♪♫ Player Rádio J-Hero ♫♪

- Capítulo 01

Acompanhe os capítulos de [LN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EX Chapter Capítulo 01 traduzidos para o português brasileiro (PT-BR) aqui na Anime X Novel. Os capítulos podem sempre ser acompanhados em Anime X Novel. Visite nosso site diariamente Anime X Novel para não perder nenhuma atualização e não se esqueça de compartilhar com os seus amigos.

[Reportar Erros de Visualização / Dificuldades de Acesso / Links Vazios]

Publicidade







Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EX | Histórias Curtas

[Novos Utensílios de Cozinha]




Satou aqui. No meio do meu encontro com a Zena-san, eu fui pego em um tumulto. Antes que eu percebesse, todos foram sugados para o labirinto criado por um demônio. As coisas ficaram bem agitadas, mas eu tenho que trazer essas garotas-fera em segurança para a superfície.

"centopéia~?"

Tama, uma garotinha com orelhas e cauda de gato, fala em um tom descontraído enquanto olha para a área abaixo de nós.
Seu cabelo branco curto balança levemente, enquanto ela inclina a cabeça.

"As centopéias são amargas e pontiagudas, então Pochi não gosta delas nanodesu"

Pochi sussurra isso com suas orelhas de cachorro achatadas contra sua cabeça. Seu cabelo castanho na altura dos ombros balança para a esquerda e para a direita enquanto ela mostra a língua com uma expressão de dor.

--Você realmente tentou comê-las? Você vai destruir seu estômago assim.

"Talvez esteja guardando a porta?"
"Sim você está certo"

A última a falar comigo foi a Liza, uma Escama laranja.
Sua roupa esfarrapada de duas peças revela seu corpo atlético e seu rabo de lagarto revestido de escamas laranja.
Essas três garotas-fera são minhas aliadas para escapar do labirinto.

Quando chegamos aqui, elas não podiam fazer nada além de tremer de medo. No entanto, elas começaram a mostrar um rápido crescimento após esse último descanso. Elas até conseguiram derrubar um sapo gigante sem mim.

Quanto à nossa posição atual--
Depois da sala dos sapos, continuamos por várias salas pequenas. Diante de nós está uma sala em forma de cilindro distorcido, com uma altura de 6 metros e um raio de cerca de 20 metros.
A passagem por onde entramos fica a meia altura entre o teto e o fundo da sala, com um declive que desce até ao chão. No fundo da sala há uma porta cinza escuro com uma enorme centopéia esperando silenciosamente na frente dela.
Tem três grandes chifres que parecem lâminas de pá invertidas

"Mestre, devemos encontrar uma rota diferente?"
"Não, vamos romper. É perigoso, então vocês três ficam para trás"

O nível da centopéia é 27, e ela ainda tem as habilidades raciais [Veneno] e [Arremesso], então seria impossível para elas lutarem contra isso.
Além disso, tem [Resistência a Fogo], então não posso nem experimentar as bombas incendiárias que fiz.

"... E-entendido. Desejo-lhe sorte"

Liza balança a cabeça tristemente e se despede com uma oração.
Estou feliz que você esteja preocupada comigo, mas você não precisa fazer um grande negócio com isso.
Desço a ladeira com minha arma mágica na mão. Mais ou menos na metade do caminho, a centopéia sente minha presença e vira a cabeça.
Eu estava esperando que ele não me notasse ainda, mas tanto faz. Eu pulo mais para baixo da encosta enquanto me esquivo de seu ataque.

"Mestre!"

Eu aceno minha mão para a preocupada Liza para mostrar que estou bem enquanto atiro com a arma mágica na mandíbula desprotegida da centopéia.
Isso explodiu um grande pedaço de sua cabeça, mas ainda parece pronta para uma luta.
Ela me encara com seus olhos frios enquanto me ameaça com um som de assobio semelhante a uma cobra.
Eu recuo para evitar o sangue verde pingando, mas...

"Atrás~?"
"Cuidado nanodesu!"

A cauda da centopéia de repente balança em minha direção.
Aqueles picos brilhantes provavelmente infligem veneno.
Eu salto no ar para evitar a cauda.
No momento em que me esquivei, os espinhos se lançaram em minha direção. Eu dobro meu corpo no ar para me esquivar enquanto derrubo os espinhos restantes com a arma mágica.

"Eei!"
"Toma isso nanodesu!"

Tama e Pochi começam a atirar pedras na cabeça da centopéia para tentar me proteger.

"Acerto direto~?"
"Nós conseguimos nanodesu!"

As pedras da dupla conseguiram acertar a centopéia bem na sua cabeça meio destruída.
Ser atingida depois de perder sua concha deve ter doído bastante, já que a centopéia muda de direção e segue para as duas.

"Wa! Está chegando nanodesu"
"Corre~"
"Apresse-se de volta para a passagem, vocês duas"

Não posso vê-las daqui, mas posso ouvir suas vozes frenéticas.
Eu forço minha mão em uma das articulações da centopéia e começo a puxá-la para trás.
Parece que usei muita força. A articulação foi arrancada junto com a casca ao redor, mas pelo menos consegui parar seu ataque às garotas-fera.
Um de seus chifres perfurou a bolsa que eu havia deixado com elas, mas podemos substituir isso.
Imediatamente depois, a centopéia vira a cabeça e mergulha em minha direção, mas eu a esmago com um chute para acabar com ela.




"Mestre, eu vou lavar suas costas"
"Obrigado, você pode verificar se há algum ferimento também?"

Acabei coberto de sangue de centopéia, então enchi uma bacia com água para lavar meu cabelo e meu corpo.
Liza limpa suavemente as áreas que não consigo alcançar com uma toalha úmida

"Nem um arranhão, suas costas estão completamente limpas"
"Sedoso~?"
"Tão suave como um bebê nanodesu"

Pochi e Tama parecem querer imitar a Liza, enquanto começam a se limpar minhas costas com as mãos.

"Isso faz cócegas um pouco"

Eu torço meu corpo enquanto sinto cócegas por causa de suas pequenas mãos.

"Fazer cócegas~"
"Pochi não vai perder nanodesu!"
"Hahaha, eu desisto, eu desisto"

Eu me rendo a elas com um sorriso no rosto. Isso traz de volta memórias de quando eu tomava banho com meus jovens primos na minha cidade natal.

"Tama vence~?"
"Pochi ganha também nanodesu"
"Se vocês duas não vão ajudar, vão pegar o núcleo da centopéia"

Liza começa a repreendê-las.
Essas três são de raças diferentes, mas a Liza tem a aura de uma irmã mais velha confiável e suas duas irmãs inocentes.

"Onde está o núcleo da centopeia nanodesu?"
"Infelizmente, nunca vi um monstro centopéia antes, então não tenho certeza da localização. Se for como os outros monstros inseto, deve estar na cabeça ou na parte superior do pescoço. A cauda e as presas podem ter veneno, então sejam cuidadosas"
"Sim, sim~"
"Entendido nanodesu"

Tama e Pochi correm alegremente para o corpo da centopéia, como se estivessem procurando um tesouro escondido.

"Mestre, terminei de limpar"
"Obrigado"

Enquanto agradeço a Liza, coloco uma roupa que tirei secretamente do [Armazenamento].
Enfiei o roupão que estava vestindo em uma sacola aleatória e depois o transferi para a pasta de roupa suja.

"Mestre, o tecido do manto ficará danificado se não lavarmos os fluidos da centopéia imediatamente"

Liza estende a mão para a bolsa com um olhar perturbado no rosto.
Eu estava pensando em jogar fora as roupas cobertas de sangue, mas acho que tecidos neste mundo são valiosos demais para serem jogados fora tão facilmente.
De dentro da bolsa, tiro o manto sujo do [Armazenamento] e o entrego para a Liza.
Ela enxagua o roupão na bacia de água de antes, e então começa a limpá-lo com um feixe de palha e algum tipo de pó branco.
Agora que penso nisso, Liza é carinhosa e corajosa. Quem casar com ela será um homem feliz.




"Ahhh~"
"Uh oh nanodesu"

Tama e Pochi olham para a bolsa com olhares preocupados.
As garotas-fera parecem famintas depois de reunir o núcleo, então paramos para almoçar em um canto da sala. Mas parece que algo inesperado aconteceu.
Liza, que estava preparando o fogo, olha preocupada para as duas.

"O que está errado?"
"Buraco~?"
"Tem um buraco na frigideira nanodesu"

A frigideira que Pochi tirou do saco tem um buraco.
Se bem me lembro, pudemos cozinhar carne com ela durante o último intervalo.

"Centopéia fez isso~?"
"A centopeia quebrou nanodesu"

Entendo, então deve ter quebrado quando o chifre da centopeia perfurou o saco em que estava.

"Não há nada que possamos fazer se estiver quebrado. Vamos comer carne seca e queijo por enquanto, e guardar a carne cozida para outro dia"
"Aye"
"Okay nanodesu"

Essas duas parecem um pouco desanimadas depois de ouvir a declaração da Liza.
Elas devem ter gostado muito da carne que comemos durante o intervalo anterior.
Olho ao redor da sala em busca de algo que possa ajudar, e meus olhos pousam em algo.

"Liza, podemos usar isso?"
"-- Isso?"

Liza está com os olhos bem abertos. Sorrio para ela enquanto pego um pedaço de concha da centopeia que caiu durante a luta.
Este material é tão duro quanto metal e deve ser capaz de suportar uma chama normal por causa da [Resistência a Fogo].




O som de lenha queimando ecoa pela sala. O cheiro do óleo sendo aquecido em cima da concha enche o ar.
Assim como eu pensei, acabou sendo uma ótima substituição de frigideira.

"Mmm~, cheira bem~?"
"Ahhh, mal posso esperar pelo próximo nanodesu"
"Esperem um pouco mais"

Liza está cozinhando carne em cima da concha, enquanto Tama e Pochi estão olhando.
Tama está balançando os braços impacientemente, e Pochi está balançando os braços e o rabo.

"Está pronto, vocês duas tragam seus pratos"
"Aye!"
"Okay! nanodesu"

Ao ouvir as palavras da Liza, as duas imediatamente estendem seus pratos.
Um bife gigante, ainda quente, é servido a ambas. Com quase 3 cm de espessura, isso parece que pode ser o especial em um restaurante familiar de bifes.
Crianças de dez anos como a Tama e a Pochi nem deveriam conseguir terminar algo tão grande, mas este já é o terceiro.

"Coma enquanto ainda está quente"

Ao comando da Liza, as duas abrem a boca e dão uma grande mordida.
Elas seguram o bife no lugar com os garfos enquanto começam a se empanturrar com a carne.
Se este fosse o Japão moderno, esse apetite estaria no nível de comedores competitivos.

"Mestre, você tem certeza que não quer outro bife?"
"Nah, eu estou cheio depois do primeiro. Vocês três podem ficar com o resto"

Quando Liza começa a cozinhar outro bife para si, ela também se oferece para fazer um para mim. No entanto, eu recuso.
Esses bifes têm um sabor tão bom quanto o cheiro e ainda tenho algum apetite, mas acabei decidindo não comer.
Afinal, não importa o quão deliciosa, a carne de rã gigante ainda é um pouco - bem, você sabe.




Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EX | Histórias Curtas

[Um Encontro Com Zena-san]




"Satou-san, o que há de errado?"

Zena-san se vira para olhar para mim com seu cabelo loiro claro balançando levemente.
Não quero admitir que fiquei cativado por ela comer aquela batata-doce, então apenas respondi "Não foi nada". Pego a mão dela e continuamos a olhar para as outras barracas.
As pessoas que passam também têm os olhos atraídos pelo sorriso e pela roupa fofa dela.
Quando conheci a Zena-san, ela estava usando uma armadura de couro como a roupa padrão de um soldado mago. Hoje, ela está vestindo uma saia azul na altura do joelho e uma blusa branca limpa.
Por alguma razão, ela não está usando pingentes ou anéis. Talvez ela simplesmente não esteja interessada nesses tipos de acessórios.

"Este acessório de cabelo parece que combinará bem com você, Zena-san"
"Trabalho de prata? É maravilhoso, mas não tenho como pagar com meu salário do exército. E esse lenço? Você não acha lindo?"

Zena-san perde o interesse pelos acessórios de cabelo e me arrasta até a barraca próxima que vende lenços. Parece que ela não considerou que eu poderia comprar algo para ela como presente.
Ela passa pelos lenços bordados e começa a escolher os mais simples.

"Satou-san, entre o azul e o amarelo, qual você acha que é melhor?"

Zena-san pega os dois lenços e os segura na minha frente.

"O azul parece ficar em você"
"Ehehe, como eu pensei"

Zena-san tem um sorriso envergonhado enquanto segura o lenço azul.
A razão pela qual escolhi o azul é porque notei que ela o olhou por mais tempo do que o amarelo.
Quando uma garota te dá duas opções, é provável que ela já tenha decidido qual gosta mais.
Elas estão realmente apenas procurando uma confirmação de sua escolha, em vez de pedir que você decida por elas. Pelo menos, foi o que o autoproclamado playboy da minha faculdade me disse.
Essa lógica pareceu se aplicar à minha namorada na faculdade, e também parece se encaixar aqui na cidade de Seiryuu.

"Eu vou comprar o branco também, então você poderia baixar o preço para 2 moedas de cobre?"
"De jeito nenhum. Eu mal posso ganhar a vida com 8 moedas de cobree, como você espera que eu vá tão baixo?"

Zena-san começa a pechinchar com o dono da barraca.
Ao contrário do Japão, esta parece ser a norma aqui no Reino Shiga. Os preços costumam ser duas ou três vezes mais altos do que o valor de mercado, então você não pode comprar coisas pelo preço inicial.
De acordo com minha habilidade [Estimativa de Mercado], o lenço branco vale 2 moedas de cobre, o azul vale 3 moedas de cobre e o bordado vale 6 moedas de cobre.
Uma parte do azul chama minha atenção. Olho mais de perto e percebo que parte dele está levemente descolorida em comparação com os outros lenços.
Esta deve ser minha habilidade [Barganha] trabalhando.
Eu posso muito bem ajudar a Zena-san um pouco.
Abro um sorriso brilhante e ando até a dona da barraca, que é uma mulher de 40 anos.
Meu sorriso juvenil combina bem com minha aparência como um garoto de 15 anos.

"Com licença, você poderia explicar por que a coloração está errada aqui? O resto deles também é assim?"
"Huh? Coloração? Tch, como você notou algo tão pequeno. Tudo bem, eu vou baixar o preço em 1, então 7 moedas de cobre"
"Apenas 1? Você pode tirar outra?"

Zena-san fez bom uso da abertura que criei. Uma dona de casa próxima murmura algo sobre nossa coordenação impressionante.
Apenas um pouco mais para ir até o preço de mercado.
Eu olho para o lenço novamente e noto outra coisa.

"Este fio aqui não está um pouco solto?"
"Está um pouco solto, isso é completamente normal"
"Ah? Mas você não disse antes que a costura era perfeita, e por isso o preço era tão alto?"

Zena-san aceita minha assistência e mantém a pressão sobre a dona da barraca.

"E-eu disse isso?"
"Sim, você disse"

A dona se encolhe, e ela é encurralada pela Zena-san.

"Ok, tudo bem. Você pode ter os dois por 4 moedas de cobre. Que pena, tal marido, tal esposa"
"E-esposa, isso é..."

As bochechas da Zena-san estão vermelhas enquanto ela segura os lenços e se contorce de vergonha.
No entanto, há um sorriso claro em seu rosto.

"Não a provoque muito agora, aqui está o dinheiro"

Zena-san nem é minha namorada, então não há verdade nessa afirmação. Ela parece feliz, porém, então eu não me incomodo em negar enquanto entrego o pagamento.
Há pouco tempo, tropecei em dinheiro suficiente para comprar um país, então 4 moedas de cobre não é nada para mim.

"Obrigada pelo negócio, parece que você tem um longo caminho pela frente"

Enquanto ela pega as moedas de cobre de mim, a dona da barraca dá algumas palavras de encorajamento para a Zena-san.
Eu pego uma fita azul bordada e amarro no cabelo da Zena-san. Isso foi algo que eu comprei secretamente no estande anterior enquanto ela estava ocupada pechinchando.

"U-um, o que é isso?"
"Um presente meu. Vai bem com seu lindo cabelo"

Zena-san está ficando vermelha e encolhendo de vergonha, mas seu rosto se transforma em um sorriso tão brilhante quanto o sol.
Não sei como cheguei a este mundo, mas sou grato pela Zena-san ter sido a primeira pessoa que conheci.
Eu silenciosamente agradeço a quem me trouxe aqui.




Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EX | Histórias Curtas

[A Comida Favorita de Tama]




"Esfregue esta pomada em vocês..."

Este homem humano que não é o Mestre está dando uma ordem a Tama. É uma voz muito gentil, muito diferente dos gritos do Mestre.
Tama é instruída a esfregar a ferida com o pano limpo, mas isso é um desperdício.
Vai ficar sujo se for usado no corpo da Tama.
Mas, é uma ordem, então Tama será atingida se ela não fizer isso.
A dor é ruim, então Tama se limpa usando apenas os cantos do pano.
A água é limpa também. Tem um cheiro bom, como o cheiro de baldes de água depois da chuva.
Tama está com sede e quer beber, mas não pode fazer sem permissão. Porque Tama é uma escrava.
Liza diz a Tama para esfregar a substância branca e viscosa nas feridas. Tama pergunta se isso vai doer, mas Liza fica brava e diz "Apenas faça".
Liza diz que seremos jogadas fora aqui se o deixarmos bravo. Parece que ela está prestes a chorar.
É a primeira vez que Tama vê a Liza assim.
Tama também sente algo ruim sobre este lugar e quer sair também.
Então, Tama esfrega o material viscoso nas feridas. Dói, mas tem que continuar fazendo isso.
Porque Tama não quer ficar para trás.
Tama lambe secretamente um pouco da coisa viscosa, mas é tão amarga.




Ele dá quadrados cheirosos para todas.
Cheira muito bem.
O cheiro do outono?
É o mesmo cheiro que Tama sentiu ao ir ao lugar dos ricos.
Quando Tama vai ao lugar dos ricos para fazer tarefas, as crianças humanas às vezes socam e chutam. Mas, todos os cheiros são tão bons.
Tama se sente feliz apenas cheirando esses quadrados.
Ah, a barriga está roncando.
Tama quer lamber, mas não pode fazer nada sem permissão.
Como isso é comida, dar uma mordida significa ser atingida. Assim como quando o garoto homem-cão roubou a 'carne seca', ele foi espancado até não conseguir se mexer. Então, Tama não vai comer.
O homem inclina a cabeça.
O que está acontecendo? Tama inclina a cabeça também. Não entendo

"Está tudo bem, vá em frente e comam"

--Eh? Está bem?

Tama pode comer o quadrado cheiroso? Sério?
Tama olha para Pochi. Suas mãos estão tremendo. Tama a olha nos olhos, mas parece que Pochi também não sabe o que fazer.
Nós duas olhamos para a Liza.
Liza está com os olhos e a boca bem abertos de surpresa. Tama olha para a Liza, e Liza concorda com a cabeça.

--Nós podemos comer!

Tama dá uma mordida no quadrado.
Que? Que? Que? Tama não entende! Mas, é incrível! Pochi deve ser a mesma, porque seu rabo está abanando.
Isso mesmo, isso deve ser doce! Há muito tempo, a ursa onee-san contou a Tama sobre isso.
O quadrado se desfaz e derrete dentro da boca da Tama. Ah não!
Se derreter na boca, pode derreter nas mãos da Tama também. Doce e saboroso vão desaparecer!
Tama e Pochi enfiam o resto em suas bocas.
E assim, a comida acabou em um instante. As migalhas do quadrado ainda estão nas mãos da Tama. Tama os lambe e eles são doces também.
Liza ainda está comendo com pequenas mordidas. Talvez não derreta em suas mãos?
Pochi tem um rosto desapontado, parece que ela estava pensando a mesma coisa que Tama.

"Vocês duas já terminaram?... eu acho que não pode ser ajudado"

Tama e Pochi ainda estão lambendo os dedos, então Liza pega seu último quadrado e o quebra ao meio.
Pochi diz "Obrigada Liza nanodesu!" e começa a comer sua metade. Mas, está tudo bem para a Liza, que é maior, não comer?

"Está tudo bem~?"
"Está tudo bem. Eu posso me mover mesmo se estiver com um pouco de fome. Será mais problemático se a Tama e a Pochi não puderem se mover"

Não pode incomodar a Liza, então Tama pega o meio quadrado e come. É tão doce e saboroso. Esta deve ser a coisa mais saborosa de todas.




Unyu, tão tonta.
Tama não consegue ficar de pé, então ela se senta no chão. Tama fez o seu melhor, então está tudo bem né?
Pálpebras, estão fechando. Tama não pode mais se mover, mesmo que socada ou chutada.

"Faremos um longo descanso em vez de uma pausa"

...Novo Mestre é gentil.
Mestre dá água limpa. O Mestre dá doces, lanches de mel. O Mestre elogia Tama por pegar pedras. Mestre protege Tama do perigo.
Tama está... feliz. Assim como quando a leoparda onee-san disse ao segurar seu bebê.

Tama sente algo na frente de seu nariz.
Cheira bem. Comecei a cheirar mais. Tama conhece esse cheiro, esse é o cheiro de carne!
Algo que Tama nunca provou antes é colocado em sua boca. Isso é carne?
Tama não tem energia suficiente para abrir os olhos, mas ainda mastiga o objeto fino em sua boca.
É melhor do que os doces lanches de mel. Tama recebe um pouco mais de energia.
Tama abre os olhos e vê o Mestre alimentando-a com um sorriso gentil. Liza e Pochi também estão gostando.
Tama começa a comer com as próprias mãos.
Não é só o Mestre. Liza e Pochi também estão sorrindo. É a primeira vez que vejo a Liza assim.
Carne é saborosa. Não é doce, mas ainda é saborosa. Tama não sabe como dizer, mas é gostoso.
Cada mordida faz com que o sabor e a felicidade fluam pela boca da Tama.

--Sim, este deve ser o sabor da felicidade.

Tama está cheia de felicidade agora.
A partir de agora, Tama fará o seu melhor ao lado do Mestre junto com a Liza e a Pochi.
Porque, Tama pertence ao Mestre.




Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EX | Histórias Curtas

[Pochi e o Banho]




Os banhos fazem Pochi sentir-se quente e leve.

"Pochi, certifique-se de não adormecer no banho"
"N-não nanodesu. I-isso faz cócegas nanodesu"

Dormir no banho é perigoso porque você pode se afogar. O Mestre ajuda Pochi a ficar acordada, mas fazer cócegas também é ruim.

"Desculpe, você não gostou de receber cócegas?"
"Não é isso nanodesu. Mas, Pochi será punida se Pochi rir alto nanodesu"

A dor é ruim. Mas, ver o Mestre fazendo uma cara tão triste é ainda pior. Pochi quer que o Mestre sorria.

"Entendo. Não faça muito barulho se estivermos perto de outras pessoas, mas se estivermos apenas nós aqui, então você pode rir o quanto quiser"

O Mestre diz isso e então dá um sorriso gentil. Então, Pochi responde "Sim" o mais alto possível.

"Mestre~, faça a toalha borbulhante~?"
"Claro, parece que você realmente gosta disso"
"Pochi gosta muito nanodesu"

O Mestre coloca o ar na toalha e a afunda na água, então as bolhas começam a sair dela. Pochi ouve a explicação, mas Pochi não entende como o ar invisível fica armazenado na toalha.
O mestre deve estar usando magia.
Assim como quando ele salvou Pochi dos caras malvados.
Enquanto Pochi estava pensando isso, o Mestre esguicha um pouco de água entre os dedos.
Surpreendente! Isso deve ser magia de água!

"Assim~?"
"Isso mesmo, Tama. É preciso alguma habilidade para descobrir na sua primeira tentativa"

Ah! Tama está fazendo a magia de água também.
É injusto que apenas Tama esteja recebendo carinhos na cabeça. Pochi também quer receber afagos na cabeça.
Mas primeiro, Pochi precisa aprender a fazer a magia de água.
Pochi olha nos olhos do Mestre e pede ajuda.

"Liza provavelmente terminará seu banho em breve, então vamos
contar até cem e trocar com ela"
"Aye~"
"O-ok nanodesu"

Ah, o desafio de hoje chegou. Pochi vencerá desta vez e receberá elogios do Mestre.

"Um!"
"Dois~"
"Três"

Pochi não vai perder tão cedo. A parte difícil é o que vem depois de trinta e nove.

"Trinta e nove"

Ah não.
Pochi estava indo tão bem!

"Pochi?"

Tudo está bem.
Não há necessidade de estar tão preocupada.

"Você pode fazer isso~?"

Pochi acena para a alegre Tama... Ah, isso fez Pochi esquecer.
Um... Um...

--É isso nanodesu.

"Setenta!"
"Perto, mas não exatamente. São quarenta"

Pochi fica chocada.
Depois de trinta e nove ainda é muito difícil.
Por alguma razão, Pochi sempre recebe quarenta sempre que Pochi inicia a contagem.
Isso deve ser uma maldição dos deuses.
Mas, Pochi faz uma forte promessa.
Pochi acabará por superar o destino e receber elogios do Mestre.




Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EX | Histórias Curtas

[A Volta de Zena]




"Zena-chi! Você está de volta! Você está bem? Dói em algum lugar?"

Ao voltar para o quartel, Lilio corre até mim preocupada e começa a checar meu corpo em busca de ferimentos.
Suas mãos estão indo em todos os lugares e faz cócegas um pouco.

"Zena-san, estou feliz que você esteja segura"
"Zena, você está com fome? Eles estão um pouco frios, mas ainda há um pouco de batata doce frita"

Iona-san e Lou também me cumprimentam com rostos preocupados quando eu volto do labirinto.
As batatas-doces parecem boas, mas eu já tive dois pratos do ensopado mais cedo, então me contive.

"Huh? O garoto comprou essas roupas para você?"
"Eh? Essas roupas?"

Lilio olha para o vestido azul que estou usando com os olhos bem abertos.
Eu posso entender como ela se sente. Com nossos salários, não poderíamos pagar por algo assim, mesmo que economizássemos por anos.

"Este vestido é apenas algo que peguei emprestado da Ohna-sama. As roupas que eu estava usando ficaram inutilizáveis..."

Ao pensar nesse evento, sinto vontade de mergulhar debaixo dos lençóis da cama e me esconder de vergonha.
Depois de abraçar o Satou-san em uma condição tão vergonhosa, ele provavelmente pensa que eu sou uma sem-vergonha. E se ele me odeia agora?
...E, ele provavelmente viu tudo. Será que ele acha que eu sou muito pequena?
Deveria estar muito escuro para ver claramente, então provavelmente estou bem nessa parte.
Eu coloco minhas mãos no meu peito magro e me sinto um pouco deprimida.

"Zena-chi, deixe o resto com a gente. Nós vamos resolver isso para você"

Lilio gentilmente coloca a mão no meu ombro enquanto diz algo estranho.

--O que?

Como não faço ideia do que ela quer dizer, procuro a ajuda da Iona-san

"Lilio-san, espere"

Iona-san entende minha intenção e acaba com a imprudência da Lilio--

"Não podemos deixá-lo morrer tão facilmente. Precisamos dar a ele dor suficiente para fazê-lo se arrepender do crime de sujar a Zena-san"

--ou não. Iona-san está sendo ainda mais perigosa.

Eu olho para a Lou com minha última esperança. Ela parece estar procurando alguma coisa nas prateleiras.
Por alguma razão, ela agarrou a corda de escalada usada para nossas patrulhas na região montanhosa.

"Hum, Lou?"
"Yeah? Se vou torturar o garoto de cabelos pretos, precisamos de uma corda, certo?"

Lou responde como se o que ela estava dizendo fosse completamente normal

"Hum... vocês? Vocês tiveram a ideia errada em algum lugar?"
"Não se preocupe Zena-chi, nós entendemos. Deixe o resto conosco" "Os criminosos devem receber uma punição adequada"
"Vamos fazer isso!"

Elas entenderam completamente errado.
Estou feliz que elas estão se preocupando comigo, mas elas estão tirando conclusões muito rápido.

"Caramba! Foram os monstros do labirinto que destruíram minhas roupas! Satou-san foi quem me salvou de ser comida por eles!"
"Eh? Então o garoto não cedeu à sua luxúria e te forç-"
"Não!"

Jeez, Lilio. Satou-san é um cavalheiro, então ele nunca faria algo assim antes do casamento.
Eu vejo a Iona-san rindo para si mesma pelo canto do meu olho.

--Você sabia o tempo todo e estava apenas me provocando, não estava?

"O quê? Então acho que a Zena ainda é pura"
"Espere, Lou. Talvez ela não tenha sido forçada, mas eles consentiram em-"
"Eu ainda sou pura!"

Bato levemente na Lilio. Lilio sua idiota! O que você me fez dizer!

--Mas obrigada por se preocuparem comigo. Eu amo todas vocês.

Tags: [LN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EXChapter Capítulo 01 [LN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EXChapter Capítulo 01Capítulo 01 online, Capítulo 01 [LN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EXChapter Capítulo 01 [LN] Death March Kara Hajimaru Isekai Kyousoukyoku EXChapter, Rudeus Greyrat

Rekomendasi

Comentários (0)

Apoie

Se gostou do capítulo, considere apoiar os nossos projetos. Sua doação é livre e nossas traduções inteiramente gratuitas. Você também pode ajudar visitando todos os dias a nossa página gerando visualizações e adquirindo produtos que sejam do seu interesse de nossos anunciantes. Muito obrigado pela atenção e tenha uma ótima leitura!