Death March Webnovel 16-44

Posted



Death March 16-44
Os Quatro Heróis (2)
Isso não é da perspectiva de Satou. Ponto de vista em terceira pessoa.

"- Você se importa se voltarmos a falar sobre heróis?"
Satou, que acabou de contar a história da vez em que conheceu Sera depois de ser importunado pelas mulheres apaixonadas por histórias românticas, voltou ao tema em questão.
"Oh meu, me perdoe. Eu me perdi desde que seu conto foi tão interessante. Nós estávamos falando sobre o herói Yuuki em seguida, não é?"
"Eu acho que nós estávamos no papel de Yuuki ser um herói incomum do tipo mágico."
Ringrande afirmou a Maryest.
"Com isso você quer dizer que ele é capaz de usar magias poderosas como Maryest-sama?"
"Estou confiante de que não perderei no meu forte, magia relâmpago, mas infelizmente, estou completamente superada em magias de chamas. No entanto, como o herói ainda é inexperiente em controle de feitiço e precisão, eu suponho que ainda saio no topo, quando é contra inimigos com poderosa habilidade anti-magia ou alguém forte em uma luta um-a-um."
Maryest respondeu a pergunta de Satou.
"Bem, nenhum mago é melhor em exterminar grandes inimigos do que Yuuki."
"Isso é apenas os poderes concedidos pela Deusa Parion."
Ouvindo as duas, Satou se lembrou de seu próprio Chuva de Meteoros, e se sente estranhamente simpático ao herói, pensando: "Deve ser difícil de usar".
"Então, que tipo de pessoa é esse herói Yuuki-sama?"
"Ele fez alguns comentários hipócritas, no entanto, ele está muito ansioso para aprender coisas novas e extremamente entusiasmado com o treinamento".
Maryest indiretamente respondeu a pergunta de Satou com implicações.
O próprio Satou sentiu como se tivesse entendido a personalidade de Herói Yuuki de sua resposta e concordou.


◇◇◇


"O que é isso? Por que há tão poucos monstros aqui?"
A bordo de uma aeronave flutuando acima do pequeno mar de areia, o herói Yuuki resmungou para seus assistentes.
"Uma busca pelos magos de vento também revelou apenas algumas agregações de monstros."
"Maldito, aquele Seigi inútil."
Com o resmungo de Yuuki a bordo, o dirigível segue em direção à capital do Reino de Sania para reabastecer seu suprimento.
"--Que diabos é aquilo?"
Na fila da frente da ponte barulhenta, o herói Yuuki está olhando para um corpo morto de um gigantesco monstro preso no porto da capital.
O corpo é tão grande que os golens que atualmente estão desmontando parecem sementes de gergelim de longe.
"Meiko não veio por aqui, certo?"
"Sim, esse deve ser o caso."
"De jeito nenhum que Seigi fez isso, acho que ainda há alguém forte lá fora neste mundo."
Herói Yuuki sorri.
Em pouco tempo, um assistente wingkin que foi encarregado de coletar informações no terreno volta.
"Dê-me seu relatório, Michael."
O herói Yuuki deu sua ordem sem sequer uma palavra de agradecimento ao atendente com penas coloridas.
"Meu nome é Mieka."
"Sim, sim, informe."
Mesmo enquanto suspirava com o herói Yuuki, que continuava chamando-o de Michael, não importa quantas vezes ele o corrigisse, o assistente wingkin transmite as informações que ele recebeu para o herói e seus companheiros.
"Esse é o corpo morto de um antigo monstro chamado Rei da Terra, que o Antigo Rei Cabeça de Cão comandou durante a era dos mitos."
"Um monstro mítico hein."
"As tropas do Deus Demônio..."
Os outros atendentes não conseguiram esconder sua surpresa quando ouviram o relatório.
"Eu já li alguns mitos sobre o Rei da Terra. Não é um monstro mais forte que o seu Lorde Demônio?"
Os atendentes afirmaram a pergunta de Yuuki.
"Quem matou isso?"
"Do Reino de Shiga--"
"Herói Nanashi?"
O herói fez uma suposição de alguém capaz de tal feito enquanto o wingkin estava respondendo.
"Não, é o Matador do Lorde Demônio, Conde Pendragon."
O herói Yuuki lembrou que era o nome do demônio sexual que Meiko conheceu em um café uma vez.
"Um japonês que está fingindo ser Arthur hein... Ai, meu lado."
Mesmo que ele nunca o tenha conhecido antes, o herói Yuuki está mantendo uma rivalidade bizarra com o Matador do Lorde Demônio.
"- Huuh? Não acha que essa coisa acabou de se mexer?"
Uma seção do Rei da Terra se moveu diante dos olhos do herói Yuuki.
Vozes não podem chegar tão longe, mas os golems e trabalhadores que estavam desmantelando o corpo estão se afastando em todas as direções enquanto o cadáver em movimento começa a quebrar prédios.
"Rei da Terra Zumbi?"
Imediatamente após o som de prédios esmagados chegar até ele, o herói Yuuki murmurou o resultado da habilidade [Analisar] que ele obteve da Deusa Parion.


"Alguém transformou isso em um morto-vivo ou algo assim?"
"Isso é provavelmente o trabalho de um demônio."
O herói Yuuki lambe os lábios quando ouve a resposta do atendente.
"Eu quero testar minha magia nisso."
"Você não deve, Yuuki."
"Evacue todos os caras abaixo."
O herói Yuuki ignorou a advertência do atendente e foi para o convés.
"Por favor, pelo menos, espere até que a aeronave chegue ao flanco."
"Se apresse."
O herói Yuuki pega a espada sagrada Laevateinn que ele tirou do seu [Inventario].
"Lustre-me com magia de apoio. Não as defensivas. Apenas coisas que aumentam a magia. Então coloque toda a sua mana restante na minha."
Os assistentes lançam magia de buff no herói enquanto o dirigível gira em torno do flanco do Rei da Terra Zumbi.
"Vamos fazer isso, poder total - ei vocês, coloque um pouco de ânimo nisso!"
O herói Yuuki gritou para os atendentes que estavam atrás dele.
Eles são numerosos. Ao contrário de outros heróis, muitos são de nível 30.
"Ajuste Doméstico (Todos para Mim)."
O corpo do herói Yuuki está envolto em luz azul que então se conecta aos atendentes atrás dele.
Os atendentes soltaram vozes de agonia.
Essa luz também se estende em direção ao motor principal do dirigível, absorvendo uma enorme quantidade de mana.
"Alcance Ilimitado (Qualquer Lugar, Não Importa o Quão Distante)."
Mais uma vez, a luz azul envolve o herói Yuuki e a espada sagrada Laevateinn, que ele mantém no alto.
O herói Yuuki não pode ser parado nem mesmo pela aeronave que agora desliza lentamente.
"Explosão Romântica (Glória Junto com meu Nome)."
A terceira luz azul envolve o herói Yuuki.
É uma intensa luz flamejante.
Os assistentes por trás do herói Yuuki caíram no convés.
"<> Laevateinn!"
Uma chama vermelha soprando em direção ao céu se ergue da espada sagrada Laevateinn, uma vez que ele leu em voz alta seu versículo sagrado.
Chamas vermelhas e azuis se combinam em uma chama roxa abominável que queima o céu.
"--COOOOMMAA IIISSSSOOO!"
Com o balanço da espada, a chama explosiva roxa corre violentamente para frente.
Aquela chama engoliu o corpo do Rei da Terra que estava longe da distância normal, afundando-o na profundidade do fogo do inferno.
"Kukukuku, eu sou forte. Minha magia derruba até monstros míticos."
Enquanto iluminado pela luz ardente da chama vermelha e azul, o herói Yuuki está rindo alto em seu joelho enquanto se agarra à sua espada sagrada no convés. A luz do êxtase habita em seus lânguidos olhos afundados.
Talvez o feiticeiro que transformou o Rei da Terra em um morto-vivo fosse inexperiente, já que o poder defensivo e a saúde do Rei da Terra Zumbi estavam muito abaixo de seu estado vivo, mas ainda era um monstro que não podia ser derrotado pela magia comum.
O poder de fogo da chama que o Herói desencadeou agora provavelmente ultrapassa até mesmo o feitiço proibido da magia das chamas, [<>].


◇◇◇


"Seus desejos de reconhecimento podem ser um pouco mais fortes do que outros, mas ele geralmente é um bom garoto. Sua tendência a se apressar não é diferente de Meiko, mas tenho certeza que pode ser consertado com o tempo se outros se importarem com isso."
Ringrande não disse em voz alta com quem ela o comparou, mas todos aqui aparentemente adivinharam quem era.
"Inicialmente ele andava por aí vomitando chamas em todos os lugares como um piromaníaco, mas uma vez que o colocamos com alguns atendentes confiáveis, ele ficou melhor."
Satou pensou que o Herói Seigi também tinha alguns atendentes confiáveis com ele.
"Eu não estou tão bem familiarizado com o último herói, Fuu."
"Eu me lembro dele sendo um garoto tímido que não conseguia manter conversas bem."
Herói Fuu tem dificuldade para se comunicar, Satou fez uma anotação mental.
"Sua habilidade era do tipo observação, mas por alguma razão, ele tentou muito duro aprender magia, não é?"
"Sim, suas aptidões para magia elementar aparentemente não eram boas, mas ele é habilidoso em Sou--Magia de Invocação."
Satou notou que Maryest iria dizer [Magia da Alma] e se corrigiu, mas ele não iria prosseguir.


◇◇◇


"Kehya, kehya kehya kehya".
Rindo como se estivesse convulsionando em um lugar escuro como um templo, era o [Herói de Parion] Fuu que não deveria estar em tal lugar.
"Nossos familiares reais, Cavaleiros Vampiros, não têm igual!"
Antes da linha de visão do Herói Fuu estão os Cavaleiros Vampiros que estão lutando sem mostrar nada como se quisessem se gabar de seus belos corpos. Eles estão lutando contra monstros convocados pelo Herói Fuu.
Mesmo estando sozinho aqui, ele parece ter o hábito de se referir a se mesmo como "nós" e "nosso".
O jeito que ele poderia gritar em voz alta entre a voz borrada de sempre é provavelmente outro hábito do Herói Fuu.
"Nosso nível subiu mais uma vez. E agora, reciclar monstros mortos -"
Herói Fuu olha para os cadáveres com suspeita, depois os cadáveres são revividos como mortos-vivos.
Deve ser o trabalho da Magia da Alma [Animar Morto-Vivo] lançado sem canto.
"- Segunda rodada. Vá vencê-los novamente."
Como ordenado, os Cavaleiros Vampiros saltam sobre os monstros que foram ressuscitados como mortos-vivos.
"Um pelotão de Cavaleiros Vampiros de nível 50 deve ser feito até o final de hoje, após outros 100 conjuntos."
Enquanto resmungava para si mesmo, Herói Fuu convocou mais monstros e ofereceu seu pescoço aos Cavaleiros Vampiros.
"Vamos elevar nosso nível assim que um pelotão de nível 50 de Cavaleiros Vampiros estiver completo."
Uma pulseira feita de Cristal Azul está equipada no kehya kehya-ando Herói Fuu.
"Nós temos bastante mana desde que esta pulseira esteja em nós."
É        ma pulseira de dispositivo terminal para o Núcleo da Cidade que originalmente não deveria ter caído na mão de um herói.
"Metade da vasta quantidade de mana do Império Saga é para nós usarmos livremente à vontade."
Herói Fuu deu um sorriso complacente e depois murmurou para si mesmo:
"Vamos criar um exército invencível".
"Fuu-han, você está aí?"
O coração de Herói Fuu quase pulou de sua boca quando ouviu a voz de alguém de um espaço vazio.
"...Sim."
Herói Fuu ficou aliviado quando se virou e viu um rosto familiar.
"Ah é você."
Herói Fuu murmurou baixinho.
Ele timidamente olha para a outra parte.
"Outro dia, outro paraíso zumbi aqui, eu entendo."
"N-N-não entenda errado! Eles não são mortos-vivos, não são zumbis."
Ele ficou tão enfurecido, é como se ele fosse uma pessoa diferente.
Ponto de ebulição do herói Fuu parece ser inesperadamente baixo.
"Oh assustador, assustador. Acalme-se, ok".
Para o Herói Fuu, esse alguém com dialeto falso de Kansai parece estar provocando ele.
"A-a-a quanto tempo você está aqui."
"Estou aqui para buscar mais potes ou dúzias de Mosquitos Vampiros."
Este alguém foi para os grandes potes de barro alinhados no canto da sala depois de assistir divertidamente o Herói Fuu, que estava colocando uma bravata.
"F-faça como você gosta."
"O que é isso? Há apenas três potes aqui." "I-Isso não é o suficiente? M-mas três devem ser abundantes, não é? Não sei se você está usando isso como um ingrediente para a poção mágica ou algo..."
Herói Fuu disse isso como se estivesse reclamando com o cara por obstruir sua missão de subir de nível.
"O que você disse?"
"Hiiiii"
Herói Fuu recuou com um rosto pálido da voz profunda.
"Achaa, eu estava apenas checando porque eu não te ouvi da primeira vez, veja. Não fique com os pés frios em mim agora." "Eu não fiz".
Herói Fuu tentou blefar da melhor maneira possível enquanto tremia, mas não funcionou no adversário enquanto ele agitava as mãos tremulas.
"Ceerto. Por favor, prepare uma dúzia de potes até a próxima semana. Uma epidemia está se espalhando na parte ocidental do continente, você pode ver. Não pode tomar o suficiente de remédios." "Eu-eu entendi. Eu vou fazê-los."
"Por favor. Você pode usar a quantidade de mana que quiser, mas tenha cuidado com as rachaduras na barreira da Yuika-chan quando estiver circulando mana, sim. Você tem que se segurar, porque é uma barreira antiga." "N-não precisa me lembrar, isso de novo."
Herói Fuu a contragosto balançou a cabeça enquanto sussurrava "Quem diabos Yuika?" dentro de sua boca. "Bem, então, continue, sim."
O cara desapareceu no ar como quando ele veio pela primeira vez. "... Maldito dialeto de Kansai."
Herói Fuu mandou o cara embora no momento em que ele tinha certeza de que o cara tinha ido embora para sempre.
As costas de Herói Fuu estão encharcadas de suor.
Mesmo para o herói Fuu, que se destaca na observação - ou, para ser mais exato, assassinato, era alguém a quem ele não podia tolerar.


◇◇◇


"- Eu acho que deveria encobrir isso?"
"Sim."
Ringrande deu sua confirmação para Maryest.
"Bem, elas podem ser bem imaturas, mas são todas boas crianças."
Ringrande fechou o tópico com isso.
"A propósito, no outro dia, Arisa, que estava junto com Mito-sama e Sistina-dono, veio aqui e se gabou sobre os novos vestidos que elas fazem você encomendar para elas -"
Satou pensou: "Isso é incomum mesmo para Arisa."
"Minhas desculpas, ela ainda é uma criança afinal."
"Ufufu, eu não me importo com essas coisas. Os vestidos delas eram tão maravilhosos que me deixavam ansiosa por um."
Maryest olha para Satou com um sorriso cheio de implicações.
"Então, eu pedirei a Arisa para fazer uma ordem para o vestido de Maryest-sama também."
"Sa-Satou-san!"
Sera tentou cortar Satou que facilmente fez a promessa sem pensar, mas ela manteve seu silêncio quando Satou lhe perguntou de volta: "Há algo de errado?" Parece que Sera não pretende cutucar o mato.
"Oh, desculpe por fazer parecer que estou me impondo a você."
"Satou. Apenas Mary?"
"Ane-sama!"
Sera se levantou da cadeira ao ouvir a piada da sua irmã mais velha.
"Qual é o problema Sera? Você vai me deixar fora, só eu?"
Quando Ringrande sussurrou: "Deixada sozinha, eu poderia deixar escapar algo da solidão", Sera ficou completamente em silêncio.
"Eu posso? Satou."
"Claro, Ringrande-sama vai receber o dela também."
Satou consentiu de boa vontade a Ringrande, que aproveitou a oportunidade para exigir um.
"Oh meu? Você tem certeza?"
"Sim. Por favor, pense nisso como um pedido de desculpas pelo problema que Arisa e as outras causaram, eu também não mostrei minhas apreciações pela informação desta vez."
"Essa pequena informação foi boa o suficiente?"
Satou afirmou: "Mas claro", para responder a Maryest rindo.
"Eu esperarei ansiosamente por isso."
"Eu também não posso esperar."
Olhando para os sorrisos das duas, Satou pensou para si mesmo: "Os vestidos pareciam tão bons?"
Isso não foi até mais tarde que ele percebeu o significado de suas palavras.


◇◇◇


"Estou de volta~, eu fui e perguntei a Sete sobre isso."
"Obrigado Mito. Você é uma grande ajuda."
Hikaru, que foi até o rei (Sete) e o primeiro-ministro em sua investigação, voltou antes de Satou e Sera, que estavam relaxando no Palácio da Ilha Solitária.
"Aparentemente, eles estão tratando o Herói Seigi como um avião de patrulha."
"Ele é como um detector de amplo alcance para demônios?"
"Sim, algo assim. E uma vez que ele encontra um demônio, o herói Yuuki seria chamado e atacaria de longe."
As informações da divisão de inteligência do Reino de Shiga são similares àquelas que Satou ouviu de Maryest, mas existem algumas diferenças devido à diferença em suas posições.
"Mas como o alcance do Herói Yuuki é bastante amplo, as cidades e os habitantes geralmente sofrem danos colaterais sempre que o fazem perto de uma cidade, então ele não é realmente apreciado."
Maryest disse que Yuuki melhorou, mas de acordo com as informações da divisão de inteligência, até mesmo o Império Saga está no final de sua sagacidade lidando com ele.
"A Heroina Meiko está visitando países que sofreram danos por monstros, mas na realidade parece que ela vem causando problemas nos lugares que ela está visitando."
Ela desafiou cavaleiros e guerreiros fortes sempre que ela ia e derrotou todos eles com um golpe.
"E desta vez ela vai para o Reino Dragg, provavelmente porque ela quer desafiar o Dragão Guardião do reino, você não acha?"
Satou sorriu ironicamente ao dizer: "Isso é tão parecido com aquela viciada em batalha da Meiko".
"Herói Fuu aparentemente está se fechando na Capital Imperial, então não tem muita informação sobre ele. Ao contrário dos outros heróis, aparentemente ele foi para a Masmorra do Herói uma vez, se assustou e se recusou a voltar." "Oh, isso já é muito."
Tudo bem, desde que ele seja inofensivo, disse Satou para Mito.
"Por enquanto, você poderia continuar coletando informações envolvendo heróis?"
"Un, eu acho que é uma boa idéia. Além disso, vou dizer a Sete para pedir ao Império Saga para segurar a rédea no herói Yuuki." "Sim, estou contando com você."
Mito parecia feliz por ter Satou dependendo dela, ela saiu depois de responder: "Deixe comigo!"
Zena que passou por ela quando entrou na sala foi para Satou enquanto achava a brincadeira de Mito incomum.
"Satou-san, o dirigível chegou a Pier Rock".
"Ah, obrigado. Zena-san."
Satou se levanta uma vez que ele ouviu isso.
"Satou-san, quem irá com você desta vez?"
"Este parece que vai ser perigoso, então eu vou levar apenas Liza comigo. Ela deve ser capaz de lidar com qualquer situação afinal."
A inveja brotou de dentro de Zena e Sera em Liza, que recebeu o selo de aprovação de Satou, mas lembrando que Liza não nutre sentimentos em relação ao sexo oposto em Satou, elas extinguiram seu ciúme.
"Zena-san, desculpe, mas você poderia chamar Liza aqui? Acho que ela está testando o exoesqueleto de vôo enquanto briga com Heiron no subespaço do deserto."
"Compreendo."
Mandada por Satou, Zena segue em direção ao portão do sub-espaço do deserto.
"Agora, estou indo embora. Vou tentar terminar o julgamento até hoje."
Satou se vira enquanto se prepara para sair depois de dizer isso a Sera, que está sozinha na sala de estar.
"Satou-san, por favor, não baixe sua guarda. Deus Zaikuon é frequentemente considerado um deus tolo que não conhecia seu próprio limite e passou a desafiar o Deus Dragão, no entanto, eu não acho que uma existência como Deus tomaria ações sem pensar nas consequências".
Satou pára em sua pista e se vira com as palavras inesperadas de Sera.
"Em outras palavras, o ato de escolher uma briga imprudente pode ter algum significado?"
"Sim, eu não sei o que isso seria, mas talvez houvesse algum tipo de mérito para Deus Zaikuon abraçar a morte uma vez."
"Entendi. Vou manter o aviso de Sera em minha mente enquanto enfrento Deus Zaikuon."

Satou atravessou o portão conectada à aeronave depois de dizer isso a ansiosa Sera.

Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!





Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários