Isekai Maou Lightnovel 9-1-6

Posted




O Exército do Rei Demônio Invade – Parte 6

Ryoka inclinou a cabeça.
— O que você está fazendo? Deixando sua arma de lado… não me diga que pretende se render? Fique sabendo você, planejo matar todos aqui, entendeu?
— Não duvido disso. Por isso, permita-me lhe dizer… Não mostrarei piedade a vocês, Seres Demoníacos.
Galford não segurava uma espada. Mesmo assim, posicionou-se como se estivesse portando uma em sua cintura. Isso fez com que o rosto de Ryoka ficasse ainda mais confuso.
— Não parece ser apenas um blefe…
Uma gota de suor escorreu da testa de Galford, que não se movia um centímetro sequer. Seu batimento cardíaco aumentou o ritmo.
Respirava fundo repetidamente. Enquanto colocava-se em guarda, seus músculos saltaram. Aquilo que se tornou a base das Artes Marciais era a energia (SP) que fluía pelo corpo, era o que diziam. Se usada internamente, se tornaria uma Arte Marcial que aumentava o limite das habilidades físicas. Se esse fosse o caso, outras formas de usar também existiam.
— HAAAAA!!
Reunir SP externamente fazia com que ele se materializasse.
Lentamente, Galford agiu como se puxasse algo. Em sua mão, uma espada brilhante apareceu.
[Espada de Luz]
Ryoka mostrou um sorriso de orelha a orelha, o qual cobriu todo o seu rosto.
— Finalmente você está sério. Seu lerdão, quase acabei te matando antes.
Ela saltou. Era visível que estava muito mais rápida do que antes.
Emil percebeu que não foi levado a sério. Mesmo assim, seus companheiros foram mortos, até mesmo ele foi cortado, estando no chão agora, caído.
Ela era um monstro.
Ryoka estava em um nível diferente dos Seres Demoníacos. Mesmo que Galford fosse um herói da grande guerra, mesmo que usasse seu truque na manga, não havia como uma pessoa das Raças lutar contra aquele tipo de monstro — era isso o que Emil sentia.
Tomando a iniciativa, ela o atacou.
— Me mostre o quão sério está! Me divirta, humano!
— Sei!
Contra o corte dela, Galford, enquanto dobrava o corpo, a interceptou com a Espada de Luz.
Por mais incrível que pareça, ela transformou-se em fragmentos brilhantes. Ryoka riu de forma estranha.
— Hyaha!
— Haa!!
Galford moveu sua mão esquerda, agora vazia. Ao mesmo tempo, nela, uma segunda [Espada de Luz] apareceu.
Sangue fresco jorrou. As duas mãos de Ryoka foram atingidas.
— O qu-!? Como…!?
Sua Seiryuutou caiu no chão, junto de seus punhos. Com puro ódio nos olhos, encarou Galford.
— Não a deixarei escapar!!
No mesmo instante em que gritou isso, a espada que segurava na mão esquerda já havia se movido mais uma vez.

A cabeça de Ryoka caiu.

Voou para o alto, até que caiu no chão.
Agora, como uma cabeça recém decapitada, Ryoka arregalou os olhos, fazendo parecer que eles cairiam.
— Impossível!? Fui…!?
A visão dela gritando enquanto era apenas uma cabeça… com certeza não era algo humano.
Desta vez, Galford a olhava de cima.
— O que há de errado? Sorria… Lutas, são divertidas, não são?
— Nhg… Seu…!!
— Já que consegue se recuperar em um instante após ser ferida, não teme, por isso não presta atenção na defesa. Graças a isso, perdeu sua arma.
— Você tinha duas espadas! Isso não vale, seu trapaceiro!
— Trapaceiro, você diz… Esse é um grande elogio.
— Não tem vergonha de ganhar desse jeito!?
— Assim como eu disse antes, nunca houve uma vez sequer em que senti prazer pela batalha.
Galford perfurou a cabeça de Ryoka com a [Espada de Luz]

O sacerdote dos Seres Demoníacos, Lazpuulas, montava nas costas de uma gigantesca Besta Demoníaca e observava a situação da guerra. A que ele estava antes transformou-se em partículas de luz por causa do Canhão do Grande Rei Demônio.
Neste momento, ele estava em cima de outra Grande Tartaruga. Perto dele estava a [Usuária de Bestas Demoníacas], Manuela.
Mas, então, o comandante-chefe do exército do Rei Demônio, Ourou, apareceu.
— Como esperado do Herói da Espada Brilhante, Chester Ray Galford-nano dearu. E pensar que Ryoka, aquela que foi fortalecida até os limites, seria derrotada…
Ele tinha um olhar surpreso, mas isso provavelmente estava dentro de seus cálculos — era o que Lazpuulas pensava.
O comandante-chefe parecia achar que Ryoka era uma monstruosidade. Isso se dava pelo fato de que a jovem e desinibida garota sempre ignorava ordens. Os Seres Demoníacos que eram da antiga Facção de Edelgart também elevaram Ryoka até uma posição alta. Para solidificar sua própria posição dentro do exército do Rei Demônio, Ourou queria arrancar o talento que o ameaçava.
Era muito provável que a fez lutar sozinha já sabendo que perderia. Seria esse astuto Ser Demoníaco um estrategista sagaz? Ou seria alguém que buscava a segurança própria? Sua opinião estava dividida no momento, mas… De qualquer forma, o atual exército do Rei Demônio não teria chegado onde chegou se não fosse pelo seu comando. Sua liderança e determinação eram necessárias, sem dúvidas.
Lazpuulas virou o olhar para a caixa que caiu no chão.
Quanto ao porquê, era devido ao fato de que o Grande Rei Demônio Modinalaam-sama estava em um estado no qual já não poderia mais ser chamado de rei.
— Comandante-chefe Ourou, se não fecharmos a caixa…
— Já é tarde demais.
— O que você disse!?
— Parece que o Grande Rei Demônio-sama ficou interessado na luta.
— I-Isso… Vai ficar tudo bem? Outra cidade não vai ser aniquilada…? — Sua voz estava repleta de preocupação.
Para manter o atual exército do Rei Demônio, que cresceu em uma escala sem precedentes, uma grande quantidade de comida era necessária. Eles não tinham provisões.
Precisavam roubar das cidades das Raças.
Ourou virou a cabeça na horizontal.
— Se Faltra for removida, as várias bases atrás dela ficarão indefesas-nano dearu. Agora é o momento em que o Grande Rei Demônio-sama deve mostrar seu poder-dearu.
— Entendo…
— O erro do inimigo foi instigar o espírito de luta do Grande Rei Demônio-sama. Este é o destino que a resistência excessiva das Raças trouxe para elas mesmas-nano dearu.
— …
Certamente isso era algo que também estava dentro de seus cálculos, pensou ele.
Com a derrota de Ryoka e uma batalha daquele nível, o Grande Rei Demônio-sama ficou animado. Foi tudo um plano para transformar Faltra em uma terra arrasada e ganhar o controle total do lado oeste do Reino de Lifelia.
Quanta sagacidade.
Lazpuulas olhou para Faltra.
— E pensar que eles precisariam enfrentar o Grande Rei Demônio-sama… Mesmo sendo um Ser Demoníaco, ainda sinto pena das Raças.
— Sacerdotes são muito gentis-no dearu!

Isso pode ser verdade. Entretanto, o poder do Grande Rei Demônio era opressivo demais, tornando-os dignos de pena.

Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!





Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários