Death March Webnovel 15-24

Posted



Death March 15-24
[Trazayuya]

Satou aqui. A cena de um protagonista desvendando um caso em um seriado de mistério, desvendando completamente a trama, é verdadeiramente fabuloso. É apenas, o sentimento amargo de ter todo seu raciocínio errado jogado ao chão, o único problema, não é?


◇◇◇


— Hou? Muito bem em perceber isso. Você está correto.
Ao invés de tentar se fazer de desentendido, ele facilmente admitiu isso.
O estrategista Touya. Não, Sábio Trazayuya removeu seu capuz e máscara.
Eu pude ver uma luz flamejando em seus olhos de cor purpura.
Por outro lado, ele não tem sobrancelhas, sua cabeça está totalmente careca e suas orelhas pontudas estão arredondadas também.
Isso me lembra que em um de seus documentos dizia “minha vida em breve acabará”. Me pergunto, por que ele ainda está bem?
Perguntar, “Por acaso você morreu?” seria rude, então não vamos fazer isso.
— No entanto, Trazayuya, o elfo, morreu. Aquele que está de pé aqui é Touya, o estrategista do Império Weasel.
— O que você quer dizer?
Por acaso ele quer esquecer que um dia foi um sábio?
— Eu fui salvo por sua majestade quando tolamente me transformei em um demônio lorde. Assim minha vida como elfo acabou naquele dia.
O Sábio Trazayuya,  estrategista Touya deu uma rizada, como se estivesse zombando de si mesmo.
Embora eu não saiba ao certo, ele provavelmente abusou de sua habilidade única para criar o [Labirinto].
De toda forma, estou surpreso que o Imperador Weasel tenha ido a um lugar tão distante, mesmo que tenha a sido a muitos anos atrás.
Naquele tempo, ele deveria ser um príncipe coroado muito obstinado ou talvez um que tivesse baixíssimas chances de ascender ao trono.
— Por acaso você reconstruiu o Império para pagar por este favor?
— Favor?
O estrategista Touya parecia confuso.
— E não foi?
— Eu ajudei a construir o Império ideal porque os Weaselkins me ofereceram a [Semente do Labirinto]. Eles a encontraram em uma ruína e a ofereceram como pagamento.
Semente do Labirinto?
Me lembrei do labirinto de Seryuu quando ouvi esse termo não familiar. Me pergunto se aquele labirinto também foi criado usando esse item.
— Vamos terminar esse assunto por aqui.
O Imperador, quem foi deixado de lado, nos urgiu para continuarmos o caminho.
— Me desculpe, Tarou. Acabei dizendo algo desnecessário.
— Adicione “Imperador” aqui. Os subordinados podem nos ouvir.
— Serei cuidadoso, Imperador Tarou.
Ele está falando em um tom familiar com o Imperador, mesmo que ele tenha dito “Sua Majestade” agora a pouco.
Ainda não consigo entender o relacionamento entre esses dois.
Certo, tenho que confirmar algumas coisas antes de irmos para o tópico principal.
— Eu gostaria de confirmar algumas coisas primeiro. Por que sua majestade realizou atos terroristas no Reino Shiga?
De início, eu não queria perguntar isso, pois é apenas natural que o Império Weasel queira criar distúrbios por trás da cena em seu inimigo, Reino Shiga. Mas, se isso foi instrução do Sábio Trazayuya, quem deveria ter um relacionamento favorável com o reino, eu gostaria de saber sua intenção.
— Atos terroristas?
Ao invés de estar fingindo ignorância, sinto como se ele realmente não fizesse ideia do que estou falando.
— Vocês foram os únicos a entregar as [Sementes do Renascer] a espiões do Santo Estado de Parion, correto?
— Você não está exatamente errado, mas não está correto também.
O estrategista me corrigiu de forma confusa.
— De fato entregamos as [Sementes do Renascer], no entanto, o fizemos para intensificar a revolta na parte oeste do continente, para atrair a atenção dos Deuses. Nunca imaginamos que os espiões iriam ignorar totalmente a guerra em seu país, para realizar atos de terrorismo em outro lugar.
Eu encarei os olhos do estrategista Touya.
Não há qualquer oscilação ou sinal de impureza neles.
Entendo. Parece que ele não está mentindo.
Os únicos responsáveis pela produção do [Pó Demoníaco] no Labirinto de Selbira, foram os demônios, ao que parece.


◇◇◇


— Touya, diga a ele sobre os Tabus Divinos.
— Eu não me importo, mas não seria melhor para ele ver os documentos por si mesmo?
— Seria impossível ler os registros de mais de 20 mil anos, não seria? Não é como se ele estivesse conectado a uma máquina de busca.
Eu posso muito bem localizar caso eu coloque os documentos no meu armazém, embora. Porém não acho bom contar isso a ele.
— Irei ler os documentos depois. Por favor, diga-me o resumo.
— As coisas tratadas como Tabus Divinos são [Pessoas transportadas ou reencarnadas ensinarem maneiras de criar circuitos integrados]; [Meios permanentes de transporte em massa] ; [Métodos fáceis de comunicação entre cidades]; [Produção Industrial]; [Impressão de textos].
Entendo, a ferrovia em Mukuro cai no segundo e a torre de comunicação no terceiro, huh.
Veleiros e navios aéreos quase batem o segundo critério.
Magia Espacial e comunicação através dos Núcleos das Cidades não batem com o critério quanto a ser de [Fácil] comunicação.
Mas o quarto foi por um triz.
Eu estava quase pronto para inicia-lo na firma Echigoya.
No entanto, o primeiro critério [Circuitos integrados], pode muito bem se encaixar no processo de criação de golens usando a pedra filosofal e núcleos mágicos. Não, eu sou o único, além dos Elfos, que conhece isso. O que significa que revelar essa tecnologia ao restante do mundo pode ser muito perigoso, huh...
Acredito eu possa estar seguro já que se trata de um circuito mágico e não tecnológico. Mas vamos evitar caminhar sobre o gelo fino aqui.
Espere, tem algo errado aqui.

— “Tratado” como tabu?
Quando repeti as palavras de Touya, o Imperador fez um sorriso malicioso.
— Exatamente. Os Deuses jamais disseram que essas ações fossem um tabu. Eles devastaram os países que obtiveram essas tecnologias e simplesmente avisaram a partir de uma Miko que eles haviam violado um tabu.
Mas que absurdo.
Isso é como executar uma pessoa e então dizer “Ah, isso é um crime, então você foi punido”.
— O tempo difere entre o momento em que o tabu é violado e a sua punição para cada caso, você irá notar quando ler os registros depois. Houve casos onde isso ocorreu no dia seguinte e no mais tardar, após 10 anos.
O que significa que o Império Weasel ainda não desencadeou a punição divina fora do que está descrito então.
— Você sabe quais as diferenças?
Tomando o lugar do estrategista, o Imperador me pergunta.
— Seria a existência de pessoas com habilidades de [Oráculo] ou talvez [Magia Divina] ?
Eu dei minha resposta me lembrando do tempo em que me encontrei com Lady Liedill. Adicionalmente a existência das paróquias, então acho que minha resposta está próxima da verdade.
— Exatamente.
O Imperador deu um sorriso que mais se assemelhava a uma besta carnívora, quando ouviu a minha resposta.
— Nós obtivemos uma evidência conclusiva, ao testar isso em um pequeno país.
Ei.
— Habilidades hereditárias [Bênçãos] como a concedida pelo Deus Urion [Olhos da Condenação] não parecem desencadear a punição divina. Pessoas com baixo nível em [Magia Divina] também não ameaçam os Deuses.
Pelo que ouvi do Capitão da Unidade Tanque que capturei no Reino de Makiwa, o país não foi destruído mesmo após violar o tabu, mas considerando a forma como o Imperador está falando...
— O que aconteceu ao pequeno país?
Não posso fazer nada, além de perguntar, mesmo sabendo o desfecho.
— Obviamente foi destruído...
Embora possa ser hipocrisia minha, sinto uma fúria crescente ao ouvir o Imperador falar isso de forma tão calma, como um pesquisador simplesmente fazendo o relatório de sua experiência. A destruição de um país ao qual não tenho conhecidos, não deveria ter importância para mim, mas ainda assim...
— Suprima sua raiva. Os únicos que fizeram isso não fomos nós.
O Imperador disse que o Rei daquele país foi o único que, com grande felicidade, introduziu as novas tecnologias obtidas através de espiões. Ele apenas facilitou o vazamento de informações para realizar tal experimento.
— Tarou, humanos não conseguem pensar de forma lógica como os Weaselkins. Isto se aplica ao herói também. Não, precisamente porque ele é um herói, ele odeia ver os fracos sendo oprimidos.
— Fumu, tanto faz. Eu aniquilarei qualquer país que use apontar suas presas ao meu, sem deixar qualquer um vivo.
— Mesmo assim.
Eu tomei uma profunda inalação para acalmar a minha mente, enquanto ouvindo a conversa entre o Imperador e o estrategista. Graças ao status mental estar nivelado ao máximo, fui capaz de me acalmar, como se uma tomada houvesse sido pressionada.
Me sinto grato por este conveniente corpo, mas isso faz sentir-me um pouco estranho quanto a mim mesmo.
— Se eu deveria tomar suas vidas de toda forma, dando significado as suas mortes é...
— Esqueça. Não pretendo quebrar a minha promessa.
Interrompi as palavras do Imperador e o respondi de forma unilateral. Afinal, tenho prometido [Não tomar ações destrutivas] em troca da informação.
—Encontrar alguém que possa pensar de forma racional é mais difícil do que procurar fragmentos de estrelas num deserto.
O imperador lamentou alguma coisa, então me voltei ao estrategista. Ainda há algo que gostaria de perguntar.
— Eu ouvi do príncipe coroado uma coisa. O meio de se opor aos Deus é [Algo que todos já sabem, por isso ninguém chega a resposta].
— Aquele pessoa é mais faladora do que imaginei.
O estrategista Touya deu um suspiro a minha questão.
— Você viu o foguete em desenvolvimento na [BRAINS], não viu?
Eu assenti.
— A resposta é o espaço.
Huh? Isso é surpreendentemente normal.
— Ao que parece, o raio de alcance dos Deuses deste mundo se limita do solo até a orbita baixa, no máximo. Se nós apenas construirmos instalações tecnológicas no outro lado da lua, estes caras não poderão fazer nada sobre isso.
Entendo. Não pensei que fosse tão simples, mas isso bate com as cosias que o imperador me perguntou.
Mu?
Por um instante, apenas um instante, o imperador parecia fazer uma careta. Não parece que eles estejam mentindo, mas acho que possa haver ainda mais a ser dito.
Provavelmente não serei respondido mesmo se perguntar, então vamos manter isso apenas em mente por hora.
— Touya, a [Pedra Filosofal] e o [Cristal das Trevas] que você queria, serão obtidos em breve.
— Excelente. Agora não precisamos mais procurar na cidade submersa ao sul, a qual a existência ainda é dúbia.
O imperador e o estrategista começam a conversar enquanto eu ainda estava ponderando.
Aparentemente, eles estavam buscando na cidade submersa de Neneria não pelo motor flutuante no parque central da cidade, mas sim o [Cristal das Trevas] em seu núcleo.
— Então, quando eles estarão disponíveis?
— Isto vai depender dele.
O imperador apontou seu queixo para mim.
— Irei entrega-los agora.
— O que!?
Eu peguei uma [Pedra Filosofal] e o [Cristal das Trevas] de meu [rmazém] e entreguei a Touya.
— Como esperado de um herói, seu [Inventário] [1] não possui limites, então ele pode carregar o que quiser e a qualquer hora.
[1] Apenas lembrando que o [Armazém] de Satou parece ser uma habilidade acima do [Inventário] dos heróis. Uma vez que permite preservar objetos (Como alimentos e o cadáver de Sera). Chegando inclusive a ser confundido com uma magia de espaço tempo pela sacerdotisa chefe do templo de Tenion no arco 8.
O estrategista Touya murmurou para si com inveja. De acordo com Arisa, parece que algumas pessoas reencarnadas possuem um [Inventário], mas ainda não achei ninguém assim.
O imperador parecia satisfeito, então ele chamou algumas pessoas mascaradas usando um sino.
— Kuro. Eu irei cumprir minha promessa. Você está permitido a vir a esta sala e ler os registros tanto quanto quiser. Mas não lhe será permitido retirá-las daqui.
Depois disso, o Imperador chamou uma mulher mascarada com um corpo gracioso e sensual.
Posso não conseguir ver o seu rosto, mas de acordo com a leitura do [AR], ela parece ser uma Spriggan com 1,2m de altura. 
— Sair investigando dezenas de milhares de tábuas sem um guia, pode ser uma tarefa dolorosa. Siga esta bibliotecária. Use-a como desejar.
— Muito obrigado.
Depois de agradecer ao imperador, segui a bibliotecária até o armazém com as tábuas.
O estrategista Touya já retornou para a superfície, enquanto o imperador está no elevador retornando para a câmara de audiências.
Quando a bibliotecária tocou a porta do armazém, a porta levantou-se e pude ouvir o som de chave girando.
— Este lugar é a [Biblioteca Infinita].
— Posso ver que este lugar possui um tipo de expansão espacial... realmente impressionante.
Eu vi uma fileira interminável de estantes assim que entrei no armazém.
— Guie-me até as tábuas mais antigas.
— Sim, por aqui. Por favor, não se separe de mim. Pessoas que não estejam usando esta máscara, não serão capazes de encontrar o caminho de volta, uma vez que se percam aqui.
A bibliotecária me avisou ameaçadoramente.
Eu posso sair facilmente usando a habilidade [Alocar Unidades], mas vir até aqui novamente seria problemático, então irei ter cuidado para não me separar dela.
Nós caminhamos apenas alguns passos, mas eu já não conseguia mais enxergar a porta atrás e as estantes haviam mudado para algumas com aparência antiga. A sensação de fantasia é ótima.
— Estas tábuas registram os acontecimentos de aproximadamente 20 mil anos atrás.
— Ótimo.
Agora então.
Cada tábua possui apenas 128 palavras gravadas, mas ler normalmente todas as centenas de milhares de tábuas iria tomar muito tempo. Acho que terei de usar meu trunfo agora.
— Irei fazer a leitura delas através de um método especial. Tenha certeza de não ficar surpresa com isso.
— Especial? Por favor, não as danifique.
— É claro, eu prometo a você que não irei tirar uma única lasca delas.
Eu interrompi a bibliotecária e usei as [Mãos Mágicas] para armazenar uma centena delas em meu [Armazém].
– As tábuas!
Eu as devolvi mais rápido do que ela foi capaz de ficar surpresa. Obviamente em seus locais originais.
O conteúdo das tábuas ficou armazenados no armazém sob a forma de uma imagem salva.
Originalmente eu queria usar a magia avançada [Copiar Conteúdo] usada para preservar livros antigos. Mas transferir todas as informações para folhas de papel iria demorar muito, então eu decidi copia-las instantaneamente sob a forma de arquivos de imagem.
— Vamos terminar logo isso.
— S-sim.
Eu apressei ela e continuei a copiar os dados um após o outro.
Devido à grande quantidade de informação, tentei aumentar o passo para diminuir o tempo, mas parece que o meu limite é de mil tábuas por vez. Então decidi ativar a skill [Pensamento Paralelo] para ler as informações enquanto continuo o trabalho de copiá-las.
De acordo com as escrituras, castelos voadores como o [Castelo das Sombras] no leste do Reino Rumooku, que está ativo desde 20 mil anos atrás, era o mais antigo deles.
As inscrições começam a partir do momento em que o Demônio Lorde Troll foi derrotado pelo antigo Rei Cabeça de Cão e selado nessa câmara subterrânea.
— Estes são apenas resmungos do demônio lorde Troll.
Por um século desde que ele foi selado, muitos dos dados descritos aqui são apenas reclamações sobre o Cabeça de Cão.
Após isso, os mais numerosos são pensamentos sobre os Deuses e o antigo império mágico.
Se o que ele diz for verdade, parece que o antigo império mágico que era auxiliado pelas bênçãos divinas, oprimiu tiranicamente os reinos vassalos na terra.
O Cabeça de Cão e o Troll ergueram uma revolta contra os Deuses, para libertar os reinos da terra da tirania do antigo império mágico.
No entanto, o Cabeça de Cão entrou em frenesi e começou a destruir os reinos que ele deveria proteger. Então o Troll lutou contra ao cabeça de Cão, mas foi derrotado e selado aqui.
Há inclusive informações sobre como o Cabeça de Cão foi derrotado pelos Deuses e seus apóstolos logo em seguida.
Embora parece que o Cabeça de Cão tem revivido a cada centena de anos, as vezes após mil anos, usando o Labirinto de Selbira como intermediário.
A maioria dos Demônios Lordes desistem de reviver após serem derrotados algumas vezes, mas parece que ele é bastante obstinado.
Cada vez que ele é revivido, os dragões anciões e dragões celestiais, que são facilmente provocáveis, vão em busca de vingança contra o Cabeça de Cão, mas eles são derrotados e fogem. Então, os Deuses confiam ao Deus Dragão para derrota-lo.
Pela informação mostrada, parece que são poucos os demônios lordes que são selados como o Troll.
Surpreendentemente, o mais perigoso deles, o Deus Demônio, foi selado pelos outros Deuses.
Parece que ele foi selado na lua, embora a fonte da informação seja uma Miko, então não sei se isso é realmente confiável. Parece que o Deus Demônio foi selado após ser enfraquecido em uma batalha com o Deus Dragão.
Se tudo isso for verdade, então enquanto selado, o Deus Demônio está. Não, não há provas de que o Deus Demônio saiba sobre aquilo. Vamos parar de colocar hipóteses sobre hipóteses.
Pelo que vejo, o Imperador Weasel falou a verdade, até onde consegui ler é claro.
No entanto, ainda não fui capaz de encontrar qualquer prova de como pessoas reencarnadas ou transportadas fossem incapazes de desafiar os Deuses.
De fato há informações sobre alguns comportamentos estranhos, como um herói que não agia como tal e acabou perdendo suas bênçãos e sendo morto por um demônio lorde. Ou um herói que subitamente assassinou um demônio lorde, no momento em que eles reconciliaram um com o outro.
Também há casos onde um demônio lorde que reinava de forma próspera e pacífica, subitamente destruindo seu reino com as próprias mãos. E casos onde uma pessoa reencarnada assassinava um herói, após retornarem com sucesso da subjugação de demônio lorde. Mas não acho que isso seja o caso de uma manipulação divina.
Foi escrito também, diversos casos onde pessoas reencarnadas e heróis desafiando os Deuses e seus apóstolos, mas nenhum deles saiu vitorioso.
Alguns demônios lordes derrotaram apóstolos, mas nenhum deles conseguiu derrotar um Deus. Mesmo o cabeça de Cão foi apenas capaz de obter um empate em várias ocasiões.
Acredito que o estrategista e seus ajudantes descobriram como lutar contra os Deuses a partir deste casos, mas ainda não consigo entender como.
A única forma de conseguir subjugar um Deus, pelo que vejo, é fazendo-o confrontar um outro Deus.
O único exemplo de sucesso em ameaçar os Deuses foi o caso do Corpse. Outros além dele, todos que tentaram foram destruídos.
— Este é por volta de 600 anos atrás, huh. Só mais um pouco.
Eu me virei para a bibliotecária que tem estado quieta desde um tempo atrás, ela está caída no chão olhando como se sua alma tivesse sido sugada.
Eu olho para o relógio no menu.
Sim, parece que fiquei bastante absorvido com a leitura.
Falta apenas um pouco e eu gostaria de ler tudo antes de voltar, mas parece que ela já passou do seu limite.
Erei solicitar por outra bibliotecária.
Eu carreguei a garota e me teleportei para a entrada da biblioteca com [Magia Espacial].
Uma pergunta apareceu em minha mente enquanto abria a porta.
Se eles planejam criar uma base no espaço, qual a utilidade das armas nucleares então?
Julgando pelas escrituras nas tábuas, não parece que ataques físicos funcionem contra os Deuses.
No momento exato, o sinal da magia [Telefone Global] tocou em minha mente.
Arisa.
[Goshujin-sama, está tudo bem falar com você agora?]
[Sim, sem problema. Aconteceu algo?]
Arisa hesitou com a minha questão.
Olhando para a condição de todos na coluna marcada, não parece que haja qualquer ameaça a vida.
[Não, bem, ao invés de problema].
Uma ação bastante evasiva dela.
[Es-espera, Nana! Eu disse que você não pode, isto não é o mesmo que Conversa Estratégica, sua voz não vai alcançar].
Parece que algo ocorreu com Nana.
Enquanto ainda conectado com Arisa, uso [Telefone] para falar com Nana.
[Masuta! A questão está errada, assim o digo! O único permitido a chamar Masuta de Masuta, sou eu, chamar de forma familiar é proibido, assim o digo].
Isso ficou ainda mais incompreensivo.
Parece que Nana está falando com outra pessoa lá.
É melhor retornar agora para o Palácio da Ilha Solitária.
Crise familiar acima da crise mundial.
Abri o menu e estava prestes a pressionar meu dedo na habilidade [Alocar Unidades].
[Ugeehm fala sério!]
Palavras perigosas vieram de Arisa.
Melhor retornar sem demora.
Eu retorno ao palácio.
E lá se encontrava...
— Master, encontrado!
Uma garotinha de cabelos brancos como a neve, que íam abaixo da cintura, pulou em cima de mim.
— Err, quem é você?
Obviamente eu não podia dizer isso para a garotinha que me olhava como um filhote que acabou de achar sua mãe.

Eu olho para Arisa em busca de socorro.


Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!





Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários