♪♫ Player Rádio J-Hero ♫♪

- Revisado Capítulo 5-Intermissão-6

Acompanhe os capítulos de [WN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku Chapter Revisado Capítulo 5-Intermissão-6 traduzidos para o português brasileiro (PT-BR) aqui na Anime X Novel. Os capítulos podem sempre ser acompanhados em Anime X Novel. Visite nosso site diariamente Anime X Novel para não perder nenhuma atualização e não se esqueça de compartilhar com os seus amigos.

[Reportar Erros de Visualização / Dificuldades de Acesso / Links Vazios]

Publicidade







Death March Web Novel Online 5-Intermissão-6
[O Mestre da Arisa]




Web Novel Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku / Death March To The Parallel World Rhapsody Ilustração Arco 5


Ei, você é burro ou o quê?

Não, me deixa reformular essa frase. Você tem demência, cara?

Sentindo o clima na sala, eu engoli essas palavras.

O alvo do meu ressentimento era meu [Mestre] que estava agindo ameaçadoramente contra aquela criatura absurdamente forte e ganhando o escárnio dele por isso.

Quero dizer, não tem a menor chance. Eu sei que ele ainda tinha algumas habilidades únicas em segredo, mas vamos ser realistas, não tem como ele ganhar estando apenas no level 10. Não importa o quão grandiosa sejam suas habilidades, estamos falando de um monstro com mais de quatro vezes a diferença de level!

Além disso, qual o sentido de esconder suas habilidades com um level tão abaixo? Era claro que eu duvidaria!

Eu não hesitaria nem um pouco em transformar isso num banho de sangue, sabia?

O monstro ameaçou enquanto apontando a varinha para o mestre.

M-mestre, não dá. Esse cara é forte de mais!

Lixo como você não tem o direito de me chamar de “esse cara”.

Apesar de dar o melhor de mim para o mestre cair na real, isso atraiu a fúria do inimigo que lançou um golpe em mim.

Ah, parece que a minha nova vida vai acabar agora… Eu só queria mais um tempinho para ficar de namorico com o mestre antes de morrer…



◇◇◇



Ainda me lembro do dia em que nos vimos.

Eu estava numa carroça que tremia, trazendo um novo lote de escravos para a cidade de Seryuu. Fiquei apenas olhando, deprimida, para os outros escravos, sem me importar com a cidade, quando de repente, senti um olhar penetrante vindo de algum lugar. E então, lá estava ele.

Cabelos negros.

Olhos igualmente escuros.

Uma fisionomia frágil e delicada.

E, acima de tudo, um rosto japonês.

Sim [Amor], foi isso que senti quando vi pela primeira vez em muitos anos, algo diferente da fisionomia rude e musculosa desse mundo, alguém perfeitamente encaixado nas minhas preferências pessoais. Minha “Zona de Strike”, por assim dizer.

Especialmente aquele rostinho inocente de menino que poderia facilmente ser arrastado para a cama sem ao menos perceber o que estava acontecendo.

Minha impulsividade criativa estava alarmando. Nada poderia impedir as minhas fantasias agora.

Especialmente as roupas finas que ele vestia. Se podia despender com roupas assim, por que não compra a mim e a Lulu?

Tentei usar minha Magia Psíquica sem entoamento para lhe fazer uma sugestão, mas a carroça dobrou a esquina antes que eu pudesse lançar.



◇◇◇



Para me proteger, o [Mestre] disparou em direção ao monstro.

Qu-que velocidade!

Quando achei que ele tinha dado apenas um passo, o mestre já tinha chegado no peito do monstro e lançado seu punho contra o estômago.

Eu tinha assistido ao sparring entre o chefe da guarda do meu país e o herói do Império Saga, mas nenhum dos dois chegava perto daquilo.

Sim, foi muito rápido!

Mas o monstro recebeu aquilo como se não fosse mais que uma simples brisa e terminou seu encantamento, criando chicotes de sombras que voaram contra mim.

Espero que não seja morte instantânea.

Ao mesmo tempo em que pensava, lancei um feitiço [Dano Psíquico] nas sombras sem recitar, mas não me sai muito bem. Por que diabos fui aprender magia psíquica no castelo? Se fosse magia de luz ou de fogo, poderia muito bem retaliar contra os inimigos.

No entanto, o chicote de sombras nunca me atingiu. Meu [Mestre] se moveu como se tivesse sido transportado para minha frente e me defendeu com seu próprio corpo.

Mesmo parecendo tão delicado, suas costas eram bem grandes quando se olhava de perto. Um leve senso de alívio emergiu de dentro de mim, junto com muita raiva.

POR QUE ESTÁ AGINDO TÃO IMPRUDENTE ASSIM, IDIOTA!



◇◇◇



Nosso próximo encontro, aconteceu dias depois. Lembro que estava um alvoroço porque o nosso proprietário, que tinha desaparecido, voltou.

E como um importante cliente estava na tenda, as garotas mais valiosas foram colocadas para serem exibidas em turnos, assim as chances de venderem seriam maiores. Porém, o oponente era bastante formidável, visto que nenhuma das dez primeiras foram arrematadas e, por isso, nós que éramos as seis últimas, as mais impopulares, definitivamente não seríamos. Sem chance.

Mas, para minha surpresa, quem estava sendo atendido no sofá da tenta, era ele, acompanhando de mais três escravas semi-humanas logo atrás.

Beleza! Era de ganhar seu coração!

Nidoren, o comerciante de escravos disse alguma coisa, mas eu estava muito ocupada colocando poder em meus olhos para ouvir!

Mas surpreendentemente, os apelos sexuais desta beldade aqui não surgiram efeito e ele já estava prestes a sair. Foi então que entrei em pânico e comecei a argumentar com ele.

Fufufu, vejamos como você se sai contra alguém com anos de experiência procurando emprego!

Entretanto, que oponente difícil.

Mesmo depois de explicar direitinho os meus méritos e expressar para ele os meus sentimentos, o rapaz não oscilou. Bem, não tenho outra escolha, o jeito foi apelar para meu último recurso. Eu não deixaria essa chance escapar, nem que tivesse que usar um golpe baixo!

Sinta o gostinho do meu combo invencível, [Charme] e [Inquietação]!

Are? Não está funcionando?

Depois de muito tempo, consegui o que eu queria depois de gastar mais um dos meus trunfos [Perseverança (Never Give Up)]!

Quem é esse cara?

O nome dele era Satou e, pela aparência nitidamente Japonesa, ele só podia ser alguém transportado, né?

Bem, não tem porque ficar insatisfeita com o resultado.

Fufufufu, nem pense em pegar no sono hoje, garotinho. Você e eu temos assuntos a tratar a noite toda ♥



◇◇◇



Uma coisa engraçada de tão absurda estava acontecendo bem diante dos meus olhos agora. Esse cara era realmente humano? Tipo, como é que ele agarra com as próprias mãos uma coisa que supostamente deveria ser intocável, como magia, e tenta arrebentar ela com força bruta?

Ugh como uma coisa que parece tão frágil pode ser tão resistente? Maldito mundo de fantasia!

Até quando reclama ele faz o menor sentido.

Para início de conversa, não deveria nem ser possível fazer isso.

Qual o seu objetivo?

Aaaaaaargh objetivo uma voa! Se preocupe em dar o fora daqui!

Eu realmente sinto muito, mas vamos ter que esquecer da Mia… Ai amiga, me perdoa tá? Pode me ressentir o quanto quiser do outro mundo, mas com a nossa força simplesmente não vai dar...

Você tem algum rancor com os heróis?

É exatamente o oposto.

A conversa se encerra e um montão de chicotes de sombras saem dos pés daquele monstro e vão na direção da Mia.

O Mestre pega duas pistolas da bolsa e começa explodir eles.

Ah, o mestre é tãaaaao legal!

Por que é que não tem uma câmera digital bem agora?

Desculpa gente, eu precisava pensar em algo idiota para aliviar de todo o estresse do momento.



◇◇◇



Usei alguns truques sujos durante a cerimônia de contratação. Adicionando algo como [Dedicarei ao mestre corpo e alma, seja servindo a ele de dia, ou servindo a noite], contanto que ele não expresse diretamente contra, uma visita noturna a ele na cama não será considerado uma violação.

Ah, eu sou tão inteligente~♪

A grande vitória de Arisa0-chan~♪

No caminho até a hospedaria onde ele estava instalado, coisas interessantes foram empilhando uma atrás da outra.

Itadakimasu?

Proteína?

Esse menino é mesmo um Satou-san, hein?

Rudy: Satou em japonês quer dizer “Açúcar”, ou seja, doce.

Deixando essas coisas mais triviais de lado.

Hoje é a grande noite da Arisa-chan!

Na minha vida passada não achei a oportunidade para deixar de ser virgem, mas essa noite mostrarei todo o meu conhecimento acumulado de internet, garotão!

Eu entrei no quarto superexcitada.

Nós íamos dormir sob o mesmo teto.

Eu sei menino, todo garoto de 15 anos também está superimpaciente para fazer isso!

Arisa, Lulu, vocês duas podem deitar naquela cama.

Hm? Ele planeja fazer o combo com as duas irmãs?

Diferente de mim, a Lulu ainda é uma menina pura de coração, então eu preferiria que a primeira vez dela fosse um pouco mais tranquilo.

Mas, diferente do esperado, enquanto eu ficava me dizendo “vai ser agora!” ou “Pode vir!”, ele simplesmente pegou no sono na outra cama.

IM-POS-SÍ-VEL-!

Num ataque de desespero, eu acabei colocando a Lulu para dormir com um feitiço de magia psíquica e me esgueirei até a cama do mestre. Senti uma pontada de remorso por fazer isso com ela, mas essa era a minha grande chance, então não havia espaço para lamentação.

Em fim, o resultado é que foi tudo por água abaixo, mas ao menos descobri que ele realmente era um menino Japonês. Agora, se era um herói transportado (Isekaizado) ou alguém que reencarnou, era um mistério, mas com aquele rostinho típico de Japonês, eu tinha certeza quase que absoluta.

Embora tenhamos algumas exceções como a nossa Lulu aqui.



◇◇◇



Arisa! Procure ajuda na loja de serviços ao amanhecer!

Uwah~, idiota, estúpido, imbecil!

Eu corri desesperada para o mestre que estava afundando nas sombras junto com a Mia.

Mas, não pude alcançá-los.

As sombres me impediram de chegar até eles.

Arisa, precisamos tomar de conta desse lado primeiro!

Liza pulou para cima das três [Sombras Perseguidoras] que ainda restavam. Pelo visto, mesmo a tão calma Liza tinha ficado abalada com o que aconteceu.

As três meninas Beastkin me deram total suporte enquanto eu eliminava os inimigos com a minha [Onda Psíquica] sem entoamento.

Liza acabou ferida no final da batalha, mas vencemos sem maiores problemas. Depois disso, fiz os primeiros socorros usando o que me lembrava da vida passada enquanto Tama e Pochi preparavam a carruagem para partir.

Eu queria que a Lulu fosse dirigindo, mas com essa escuridão acabei pedindo para a Tama ajudar a Liza já que as duas conseguiam enxergar melhor.

O Mestre vai ficar bem, nanodesu?

Voltar~?

Eu quero saber também!

Mas como a única mulher adulta aqui eu precisava manter a compostura para acalmar as crianças.

É claro que ele vai. É o nosso mestre, lembra? Ele vai voltar com a Mia e um belo sorriso, como se nada tivesse acontecido!

Fiz essa declaração mais tentando convencer a mim mesma. Não vou fazer nenhum pedido insensato como vir sem qualquer arranhão, tudo que imploro é que ele continue vivo!



◇◇◇



Enquanto esperávamos o portão de Seryuu abrir, Tama começou a fazer ruido.

Nyu~?

O que foi, nodesu?

Mestre, ali~!

O que foi que você disse!?

Tama! Isso é verdade!?

Sem querer, acabei pressionando a menina.

Ops, a carruagem se virou do nada e eu cai.

Apesar de não ter expressado em palavras, pude ver pelos olhos da Liza o quanto ela estava angustiada. Possivelmente mais do que qualquer uma de nós.

É ele, nodesu!

Mestre~!

É… é o mestre… ele está seguro…

Pochi, Tama e Liza começaram a ficar emocionadas.

Espera, onde é que elas estão vendo ele?

Arisa, alí! Na estrada, perto da colina. Com roupas brancas.

É verdade!

Como esse desgraçado tem a coragem de acenar de volta como se nada tivesse acontecido?

Eu… EU ESTAVA PREOCUPADA! PROMETA NUNCA MAIS FAZER UMA LOUCURA ASSIM!

Não conseguir mais conter as lágrimas e chorei no seu peito.

Ele pediu desculpas, várias, várias e várias vezes, mas tenho certeza de que esse cabeça dura não entende de verdade.

Preciso ficar mais forte.

Para impedir esse estúpido e descuidado [Mestre] de se jogar em situações perigosas!

Eu me chamo Arisa.

Anteriormente uma simples garota Japonesa, Tachibana Arisa.

Minha história de amor jamais vai se render aos absurdos desse estúpido mundo paralelo de fantasia!


Tags: [WN] Death March Kara Hajimaru Isekai KyousoukyokuChapter Revisado Capítulo 5-Intermissão-6 [WN] Death March Kara Hajimaru Isekai KyousoukyokuChapter Revisado Capítulo 5-Intermissão-6Revisado Capítulo 5-Intermissão-6 online, Revisado Capítulo 5-Intermissão-6 [WN] Death March Kara Hajimaru Isekai KyousoukyokuChapter Revisado Capítulo 5-Intermissão-6 [WN] Death March Kara Hajimaru Isekai KyousoukyokuChapter, Rudeus Greyrat

Rekomendasi

Comentários (0)

Apoie

Se gostou do capítulo, considere apoiar os nossos projetos. Sua doação é livre e nossas traduções inteiramente gratuitas. Você também pode ajudar visitando todos os dias a nossa página gerando visualizações e adquirindo produtos que sejam do seu interesse de nossos anunciantes. Muito obrigado pela atenção e tenha uma ótima leitura!