Death March Webnovel 15-03

Posted



Death March 15-03
[Uma Aldeia Comum]

Satou aqui. Houve um momento em que as palavras [Reconhecimento de Assalto] se tornou popular devido a algum anime ou mangá quando eu era uma criança. Indo para uma cidade desconhecida com um trem, e rondando as ruas como um espião também era uma boa memória minha. Eu confundi o significado das palavras porque eu era uma criança embora.


◇◇◇


— Mestre, encontrei uma aldeia à frente. Avisando o batedor a frente com um espírito artificial.
— Nn, sombra.
Nana e Mia que estão vestindo traje doninhas estão, incomumente, em alta tensão.
Desculpe, mas não há necessidade de fazer isso.
— Está tudo bem. Parece que  todos eles são apenas seus aldeões amigáveis.
Eu puxo as mãos da Nana e da Mia que parecem um pouco desapontadas para irmos à aldeia.
Mesmo que os moradores apontem suas lâminas para nós, eles não podem danificar esses trajes de qualquer maneira.
— Yoo, viajantes.
— Heya, aldeão. Nós viemos para ver a construção do carro fumacento, é por perto?
Eu converso com um velho homem doninha-kin que está falando lentamente na entrada da aldeia.
A razão pela qual eu escolhi esta aldeia é porque, como eu disse anteriormente, este lugar é a mais próxima do local de construção da estrada de ferro.
Há mais pessoas rato-kin e coelho-kin do que doninha-kin nesta aldeia.
A coisa surpreendente é o fato de que não há nenhum nobre ou escravo, não apenas nas freguesias, mas também no território do Império Doninha.
No entanto, parece que os cidadãos são divididos em três classes. Se os cidadãos da terceira classe são realmente tratados como escravos, vamos vê-lo nós mesmos conforme percorrermos o país.
Eu me infiltrei nesta área me vestindo como um vendedor ambulante de licor típico para ver a situação.
— Esse soom você pode ouuvir? É aquele que está sobre a cooolina.
— Obrigado, morador. Isto é o que eu estou vendendo, tome um copo.
— Aww, obrigado.
Eu derramo saquê em um copo de porcelana e ofereço ao homem velho.
— Kaah, este material é boomm.
— Isso é bom?
— Deixe-me provar também.
Eu vendi o saquê para os outros dois aldeões, não de graça, mas por moedas de cobre azuis que é geralmente usada no Império Doninha.
Enquanto vendia o saquê, eu reuni informações, fingindo conversar com os idosos.
Eu deixei Nana e Mia para cuidar da venda ao longo do caminho.
— Vendedor de saquê, quer provar isso?
— Ah, obrigado.
Tomo a carne seca que o velho recomendou enquanto correspondia seu tom.
É uma carne seca salgada apenas como o que eu vi na [Freguesia].
— A aldeia fazia isso?
— Hm? De qual aldeia você veio?
— Do outro lado dessa montanha.
Os idosos pareciam estar em dúvida quando respondi.
Opa, parece que eu disse algo errado. Invoco o [Campo da Tolice] geralmente usado em interrogatório para confundi-los.
— Não pode ser evitado entãão.
— Você não pode comprar provisões econômicas do exército se não há nenhum carro fumacento.
De acordo com os idosos, parece que a barra de caloria fermentada fedida daquela época, em seguida, se torna saborosa se você a fizer em um mingau de arroz e colocar algumas ervas para eliminar o cheiro.
— Isso é boom desde a construção acabou e o carro fumacento veio.
— Ceerto. As crianças em crescimento agora podem comer até suas barrigas ficarem cheias, porque nós podemos vender as colheitas e comprar as disposições militares.
— Imperador Gracioso ee.
Ao contrário da outra freguesia, parece que o Imperador é bem-querido nestas aldeias agrícolas remotas.
Além disso, parece que os comerciantes que vêm montando o carro fumacento estão comprando suas colheitas.
— O que você está fazendo, o que há com esse cheiro de licor no meio do dia, mesmo que os jovens estejam trabalhando longe no canteiro de obras da estrada do carro fumacento.
— Aah, ancião. Tome uma bebida.
— Hou, saquê hein …. Quanto?
O ancião da aldeia gritou: —Barato! — Quando eu lhe disse o preço, e, em seguida, ele comprou todos os jarros de saquê que eu trouxe comigo.
Isso é bom e tudo, mas por algum motivo os moradores se reuniram e no final tornou-se uma festa.
Eu estava um pouco surpreso ao vê-los gastar esse tanto, embora não era o momento para a colheita.
As pessoas aproveitando o saquê estão vestindo roupas semelhante as do interior com um monte de remendos, mas cada um deles está sorrindo e parecendo saudável.
— Esta aldeia com certeza é próspera.
Voltei para o meu tom de costume, mas já não havia qualquer aldeão que se importava com isso.
— Sim, uma vez que o atual imperador tomou o reinado, o imposto passou de 7:3 para 4:6, entende. Assim, mesmo uma aldeia remota como esta pode ser relativamente próspera.
Do governo tomando 70% e aldeões 30% para eles tomar 40% e aldeões 60% huh?
Eu pensei que o imposto seria alto, já que esta era uma nação militar que desenvolveu a alto custo de baixo retorno de armas científicas …. Aparentemente, esse não é o caso.
— Viva o Imperador!
—Viva o Imperador! — Com um liderando, os aldeões seguravam os copos em suas mãos, gritavam juntos e riam “Gahaha”.
Mia que estava livre depois de vender todo o saquê se sentou no meu colo enquanto eu estava sentado no chão e, em seguida, ela abruptamente tocou seu alaúde.
É uma melodia divertida com tons — Eu odeio bêbados — às vezes misturados.
Ao lado da Mia, há Nana carregando algumas crianças que vieram recolher os pratos.
— Mestre, garanti os jovens organismos, então eu relato.
As crianças carregadas sob os braços da Nana não parecem que elas desgostam disso como elas estão absorvidas roendo biscoitos de arroz.
— Você tem uma bela esposa e uma filha bonita.
— Nn, casamento feliz.
— Entendo, a filha deve estar feliz também.
Mia parece satisfeita ouvindo o velho doninha-kin.
Ela deve ter pensado que ela é a esposa, mas infelizmente eu acho que ela está enganada.
No entanto, não há necessidade de apontar isso e desagradar a Mia.
Enquanto acariciava a cabeça da Mia com o tom do alaúde alterado para [Festa Divertida], eu misturo com bate-papo dos moradores.
— Então, eu vim aqui para vender meu saquê, mas está tudo bem para você fazer uma pausa do trabalho do campo?
— Sim, está tudo bem. Imperador-sama tem distribuído os pesticidas, entende.
— Graças a isso, nós nos livramos da praga problemática.
Mumumu, pesticidas hein… Estou um pouco preocupado em saber se eles obtêm a dose correta.
— Nós também temos os coelhos de corte.
Mia que ouviu coelho mencionado mudou sua linha de visão para nós.
Ela deve estar interessada nisso.
— Que tipo de coelhos são eles?
— É um tipo de coelho que só come ervas daninhas sem se importar com as colheitas.
Um dos idosos aponta para o campo.
É um pequeno coelho do tamanho de um rato.
— Se você não os colocar na cabana durante as estações de plantio e brotação, eles vão comer tudo com a erva daninha como o que aconteceu na casa do Gozan, entende.
— Eu falhei como representante da aldeia.
Entendo, ele tem o hábito de comer as plantas que têm apenas crescido huh.
— Graças a eles, o trabalho no campo é mais fácil agora.
— Duranteles vão para o lado de fora da aldeia para fazer mais campos.
— Não está bem, algo ou ouutro, os novos campos serão deles, jovens devem puxar a si mesmo juntos.
Eles estão desenvolvendo novos campos privados a longo prazo?
Ouvindo isso, Nana inclinou a cabeça e entrou na conversa enquanto ainda carregava as crianças.
— Monstros fora da aldeia são perigosos, então eu aviso.
— Está tudo bem. A força do império vem e derrota monstros e bandidos, entende.
— Não bandidos, eles são o exército de libertação dos tigres-kin, certo?
— As pessoas que estão brandindo armas e roubam comida das aldeias são bandidos o suficiente.
Eu tentei procurar o mapa por aqui e, assim como os moradores disseram, não havia nenhum monstro por aqui, mesmo no pé da montanha, havia apenas monstros fracos cujos níveis estão em único dígito.
— Os cavaleiros vêm patrulhando aqui uma vez por mês, mesmo agora.
— Eles foram em caça de espadas e tomaram espadas e lanças da aldeia, as espreitadelas eram louucas, mas...
— Temos as ferramentas de agricultura ao invés.
— Depois de obter algo tão bom, vamos ser punidos se nos queixarmos, entende.
Um velho homem carregando uma ferramenta de agricultura que parece resistente feita de ferro, nos mostra.
— Eles também fizeram o bem com clic-clique.
— Não click-clique com o botão, é bomba de água!
— Oh, não está bem. Você é o único que chama de bomba de água para parecer inteligente.
Aparentemente, eles ainda têm uma bomba de água manual.
O governo aqui parece estar indo muito bem.
Eu poderia ter chegado a respeitar o imperador incondicionalmente se eu não tivesse visto a freguesia.
— O que você disse!
— Tente dizer isso de novo!
Os dois idosos doninhas-kin que estavam discutindo desde mais cedo seguram o colarinho um do outro e se encaram não condizente com suas idades.
— Inacreditável, doninhas são fáceis de começar uma luta.
— Não diga isso, o nosso sangue ferve rápido desde o tempo do ancestral-sama.
O velho doninha-kin que eu conheci primeiro acoberta sua raça ouvindo o resmungo de um velho coelho-kin.
Como parece que isso vai se transformar em uma briga, o ancião da aldeia, finalmente, levanta-se, incapaz de ficar indiferente.
— Seus tolos! Se vocês querem lutar, faça isso na frente de Sua Majestade o Imperador!
O ancião da aldeia gritou enquanto segura uma garrafa de saquê em uma mão.
Parece que ele está pronto para entrar na luta.
Eu sinto que não havia um monte de intelectuais e racionais entre os doninhas-kin que conheci fora do Império Doninha, mas olhando para os moradores aqui, eu acabo pensando que essas pessoas devem ser uma exceção.
Ainda—Imperador?
De jeito nenhum, há um portão de teletransporte em uma aldeia remota, é algum tipo de termo?
Minha dúvida rapidamente se apura.


◇◇◇


— Aqui vou eu, Gozan!
— Vem, Banga!
Os velhos doninha-kin que tira seus casacos estão trocando golpes com socos magníficos.
Como os dois fizeram uma batida limpa um para o outro, eles cambalearam e caíram para trás.
Velho Gozan se levantou enquanto balançando, mas o velho Banga parece ter começado uma concussão cerebral, ele não está se levantando.
— O que está errado, Banga!
— Levante-se, Banga!
— Sua Majestade o Imperador está rindo de você!
— Isso mesmo, isso mesmo! Olhe afiado diante do Imperador!
Os moradores circundantes estão torcendo, ou melhor, zombando do velho Bangan.
O ‘Imperador’ que eles estão se referindo é uma estátua que os doninhas-kin fizeram de uma coisa semelhante a obsidiana colocada no centro da praça da aldeia.
Seu olho esquerdo é uma pedra vermelha, seu olho direito é uma pedra azul, luz suspeita vinda da imagem fica mais forte a cada vez que os moradores rugem.
….É uma estátua de deus maligno, não importa como você olhe para isso.
Na verdade, há um quadrado mágico incorporado na praça embora os moradores parecem não perceber isso, os moradores entusiasticamente gritam a cada vez, o seu poder mágico e resistência são drenados.
Nós resistimos ao dreno destinado a nós, mas o poder mágico vazando do nosso equipamento não conseguia, assim, um monte de poder mágico foi absorvido pela estátua do imperador.
Eu não sei se essa é a razão, mas eu sinto que a estátua começou a emitir luz vermelha como uma aura.
— Wooooo!
— Duryaaaaa!
Velho Banga foi capaz de se levantar de alguma forma, enquanto gritava, velho Gozan respondeu de volta com um grito também.
O soco anterior foi ruim o suficiente, mas agora os dois estão balançando os braços em torno trocando socos como de bebê.
Deve ser algum tipo de sentido doninha-kin de beleza que eu não entendo.
O dois punhos afundaram no rosto um do outro, e então eles desmaiaram, um duplo nocaute.
Nossa, não é uma luta entre idosos.
— Eles estão lutando por motivos idiotas desde que eram crianças.
— Ao contrário daquele tempo, agora temos Sua Majestade a estátua do imperador, não é bom.
— Você está certo, naqueles tempos um dos lados iria morrer depois de várias disputas em uma luta como essa.
— Doninhas não pode pisar no freio, uma vez que eles veem sangue, é assustador.
“Hã?”
Talvez a estátua de imperador é para o bem dos moradores, então eles não vão morrer desnecessariamente de uma luta por esgotar a sua força?
No entanto, a preparação de tais ferramentas mágicas caras que podem drenar o poder mágico em muitas aldeias deveria ter lhes custado muito.
Os doninhas-kin racionais e egoístas que eu conheço não podem ser tão generosos por apenas boa vontade.
— Ancião da aldeia, a estátua do imperador está brilhando veermelho.
— Fumu, a impureza se reuniu rápido desta vez. Normalmente, leva um ano…. Ora ora. Deixe os jovens que vão ao local de carro fumacento amanhã levar uma carta para a cidade.
— Seria boom se o funcionário-sama que truxer a estátua de substituição seja Moton-sama. Essa peeessoa estaria disposto a reparar o banco com a magia da terra.
— Oy Oy, você não deve pensar que o cidadão de primeira classe-sama seja ,como um substituto de bois e cavalos.
Fumu, a julgar pela sua conversa, parece que, embora os cidadãos de primeira classe são tratados como seus superiores, eles não parecem ser uma classe privilegiada como nobre.
Nós oferecemos o nosso adeus ao ancião da aldeia e fomos para o local da construção do carro fumacento.


◇◇◇


— Mestre, está cheio de homens musculosos, então eu digo.
— Mwu, clank clank.
Mia desistiu rapidamente a partir do ruído no local de construção, Nana perdeu o interesse já que não havia crianças no local, então os membros foram alterados.
As substitutas são Arisa e Hikaru.
— O carro fumacento é um trem, certo.
— Sim…. A estrada do carro fumacento também se parece com linha férrea completa com trilhos.
Parece que o carregamento de transporte do carro fumacento também desempenha um papel importante no estabelecimento da nova via férrea.
O canteiro de obras não só tem homens feras-kin e escamas-kin, há também e os que se parecem com tratores e escavadeiras.
Este último não está usando motores de combustão interna, eles parecem ser algum tipo de golem.
Parece que a ciência não é tão abrangente.
—bEu já vi isso antes, eu acho que a estátua do imperador é suspeita depois de tudo.
— Certo, certo, não é muitas vezes que há um item tão suspeito.
Arisa, Hikaru e eu somos da mesma opinião nesta matéria.
— Então, na próxima devemos seguir para onde a estátua imperador está sendo transportada.
Falando de perseguição,  ninja seria o ideal.
Eu deveria pedir à Tama para rastrear a rota de transporte da estátua do imperador da aldeia de antes.
Agora, então, será um ogro ou uma cobra a sair dela ….
Idealmente, eu adoraria se fosse [As montanhas produziram um rato].

Eu acho que a paz mundial é o melhor depois de tudo.


Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!





Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários