Botsuraku Yotei Webnovel 74

Posted




Capítulo 74


— É porque você fica fazendo essas coisas estranhas que acabei entendendo mal, Aniki.
— Eu sinto muito, Lahsa.
Finalmente consegui entrar em segurança no Palácio Real, mas parecia que o Lahsa continuava bravo. Os guardas inclusive estavam cochichando, “foi a primeira vez que vi o Lahsa-sama ficar irritado”, então acho que pode ter sido algo realmente anormal. Depois de descobrir a verdade, ele ficou muito embaraçado.
Me desculpe por isso”.
— Deixando esse assunto de lado, muito obrigado por vir. Fico verdadeiramente satisfeito que tenha vindo, Aniki. E lhe prometo que eu, Lahsa Kudan, não permitirei que sinta o menor desconforto.
— Obrigado, mas não esquenta a cabeça com isso. Afinal, estou apenas visitando a casa de um amigo.
— Ah, é verdade. Então, por favor, fique à vontade e considere aqui como a sua própria casa. Sério, se quiser, não tem problema em ficar o dia inteiro deitado no sofá.
“Haha, embora provavelmente não chegarei a tanto. Mesmo lá em casa, só fazia isso uma vez ao mês, no máximo.”
Lahsa me guiou até o quarto de hóspedes. O lugar onde a realeza vive, ficava no lado oposto do Palácio, mesmo assim, este quarto era muito luxuoso para ser chamado de “quarto de hóspedes”. O espaço era grande e com mobília da mais alta classe, inclusive possuindo 4 ou 5 pinturas de valor exorbitante. Era pelo menos várias vezes maior que meu quarto na Mansão Helan.
Sua estrutura era relaxante, mas fiquei tão relaxado que não conseguia relaxar! Nem entendo mais os meus próprios sentimentos. Ou melhor, quem dormiria num lugar assim? A menos que fosse da realeza de um outro país, não consigo imaginar uma pessoa normal relaxando aqui!
— Aniki, é neste quarto que hospedamos a realeza de outras nações quando nos pagam uma visita.
“Então era realmente para a realeza!? Ah, impossível, não tem como eu ficar aqui!”
— Sabe Lahsa, um quarto um pouco mais compacto seria ótimo, eu acho. Esse aqui é tão vasto que não tenho certeza se conseguiria me a acostumar.
— É assim mesmo? Eu tinha reservado para o caso de você vir durante as férias de inverno... mas, por alguma razão, o meu irmão tentou desesperadamente ficar com ele, então foi difícil conseguir reserva-lo, sabe? Mas se você prefere algo diferente, é realmente uma pena, mas teremos que procurar outro então.
“Não me diga que aquele Príncipe maldito queria dar este quarto para a Iris!? Onde foi parar o plano de ‘contratá-la’ como empregada!?”
— Me dói ter que oferecer algo assim, mas, o que acha? Este é o quarto que preparamos quando senhores feudais costumam fazer uma visita. É um pouco inferior ao outro, mas...
“E esse já não é o suficiente? Em fato, senhor feudal não seria exatamente a minha posição?”
O quarto atual era mais compacto que o anterior, mas parecia mais confortável. O outro, não era só imenso como também o teto ficava a uma altura considerável, deixando cada vez menos a impressão de ser um mero quarto.
Este, possuía um bom tamanho, muito semelhante ao que possuo em minha casa. Olhando atentamente a mobília, percebi que havia algumas diferenças, mas, como não tenho qualquer conhecimento na área mesmo, isto não me incomodou.
— Obrigado. Este é um bom quarto, então vou ficar com ele.
— Ah, mas não quero que sinta qualquer desconforto, Aniki. Se precisar de qualquer coisa, apenas toque aquele sino e alguém do palácio virá imediatamente.
Isso era bastante conveniente. Me perguntei se poderia tocar no meio da noite, quando estivesse sentindo fome, para alguém preparar-me um lanchinho. Eles não iriam me repreender, “Você vai ficar gordo!”, ou, “Por que a essa hora?”, iriam?
— De todo modo, você veio sozinho? Eu tinha certeza de que traria a Iris-san junto.
— Exatamente como pensou, eu vim junto com a Iris, mas ela foi raptada pelo seu magnífico irmão.
— Haa... então era por isso que ele estava em pânico quando chegou. Não me diga que ele pretendia dar àquele quarto para a Iris-san também!? Duvido muito que ela iria querer usá-lo...
“Fufufu, então você também percebeu, Lahsa-kun. Sim, Arc é o príncipe da estupidez! Normalmente ele é um homem sagaz, mas, quando o assunto é amor, se torna um completo idiota. Esta é a verdadeira natureza de seu irmão.”
— Deve ficar tudo bem contanto que ele não faça nada de estranho... acho que vou precisar verificar depois. Mais importante, Aniki, descanse um pouco para amenizar a fadiga da viagem. Eu já solicitei que preparassem o seu banho.
— Um banho, hein? Muito obrigado.
Os arranjos feitos desde que entrei no castelo têm sido incríveis. Como esperado do Lahsa, eu alegremente aceitei sua oferta.
O sol ainda estava no horizonte, dando a sensação de que era ainda um pouco cedo para um banho, mas, já que eu estava bastante sujo, achei que seria melhor tomá-lo como sugerido. Ele então, saiu para ver como estava Iris e uma atendente chegou para me guiar até o banho.
“Me pergunto, de onde ela saiu? Será que usou uma ‘porta para qualquer canto[1]’?”
— Kururi-sama, Lahsa-sama instruiu-me para preparar vosso banho. Gostaria que eu lavasse suas vestes? Se tiveres qualquer preferência de roupas, imediatamente providenciarei.
— Nesse caso, as lave, por favor. E quanto às novas, prefiro algo que seja fácil de se mover.
— Conforme o desejado. — Depois dessa troca, a atendente desapareceu do nada.
Ela deve realmente estar usando a “porta para qualquer lugar”.
Depois de tirar minhas roupas no vestiário, fui para o banho com uma toalha no ombro.
— Uwaa~
Era um lugar enorme, como se fosse um imenso banho público, tão grande que provavelmente caberia a todos os trabalhadores do palácio aqui. Eu meio que achava isso muito luxuoso para tal propósito, mas, já que estávamos no Palácio Real, deveria ser apenas a norma. Foi a primeira vez que vi pessoalmente aquelas estátuas de mulheres nuas segurando jarros com água fluindo de dentro.
“Como esperado do Palácio, é tão legal!”
Como parecia ser um pouco cedo, eu era o único dentro do banho, o que significava que era tudo só para mim até que alguém mais aparecesse. — Em suma, era o paraíso.
Eu decidi lavar meu corpo antes de entrar na banheira quente. Havia tantas marcas de shampoos, que não fazia idéia de qual escolher, mas já que havia suado bastante hoje, experimentei usar de dois a três ao mesmo tempo.
Todas elas possuíam uma forte fragrância, mais ainda, meu cabelo tornou-se como seda. Enquanto meu couro cabeludo não teve o melhor tratamento por todo esse tempo, achei deveria ao menos dá-lo uma boa dose de shampoo agora.
Enquanto esfregava cuidadosamente a minha cabeça, pude ouvir o som de passos. Parecia que o segundo visitante acabara de chegar. — “Acho que é o fim do meu monopólio do banho.”
Eu estava pensando em derramar shapoo no meu corpo e sair deslizando de um lado para o outro no chão, caso estivesse sozinho, mas era uma pena que alguém havia chegado.
— Oya? É bastante raro alguém entrar antes de mim... hmm? Um convidado de cabelos vermelhos...?
Já que alguém estava falando comigo, fui obrigado a olhar quem era e vi um homem no auge de sua idade de pé ali. Eu adoraria não ter que olhar enquanto estava com sabão em meus olhos, mas decidi responder para não ser rude.
— Ah, como vai? Tomei a liberdade de ser o primeiro a entrar no banho.
— Entendo. Tem sido algum tempo desde que alguém entrou antes de mim.
— É mesmo? Me desculpe então.
— Não há necessidade em se desculpar. O banho é algo que existe para que todos desfrutem.
— Claro, compreendo.
“Do que esse senhor está falando? ‘Tem sido algum tempo desde que alguém entrou antes de mim’? E quanto ao seu trabalho? Me pergunto se ele é realmente tão desocupado assim.”
Acho que existem pessoas assim mesmo no Palácio Real. Sua aparência era muito boa, dando a impressão de ser um homem de classe. Cabelos loiros, belas feições, poucas rugas e um elegante bigode. Um cara de uma família decente, que de alguma forma obteve um trabalho dentro do Palácio, mas sendo incompetente, ele causava problemas para aqueles ao seu redor. No entanto, com sua boa aparência, ele tem ganho os favores das damas e tem tocado sua vida.
“Eu já fiz meu julgamento sobre ele. Me desculpe se estiver totalmente errado.”
— A espuma irá cair sobre seus olhos. Limpe-a com cuidado.
— Ah, sim, obrigado. — Era o que eu planejava fazer antes de ser interrompido.
O homem permaneceu de pé ao meu lado enquanto sorrindo gentilmente. — “O que há com esse cara? Sua aparência é boa, mas isso me dá calafrios! Existe uma etiqueta a ser seguida durante o banho!”
— Este shampoo é excelente, não concorda? Eu mesmo o selecionei.
— Foi mesmo?
“Não apenas incompetente em seu trabalho, ainda tem péssimas maneiras, hein? Mas que velho problemático.”
— Use-o ao seu bel prazer. Aproveite também o sabonete, foi uma escolha minha também.
“Velho, você não tem um pingo de educação!”
Bem, provavelmente a administração do banheiro estava sendo conduzida por um plebeu. Mesmo que este homem seja um nobre incompetente era impossível para um plebeu abertamente criticar as péssimas maneiras de seu senhor. — Eu comecei a sentir pena do gerente.
Mas, a escolha do velho não foi ruim. Certamente este era um shampoo de alta qualidade.
— Parece que já terminou com seu cabelo. Que tal isso, devo ajudá-lo a lavar as suas costas?
“Velho, por que você simplesmente não…”
— ... Sim, por favor. — Eu ficaria muito grato, então alegremente aceitei sua oferta.
Usando seu luxuoso sabonete favorito, ele lavou as minhas costas. Era um pouco nojento a forma como ele atenciosamente fazia isso, embora.
— Quando tiver terminado com as minhas costas, me deixe lavar as suas. Ah, e apenas lavar normalmente é o bastante. Eu sempre faço assim, afinal.
— Bem, não há necessidade em ser impaciente. Não é como se alguém fosse vir tão breve.
“Hee~, então ninguém virá em breve?” — Parecia que o serviço no Palácio era bastante agitado. Embora este velho tenha todo o tempo livre do mundo.
— Por acaso você veio ao castelo à trabalho, jovem?
— Ah, não, vim a convite de um amigo. Ele inclusive me disse para ficar durante um bom tempo, então sou bastante grato por isso.
— Entendo, sinta-se em casa.
“É só eu ou esse cara é bastante folgado? Ele age como se fosse o dono do lugar!”
Me perguntava se ele possuía uma posição elevada aqui. Se fosse esse o caso, então na verdade se trata de um homem honesto e competente. — Me perdoe, vou revisar meu julgamento sobre você.
— Quando as outras pessoas virão para o banho, senhor?
— Hmm, bem, ninguém virá pela próxima hora, ao menos.
— Ah, sério? Então acho que estará tudo bem, se eu tomar o meu tempo.
— Sim e, como isto é um acontecimento bastante raro, que tal cobrir a si mesmo em sabão e deslizar até o outro lado do banho?
“VEEEEELHO! COMO VOCÊ PODE PENSAR A MESMA COISA QUE EU!?” — Para alguém da sua idade, eu normalmente pensaria que já não se interessava por este tipo de coisa.
— Haha, é claro que você está brincando!
— Não era uma piada. Como nunca há pessoas neste horário, costumo fazer isso quando acúmulo muito estresse.
— VOCÊ FAZ!??... Bem, pouco tempo atrás pensei na mesma coisa.
— Entendo! Parece que não temos escolha a não ser fazer isso agora!
“NÃO TEMOS ESCOLHA!!? NA VERDADE, O MELHOR SERIA NÃO FAZER, CERTO!? CERTO!?”
— Agora que estamos acertados, meu jovem ruivo, limpe rapidamente minhas costas, para que possamos deslizar juntos.
— Entendido. Perdoe-me se isso soar um pouco rude, mas, enquanto deslizar pelo chão do banheiro seja quase que aceitável para a minha idade, provavelmente seja ainda menos para o senhor.
— Está tudo bem. Ninguém virá durante algum tempo mesmo. Contanto que você não abra a boca, isso não chegará aos ouvidos de qualquer um. Se chegar, será porque você vazou a informação.
— Não contarei a ninguém, afinal, também estarei participando nesse crime. — Enquanto acalmava o velho que estava dizendo, “Rápido, rápido!”, terminei de limpar as costas dele.
“Velho, você está muito animado com isso!” — Após ter suas costas limpas, ele foi para a borda da sala do banho sem cobrir seu corpo com sabão. Não importa o quão liso seja o piso, sem uma boa camada cobrindo sua pele, tudo que irá conseguir será se machucar.
O homem tocou em um canto da parede, fazendo um som de clique. Então, ele removeu uma placa, revelando um espaço repleto de bebidas.
— Minha esposa me proibiu de beber, então, sempre que preciso de um drinque, venho até aqui.
“Este velho é um mal exemplo!”
— Aqui, este é meu sabão favorito. Apesar de ser algo barato que se pode encontrar pela cidade, até onde meus experimentos indicam, é o melhor quando se fala em deslizar pelo chão.
“Meu Deus, esse cara é irrecuperável!” — Usar as instalações do Palácio Real para sua própria conveniência era um absurdo, mesmo para um mal exemplo.
— Experimentos, você diz... a quanto tempo você faz esse tipo de coisa?
— Bem, tem sido assim desde que tinha a sua idade. Estranhamente, não me interessava nisso quando criança.
“Eu não queria ter ouvido isso, não queria sequer perguntar uma coisa tão escandalosa! Velho, não me fale mais sobre a sua juventude!”
— Ouça, este será o conselho de seu senpai.
— ... Sim.
— Não use pouco sabão achando que seria um desperdício, entendido? Se não, sua barriga ficará toda ralada e você será incapaz de se encontrar com sua mulher amada, por causa da vergonha e humilhação. Já que é algo barato mesmo, derrame tanto sabão quanto precisar.
Me sinto estúpido por ter tido qualquer expectativa... Hmm, me pergunto se ele teve esse tipo de experiência antes…”
— Ótimo, parece que você já terminou de se ensaboar. Em seguida, iremos marcar com sabão o nosso percurso, afinal, se não fizer isso, irá cortar o seu abdômen e, acredite, a dor é insuportável.
— Velho, você vai realmente fazer isso!? As pessoas que vierem depois, podem acabar escorregando e se machucando!
— Não se preocupe com isso. Ouça, você pode tentar fazer uma curva enquanto desliza, mas, já que ainda é um principiante, evite isso. Recomendo que pratique em linha reta.
— Eu queria apenas fazer uma brincadeira inocente...
— Agora que desenhou sua pista, irei preparar a minha também.
Junto com o velho, saímos derramando sabão pelo chão enquanto pelados.
“... O que diabos estou fazendo? Sério... o que diabos estou fazendo? Nunca mais poderei mostrar a minha cara se alguém ver isso.”
— Percurso, pronto. Corpo, pronto. Fufufu, está quase na hora.
O velho e eu fomos até a borda do salão de banho e ficamos em posição. Ao longe, pude ver a linha de chegada, estando a pelo menos 50 metros de distância. Isso me fazia pensar como elegante e luxuoso este banho era, mostrando o quão maravilhosamente viviam as pessoas que habitam aqui.
— Não esqueça de chutar a parede com toda a força, entendido? Um chute meia-boca não será capaz de atingir até a outra borda.
— Você também, velho. Apenas para saber, eu simulei perfeitamente isso em minha mente.
Acabei fazendo uma pequena provocação, mas parecia que ele não se importava. Bem, acho que agora já poderíamos nos chamar de companheiros.
— Um outro conselho, assuma a posição de um pinguim contraindo o máximo possível dos músculos de suas costas. Dessa forma, você poderá diminuir o contato com o piso. Vamos, faça como se estivesse em um concurso de força — Ele começou a contrair os músculos.
“Velho, o que pensa que está fazendo enquanto pelado? Ficar contraindo seus músculos assim só faz você parecer com um pervertido!” — Embora eu já achava que ele fosse...
— 1, 2 3 e JÁ! — Dizendo isso, ambos chutamos a parede o mais forte que pudemos.
Pensei que meu chute havia sido forte, mas o velho facilmente tomou a dianteira. Eu não contraí meus músculos como ele pediu, apenas deixando meu abdômen completamente colado no chão, mas por causa de meu espírito competitivo, abandonei todo meu embaraço e copiei.
Após isso, permaneci em uma aceleração crescente, então acho que ele estava certo, afinal. Sua teoria era perfeita.
A outra borda estava ficando mais perto, mais perto, mais perto... — “Hã? POR QUE EU NÃO ESTOU DESACELERANDO!?”
— ARGH!!! — Com meus braços esticados como um pinguim, não pude proteger a minha cabeça, colidindo diretamente contra a parede.
Senti como se minha cabeça tivesse partido ao meio, meu pescoço quebrado e uma dor absurda! — “O que foi isso? Ei, velho! Eu cheguei do outro lado bem facilmente!”
— KAAAHH!!! AUUU!! — Quando olhei para o lado ele também estava segurando a cabeça em dor.
“Ele é um idiota.” — Eu havia esquecido disso.
Merda, se tivéssemos feito isso mais simplesmente, eu teria me divertido muito mais. Sendo instigado pelo velho, acabei agindo de maneira idiota também.
— Então, jovem, está gostando do Palácio Real?
— Não tem como eu simplesmente dizer ‘ah, sim, ele é incrível, não é?”, me perguntando em um momento como este.
— Acho que você está certo.
Depois de machucar nossas cabeças, entramos na piscina. Ele trouxe uma garrafa de bebida e, apesar de que eu não estava de bom humor para isso, acabei aceitando um copo, já que parecia bastante caro.
— Ah, delicioso~
— Não é!? Nahahaah, você ainda é muito jovem! Aqui, beba mais, beba mais!
— Oh, obrigado, velho!
E assim, continuamos bebendo na banheira quente até ficarmos com a pele toda vermelha, que nem um polvo na panela. Neste momento, acabei fazendo um excelente parceiro de crime.
Ele me disse para lhe contar se houvesse algum problema no palácio, mas honestamente eu não queria depender da ajuda dele... sentia que acabaria sendo arrastando para alguma outra bizarrice.

Bem, eu não me importaria em fazer isso novamente durante o banho. A bebida que ele tinha era realmente deliciosa.

Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!






Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários