♪♫ Player Rádio J-Hero ♫♪

- Capítulo 11-4

Acompanhe os capítulos de [LN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EX Chapter Capítulo 11-4 traduzidos para o português brasileiro (PT-BR) aqui na Anime X Novel. Os capítulos podem sempre ser acompanhados em Anime X Novel. Visite nosso site diariamente Anime X Novel para não perder nenhuma atualização e não se esqueça de compartilhar com os seus amigos.

[Reportar Erros de Visualização / Dificuldades de Acesso / Links Vazios]

Publicidade







Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EX | Arisa Oujou no Isekai Funtouki

Capítulo 04 [Uma Beldade de Cair o Queixo! A Tímida e Quieta Meia-Irmã, Lulu!]




 "Edamame é tão grande"

Três anos se passaram desde que a fazenda experimental de rotação de culturas foi iniciada. Depois, um grande número de outros agricultores também começou a plantar feijão, e os frutos de seu trabalho chegaram até mim.

Graças à minha ideia de usar o feijão para recuperar os nutrientes da terra e à minha invenção do carrinho de mão, fiquei famosa com as pessoas da cidade. Eles têm títulos para mim como [Filha do Deus do Conhecimento] e [Princesa Oculta da Recompensa].

Bem, eu não posso sair ainda, então isso é apenas o que eu ouvi da Lili e do Ben.

Ainda ouço as aulas do meu irmão, e ultimamente tenho passado mais tempo na biblioteca do castelo e na sala de arquivo.

A fama também veio com suas próprias dores--.

"Você! Tire o papel de esboço do seu bolso imediatamente"

"A-Arisa-sama? Do que você está falando?"

"Se você devolver agora, eu vou deixar você sair com apenas uma demissão"

Por exemplo, esta empregada burra. Os nobres gananciosos têm enviado pessoas como ela para me espionar.

Se eles estiverem dispostos a implementar minhas ideias, eu ficarei bem em compartilhá-las. No entanto, a maioria deles está apenas nisso para ganhos pessoais, por isso é muito arriscado confiar neles.

Comecei a sentir falta daquela empregada anterior que sempre me olhava com um olhar de desprezo. Ela era surpreendentemente decente, mas foi embora depois de se casar com seu amigo de infância. Lembro-me de ter ficado surpresa com a beleza do marido dela.

"Eu não fiz nada! Arisa-sama, como você pode ser tão cruel?!"

A empregada burra tenta bancar a vítima e sai correndo pelo corredor.

"*Suspiro*... Por que todo mundo tem que ser tão estúpido"

Estendo minha mão direita, com a palma apontada diretamente para as costas da empregada burra.

À medida que a energia mágica se acumula na palma da minha mão, sinto o sangue escorrer do meu rosto.

--[Onda de choque]

Eu lanço a magia sem cantar, e a empregada burra fica inconsciente pela explosão invisível.

"--Apenas castigo!"

Ela cai e rola no chão algumas vezes antes de parar. Eu olho para ela e faço uma pose vitoriosa.

A [Onda de Choque] que acabei de usar é um feitiço pertencente à escola da detestada Magia Psíquica.

Eu tinha planejado selá-lo para sempre, mas acabei cedendo ao meu desejo de aprender magia.

Graças a um recurso da habilidade [Auto Status], posso usar os pontos de habilidade que ganho ao subir de nível para obter qualquer habilidade que desejar. Foi assim que acabei adquirindo a habilidade Magia Psíquica.

Há também um truque onde você pode usar um feitiço sem cantar se

você já lançou antes, e a capacidade de redefinir todas as suas habilidades obtidas. Aprendi sobre essas coisas quando conheci um certo herói.

"Arisa-sama! O que no mundo está acontecendo!"

Lili sobe o corredor, e fica chocada ao ver a empregada deitada inconscientemente no chão.

"Eu estava pegando uma ladra"

"D-de novo?"

Vou até a empregada e pego de volta o papel de esboço do uniforme de marinheiro de seu bolso.

Nossa, o que eles vão fazer com isso?

"Não teria sido muito mais fácil roubar o produto completo?"

--Talvez não.

Afinal, a melhor parte do cosplay é fazer sua própria roupa.

Comprar uma fantasia é bom, mas uma fantasia feita por você mesma tem muito mais valor sentimental, não importa o quão ruim seja.

"Por favor, volte para o seu quarto, Arisa-sama. Eu vou chamar os guardas"

"Okay"

Os guardas aqui já devem saber sobre a cor do meu cabelo, mas a Lili ainda quer me manter longe das outras pessoas o máximo possível.

Enquanto eu estava desenhando uma roupa nova no meu quarto, Lili volta.

"Deixei o castigo dela para a empregada-chefe"

"Eu entendo"

Mas, a empregada-chefe também trabalha para esses nobres gananciosos, então não há muito ponto nisso.

"Ugh, minha única escolha é entre espiões e pessoas que pensam que eu sou apenas uma criança. O que eu vou fazer?"

Eu me pergunto se a empregada com o brilho nos olhos voltará.

"Ei, Lili. A próxima empregada pode ser alguém que não é uma espiã ou me subestima? Literalmente qualquer outra funcionária"

"Isso é..."

Lili faz uma careta depois de ouvir meu pedido.

Ela provavelmente não será capaz de encontrar uma substituta adequado tão cedo.

Se elas atenderem a esses requisitos e estão dispostas a fazer as tarefas sem reclamar, então elas não precisam de nenhum talento especial.

Acho que contratar pessoas também é difícil neste mundo.









"Essa garota é a filha da Lili?"

Lili trouxe uma menina chamada Lulu que parece ter cerca de 9 anos.

Não consigo ver o rosto dela porque está coberto pelo cabelo, mas ela deve ter uma aparência decente se for a filha da Lili.

De qualquer jeito--.

Claro que ela atende aos requisitos, mas ela é apenas uma criança.

Pode parecer engraçado vindo de alguém ainda mais jovem como eu, mas essa garota em idade escolar pode realmente me acompanhar? Ela é apenas uma garota normal, sem trapaças ou memórias de reencarnação.

Lili, eu não estou pedindo alguém para brincar. Eu só quero uma empregada ou uma serva que esteja disposta a lidar com tarefas aleatórias e entregar mensagens"

Se eu puder ser gananciosa, um acadêmico ou um funcionário do governo seria ótimo. Mas isso é pedir demais.

"Ela é uma trabalhadora. Ela pode não ser muito boa em trabalhos manuais, mas é diligente o suficiente para lidar com tarefas e mensagens"

Lili deu seu selo de aprovação, então dou outra olhada em sua filha.

Quando nossos olhos se encontram, ela treme como um pequeno animal e se esconde atrás da Lili.

"Apresente-se a Arisa-sama"

"S-sim. P-prazer em conhecê-la, Arisa-sama. Eu sou a filha da Lulu, Lili"

Ela está tão nervosa que parece não perceber seu erro, ou o quanto está gaguejando.

Ela realmente vai ficar bem?

--Hum?

Algo chama minha atenção, então eu ando lentamente até a Lulu e afasto o cabelo que cobre seu rosto.

"Kya!"

Lulu dá um grito fofo e rapidamente vira o rosto.

Eu só vi por um instante, mas seu rosto é mais bem proporcionado do que qualquer idol infantil que eu já vi.

Se ela já é assim aos 9 anos, então é assustador pensar em como ela será daqui a cinco anos. Não haverá supermodelos ou idols que terão chance contra ela.

Além disso, seu rosto é diferente da aparência predominantemente no estilo do norte da Europa do povo deste país. Suas características se assemelham mais às de uma pessoa japonesa moderna.

"Tch, malditos normies--"

Fico um pouco irritada, então viro as costas para a Lulu.

"--Vocês nascem vencedoras e sempre recebem tudo em uma bandeja de prata"

Eu diria que pareço muito bem nesta vida, mas ainda não sou páreo para ela.

Já comecei a fazer sabonetes perfumados e loção para a pele, mas me pergunto se preciso tentar fazer outra coisa também.

"Arisa-sama, eu sei que a figura da Lulu pode não ser muito atraente, mas ela é uma boa garota que é madura para sua idade. Por favor, não a odeie"

"--O que"

Eu olho para trás entre a Lili e a Lulu, sem entender o que acabei de ouvir.

"Não muito atraente?"

Lili não parece ser do tipo que se gaba humildemente, e a Lulu ainda mantém o rosto coberto com o cabelo.

"Do que você está falando, Lili? Se essa beleza não é atraente, então ninguém neste país é"

Lili olha para mim com Eu não tenho ideia do que você está falando escrito em todo o rosto.

Depois de um pouco de conversa, consigo esclarecer o mal-entendido com a Lili. Fiquei sabendo que a Lulu é considerada feia para as pessoas daqui.

Que lamentável. Se ela tivesse nascido no Japão, ela estaria dominando a cena como uma idol agora.

"Lulu, você vai fazer as tarefas para mim a partir de agora"

Senti um pouco de simpatia por ela, então decidi contratá-la como empregada.

"Não é ótimo, Lulu?"

"M-muito obrigada, Arisa-sama. Eu prometo trabalhar o mais duro possível"

Lulu estava congelada, mas respondeu depois que a Lili a pediu. Ela repetidamente faz pequenas reverências para mim.

"[Lulu, sua saia está levantada]"

"Hum? Arisa-sama?"

"Não é nada"

Lulu me dá um olhar confuso, mas eu apenas balanço a cabeça e encerro a conversa.

Eu nunca vi as pessoas deste país se curvarem assim, então eu suspeitava que ela fosse uma japonesa reencarnada. Mas esse não deve ser o caso se ela não entende japonês.









"Arisa-sama, Ben o jardineiro está aqui"

"Traga ele"

"Entendido"



Eu só a contratei por simpatia, mas a Lulu acabou sendo bastante útil.

Ela não tem nenhuma habilidade em particular, mas ela está sempre tentando o seu melhor.

Embora às vezes ela aja como se fosse uma cadela tímida que nunca foi ao ar livre antes.

Depois de um tempo, Lulu traz o Ben para o meu quarto.

"Arisa-sama, aqui está o protótipo do tubo que você pediu"

Ben me entrega o cachimbo de metal que foi criado na oficina de ferreiro de seu primo em segundo grau.

"Isso foi muito rápido"

"Sim, é apenas uma fina folha de metal enrolada em um cilindro e mantida no lugar com um rebite. É simples de fazer, já que não precisamos derreter nada"

Eles já têm rebites aqui para fazer cota de malha, então nós usamos esses rebites.

"Pode ser capaz de carregar um pouco de água, mas vai começar a vazar eventualmente. Está tudo bem, Arisa-sama?"

"Tudo bem, eu vou usá-los como um tubo de fala"

Ben inclina a cabeça para mim.

Eu pensei que eles teriam tubos de fala por causa de quão simples eles são, mas acho que não.

"Colocamos esses tubos para conectar cada sala, então podemos usá-los para transferir nossas vozes entre as salas"

Eu os mostro na prática enrolando uma folha de papel e falando através dela.

"Eu entendo..."

Parece que ele entende como funciona agora, mas não para que vou usá-lo.

Como não há magia ou ferramenta conveniente para comunicação, será bom usá-lo apenas como um telefone interno.

"Vamos instalar no meu prédio"

Depois de vender algumas coisas para um comerciante do Império Saga, consegui um pouco de dinheiro que posso usar para fins pessoais.

Eu vou vender as ideias para vários jogos, mas muitos heróis e japoneses reencarnados devem ter tido a mesma ideia. Jogos como shogi, mahjong, sugoroku, reversi e xadrez já existem.

Em vez disso, acabei fazendo um gamebook. Isso permite que o leitor escolha sua própria aventura pulando o livro com base em suas decisões.

O assunto do livro é o primeiro herói extremamente popular do Império Saga, então isso provavelmente ajudou.

O mercador jogou um bom dinheiro em mim, pensando que o livro seria um sucesso tanto para os plebeus quanto para os nobres. Bem, os livros são caros em geral também. Graças a eles, posso continuar um pouco sem me preocupar com meu orçamento.









"--Eu entendo como é"

Eu pressiono meu ouvido contra os tubos de fala recentemente colocados.

"Você viu a nova atendente da princesa amaldiçoada?"

"Sim, sim, o que há com essa bruxa feia?"

"Cuidado, a bruxa vai ficar brava"

Lulu tem agido de forma estranha há algum tempo, então designei a sala de descanso das empregadas como alvo para o experimento do tubo de fala.

Quem fala são as empregadas que foram recentemente enviadas do castelo principal para ajudar a Lili.

"Ah, ela correu"

"Bem, ela não pode correr de ser feia"

Parece que a Lulu estava sendo intimidada nos últimos dias. Acho que vou ter que limpar esse lixo primeiro.

"Mas ela não é a filha da Lili-san?"

"Não se preocupe com isso, ela está muito ocupada cuidando da princesa amaldiçoada e do rei"

"Eh? Então é realmente verdade que ela é uma das amantes do rei?"

Enquanto eu estava pensando em como me vingar, algumas informações surpreendentes surgem em meus ouvidos.

"Se não fosse verdade, então como uma plebeia como a Lili seria capaz de amamentar a princesa amaldiçoada?"

"Agora que você mencionou, isso faz sentido"

"Então a bruxa feia é na verdade a irmã da princesa amaldiçoada?"

Eu ouço o som de uma bandeja e um copo quebrando contra o chão atrás de mim.

Esse som deve ter chegado às empregadas também, pois ouço os passos delas saindo rapidamente do quarto.

Fecho a tampa do tubo de fala e me viro. Lili está parada ali, mortalmente imóvel com o rosto pálido.

"Então os rumores são verdadeiros?"

"Não tenho desculpas"

Com cara de pecadora arrependida, Lili cai diante de mim.

"Levante a cabeça, Lili. E não tente desistir nem nada. Claro, Lulu também pode ficar"

Posso imaginar ver sua renúncia na mesa amanhã de manhã, então rapidamente bloqueio esse caminho.

"Você sabe os nomes das três empregadas que estavam conversando mais cedo?"

"Sim"

Eu ouço seus nomes e, com certeza, eles combinam com as pessoas que estão trabalhando para os nobres gananciosos.

Não é à toa que elas sabem tanto sobre esses rumores.

Eu mando a Lili de volta e convido a Lulu para entrar no quarto para tomar um chá comigo. Ela parecia muito deprimida quando entrou.

"--Coma alguma coisa"

Porque você se sente ainda mais para baixo quando está com fome.

"É bom"

"Você não precisa se segurar, coloque um pouco mais de mel"

Como se eu fosse uma irmã mais velha mimando sua irmã mais nova, ofereço a ela mais salgadinhos de mel. Bem, ela é na verdade a irmã mais velha, mas tanto faz.

Depois que ela termina de comer um pouco, eu a olho nos olhos e conto um certo conto de fadas.

"Era uma vez uma família de patos que vivia no lago..."

No início de O Patinho Feio, Lulu escutou com uma expressão dolorosa. Depois de ouvir a última cena, quando o patinho virou cisne, ela finalmente sorriu um pouco.

"Você entendeu agora? A beleza está nos olhos de quem vê. Quando você for adulta, você conhecerá alguém que a achará a mais

linda. Para ser honesta, eu já acho que você é a mais bonita embora"

Ela não acreditou nessa última parte, mas tenho a sensação de que ela se abriu um pouco mais para mim naquele dia.

Nesse mesmo dia, à tarde--.

"Arisa, me dê um pouco de mel"

O Quinto Príncipe Eluus veio brincar. Seu rosto está muito mais gordinho do que quando o conheci.

Esse deve ser um dos efeitos colaterais negativos da melhoria do abastecimento alimentar deste país.

"Eluus-niisama, você pode ouvir um pedido da sua irmãzinha fofa?"

Eu abraço seu braço enquanto lhe pergunto isso, e ele balança a cabeça com o rosto completamente vermelho.

Guhehehe, esses pequenos e inocentes shotas são lindos como sempre.

"--É o bastante"

Chamado por Eluus, o Terceiro Príncipe Citam ouve as empregadas falando mal de mim e da Lulu, segurando sua raiva.

Coloco a tampa de volta no tubo de fala e olho para o Citam.

"Essas empregadas foram enviadas pelos nobres apoiando você, Citam-niisama"

"Entendido, vou executá-los por desrespeitar a realeza"

"--Wow!"

Eu acidentalmente gritei isso.

Nossa, há outras maneiras de resolver as coisas além de cortar suas cabeças.

Eu posso entender por que ele estava tão bravo embora. A conversa que ouvimos desta vez foi muito pior do que antes.

"Talvez possamos fazer algo um pouco mais pacífico? Podemos dizer que o Citam-niisama descobriu antes que algo de ruim acontecesse, então não haverá necessidade de mais punição. Podemos apenas enviar aquelas empregadas rudes de volta e substituí-las por empregadas mais bem-educadas"

"Arisa, você é muito ingênua--. Não, muito gentil"

Ele me faz um carinho na cabeça.

Parece que ele estava prestes a me dar um sermão antes de lembrar quantos anos eu tenho.

"Deixe o manejo dessas idiotas para mim. Estou esperando muito mel por isso"

"Sim, claro!"

Ele parece muito mais maduro do que antes, mas acho que ainda é jovem o suficiente para ser persuadido por doces.

Ele rapidamente seguiu suas palavras. Na manhã seguinte, as empregadas em questão tinham ido embora.

"Hum, Arisa-sama"

Lulu vem até mim depois de descobrir que as empregadas que a intimidavam se foram.

Parece que as empregadas substitutas realmente foram e pediram desculpas a ela pelas ações de suas antecessoras.

"Obrigada por fazer isso por alguém como eu"

"Você não precisa se humilhar assim"

Lulu tenta se prostrar diante de mim, mas eu a impeço.

"E é completamente natural para mim proteger minha família, certo?"

Depois de ouvir isso, Lulu continua me agradecendo repetidamente com as lágrimas fluindo livremente de seus olhos.

Você está realmente tão feliz assim?

"Mas, como você descobriu que elas estavam me intimidando?"

"Heheh, não há nada que possa escapar dos meus ouvidos"

Eu mostro com confiança o tubo de fala para a Lulu.

"Arisa-sama, você é incrível!"

A animada Lulu me mostra seu sorriso sincero e gracioso pela primeira vez.

Wow, uma beleza sorrindo assim é bem intenso.

Tenho medo de acabar caindo para o lado yuri se não tomar cuidado.




Tags: [LN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EXChapter Capítulo 11-4 [LN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EXChapter Capítulo 11-4Capítulo 11-4 online, Capítulo 11-4 [LN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EXChapter Capítulo 11-4 [LN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EXChapter, Rudeus Greyrat

Rekomendasi

Comentários (0)

Apoie

Se gostou do capítulo, considere apoiar os nossos projetos. Sua doação é livre e nossas traduções inteiramente gratuitas. Você também pode ajudar visitando todos os dias a nossa página gerando visualizações e adquirindo produtos que sejam do seu interesse de nossos anunciantes. Muito obrigado pela atenção e tenha uma ótima leitura!