Botsuraku Yotei Webnovel 73

Posted




Capítulo 73


Após ganhar uma enorme quantia ao decorrer de nossa caçada, decidimos finalmente nos dirigir ao Palácio Real. 
Foi a nossa primeira vez neste lugar. Sendo honesto, meu coração estava batendo tão forte, ao ponto de que até mesmo pensei que mais alguém ouviria, mas provavelmente não.
Quanto mais que eu dizia para me acalmar, mais a ansiedade aumentava. Até mesmo pensar em não pensar era o mesmo que estar pensando. Agora que chegou a este ponto, não me restava escolha a não ser agir como o caipira que sempre fui. 
— Uwaa, é enorme~.
— Sim, é enorme~.
Na nossa frente, havia uma muralha com cerca de 5 metros de altura. Eu não sabia sua espessura, mas pela aparência, tive certeza de que tentar empurrar era perda de tempo.
Já que viemos como convidados, decidimos entrar pelo portão principal, mas agora que finalmente estávamos aqui, senti que poderia ter sido um engano. 
O portão principal cheio de desenhos, tinha uma presença majestosa, e o palácio, que podia ser visto nos fundos, era branco como giz. Parecia ter saído de um conto de fadas... a impressão que me dava era de que nos levaria a um mundo de fantasia.
Este cenário atiçava o meu coração apaixonado pela aventura, me deixando meio que enciumado com os príncipes que vivem aqui. Era um pouco vergonhoso de minha parte me sentir tão deslocado assim… Ah, minha cabeça estava girando...
Iris e eu estávamos admirando o palácio lá ao fundo, levantando nossas cabeças até ficarmos nas pontas dos pés. Isso expõe completamente o nosso caipirismo, mas não podíamos evitá-lo. Especialmente na parte mais alta das torres.
 — O que estão fazendo encarando assim!? Vocês dois são suspeitos!
Havia algumas pessoas entrando e saindo do palácio, mas nós éramos os únicos a encará-lo por tanto tempo. Então, o porteiro apontou sua longa lança para nós.
Mas isso não foi um pouco rápido demais? O que você faria se fôssemos convidados? Oh, espere, nós somos convidados!”
Além disso, não era a reação adequada para receber a multidão de caipiras que vinham de todo país passear na capital. Apenas olhar deveria estar bem, certo? Ou será que essa intolerabilidade era necessária para ser um porteiro?
— Ei, não somos suspeitos, temos negócios a tratar aqui. 
— Negócios? Você realmente acha que pode me enganar com esta aparência?
Foi então que finalmente notamos o motivo. Na verdade, nossas roupas tinham acumulado bastante sujeira. Afinal, viemos para o palácio logo após sairmos da floresta.
Bem, nós havíamos nos livrado da sujeira mais gritante, sabe? Talvez tenhamos ficado um pouco despreocupados depois daquela caçada. E, agora que ele apontou, era ainda mais embaraçoso. Eu nem achava que o palácio seria tão majestoso assim, então foi totalmente culpa nossa.
Por causa disso, estávamos sob suspeita de não sermos convidados e, agora que olhava em volta, já que o portão principal foi enorme, a quantidade de visitantes a pé era extremamente baixa. Meu rosto ficou quente. Senti que iria queimar pela vergonha.
— Somos amigos de escola do Príncipe Arc e recebemos um convite para vir hoje. Parecemos sujos, mas... foi porque caímos no caminho. 
—  Isso é muito suspeito. Houveram muitas pessoas no passado que vieram dizendo mentiras semelhantes, apenas para conhecer o Príncipe. Se você for mesmo um convidado, deixe-me ver o cartão de convite.
“Cartão de convite!? Nós não temos isso, temos?”
— ... Nós não temos um.
— Bem, está resolvido. Eu poderia capturar os dois aqui, mas o rei é uma pessoa muito generosa. Ele diz para respeitar adequadamente até mesmo jovens como você. Não quero que se machuque, então apenas vá embora. — Disse o guarda nos enxotando com as mãos.
Ele abaixou sua lança, provavelmente nos dizendo que não faria nada e que deveríamos apenas sair.  Isso era preocupante, não achei que seríamos recusados ​​no portão principal. Pensei que o Lahsa tivesse feito os arranjos de forma correta. Me pergunto se o resultado teria mudado se viéssemos usandoroupas limpas. Não, ainda havia uma chance se eu me apresenta-se.
—  Kururi Helan e Iris Palala. Você não foi informado para deixar esses dois passarem, caso viessem?
— Certamente, me disseram para deixar a senhorita Iris passar, mas não ouvi nada sobre um Kururi Helan. 
“Por quê!? Era para ser o oposto! Fui eu quem recebeu o convite!”
— No entanto, ela difere bastante das informações que recebi do Príncipe. Ele disse que a senhorita Iris era linda como um anjo, fugaz como uma pétala de cerejeira e tinha um sorriso tão brilhante quanto o sol, o qual poderia iluminar o humor de todos, trazendo a felicidade. Para ser sincero... aquela garota ali é bonita, mas é bem diferente do que me foi dito. Além disso, suas roupas estão imundas... 
“Temos que lidar com esse aborrecimento só porque o príncipe exagerou!? Então Iris se parece assim para ele, hein?” — Eu meio que queria e não quero saber o que ele pensava de mim ao mesmo tempo.
A situação não parecia estar mudando para melhor, então decidi usar algumas táticas dissimuladas. Perto do porteiro, sussurrei em seus ouvidos.
— Eu realmente não queria dizer isso, mas, Guarda-san, você não percebe que está cometendo um grande erro aqui?
— Hã? Você está tentando me convencer ou algo assim?
— Exato. Não apenas você está impedindo a possível futura rainha passar, mas também a chamou de suja. Imagine o que aconteceria se o Príncipe soubesse disso, apesar de ter dado o trabalho de lhe informar. Aaahh, a promoção parece bem distante agora, não parece?
— Gguu… isso não é justo. Mas, certamente, se for esse o caso, estarei em uma posição muito ruim.
 — Certo? Você ainda pode dar a volta por cima. 
— C-certo. Tudo bem, vou confirmar. É melhor você estar preparado se estiver mentindo.
O guarda com quem acabei de falar, correu para a pequena entrada na parede. O olhar dos guardas restantes estava afiado. Eu me pergunto o que eles fariam conosco se realmente fosse uma mentira. —  ”MAS NÃO É! Hmm? Não é, certo? Eu fui devidamente convidado, não fui?! Ah não, estou ficando ansioso…”
Depois de um tempo, o guarda voltou. Ele estava sem fôlego, então deve ter corrido de volta também, ou talvez foi repreendido pelo Príncipe? 
— SINTO MUITÍSSIMO! SENHORITA PALALA, DEPOIS DE TRANSMITIR SUAS CARACTERÍSTICAS AO PRÍNCIPE, ELE DISSE QUE VOCÊ ERA A VERDADEIRA! EU FUI TERRIVELMENTE GROSSEIRO COM MINHAS PALAVRAS, MAS, POR FAVOR, ME PERDOE!
— Ah, não, tudo bem, tudo bem. Eu não me importei mesmo. — Iris perdoou o guarda com um sorriso. 
“Como esperado dela! Eu me pergunto se ele vai se desculpar comigo também.”
— Aah, a senhorita é tão gentil quanto um anjo. Por favor, siga em frente, o príncipe está esperando. —  Fazendo uma mudança de 180 graus na personalidade, o guarda se curvou e a convidou a passar pelo portão.
O imenso portão foi minimamente aberto. Para abrir algo tão grande seria preciso muito esforço, mas sinto que ele poderia ao menos ter deixado espaço suficiente para duas pessoas passarem.
Quando ela passou pelo portão, o porteiro sorriu para mim. — “Fuh, nós fomos devidamente convidados, você sabe!”
— E-espere um minuto, por favor! — Eu também ia seguir Iris pelo portão, mas fui detido por aquele guarda.
 — Ah, senhorita Iris, não se importe e prossiga, por favor. — Uma atendente, esperando do outro lado do portão, escoltou ela para dentro.
— Espere, e eu? 
— Sobre isso, depois de perguntar ao Príncipe, ele disse que Kururi Helan não era seu convidado. Desculpe, mas peço que você saia. 
“Aquele Príncipe desgraçado! Agora é guerra! É guerra total! EEEEIIIIIII, saia daí! Vamos fazer isso aqui e agora! Saia você! Não se atreva a usar os guardas!”
Fui cercado pelos guardas e atirado para fora, então fecharam o portão. Era uma incrível exibição de trabalho braçal, então eu apreciava os seus esforços. — “Não! Por que não consigo entrar? Eu sou um convidado? Eu sou realmente um convidado!”
— Sério? Vocês realmente não vão me deixar entrar?
 — Sim, não podemos deixar uma pessoa suspeita entrar.
“O que devo fazer? Sinto que posso acabar ficando à deriva nas ruas. Bem, tenho dinheiro, então, na verdade, não vou.”
— Guarda-san, deixe-me ficar na sua casa, por favor!
 — Claro que não!
 — Foi só uma piada. Ah, certo. Fui convidado pelo segundo príncipe, Lahsa. Vamos, vá confirmar isso com ele.
 — Ei, adicione sama! Lahsa-sama não disse nada sobre você. No entanto, já que estava junto com a senhorita Palala, irei checar se vale a pena. 
Ah, agora que penso nisso, não escrevi uma carta de volta para o Lahsa. Claro, sequer lhe disse que estava vindo, pois eu queria surpreendê-lo. Graças a isso,  fui o único a ser surpreendido.
— Qual a sua relação com Lahsa-sama?
— Somos melhores amigos, é claro!
— Ei, não fale tão cruamente na frente de Lahsa-sama! O segundo príncipe é uma pessoa justa e correta, então ele pode perdoá-lo, mas não seja indelicado. Ah, em primeiro lugar, sequer foi decidido se você realmente o conhece ou não.
— Vamos lá, vou deixar você visitar as fontes termais do território de Helan de graça, então me deixe entrar. Eu também estou cansado da viagem, sabe?
—  Ainda não confirmamos, espere um pouco mais. Então você é do território de Helan, hein? Ah, seu sobrenome é Helan também.
— Certo? Veja, não sou alguém suspeito. Sério, deixe-me entrar. Eu também adicionarei um manjuu¹ a essa oferta.
— Um manjuu também? Bem, esse não é o problema aqui. Eu irei em breve e se você for mesmo um conhecido do príncipe, então vamos oficialmente deixá-lo entrar também. Mais importante, por que você não tem um cartão de convite?
— Quem traz o cartão de convite quando vai para a casa de um amigo?
— A casa de um amigo... Este é o Palácio Real, sabia? 
— Eu também pensei nisso na escola! Mas muita coisa aconteceu e, em suma, eu estava sendo ingênuo!
— É... É assim mesmo? Bem, espere um pouco mais, ele virá em breve. 
“Ahh, eu não gosto disso.Não quero mais esperar. Não é justo terem deixado apenas a Iris entrar no Palácio.”
“Aquele príncipe safado! É melhor lembrar disso: Eu vou me vingar!”
Estou cansado. Estive lutando com monstros há pouco tempo, sabem? Acabei de descobrir agora que o cansaço entrava em ação como uma onda, caso não esteja acostumado a isso.
“... Acho que vou esperar deitado.”
Para expressar meus sentimentos de protesto, deitei com o rosto para cima. Minhas roupas estavam sujas, então quem se importaria? Um pouquinho mais de sujeira, seria o menor dos meus problemas nesse momento. 
— O que você está fazendo? Por que está deitado aí?
— Protesto… Fadiga... Sufocante... 
— Tão fácil de entender!  — Parece que ele entendeu.
Enquanto eu estava fazendo uma birra, o portão principal começou a se mover. O grandioso portão de pedra se abriu e do outro lado, estava aquele que me convidou, Lahsa. Ele estava com um enorme sorriso, o qual logo desapareceu. — “Ah, isso é ruim. Me pergunto se não deveria ter esperado deitado no chão assim.”
SEUS TOLOS! O QUE FIZERAM COM MEU ANIKI!!? 
— N-não, nós nunca...
ENTÃO POR QUE ELE DESMORONOU LÁ!!?
“Ops, minha posição de espera deu-lhe uma impressão errada. Desculpe, Guarda-san, você estava apenas fazendo o seu trabalho corretamente.”
— Lahsa, você entendeu errado. Muita coisa aconteceu e eu simplesmente decidi me deitar aqui.
— O que aconteceu que fez você entrar em colapso!? Não há como algo assim acontecer! Seu bastardo, não vou te perdoar por usar a violência contra o Aniki!!
— Ah, não... Lahsa? É sério, nada aconteceu.
— Eu gosto desse seu lado, Aniki, mas há momentos em que se deve ficar com raiva e esse momento é agora! Seus bastardos, espero que estejam preparados para o que virá!!
Lahsa desembainhou a espada e ficou sério, por isso fiz de tudo para explicar o ocorrido. Tentei desesperadamente pará-lo enquanto ele estava perseguindo o guarda e isso continuou por um tempo.
Até entrar no Palácio Real foi difícil. Minha fadiga atingiu seu pico e agora… Eu deveria ir voltar para casa?


Nota: Manjuu – Doce japonês cozinhado a vapor feito com farinha de arroz, trigo e trigo-sarraceno.

Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!






Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários