Death March Webnovel 15-32

Posted




Death March 15-32
[A Mobilização dos Cavaleiros de Ouro,
 Preparação – Parte 2]

Satou aqui. Eu penso que é sempre melhor terminar algo sem haver um confronto. Mas não acho que seja o mesmo que não resistir. Quando necessário, você deve tomar as medidas cabíveis para quando um oponente se recusa a ser razoável.


◇◇◇


— Primeiramente, vamos começar pela questão principal. Eu tenho salvo a maioria da população, reencarnados e os transportados do Império Weasel.
— Graças a Deus...
Sera, quem estava preocupada, deu um suspiro de alívio.
— Como esperado de meu...
— Mwu.
— ...nosso mestre.
Arisa mudou o finalzinho de seu elogio, por causa insatisfação da Mia.
Muitos soldados e pessoas privilegiadas que abandonaram a população e fugiram para proteger a si mesmos, morreram. Mas já que ninguém perguntou sobre isso, decidi não mencionar.
— Todas as cidades, exceto pela Capital Imperial e a Ilha Dejima, foram transformadas em sal pelos Apóstolos Divinos e caíram em ruína.
— Não brinca!
Exceto por Tama e Pochi, que realmente não entenderam a gravidade da situação, todos ficaram pálidos.
Apenas Arisa estava bem o bastante para fazer uma piada.
— E, apenas os Cavaleiros Templários e o Esquadrão Científico, foram capazes de repeli-los.
Sera reprovou a ação de pessoas contra a vontade divina, murmurando em voz praticamente inaudível, “Quão ímpios…” , mas decidi fingir que nunca ouvi isso, já que ela é uma sacerdotisa afinal.
— Em adição, Demônios Lordes se manifestaram próximo a capital, entrando na batalha.
— Mas por quê?
— Quem sabe?
A pergunta de Arisa é apenas natural, mas eu não sei a razão. Havia algumas pessoas reencarnadas no lugar onde eles se manifestaram, então é possível que eles tenham sido forçados a se transformar pelos Apóstolos Divinos.
Provavelmente nenhum deles usou o [Orb do Demônio Lorde] como o jovem Shin na capital de Shiga.
— E misteriosamente, mesmo o Deus Zaikuon está participando na linha de frente.
— HAAAAAA!!? MAS COMO!!?
— Também não sei...
Eu sacudo minha cabeça enquanto tento acalmar a reação da Arisa.
— Um homem sábio não convida o perigo para si.
O Deus Zaikuon pode acabar me contando se eu o perguntar diretamente, mas sinto que estaria levantando uma bandeira de batalha, caso eu faça qualquer movimento descuidado.
— Bem, isso é verdade. Melhor não pisar na calda do tigre.
Parece que a Arisa lembrou de algo que disse a mim quando fui ao Império Weasel.
— Para o Deus Zaikuon descer à terra e pessoalmente entregar a Punição Divina... inacreditável!
— Você está certa. Meus antigos amigos me falaram uma vez, que o custo para que um Deus viesse a terra era muito alto, então eles absolutamente nunca viriam.
Hikaru respondeu ao murmúrio da Sera.
— Sim, nos registros dos templos, exceto pelo ritual de invocação de deidade, a única vez em que um Deus desceu dos céus foi por volta de 20 mil anos atrás, durante a guerra contra o Deus Maligno, Cabeça de Cão.
O Deus Zaikuon havia sido morto pelo Deus Dragão 30 anos atrás. Por acaso ele não se manifestou no mundo quando isso aconteceu? Ou será que isso apenas não foi registrado nos [Anais dos Templos]?
Isso está me aborrecendo um pouco, acho que vou perguntar para a Aze-san quando eu for visitar a Floresta Boruenan.
Se bem que a única que me disse sobre a morte do Deus Zaikuon, foi a espiã da cidade de Selbira, mas, já que ela recebeu a informação de um sacerdote que ficou sabendo pelo oráculo de uma Miko de outro Deus, provavelmente a espiã não deve saber muito sobre isso também.
— Então provavelmente havia um sacerdote capaz de realizar o ritual para invocar uma deidade.
A imagem do velho sacerdote gritando nas favelas veio a minha mente.
Se não estou enganado, as pessoas reencarnadas que o acompanhavam, lhe chamavam de Patriarca Bodrazog ou algo assim. Por preocaução, verifiquei se havia simpatizantes entre as pessoas do Império que eu resgatei.
— A ira dos Deuses está próxima! Povo! Rezem por salvação!
O velho sacerdote estava dando seu sermão com as chamas da loucura em seus olhos.
Aquele fanático pode muito bem ser capaz de sacrificar a si e a seus seguidores como compensação ao advento de Zaikuon.
Bem, tanto faz.
Ficar imaginando coisas não irá me levar a lugar nenhum e a pessoa em questão já está morta de qualquer jeito.
Vou retornar ao tópico central.
— E o Imperador se tornou em um Demônio Lorde para desafiar o Deus Zaikuon, afim de vingar o seu Império destruído.
Tenho minhas dúvidas se ele será capaz de lutar de frente.
Possivelmente, o Imperador utilizará todos os recursos que dispõe e todas as armas que ele produziu ao longo do tempo.
— O Imperador se transformou em um Demônio Lorde e foi desafiar um Deus huh... ele pode vencer?
— Acho que não será possível.
Balancei minha cabeça em resposta a Arisa.
Em primeiro lugar, as Habilidades Únicas do Imperador, não são voltadas para o combate.
Mesmo se usar toda sua sabedoria, causar ferimentos ao Deus será o máximo que irá conseguir.
O [Sistema de Autodestruição] que o estrategista preparou, provavelmente é a sua única esperança.
— Esta é a situação atual. Não tenho a menor intenção de interferir, contanto que os Deuses não alvejem aqui.
Não há qualquer mérito ou demérito em avançar contra eles e trazer perigo aos meus amigos.
Eu omiti a parte sobre a minha identidade ter sido descoberta pelo Estrategista e o Imperador, e nem sobre o fato de que Touya na verdade é o sábio Trazayuya.
Rudy: Todos os elfos possuem um apelido com a parte inicial e final do nome. EX: Yusalatouya (Yuya), Misanalia (Mia). Aialize (Aze) TORAZAYUYA (Touya).
Irei apenas trazer essa informação, quando tivermos uma conversa relaxada, mais tarde, com algum chá.


◇◇◇


— Agora então, a respeito da mobilização dos Cavaleiros de Ouro.
Eu bati palmas para chamar a atenção de todos e comecei a falar sobre como iríamos prevenir o estouro da horda de monstros que a Sera havia nos informado.
— Eu acho que devemos enviar algumas pessoas para a cidade de Selbira e Seryuu, as quais possui labirintos no interior da cidade. Quanta as outras localidades, vamos socorre-las, a medida em que recebermos pedidos de ajuda das filiais da Firma Echigoya.
Enquanto passo as ordens, observo a reação das garotas.
Nenhuma parece ter objeção.
— Sa, Satou-san— Eu também.
— Claro, eu gostaria que Zena-san fosse até a cidade de Seryuu. Pochi irá com você junto ao seu Dragão, Lyuryu, então ficará tudo bem, mesmo se um grande demônio ou o mestre do labirinto, vierem atacar.
Ainda há o auxílio dos Golens da firma e o irmão mais novo de Zena-san, Chevalier Mariental. Eles diminuíram a quantidade de monstros dentro do labirinto, então enviado elas duas pode ser feito um pouco mais tarde.
— Eu gostaria de confiar a Nana e a Mia, à cidade do labirinto, Selbira.
Nós já reduzimos o número de monstros lá, além disso, há uma boa força combativa incluindo a mestra da guilda e os exploradores. Não haverá qualquer perigo real com a força defensiva da Nada e a magia espiritual da Mia.
— U, um, o que faremos sobre o labirinto no Reino de Yowok?
Lulu timidade perguntou.
Há o labirinto revivido na cidade natal de Lulu e Arisa, que foi invadida pelo Reino Yowok.
Mesmo que elas não tenham qualquer boa lembrança daquele lugar, provavelmente odiariam saber que sua cidade natal deixou de existir por causa de uma horda de monstros.
— É verdade, devemos enviar alguém para lá. Lulu, você poderia ir?
— S, sim!
— Arisa, você não pode acompanhar. Tenho outra missão para você.
A história de missão é uma mentira.
Arisa e Hikaru não podem ser enviadas desde que obtive a informação de que [Pessoas com Fragmentos Divinos, não podem se opor aos Deuses] no Império Weasel.
Não faço ideia se isso é verdade ou não, mas olhando para o surgimento anormal de Demônios Lordes no Império, não acho que seja necessariamente uma mentira.
Eu gostaria de acreditar que os itens de proteção contra ataques mentais que eu fiz possam ser de alguma ajuda, mas mesmo que esteja tudo bem contra um Apóstolo, mas sinto que não seria o suficiente contra um Deus.
Além disso, Lulu deve ficar bem, mesmo sozinha.
Ela possui o maior poder de fogo a longa distância, os equipamentos com maior poder defensivo após os de Nana, pode usar [Magia de Força (Barreira)] até o nível avançado, além de ter refinado sua habilidade de autodefesa o bastante para vencer um membro dos Oito Espadas de Shiga.
Lulu não tem se destacado muito devido a sua natureza tímida, mas ela tem lutado lado a lado com o [Time Pedragon]. Ela provavelmente estará bem, contanto que o inimigo não seja da classe de um Demônio Lorde.
E é claro, eu estarei enviado alguns dos Brownies com Golens armados como companhia e suporte a ela.
— Hikaru, por favor, peça a Tenryuu para exterminar qualquer horda de monstros que ela encontrar próximo as Montanhas Fujisan.
Eu posso abrir um portal conectando ao Templo dos Dragões Divinos para que ela fale com a Ten-chan. Ou eu deveria pedir para a Arisa conecta-las usando [Neo Chamada Global] ?
— Okay! Então Arisa-chan e eu vamos ser a equipe em espera?
— Sim, desculpe, mas a vez de vocês ainda vai demorar um pouco.
Ten-chan e os outros dragões podem cobrir todo o [Domínio de Monstros] ao longo da cadeia das montanhas Fujisan.
— Shizuka também.
— Tudo bem, tudo bem, vamos aguardar enquanto jogamos cartas aqui.
A Demônio Lorde Shizuka (Sim é Lorde e não Lady) tem a importante tarefa de exrair os [Fragmentos Divinos], então ela precisa ficar aguardando aqui.
Agora só falta Liza, Tama, Lady Karina, Sera e a princesa.
— Vamos mudar o plano um pouco...
De início, eu planejei para aguardarmos na Ilha Solitária até que viesse alguma mensagem da Firma Echigoya, mas já que todo mundo estava preocupado com suas terras natais e lugares conhecidos, eu decidi despacha-los para estes lugares.
Eu posso traze-las de volta a qualquer momento com o [Alocar Unidades] de qualquer jeito. Vamos deixar Liza e Tama aguardando para qualquer emergência.
— Karina-sama irá para o Condado de Muno, o qual possui inúmeros domínios de monstros nas proximidades.
— E, Entendido! Irei proteger o condado com todo meu poder!
Lady Karina colocou seu punho em seu peito, aceitando a missão. Os Peitos Demoníacos estão se deformando. Sinto que eles estão emitindo um perigoso nível ondas sedutoras.
[Não esqueceremos de proteger os domínios de Satou-dono e Liza-dono, também.]
— Muito obrigado, Raka.
Um atencioso [Item Inteligente] é magnífico.
— Sera-san, por favor, vá até a Capital do Ducado onde há as ruínas de um labirinto adormecido.
— Sim, desta vez irei proteger a Capital do Ducada e as pessoas as quais Satou-san protegeu antes.
Sera olhou para mim com olhos cheios de determinação.
Sinto que ela irá tentar lutar duro sozinha, então a digo para não se esquecer de me contatar caso a situação fique perigosa.
Vou entrega-las [Aeronaves Leves] para auxilia-las em seu deslocamento. Trata-se de aeronaves dimensionais de alta velocidade, as quais deixarei aos cuidados dos Brownies do esquadrão aéreo.
— Por acaso irei para a Capital Real?
— Sim, devido aos frequentes desastres no Reino Shiga, a população está terrivelmente ansiosa. Além disso, uma marcha de poderosos Golens Cavaleiros, poderá encorajar as pessoas.
Eu não posso deixa-la ir para a linha de frente, afinal.
— A Fima Echigoya irá preparar o protótipo [Trono centurião], o qual pode operar até 1024 Golens Drones de Vigilância não-combativos. Use-os durante a marcha.
— Oh, meu! Esta é a ferramenta mágica que a Arisa brincando disse que apareceu em um [Mangá] não é? Quão maravilhoso!
A princesa, quem não gosta de joias ou vestidos, sente um forte romantismo quando se trata de livros e ferramentas mágicas.
O protótipo é um pouco grande, então vamos usar uma pequena aeronave para carrega-lo. Desde que o quarto da princesa é grande e o piso bastante resistente, pode ser possível comportar o trono.
Adicionalmente, pedi-lhe que buscasse por inimigos nos arredores da capital, após a marcha.
— E quanto a Tama~?
Tama perguntou parecendo preocupada.
— Tama irá esperar com a Liza por enquanto.
— Aye~
Eu acaricio a desapontada Tama e envio um olhar para a Liza.
— Não se preocupem, a vez de vocês chegará em breve.
— Aye!
— Sim, Goshujin-sama.
Enquanto todo mundo se preparava para sair, eu fui até a Floresta de Boruenan.


◇◇◇


— Aze, a quanto tempo não nos vemos.
— Satou!
Tendo vindo até a casa na árvore na Floresta Boruenan, me sinto feliz quando vejo a minha amada.
Eu gentilmente a abraço e sou curado com o seu calor.
— Satou-san. Por favor, guarde essas ações embaraçosas para quando você obter a sua divindade.
— Olá, Lua-san.
Se é assim, acho que vou contar aquela história do Estrategista Touya de que eu sou o Deu Zaikon.
Espere, não dá.
Eu seria descoberto na mesma hora.
Depois que a soltei, Aze-san começou a me olhar como se ela estivesse se preparando mentalmente.
— Eu realmente não deveria dizer isso a você, mas agora a pouco, recebemos uma notícia dos Deuses, durante o Encontro das Árvores Sagradas.
Esse é o encontro entre os Altos Elfos de cada árvore divina se reúnem.
—  Foi a respeito da execução da Punição Divina do Império Weasel e... da remoção da Benção do Deus Demônio sobre todos os domínios de monstros e labirintos ao redor do mundo. E nós fomos avisadas a não contar isso e nem dar suporte aos reis de cada país...
Entendo, então foi por isso que não houve qualquer contato da Floresta deBoruenan com o Palácio da Ilha Solitária.
— Despachar Aeronaves Leves e informações também, tudo tem sido proibido.
— Então, eu deveria chamar de volta os Brownies que estão na ilha solitária?
— Não, apenas os elfos foram proibidos. Nós não podemos, mas Spriggans e Leprechauns, os quais são bons em combate, assim como Trolls...
Eu coloquei um dedo nos lábios da Aze-san.
Reforços são bem-vindos, mas eu não quero prejudicar sua posição.
— Tendo o auxílio dos Brownies já o mais que o suficiente.
— Mas, estas crianças não são boas em batalha.
— Lutar não é a única forma de me ajudar. As nossas meninas podem lutar com tudo de si, exatamente porque os Brownies as estão auxiliando.
Seria problemático de várias formas se eles não estivessem lá por nós. Cozinhar a parte, desde lavar, limpar, até cuidar do jardim, tudo tem sido feito por eles.


◇◇◇


— Não estou certo se a Aze sabe...
Eu perguntei sobre a informação que ouvi da agente de espionagem da cidade de Selbira, “O Deus Zaikuon despertou a fúria do Deus Dragão e então foi morto há 30 anos atrás”.
— Sim, é verdade.
—  Você sabe onde ele foi morto?
— Provavelmente no Vale do Dragão ou em algum Santuário qualquer?
Parece que inclusive ela não sabe onde ocorreu também.
— Por Santuário, você quer dizer um lugar como o Templo Tenion na Capital do Ducado?
— Trata-se de um lugar criado a parte do Mundo Divino, onde os Deuses dos Sete Pilares vivem. Acho que seja algo similar a magia [Outro Mundo (Subespaço)] que você me mostrou antes? Não fui lá, mas de acordo com os Alto Elfos que já foram, trata-se de um lugar com ar puro e divindade abundante.
Entendo, então eles lutaram em uma espécie de [Sala de PVP], similar aos jogos.
Deve ser um lugar onde eles possam lutar com todo seu poder, sem precisar se preocupar com os arredores.
Ah, certo. Preciso contar a ela sobre Trazayuya-shi.
Eu pedi a Aze e a Lua-san para chamarem a mãe de Mia, a qual é filha de Trazayuya-shi, Lilinatoa-san.
— Tem sido já um tempo, Satou-san. Um bom tempo! Mia está saudável? Ela deve estar, não é?
— Sim, ela está muito saudável.
Eu cumprimento Lilinatoa-san, quem é exatamente o oposto da reservada Mia, e então vou direto ao assunto logo após um gole de chá.
— Touya?
— Sim, ele está vivendo como o estrategista do Império Weasel (Doninha), conhecido como Touya.
— ... Entendo.
Lilinatoa-san baixou seu olhar enquanto me respondendo em sentenças curtas, exatamente igual sua filha.
Ela provavelmente já sabe a questão da Punição Divina caindo sobre o Império Weasel.
— Muito obrigada por vir me contar. Você tem minha gratidão.
Ela parece estar forçando a si mesma, mas vou deixar o trabalho de conforta-la pare seu marido, Lamisauya-shi.
— Você já contou para Dohar e Giril?
— Não, ainda não.
— Então deixe que eu mesma conto ao Giril, quem está aqui na floresta.
Eu agradeço a gentil oferta de Aze-san e deixo Boruenan.
Preciso ainda contar isso ao velho Dohar na cidade de Bolhar, mas não acho que este seja o melhor momento. Farei isso outra hora.
Quando retornei à Ilha Solitária, um relatório da firma Echigoya chegou nos informando sobre as hordas de monstros.
— Está fincando bem intenso.
— Você está certa...
Eu pondero por um momento.
— Pessoal, escutem.
Pode ser um pouco difícil permanecer em anonimato desssa vez. Embora também não precisamos ativamente proclamar isso, ninguém precisa ficar super preocupada em esconder sua identidade. Foi isso que eu as disse.
— Você tem certeza?
— Sim, se vocês forem se preocupar com isso e acabarem deixando se perder uma vida que poderia ser salva, não irão se arrepender disso pelo resto de suas vidas?
— Bem, é verdade, mas...
Arisa provavelmente queria dizer que isso fará com que o meu desejo de passear por esse mundo ficaria difícil.
— Está tudo bem. Nós podemos usar magia ilusória em nossos passeios, então podemos visitar qualquer lugar assim.
Eu olho para todas e digo.
— Agora é tempo de mobilizar os cavaleiros de Ouro.
Eu envio as meninas revestidas e Ouro e Prata para cada um de seus campos de batalha.
Desta vez, embora eu tenha percebido a contradição entre as palavras da criança na pintura, “A Punição Divina não pode acontecer a menos que todos os Sete Deuses se reúnam na assembleia das Arvores Sagradas”  e a história que aprendi nas inscrições do Demônio Lorde Troll, eu não havia percebido ainda o significado disso.
Somente fui capaz de compreender isso um pouco mais tarde.

No dia em que o Império Weasel desapareceu deste continente.


Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!





Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários