♪♫ Player Rádio J-Hero ♫♪

- Capítulo 06

Acompanhe os capítulos de [LN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EX Chapter Capítulo 06 traduzidos para o português brasileiro (PT-BR) aqui na Anime X Novel. Os capítulos podem sempre ser acompanhados em Anime X Novel. Visite nosso site diariamente Anime X Novel para não perder nenhuma atualização e não se esqueça de compartilhar com os seus amigos.

[Reportar Erros de Visualização / Dificuldades de Acesso / Links Vazios]

Publicidade







Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EX | Histórias Curtas

[Registro de Desenvolvimento da Sopa Consomê]






"Eu quero um pouco de sopa consomê"


Na oficina do Castelo Muno, olho um óleo cor de âmbar e me lembro da sopa consomê.

"O que há com você de repente?"

Eu estava murmurando algo para mim mesma, mas aparentemente a Arisa estava aqui também.

"Huh? É muito estranho para você estar aqui, Arisa. Você não precisava ajudar a Nina-san?"

"Bem, Arisa-chan é talentosa o suficiente para saber como fazer uma pausa"

Arisa me senta em uma cadeira e depois se joga no meu colo.

--O que ela está tentando fazer?

Quando eu suspeito de seu comportamento estranho, ela se vira e olha para mim.

"Reabastecendo meu Mestrenium. Para manter um suprimento constante, por favor, cruze os dois braços na frente como um cinto de segurança"

Arisa imita uma voz de robô enquanto faz esse pedido. Parece que ela estava ajudando a senhorita Nina até tarde da noite, então posso conceder esse desejo, desde que ela não faça nenhum assédio sexual.

Cruzo os braços na frente do corpo dela.

"Reabastecendo Mestrenium. Por favor, mantenha essa posição. Reabastecendo Mestrenium"

Arisa parece estar se divertindo enquanto repete essas palavras. Eu realmente não entendo, mas ela parece feliz.

Por quase uma hora, eu escuto os sons distantes da música da Mia com a Arisa no meu colo. Então, Arisa pula do meu colo, aparentemente satisfeita.

"Ah, sim! Agora eu posso continuar!"

"Isso é ótimo, mas não trabalhe até a morte"

"Claro! Eu não faria algo tão estúpido! Cuidar de si mesma faz parte do trabalho!"

Arisa fica um pouco com os olhos marejados ao dizer essa linha. Parece que ela se lembrou de algo em sua vida passada.

"Oh! O que foi isso sobre a sopa consomê mais cedo?"

"Eu estava olhando para aquele óleo, então tive um desejo repentino de tomar uma sopa consomê"

Arisa dá uma olhada no frasco branco cheio de óleo âmbar.

"Entendo, essa é definitivamente a cor certa para lembrá-lo da sopa consomê"

"Não é?"

Como eu pensei, qualquer japonês teria o mesmo pensamento. De volta ao Japão, eu bebia sopa consomê o tempo todo. Mas, a única coisa que fiz foi adicionar água ao pó da sopa.

Eu não tenho ideia de quais são os passos para realmente fazê-la, ou quais são os ingredientes.

Pedi ajuda a Arisa, esperando que ela se lembrasse de uma cena de algum mangá ou anime de culinária sobre como fazê-la.

Mas parece que ela só sabe tanto quanto eu. Acho que nem tudo vai ser tão fácil.

Afinal, é o trabalho de um artesão é trabalhar com as ferramentas limitadas que eles têm.

Bem, eu sou mais um falso cozinheiro que depende de habilidades de trapaça, então eu deveria pedir ajuda aos verdadeiros cozinheiros.








"Sopa consomê?"

"Sim, é uma sopa clara de cor âmbar"

Pedi ajuda a Gert, a chefe de cozinha do Castelo Muno. Como se costuma dizer, sempre vá primeiro aos especialistas.

"Qual é o gosto?"

--Tem gosto de... sabor de consomê.

Eu quase disse isso em voz alta.

Como isso pode ser? Não tenho palavras para descrever seu sabor.

"É como uma sopa de legumes, mas sem os legumes--"

Espere, isso não está certo. A sopa de legumes do Japão é geralmente feita com sopa consomê.

Lembro-me de toda a comida que vi desde que vim a este mundo. O mais próximo foi aquela sopa de legumes grossa que eu comi na Pousada do Portão da cidade Seiryuu.

Se ao menos pudéssemos nos livrar dessa espessura, o sabor poderia ser bem próximo.

"Gert-san, por favor, me ensine o básico sobre como fazer sopa"

"Claro, eu não me importo. Esse é um bom momento, já que eu estava prestes a ensinar a Lulu"

Segui a Chef Gert até a cozinha.

"Mestre!"

Na cozinha, Lulu se vira para me cumprimentar vestindo um avental branco simples.

Seu cabelo preto combina bem com o avental branco e lhe dá a aparência de uma recém-casada.

Antes de sair de Muno, vou ter que fazer uma roupa de empregada especial para ela.

"Aqui, vocês dois"

Somos chamados pela Chef Gert para um pote enorme.

"Os ingredientes são um pouco de carne com osso, sal e uma pequena quantidade de legumes"

Isso é mais simples do que eu esperava.

"Você não precisa de molho de soja?"

"Huh? Não há como usar algo tão caro para a sopa"

Eu acho que eles não usam.

É realmente bom que seja tão simples?

"Primeiro, encha a panela com água. Depois, começamos a ferver a carne e os ossos"

É impressão minha ou praticamente não sobrou nenhuma carne nesses ossos? Eu dispenso minhas dúvidas e sigo as instruções da Chef Gert.

À medida que a água ferve, a espuma começa a flutuar na superfície da sopa.

No entanto, ela apenas me dá instruções sobre como controlar a temperatura e não menciona a escória.

"Não vamos tirar a espuma da sopa?"

"Se fizermos isso, teremos menos sopa e o sabor será pior"

Fiquei curioso o suficiente para perguntar, e essa foi a resposta que obtive. Estou sentindo um pouco de choque cultural.

Acho que o bom senso realmente depende de onde você está.

"Vai ser um pouco mais longo, você não precisa adicionar mais lenha à chama"

"Sim, Gert-san"

Enquanto eu ainda estou congelado de choque, Lulu continua fazendo a sopa no meu lugar.

A primeira fase está terminada quando toda a carne cai dos ossos.

Depois disso, elas continuaram a fazer o ensopado, mas foi praticamente o mesmo que a Liza nos ensinou. Faltou um pouco de ingredientes e sal, então o sabor ficou leve.

"Isso é tudo. Isso ajudou você?"

"Foi uma grande ajuda, muito obrigado"

Agradeço a Chefe Gert e saio da cozinha.

Mesmo que não tenha sido muito diferente do que a Liza me ensinou, apenas aprender isso é um bom progresso.

A sopa de legumes que fizemos estava um pouco turva e tinha uma cor amarela terrosa.

Vou precisar começar experimentando vários ingredientes.








A primeira coisa que fiz foi fazer um monte de itens mágicos do tipo fogão.

Eu já tenho alguns desses, mas será mais fácil experimentar se eu tiver muitos.

Fazê-los é bem simples também.

"Mestre, informo que trouxe os potes"

"Obrigado, Nana. Coloque-os ali"

Pedi a Nana que fosse à cidade comprar panelas e conchas. Depois, as meninas-fera chegam trazendo os ingredientes.

"Carne de javali~?"

"Carne de Coelho nanodesu"

"Mestre, eu trouxe carne de frango, veado, lobo e urso"

Elas tiram todos os vários tipos de carne da Bolsa Garagem e começam a desmantelar.

Eu preciso usar todos esses ingredientes para a experimentação da sopa, incluindo os vários órgãos. Isso significa que as meninas-fera terão que se contentar com nosso grande suprimento de carne de hidra por um tempo.

Algumas empregadas e soldadas conseguiram nos encontrar seguindo o cheiro da sopa, mas não temos nada para dar a pessoas que não estão fazendo seu trabalho. Pedimos a elas que voltem quando terminarem o trabalho e ajudem a provar a sopa.

Agora que temos muitos voluntários, é hora de começar a experimentar a culinária.

Para esses tipos de experimentos, é melhor começar com grandes mudanças e diminuir a lista de opções.

Começo testando as diferenças entre sopa de legumes, sopa de carne de aves e sopa de carne sem aves.

A sopa feita de carne de aves não está definitivamente errada.

Essa sopa estava perto da sopa que sobrou de uma panela quente, e muito diferente da sopa consomê.

A sopa de galinha estava um pouco mais próxima, mas ainda errada.

É melhor que os outros tipos de carne, mas o sabor é fraco e longe do que eu quero.

A sopa de legumes tem o melhor sabor, mas o sabor ainda não está muito bom.

Eu continuo experimentando, tentando várias combinações de ingredientes e várias proporções.

Então, no final de tudo...

"Puha-! Tão gostoso!"

"Mm, é bom demais! Chevalier-sama precisa assumir a responsabilidade e me aceitar como consorte agora!"

"P-pare com isso! Eu já reservei o Chevalier-sama, então você não pode fazer isso!"

"Hehe, Chevalier-sama prefere peitos planos então ele não vai pegar uma gorda como você"

"Você quer dizer bem dotada! Não me chame de gorda!"

Parece ser um sucesso com as empregadas.

Eles parecem ter se desviado do assunto, mas vou fingir que não ouvi nada.

A dama do bem dotada precisa dar uma olhada na Karina-sama. Isso

parece bastante irracional de se afirmar quando você só tem um tamanho B.

De qualquer forma, embora tenha sido ótimo que elas tenham gostado, há um problema--.

"O ensopado do Chevalier-sama é realmente delicioso"

"Tem tanta carne e legumes nele~"

"Eu posso finalmente esquecer aquela sopa desagradável que tivemos antes do Chevalier-sama vir aqui"

"Paaare, eu não quero voltar para aquela sopa!"

--A sopa consomê não foi completada. Eu havia acabado de jogar todos os ingredientes restantes na panela e acabei fazendo um ensopado.








"O que você está olhando?"

Quando me deito na cama king size e olho para o registro de experimentos fracassados, Arisa desliza para o meu lado em sua roupa de dormir.

Tama e Pochi estão enroladas em bolas do outro lado.

"O registro de falhas na sopa consomê"

"Hmm, quantas você fez em um dia?"

"Um, dois, três... Muitas"

Ficou chato, então desisti de contar na metade.

"Consegui aproximar o sabor, mas continua virando um ensopado"

"Você não está filtrando?"

--Filtrando?

Oh, certo.

Como eu esqueci desse passo.

"Obrigado, Arisa. Vou tentar isso amanhã"

Consegui ganhar um novo rumo graças à sugestão da Arisa. Satisfeito, acabei caindo em um sono profundo e agradável.

--Até que acordei com a Arisa tentando me assediar sexualmente novamente.

Na manhã seguinte, dei uma volta pela cidade procurando algo para filtrar a sopa.

"Realmente não há nada..."

Os metalúrgicos simplesmente não têm muita coisa.

Havia o básico, como panelas e facas, mas sem coadores ou mesmo conchas de ferro. A melhor coisa que eles têm é uma grade de metal como a usada para churrasco. Aparentemente, as ferramentas menos comuns precisam ser feitas sob encomenda.

Perguntei ao lojista se eles tinham algo que eu pudesse usar para coar, mas infelizmente eles não tinham.

"Jovem, a loja geral é melhor se não precisar ser de metal. Se você realmente quer que seja forjado, posso chamar o ferreiro"

Segui o conselho do lojista e me dirigi ao armazém geral, que fica entre o centro da cidade e o bairro dos artesãos.

"Eles têm alguns filtros aqui..."

Eles têm filtros de madeira e até um feito de grama seca tricotada. Não parece haver nenhum de bambu que eu estava

acostumado a ver.

Não parece que eles podem ser usados para cozinhar embora. Eles provavelmente são usados apenas para fins agrícolas.

"Ei jovem, o que você está procurando?"

"Você tem um filtro com pequenos orifícios que podem ser usados para filtrar líquidos?"

Enquanto me perco em pensamentos, o lojista começa a falar comigo, então pergunto se ele tem o que estou procurando.

"Um coador para líquidos? Se você está apenas filtrando coisas de tamanho normal, então isso deve ser suficiente...?"

O lojista pega os filtros e me mostra com uma cara confusa.

Parece que não fui suficientemente claro no que perguntei.

"Mas, se for para coisas pequenas, talvez usar um pano seja melhor?"

Eu entendo. Eu não tinha considerado essa opção. Isso é bom saber.

Agradeço ao lojista e compro os vários tipos de tecidos que ele recomenda.

"Chevalier-sama! É bom ver você de novo!"

Assim que saio da loja, um comerciante de alimentos da Cidade Muno percebe e me cumprimenta.

"Olá, alguma coisa boa acabou de chegar?"

"De fato! Nós acabamos de colocar nossas mãos em algumas vacas de pelo comprido de Oyugok!"

"Entendo, vacas de pelo comprido. Eu adoraria comprá-las de você"

Eu não esgotei a carne de vaca de pelo comprido que recebi da

aldeia dos gigantes ainda, mas o estoque está ficando muito baixo. É melhor se eu usar essa chance para reabastecer.

Mais carne é sempre bom.

"Estas são as quatro vacas--"

Um macho e três fêmeas... Parece que valem mais do que cavalos de carga, mas menos do que cavalos de montaria. O macho é mais barato que as fêmeas.

O preço oferecido pelo comerciante é aproximadamente o mesmo que o da minha habilidade [Estimativa].

"Esse preço é adequado. Vou comprar todos"

Não precisamos de tanta carne, então podemos deixar um pouco para reprodução no Castelo Muno.

Uma das fêmeas está produzindo leite, então vamos mantê-la.

"Mestre, eu terminei de desmantelar"

"Obrigado, Liza. Isso ajuda"

Recebo o relatório da Liza, que está de avental colorido.

Ainda hesito em matar o gado, então ajuda que ela possa fazer isso por mim.

"Intestinos~?"

"Tem um balde cheio nanodesu"

Tama e Pochi trazem um balde grotesco de órgãos de vaca.

"Ah, eu esqueci de te dizer. Eu não vou usar isso hoje, então você pode dá-los a Chef Gert para o jantar"

"Sim~"

"Entendido nanodesu"

As duas carregam o balde e correm para a cozinha.

Pego a carne preparada pela Liza e começo a cozinhá-la, separando as com gordura e as sem.

Enquanto espero, pego uma boa porção do lombo e começo a cozinhá-lo em uma frigideira.

Mmmm~, cheira muito bem.

A cauda da Liza começa a se contorcer um pouco.

Pouco tempo depois, Tama e Pochi correram de volta deixando um rastro de poeira atrás delas.

"Carne~!"

"Pochi cheira carne nanodesu!"

Essas duas certamente têm um bom olfato.

"Só mais um pouco"

A cauda da Pochi está balançando com tanta força que parece que está prestes a cair. Tama continua engolindo sua saliva.

Sirvo os bifes recém-cozidos para as meninas-fera como agradecimento por me ajudarem.

Por cima está o genuíno molho de bife que a Chef Gert me ensinou a fazer. Antes só podíamos usar molho de soja e sal, então deve estar muito melhor agora.

"Delicioso~"

"Carne bovina é incrível nanodesu!"

"Está praticamente derretendo na minha boca. Realmente delicioso"

As garotas-fera parecem satisfeitas.

Depois de admirar suas expressões alegres, volto à preparação da sopa.

Parece que usar pano para filtrar a sopa foi a ideia certa, pois ela fica muito mais transparente.

No entanto, ainda há alguma obscuridade, e está começando a ter um gosto estranho.

Talvez eu precise tentar mudar minha abordagem. Eu tento reverter todas as minhas ideias sobre fazer sopa.

O resultado--.

"Uu, i-isso..."

"*Hic*, tão... bom..."

"Ahhh, tudo bem se eu morrer hoje"

Por alguma razão, as provadoras de sabor têm lágrimas nos olhos quando enfiam as colheres na boca.

Por favor, apenas chore ou coma, não os dois ao mesmo tempo.

"Mestre, o que é isso?"

"Pedi a elas para comerem alguns dos meus experimentos, e foi assim que acabou"

Eu entrego uma das tigelas para a Arisa.

"Uau, que belo ensopado de carne!"

Arisa começa a comer com um sorriso no rosto.

O roux que usei para fazer o ensopado de carne foi algo que aprendi com a chefe Gert junto com o molho de bife. Eu não sabia que era possível com apenas manteiga, farinha e um pouco de sopa.

"Ufa, isso foi ótimo--. Espere, eu pensei que você estava tentando fazer sopa consomê?"

Arisa, você não precisava dizer isso.

Ok, então tentar ir na direção oposta não funcionou tão bem.

Como nota adicional, o ensopado de carne recebeu elogios da Nina-san e da família do Barão.






"Vamos usar magia!"

"Isso parece muito impróprio"

Arisa está balançando a cabeça.

"Estou pensando em fazer apenas a parte da filtragem via magia. Só preciso ter certeza de que todas as partes saborosas sejam dissolvidas na sopa"

"Isso de novo? Você sempre tem as ideias mais loucas"

"Vai ficar tudo bem~"

"Isso mesmo, nanodesu! O mestre pode fazer a melhor sopa con, nanodesu!"

"É consomê, não con"

Enquanto Arisa corrige a Pochi, eu procuro na lista de magias de água um feitiço que eu possa usar como base.

Eu tomo porções do código de feitiços usados para separação, mistura e permeação. Também tomo porções do feitiço Controle de Líquido para poder misturar a sopa sem danificar os ingredientes.

Na manhã seguinte, tive alguns desses feitiços de cozinha, mas ainda não acabou.

Eu tenho que verificar seu efeito e custo de mana na prática, então dar os toques finais no código do feitiço.

Bem, eu não posso cantá-los eu mesmo. Vou precisar da ajuda da Mia para realmente usar a magia da água.

"Desculpe Mia, obrigado por me ajudar"

"Nn, confiança"

Mia confiantemente promete sua ajuda. Trabalhamos do dia para a noite para aperfeiçoar as técnicas da magia e culinária.

Claro, Mia tem uma quantidade limitada de mana, então ela teve que fazer pausas e se curar com poções de recuperação de mana.

Ao longo dessa experiência, acabei fazendo poções de mana com sabores diferentes do sabor original de mel.

Também acabei desenvolvendo um feitiço para fazer o chantilly nos lanches da Mia. Então, modifiquei esse feitiço para fazer coisas como maionese, mas levará um tempo até que eu faça pleno uso deles.







"Tão bom, esse é definitivamente o cheiro de sopa consomê"

Arisa fica ao lado da panela e cheira a sopa.

Depois de três dias inteiros, Mia e eu finalmente completamos o feitiço para fazer sopa consomê.

Claro, o feitiço não gera a sopa do nada, mas apenas remove as etapas mais difíceis do processo.

Retiro a tampa da panela e sirvo uma tigela para todos.

"Huh, água?"

"Então a sopa consomê é transparente"

Arisa, que sabe como deve ser a sopa consomê, inclina a cabeça em confusão. Lulu, que nunca a viu antes, olha para ela com um olhar curioso.

Por alguma razão, usar magia nela faz com que fique clara e transparente em comparação com sua cor âmbar normal.

Eu tinha considerado adicionar um pouco de corante a ela, mas isso acabará prejudicando o sabor.

"Beba antes que esfrie"

"Sim! Itadaki~"

"Itadakimasu nanodesu"

Ao meu comando, Tama e Pochi são as primeiras a tomar um gole de suas colheres.

Os ombros das duas começam a tremer. O pelo da cauda da Tama está ereto.

"Muito muito muito muito gostoso~!!"

"Super super super super saboroso nanodesu!!"

Com os olhos bem abertos, as duas começam a balançar os braços para enfatizar o quão bom é.

"Mestre... eu... eu não sabia que as coisas podiam ser feitas tão deliciosas"

"Mestre, eu ofereço meus elogios que este é o melhor"

"É como se eu pudesse provar a carne mesmo que ela não esteja aqui. Isso poderia ser um prato mítico servido apenas para os deuses?"

Lulu, Nana, Liza também dão seus elogios exagerados. Quanto a Arisa--.

"Eu não posso dizer depois de apenas um! Me dê mais! E superdimensione!"

Depois de terminar silenciosamente uma tigela, ela começou a exigir mais.

"Claro, tenha o quanto quiser"

Enquanto eu sirvo uma segunda tigela para a Arisa, todo mundo começa a pedir mais também.

A normalmente quieta Lulu e a modesta Liza estão chegando quase tão rápido quanto a Tama e a Pochi.

"Cuidado para não queimar a língua"

Dou a todas esse aviso enquanto continuo servindo a sopa.

"Satou"

Mia estende sua tigela com um olhar aparentemente envergonhado em seu rosto, então eu lhe dou bastante sopa.

Afinal, foi principalmente graças a ela que consegui.

A sopa consomê aperfeiçoada vai encantar muitos outros. Mais notavelmente, os gourmets bem conhecidos e a alta nobreza da cidade Oyugok, mas isso será mais tarde.

Por enquanto, estou contente apenas curtindo com as meninas.

Talvez eu possa ir assar um pão para complementar a sopa junto com a Lulu. Isso parece divertido.

Isso é o que eu estava pensando quando vejo as empregadas famintas avançando em nossa direção do Castelo Muno.



Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EX | Histórias Curtas

[Fofocas na Taverna do Centro da Cidade]




"--o Chef Herói?"

"O jovem que obteve nobreza naquele território amaldiçoado"

Enquanto eu estava me divertindo na taverna, algumas palavras familiares me chamam a atenção.

Bem, mais do que familiar, há 99% de chance de que estejam falando de mim.

Embora esta seja uma taverna de alta qualidade, a pessoa que fala de mim se destaca da multidão com sua roupa nobre muito conspícua.

Em vez do meu traje nobre habitual, atualmente estou usando uma túnica barata para me misturar como um comerciante.

Ouvi dizer que este lugar tem um prato especial de peixe e um vinho branco que combinam muito bem, então vim aqui como uma pausa do meu trabalho noturno.

"Só porque ele tem um pouco de talento na cozinha não significa que ele pode sair por aí assim, se gabando e se aconchegando com todos os nobres superiores"

--Eu não me lembro de me gabar.

Claro, admito que usei minha culinária para conseguir boas conexões. Mas minha habilidade culinária é basicamente devido à minha habilidade [Culinária] maximizada, então não parece certo me gabar disso.

"Durante a dança de salão, ele até seduziu as damas e esposas com seus doces. Então, ele até teve a ousadia de invadir suas casas"

Invadir é certamente uma maneira estranha de colocá-lo ...

No mínimo, posso dizer com certeza que não tive nenhuma motivação sexual.

"Não termina aí. De acordo com o Sir Keon, sua influência maligna se estende até a Sera-sama no templo Tenion"

--Quem é Sir Keon?

Procuro seu nome e descubro que é um cavaleiro do templo da família do conde Bobino.

Não me lembro ao certo, mas ele provavelmente é um dos cavaleiros que vieram para o território Muno como escolta da Sera.

"E pensar que alguém abusaria da comida para progredir-"

"Espere"

"Nesse caso, não poderíamos fazer isso também?"

A comida pode ser bom para fazer conexões, mas não seria melhor apenas fazer o seu trabalho de verdade?

"Jovem nobre. Se você está tentando copiar o Sir Pendragon, você deve parar agora"

"O que foi isso, seu pequeno...!"

Daqui só consigo ver as costas dele, mas alguém se intromete na conversa dos nobres. Parece que esquentou e está a apenas um passo da violência.

Algumas pessoas ficam irritadas quando bebem demais.

"Pare de uma vez. Não desperdice mais meu valioso tempo de pausa"

O velho senhor que estava bebendo junto com o intercessor interrompe os nobres com um tom arrogante.

"V-visconde-sama!"

Parece que o velho cavalheiro é um nobre de alto escalão. Não consigo lembrar o nome dele, mas já vi seu rosto antes.

Vislumbro o rosto do homem que interveio primeiro e o reconheço como um dos chefs do castelo do duque.

Foi ele quem me recomendou este lugar, então é natural que ele esteja aqui.

Um visconde e um chef são um par estranho, mas eu realmente não me importei o suficiente para pensar por que eles estavam juntos.

"A comida do Sir Pendragon é um milagre..."

O visconde começa a falar como se estivesse em transe.

"--Mesmo para alguém como eu que come comida gourmet há anos, eu simplesmente não conseguia parar de dar a próxima mordida. Eu não ficaria surpreso em encontrar aquela sopa consomê no banquete dos deuses"

"E-é tão bom assim...?"

Os nobres ficam sem palavras com os elogios exagerados do visconde.

"Um nobre dizendo tanto sobre a comida de alguém? Quão bom pode ser?"

"Poderia valer seu peso em ouro?"

As outras pessoas próximas parecem ter se interessado na conversa.

Pelo jeito, pensei que poderia acabar sendo inundado por pedidos de culinária. No entanto, isso acabou sendo um medo infundado.

A divisão de classes é bastante alta no Reino Shiga, então é considerado tabu para os plebeus fazer esse tipo de pedido a um nobre.

Houve alguns que tentaram me passar um pedido indiretamente através dos comerciantes, mas foi apenas isso.

Eu nem tinha considerado que minha nobreza me protegeria de aborrecimentos como esse.

Enquanto sirvo a especialidade da taverna Truta Azul ao estilo Oyugok Meuniere para as meninas, me viro para olhar para o horizonte. Eu silenciosamente ofereço meus agradecimentos ao Barão Muno e a Nina-san.




Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EX | Histórias Curtas

[O Alquimista dos Rumores]




"Chevalier-sama, por favor, eu imploro"

Na cidade Oyugok, eu estava comprando alguns alimentos e temperos da mesma loja que costumo frequentar. Então, o mercador-chefe me apresenta a esse mercador de meia-idade que de repente abaixa a cabeça.

"Oi! Você está sendo muito repentino e incomodando o Chevalier sama"

"M-minhas desculpas, você vê-"

O comerciante de meia-idade se acalma um pouco e começa a explicar. Para resumir, ele foi ordenado por um de seus clientes para obter os acessórios de pedra de luz feitos pelo Trismegistus.

"Ele até disse que pararia de fazer negócios comigo até que eu pudesse adquiri-los... Se eu perder um cliente tão grande, meu negócio estará condenado. Por favor, preciso de uma carta de apresentação para o Sr. Trismegistus"

Mesmo se você me implorar assim, não há muito que eu possa fazer.

"C-claro, você será recompensado tão generosamente quanto possível. Além do dinheiro, vou levá-lo a todas as

lojas com comida excelente e mulheres bonitas--"

Eu não poderia me importar menos com o dinheiro, mas estou extremamente interessado nas lojas recomendadas por um rico comerciante.

A comida, claro, mas também as mulheres. Ultimamente tenho estado bastante abstinente, então é natural que eu esteja interessado nesse tipo de entretenimento noturno.

Contudo--.

"Minhas desculpas, não acredito que possa atender a esse pedido"

"N-não! Eu imploro! Você não precisa escrever nada de bom sobre mim, apenas uma carta normal de apresentação está bem"

Escrever uma carta para uma pessoa imaginária parece meio fraudulento.

"E-então, você poderia me dizer o endereço do Sr. Trismegistus?"

Infelizmente, não importa o quanto o comerciante de meia-idade me implore, isso não é possível.

Ele só existe na minha cabeça...

"Chevalier-sama, você poderia nos deixar vender os acessórios de pedra de luz com você como intermediário?"

O comerciante de meia-idade sugere dividir os lucros, mas eu balanço minha cabeça.

Embora eu possa facilmente fazer mais de cem deles em uma hora, eles são uma ferramenta importante para se conectar com os nobres. Eles vão perder a raridade se eu os deixar entrar no mercado aberto.

Para os nobres, a raridade e o design têm importância quase igual.

"Chevalier-sama, por favor, ajude-o. Vou me certificar de dar um desconto adequado em nossos negócios futuros"

O mercador-chefe vê minha recusa e oferece uma recompensa adicional, ou melhor, um desconto.

Não, não, eu realmente não poderia me importar menos com o dinheiro.

"Eu adoraria apresentá-lo, mas eu só o conheci viajando no Baronato Muno e não o vi desde então"

Depois de ouvir minha história inventada, o rosto do mercador de meia-idade se enche de desespero. Se isso fosse um mangá, ele teria linhas verticais em todo o rosto.

Seria muito cruel da minha parte deixá-lo assim, e me sentiria mal sempre que comprar aqui novamente.

--Oh, certo.

"Os acessórios de pedra de luz que eu uso como presentes nas festas de chá são em número limitado, então não posso entregá-los. No entanto, talvez isso permita que você salve a sua cara"

Da Bolsa Garagem, tiro o conjunto de doze Bonecas do Zodíaco de aparência misteriosa.

Eu havia cometido essas falhas anteriormente, ao mesmo tempo que os acessórios de pedra de luz. Os corpos são esculpidos em cristal e têm pedras de luz embutidas nos olhos.

Eles foram feitos durante um dos meus testes do feitiço [Polonês], e eles têm runas baseadas no zodíaco esculpidas nelas.

Essas são as únicas cópias, então pelo menos a raridade é alta. Elas ainda parecem muito assustadores.

"V-você vai me deixar ficar com isso?"

A voz do comerciante de meia-idade está trêmula. Ele deve estar assustado com as bonecas assustadoras.

"Você tem minha eterna gratidão, Chevalier-sama! Meu negócio está salvo. Eu nunca vou esquecer isso enquanto eu viver"

Eu pensei que ele ficaria desapontado, mas recebi a reação oposta.

Quando o comerciante de meia-idade me dá seus elogios exagerados, sinto um pouco de vergonha de mim mesmo. Acabei entregando as bonecas e saindo mais cedo, sem poder comprar nada.

No dia seguinte, chegou o pagamento de 500 moedas de ouro do comerciante de meia-idade.

Por quanto ele conseguiu vendê-las...

Depois, quando estava visitando um certo nobre, quase cuspi meu chá quando eles começaram a se gabar das bonecas. Eu mal consegui passar com a ajuda da habilidade [Pokerface].

Eu também vou perseguir as borboletas noturnas junto com o mercador de meia-idade e seus amigos, mas isso é uma história para outro dia...

Há algumas histórias que é melhor não contar.





Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EX | Histórias Curtas

[O Nobre de Cabelos Pretos]




"O que há de errado com a Rina-sama?"

"Ela está assim desde a última festa de dança"

Irmã e Teena-sama, a senhora da casa do Visconde Blates, estão conversando. Mas, as palavras simplesmente passam por um ouvido e saem pelo outro.

Recentemente, tenho me sentido instável e desamparada.

"Para a filha do Visconde Emerin, um parceiro apropriado provavelmente seria de uma das Doze Casas. Talvez a segunda esposa do Tislad-sama?"

"De jeito nenhum, se alguém vai se casar com um futuro duque, eu entrarei e tomarei o lugar dela"

"Acho que é verdade... Além de seu status, ele parece ser uma boa pessoa também"

Enquanto ouço distraidamente a conversa da Irmã, uma empregada entra na sala carregando uma bandeja de chá.

"--Quanto açúcar você gostaria?" (NT: Açúcar é pronunciado como [satou] em japonês)

"Teena-sama terá um"

Meu coração pula uma batida quando ouço a conversa entre a empregada e a atendente da Teena-sama.

... Açúcar, apenas açúcar.

Não há nada para ser perturbada.

Isso mesmo, açúcar é apenas algo que você adiciona para fazer algo doce--.

"Açúcar"

Quase pulo da cadeira quando a Irmã sussurra essa palavra em meu ouvido.

"Hmm, então é como eu pensei"

A irmã tem um sorriso no rosto, como se fosse uma gatinha que acaba de encontrar um novo brinquedo.

"O que você pensou?"

Teena-sama! Por favor, largue esse assunto!

Minha oração cai em ouvidos surdos, e a Irmã olha para mim com confiança renovada em seus olhos.

"É o de cabelo preto, certo?"

"S-Satou-sama e eu não somos assim!"

"Hmm, então o nome dele é Satou"

--Não! Eu caí na armadilha da irmã...

"Satou? Eu sinto que já ouvi isso-- eu me lembro agora! Chevalier Honorário Satou Pendragon, o campeão na defesa da Cidade Muno"

"Campeão? --Espere, aquele que salvou a Cidade Muno quando estava cercada por dezenas de milhares de demônios e monstros?"

Depois de ouvir as palavras da Teena-sama, Irmã pula e começa a gritar.

Mesmo que ela esteja sempre falando sobre ser como uma dama. Não, não, agora não é hora de pensar nisso.

De qualquer forma, aquele jovem de aparência gentil não faria algo tão selvagem.

Deve ser outra pessoa com o mesmo nome.

"Os convidados estão aqui. Estão todas prontas?"

Então, a mãe voltou de verificar os preparativos para a festa do chá.

"Então? Alguém chamou sua atenção hoje?"

"Apenas Sir Pendragon, a pessoa de quem estávamos falando antes. O resto são apenas as velhas famílias que não têm nada além de seus pedigrees"

A irmã continua a conversa enquanto seguimos a mãe. Suas palavras são um pouco carentes de cortesia.

"Ser novo é ótimo e tudo, mas Chevalier e Visconde estão muito distantes, então não estou interessada"

"Ele é mais novo que eu, então eu também não estou tão interessada"

Não estou interessada-- Por alguma razão, meu peito fica um pouco mais leve depois de ouvir a Irmã dizer essas palavras.

Sinto como se tivesse crescido asas nas costas quando começo a cantarolar no caminho até lá.

Quando entro na área do chá, vejo um jovem de cabelos pretos cumprimentando a mamãe. Então, Satou-sama se vira para mim.

"Olá, Rina-sama. Muito obrigado por me receber hoje"

Mesmo que o Satou-sama seja apenas dois anos mais velho que eu, sua aura de maturidade faz meu coração bater mais rápido.

--*Batida*

Esse som no meu peito pode ter sido o começo do meu amor--.




Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EX | Histórias Curtas

[Treinamento Noturno Secreto!]




--*balança* *balança*

"...Unyuu?"

--*balança balança balança*

Sendo balançada por alguém. Tama abre os olhos para ver o rosto preocupado da Pochi.

"Tama, preciso fazer xixi... nanodesu"

"Aye"

Tama não quer sair do estômago quente do Mestre, mas tem que levar a Pochi ao banheiro para que ela não molhe a cama. Porque Tama é a irmã mais velha.

Silenciosamente, silenciosamente.

Tip, toe, tip, toe.

Tama protege o sono de todos caminhando silenciosamente. Tama leva Pochi pela mão pelo corredor escuro.

--*batida*

As orelhas da Tama se contorcem quando um som vem de longe.

--* batida * * batida *

Tem um ritmo e soa meio divertido.

"Tama, já chegamos, nanodesu"

"Ainda não~, só um pouco~?"

"Sim, nanodesu"

Se Tama não se apressar, Pochi adormecerá novamente. O som é interessante, mas Tama tem que ser uma irmã mais velha primeiro.





"Boa noite, nano, de--"

Pochi adormece no meio de sua frase, então Tama a cobre em um cobertor.

"Guhihi, estômago de shota macio~"

Arisa está dormindo falando enquanto enfia a cabeça na camisa do Mestre. Então, Tama gentilmente puxa a Arisa para fora e a envolve como um rolo.

Porque, essa foi a ordem do Mestre: [Sem assédio sexual nunca].





Tama persegue o som latejante.

--Encontrei!

"Ayum~?"

"--Tama? E pensar que deixaria de sentir a aproximação de uma criança. Ainda tenho um longo caminho a percorrer"

O som era o treinamento da samurai Ayume. Ela está jogando uma faca estranha no alvo. Tama quer tentar também.

"Hm, você está interessada nessas shurikens?"

"Aye~"

"Experimente. Você parece ter competência nas artes da ocultação, então você pode ser adequada como um ninja"

Palavras muito longas, perguntei a Arisa mais tarde. Tama está ocupada jogando o boushuriken.

*corta* *clang* *arranha*

-- Não está fazendo o som bom.

"Tama, estes são lançados de forma diferente das adagas normais. Segure-a assim, depois jogue-a assim--. Entendeu?"

"Claro~"

Tama meio que entende. É exatamente como o Mestre jogou um espeto de madeira antes.

--Eeei.

"Impressionante... E pensar que você entenderia o truque depois de apenas alguns lances"

"Nihehe~?"

Tama cora um pouco depois de ser elogiada e treina com a Ayume até cansar.

Então, depois de ficar boa com o treinamento secreto, Tama vai surpreender o Mestre. Nyan.





Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EX | Histórias Curtas

[Sera e o Trabalho Voluntário]




"Miko, Nana já chegou?"

"Miko miko, Nana e o Mashter da Nana já chegaram?"

"Desculpe, eles ainda não chegaram"

Do outro lado da multidão, ouço as vozes das crianças leão-marinho e da Sacerdotisa Sera.

Esses garotos me chamam de Mashter por causa da Nana, mas eles não conseguem pronunciar direito.

"Mestre, ouço as vozes dos jovens organismos me chamando"

Quando Nana ouve as vozes das crianças, ela agarra meu braço e começa a forçar seu caminho através da multidão enquanto empurra outras pessoas para o lado.

"E-espere Nana, você está incomodando essas pessoas"

"Esta tarefa tem prioridade"

Ela diz isso como se fosse completamente óbvio, e eu não sei como devo responder.

Eu acabo pedindo desculpas em seu nome enquanto nos dirigimos para a cozinha onde a Sera está esperando.

"Nana!"

"Mestre!"

Quando chegamos à cozinha de sopa, as crianças leão-marinho nos notam e começam a bambolear.

"Organismos jovens, declaro meu retorno!"

Nana abre bem os braços e dá um grande abraço nas crianças. Eles estão alegremente se debatendo em seus braços.

"Satou-san, obrigada como sempre"

"Não, não é nada mesmo"

Troco cumprimentos com a Sera, depois ajudo a montar o refeitório com o resto das meninas.

As crianças leão-marinho garantem que todos se alinhem de forma ordenada.

Quando eles veem alguém tentando furar a fila, eles se aproximam e os avisam.

"P-por favor, se alinhem"

"Por favor"

Quando veem seus olhos marejados, a maioria dos adultos volta à fila com a clássica frase tsundere: "Tudo bem, só desta vez"

No entanto, existem alguns que ficam bravos sem motivo--.

"Que chato! Com quem você pensa que está falando!"

Como esse idiota, que está tentando passar ameaçando. Para esses tipos, as meninas mais velhas os levarão à justiça.

"Por que você não vai em frente e nos diz quem você é?"

"Morte aos criminosos"

Eles agem arrogantemente contra crianças, mas não têm chance contra a Liza e a Nana, que têm experiência em lutar contra monstros ferozes.

Depois de serem varridos sobre as brasas, eles pedem desculpas às crianças leão-marinho e são enviados para o final da fila. Tudo está como deve estar.

A distribuição de alimentos termina sem qualquer problema. Como recompensa a todas as crianças que ajudaram, decidimos ler um livro ilustrado para elas.

"Satou-san, você pode lidar com a narração e as vozes masculinas"

Com a Sera como minha parceira, abrimos o livro na frente das crianças animadas.

A que assistiu mais seriamente foi, na verdade, Liza. Como sempre, ela adora ouvir essas recitações de livros. Livros ilustrados não são tão diferentes neste mundo.

Eu levemente limpo minha garganta.

Era uma vez--.





Tags: [LN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EXChapter Capítulo 06 [LN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EXChapter Capítulo 06Capítulo 06 online, Capítulo 06 [LN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EXChapter Capítulo 06 [LN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EXChapter, Rudeus Greyrat

Rekomendasi

Comentários (0)

Apoie

Se gostou do capítulo, considere apoiar os nossos projetos. Sua doação é livre e nossas traduções inteiramente gratuitas. Você também pode ajudar visitando todos os dias a nossa página gerando visualizações e adquirindo produtos que sejam do seu interesse de nossos anunciantes. Muito obrigado pela atenção e tenha uma ótima leitura!