois que a princesa e as outras garotas desceram, e as cumprimentaram levemente, estamos mudando de lugar para o quarto particular do Conde Muno.
Liza e Lulu foram ao quintal para desmembrar a hidra.
Pelo caminho...
— Então é o Pendragon— Maldito demônio traiçoeiro e sua trama de usurpação.
Havia um jovem resmungando aquela acusação equivocada.
Ele não é cidadão de Muno, mas da cidade de Dalgan, localizada no extremo norte do Ducado Oyugock.
Não sei por que um cidadão de outro feudo está dentro do Castelo Muno, mas como os guardas lá dentro só olham para ele com olhares conturbados sem perguntar sua identidade, não parece que ele é uma pessoa suspeita que perdeu o rumo aqui.
Desde que ele disse em um volume que não seria ouvido sem a habilidade Orelhas Atentas e ele era um plebeu sem uma posição oficial, o ignorei.
Eu memorizei seu nome pelo menos desde que seria problemático se ele espalhasse algum rumor estranho sobre mim.


◇◇◇


— Cerimônia pelo enobrecer um cavaleiro honorário?
— Umu, Hauto-kun passou no teste de etiqueta. Acho que é hora de nomeá-lo como um cavalheiro honorário e levá-lo a casar com Soruna.
O primeiro tópico que tivemos quando chegamos à sala privada foi sobre o ex-falso herói Hauto se tornando um nobre honorário.
Claro, muitas coisas, tais como Lady Soruna ficou surpresa com os olhos arregalados quando conheceu a princesa pela primeira vez e como os funcionários do castelo estavam espiando a princesa e Sera, enquanto se escondiam,também aconteceu, mas vamos omitir isso.
— Conde, devemos pedir a Zotor para ser um cavaleiro honorário também enquanto estamos nisso.
— Eles permitiriam isso?
O Conde Muno respondeu ansiosamente à sugestão de Nina.
— Seu período de expiação está prestes a terminar em breve, deve estar bem.
A Expiação mencionada é em relação a como ele deixou o exército, devido a sua insatisfação em relação ao demônio menor posando como cônsul, e agiu como um ladrão cavalheiresco?
Eu não acho que seja um pecado grande o suficiente que ele deva compensar, mas ainda não entendo os valores adotados neste mundo, logo posso apenas aceitar as coisas como elas são.
— Quando a cerimônia de casamento será realizada?
A única cerimónia de casamento a que assisti neste mundo foi de Tisrad, o filho mais velho do Duque Oyugock, irmão mais velho de Sera.
— Cerimônia?
Lady Soruna inclinou a cabeça intrigada.
Hã?
Talvez seja algo que apenas a família participa?
— Somente nobres da mais alta distinção na Capital Real, realizam uma recepção para filhos além do herdeiro. Outros nobres não virão a menos que seja para o herdeiro, mesmo que você os convide.
Nina disse isso como se ela não pudesse acreditar em mim.
Vindo a pensar sobre isso, viajar neste mundo é bastante perigoso. O que convidava e  aquele que viria, precisaria mobilizar o exército para limpar a estrada, isso lhes custaria um pouco.
Além disso, este mundo adota a poligamia para que as pessoas tenham muitas crianças, não é de admirar que não realizem uma cerimônia para cada uma delas.
— Mas não é triste se não fizermos nada?
— Isso é verdade. Pode ser uma boa ideia realizar algo como um festival que também serve como anúncio para a população.
No apelo de Arisa, Nina falou enquanto acariciava seu queixo.
— E nós temos mais que o suficiente de carne de hidra aqui. Que tal usá-la para a cerimônia de casamento de Soruna-sama?
— Você tem certeza? Que muita carne te renderia uma quantia razoável, sabe?
— Sim, afinal aquilo era um souvenir para o conde.
Além disso, transformar a carne de hidra em charque a tornaria muito dura. Ela não é adequada para a preservação de longo prazo. Em primeiro lugar, caçamos a hidra para realizar um festival de carne e também fortalecer o exército do Condado.
— Então, como Orion-kun também voltará para casa dentro de meio mês, vamos fazer um casamento para ambos.
— Casamento ~?
— Soruna é uma noiva-san, nanodesu!
Atraídos pelo entusiasmado Conde Muno, Tama e Pochi, que mordiscavam doces assados ​​ao lado dele, também faziam poses felizes. Parece que eles nos ouviram falar, embora aparentassem não terem prestado atenção.
— Ufufu, oh pai, o senhor é muito apressado.
— Realmente. É preciso dizer que o vestido de noiva não estará pronto em apenas meio mês.
— Também precisamos decorar as coisas.
Lady Soruna repreendeu o Conde, embora parecesse não estar nada satisfeita com isso, a Sra. Nina e Yuyurina, a funcionária civil com cabelo trançado, contaram as razões.
As joias que serão usadas como adorno parecem ser parte do tributo que os kobolds da cidade mineira abandonada entregaram.


◇◇◇


— Fazendo uma cerimônia de enobrecimento durante a ausência de Orion-sama! Qual é o seu objetivo, Pendragon!?
O jovem que vi antes rosnou para mim enquanto eu estava indo para a sala de cerimônia de enobrecimento junto com Sir Zotor e Hauto-kun.
— Ei, cuidado com a boca.
Sir Zotor o repreendeu irritadamente.
Não tenho certeza se o momento é bom ou ruim, já que o Conde Muno e Nina-san já foram para a sala de cerimônia.
— O que você disse, cachorrinho do Pendragon!? Você está indo contra este Gira-sama, a quem Orion-sama confiou para ser o inspetor do território!
Entendo, uma raposa que empresta a autoridade de um tigre huh— não, um rato que empresta a autoridade de um gato, eu acho?
— O que está havendo?
— Nossas desculpas, Sir Pendragon.
Parece que Sir Zotor e Hauto-kun não podem repreender fortemente o jovem, em respeito a Orion-kun, o próximo chefe da família.
— Hmph, se você conhece o seu lugar...
— O que se eu não souber?
Eu libero ao jovem uma [Coerção] concentrada que tremeria até mesmo um demônio menor.
Foi só por um instante, mas o efeito foi tremendo, ele esqueceu de respirar e desmaiou.
— Eu exagerei?
— Não, ele, um plebeu, abusou verbalmente de um nobre. Normalmente, a pena seria de escravidão criminal ou execução.
Nina, que saiu do corredor, negou a pergunta que fiz a Sir Zotor.
— Nossa, eu queria que Orion-dono mandasse alguém melhor que esse cara para inspecionar as coisas.
— Parece que o rapaz é um amigo de infância de Orion-dono, será que ele não apelou usando isso?
Hauto-dono que ficou em silêncio por um tempo respondeu resmungando Nina.
Entendo, ele não pode usar seu amigo como um espião na Capital Ducado afinal. Posso entender a situação. Embora eu concorde com a Miss Nina, ele deveria ter pensado primeiro ao escolher o pessoal.
Enquanto conversávamos, ela ordenou que os guardas que estavam nos observando à distância, aprisionassem o jovem inconsciente na masmorra.
Não tenho interesse em seu destino, então vou deixar o castigo para o Conde Muno e Nina.
Independentemente desse assunto trivial, o enobrecimento de Sir Zotor e de Hauto-kun prosseguiram tranquilamente. Assim, o Condado Muno conseguiu novos nobres.
Parece que Sir Zotor será elevado a Barão Honorário e Hauto-kun ao Baronete Honorário na próxima Conferência do Reino, embora eles ainda não tenham contado aos dois.
Parece que seu enobrecimento é urgentemente necessário, uma vez que o Condado está carente de vice-reis e governadores.


◇◇◇


— Pai, estou de volta!
— Bem-vindo de volta, Orion.
— Você cresceu de novo?
— Soruna-neesama, não faz tanto tempo desde a última vez que nos encontramos.
— Você está ficando atrevido, Orion.
— Karina-neesama, por favor, pare com o seu hábito de me abraçar. Meus retentores estão observando.
Depois da cerimônia de enobrecimento, cumprimentamos o grupo de Orion-kun que acabara de chegar.
A família Muno faz muito contato.
Os olhos de Órion-kun que foram suavizados ao encontrar sua família se tornaram graves quando ele me viu.
Hã?
Ele parecia bem, apesar de seu complexo de irmã estivesse tão ativo quando fomos para a cidade de Brighton e durante a libertação da cidade mineira abandonada. Me pergunto o que aconteceu?
— Orion-sama!
O jovem que deveria ter sido detido, correu para cá junto com alguns homens de aparência desagradável que pareciam ser seus amigos.
Orion-kun ficou um pouco nostálgico, mas parecia que ele não conseguia se lembrar de seus nomes, já que não os disse uma vez.
Gira e suas consortes não pareciam notar isso quando estavam na frente dele com as mãos apontando para mim
— Fala sério, eles se parecem com subalternos que seriam esmagados fazendo serviço administrativo.
— De fato.
Eu concordei com o resmungo de Arisa.
Seria chato se esse cara desse um mau gosto em nossa reunião. Eu procuro a Magia Psíquica altamente furtiva [Toque Paralisante] na coluna de magias.
— Multiplicado ~?
— Muita, muita gente nobre, nanodesu.
Tama e Pochi, que viram os jovens nobres descendo de suas carruagens, relataram. Parece que estas duas se esqueceram completamente disso, mas vocês, garotas, também são reconhecidamente nobres, sabiam?
— Há muitas pessoas bonitas.
— Você está certo. Você pode fazer um jogo otome com essa seleção.
Há muitas mulheres entre as amigas de Orion-kun.
Estou pensando que eles podem ser suas candidatas a amantes.
— Hahhahha! O céu está do nosso lado!
O jovem disse isso triunfantemente.
Um jovem nobre deu um passo ao lado dele.
É um jovem bonito e com ar refrescante que parece ser da mais alta classe.
O jovem homem sorriu com a entrada do seu companheiro.
Contudo...
— Ei, você está no caminho.
O jovem nobre empurrou levemente gira para longe e veio na minha frente, fezendo uma leve reverência.
— Prazer em conhecê-lo, visconde Pendragon-sama. Sou neto do Marquês Lloyd, Izo Llyod. Vim visitar o condado como candidato à vassalo de Orion-sama. Adoraria ouvir sobre o Condado de vossa excelência, Visconde.
Ele está agindo todo amigável por algum motivo.
— Espere, Izo! Não queime a largada! Visconde Pendragon-sama, eu sou Marimo da casa do Baronete Fukke que é parente de Conde Houen...
— Muito demorado! Meu nome é Myumir, filha do barão Jitbelt. Por todos os meios, visconde, por favor, ensine-me como um retentor sênior, se possível à noite em um quarto privado...
— Eu sou Batts do Baronete Henz...
Começando pelo jovem, outros nobres se apresentaram para mim um após o outro. Algumas mulheres carnívoras também se misturavam entre eles, mas eu fingi não notar e as ignorei.
— I-, isso é...
— Eles pensaram que seriam capazes de se familiarizar com Sir Pendragon caso eles se tornassem meus servidores.
Orion-kun respondeu à pergunta do jovem Gira.
Eu posso ver que eles são realmente amigos de infância olhando para eles.
— Orion-sama.
Uma das criadas sussurrou ao ouvido de Orion.
Ela parecia familiar, até que lembrei que se tratava de Pina, a empregada que serviu Lady Karina a um tempo atrás.
De acordo com a habilidade [Orelhas Atentas], parece que o conteúdo é sobre a discussão que levou ao encarceramento de Gira mais cedo.
— Eu aprecio as memórias de nós brincado juntos quando éramos pequenos.
— Orion-sama?
O jovem Gira olhou intrigado para Orion-kun, que de repente falou como se estivesse “se despedindo”.
Um de seus amigos que o ajudou a escapar da prisão percebeu a situação e fugiu na multidão.
É bom que ele seja perspicaz, mas não me faria bem deixar alguém que pudesse ter um ressentimento injustificado sozinho, então eu puxei suas pernas com [Mãos Mágicas], deixando-o cair diante dos guardas.
— Vou garantir que você mantenha sua vida ao menos.
— Orion-sama... Ma-mas! Ori...
Gira teve a boca bloqueada e foi levado de volta para a masmorra.
— Visconde Pendragon-sama, perdoe-me pelos problemas causados por meu amigo de infância. Terei certeza de compensar por tudo isso.
Uau, ele normalmente teria rosnado para mim junto com seu amigo, se fosse o mesmo Orion de antes, mas para ele se desculpar pela falta de educação de seu amigo assim, ele parece ter crescido bastante nesse curto espaço de tempo.
— E vocês? Eu entendo que admirem Sir Pendragon e tudo mais, mas tenham alguma modéstia e moderação. Não se esqueçam que exteriormente, vocês são candidatos a se tornarem meus vassalos.
Em certo sentido, o que ele disse foi servil, mas não havia um pingo de inveja nos olhos de Orion-kun, mesmo em uma situação tão ultrajante.
Embora seja de uma forma diferente ao Conde Muno, parece que ele está estabelecendo seu próprio estilo como um Lorde territorial.
Me pergunto o que o fez mudar tanto?
— Redondo~?
— Mulher grávida-san, nanodesu!
A resposta estava no final da linha de visão de Tama e Pochi.
A barriga de Muse-sama, a noiva de Orion-kun está inchada.
De acordo com o [AR], parece que ela tem gêmeos, um menino e uma menina.
Aquilo que ajudou tanto a Orion-kun amadurecer, parece ser a sua nova disposição como marido e pai, tenho certeza.
Isso me lembra que o presidente que ofereceu uma reunião de casamento ao senhor Metabo disse: — É um ambiente que vai promover um homem a ser responsável.
Eu ainda não entendo, mas pode ser isso.
— Eu acho que ela já está no quarto mês?
Arisa seguiu dizendo “Muito dos meus amigos já haviam se tornado pais, então eu sei bem”. É apenas minha imaginação ou ela parecia bastante triste ao dizer isso?
— O-O-O-Orion?
— Ara ara, meu meu.
— Bom trabalho, jovem mestre.
— O-Ori-Ori...
O Conde Muno ficou surpreso, o rosto de Lady Soruna ficou radiante e Miss Nina murmurou em admiração. Já Lady Karina é como um disco quebrado.
Noivas grávidas não é novidade para mim, mas talvez a relação pré-matrimonial seja incomum neste mundo.
— Eu me preparei para ser superada por Karina, mas nunca pensei que Muse-dono também iria.
— Não se preocupe, nós vamos alcançá-los rapidamente.
Hauto-kun sorriu vagarosamente para Lady Soruna.
— Agora, vamos celebrar o nascimento do próximo Conde Muno nesta noite. Lulu e eu mostraremos nossas habilidades.
— Hee, estou ansioso por isso.
Eu trago os jovens nobres que ofereceram ajuda e iniciei a preparação para o festival barbecue. Claro, não só preparei carne, mas também salada e geleia feita com frutas cítricas para a mais nova mãe.
Sem que percebesse, eu estava todo sorridente, provavelmente porque a inesperada ocasião auspiciosa e o crescimento da família de meu amigo estavam acontecendo bem diante dos meus olhos.
Enquanto observava Mia, que estava tocando uma música para o festival de carne e Tama e Pochi, que estavam dançando aquela música, continuei a cozinhar na frente da tela de arame com uma sensação extraordinariamente agradável em meu coração.
Celebrar é realmente agradável! 


Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!





Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários