Isekai Maou Lightnovel 8-2-1

Posted


Tentando Ir a um Restaurante Familiar
Parte 1



Duas semanas depois–
O calendário havia mudado para novembro e apesar de estarem em uma região quente, as fortes rajadas de vento deixavam uma sensação fria.
Shera se inclinou do assento do cocheiro para fora da carruagem o mais longe que pôde. 
— É Faltra!
— …… Tome cuidado para não cair.
Rem, que estava guiando a carruagem, disse enquanto fazia um sorriso amargo.

— Então finalmente chegamos. — Diablo assentiu de maneira composta. 
— … Que bom que não tenhamos ficado sem comida. Eu me perguntava o que aconteceria com a gente quando ficamos parados por três dias devido à tempestade no caminho para cá.
— Umu, levou muito tempo.
Havia um duplo significado nas palavras de Diablo. Depois de saírem do Reino Élfico de Greenwood, eles escoltaram Rafleisha para a Vila dos Elfos Negros em Blackwood, e viajariam por catorze dias para chegarem à Cidade de Faltra. 
Foi uma longa jornada. No entanto, não foi só nesse sentido — Rem finalmente falou com ele normalmente de novo. Ela era do tipo que ficava brava com alguém por um bom tempo, mas dessa vez, parecia que ela realmente não conseguia entender como ele havia se deixado ser seduzido por Rafleisha. 
Ela ficou um por um longo tempo sem abrir a boca, mas agora seu olhar de desprezo finalmente retornou à atmosfera amigável que tinha antes. 
Diablo deu um suspiro de alívio em sua mente. 
“Vou parar de apenas seguir com o fluxo a partir de agora.” — Ele firmemente decidiu isso.

◇◇◇

Por volta do meio-dia, a carruagem passou pelo portão leste da Cidade de Faltra.
Rem puxou as rédeas e fez os cavalos andarem devagar.
Na estrada, multidões de pessoas iam e vinham, dando a impressão de que elas iriam esbarrar neles. Nos dois lados da rua principal, os donos de barracas haviam aberto suas lojas, transformando as ruas em um grande mercado, estimulando a multidão de pessoas.
— ...... Esta cidade continua mesma de sempre, apesar de que nem se compara com a Capital.
— Fumu.
Como Diablo não se dava bem com multidões de pessoas, ele se fechou. Sua condição estava melhor, já encontrava-se dentro da carruagem, no entanto a simples visão de um amontoado de pessoas, causava-lhe um mal-estar.
Shera estendeu as mãos para fora. 
— Havia muito mais gente na Capital Real, não era!
— ....... Era muito mais fácil dirigir na Capital já que as ruas eram mais largas.
— Ao invés disso, não parece ter mais gente do que antes?
— ...... Parece mesmo.
— Está tendo algum festival ou algo assim?
— ...... Não deveria havia nada programado, mas pode ter acontecido alguma coisa.
— Estou com fome... Por que não almoçamos? — Shera mudou de assunto.
— ....... A esse ritmo, vai demorar muito para chegarmos até chegarmos à estalagem, então essa pode ser uma boa ideia.
— Quero ver logo a Krum-chan, mas ela provavelmente deve estar andando por aí.
— Dá última vez ela tinha começado uma turnê gastronômica pela cidade, não é?
Krum havia tomado gosto pela culinária das Ralas, por isso ela sempre estaria fora por volta do meio-dia e ao entardecer para experimentar os pratos de diferentes lojas. O seu apreço pela comida chegou ao ponto em que ela declarou que, “Não iria mais destruir os membros das Ralas, já que biscoitos são deliciosos”. 
Entre os Reis Demônios do MMORPG Cross Reverie, havia aqueles com a alcunha de [Rei Demônio da Mente, Enkvaros] e [Rei Demônio da Insanidade, Modinalaam], mas por enquanto, ela seria [Rei Demônio do Apetite, Krum]
Dizem que os fundos para sua turnê são ganhos dados por sua subordinada, a Ser Demoníaca Edelgart, fazendo um trabalho de meio período na padaria [Peter].
— Seria ótimo que nenhum problema tenha ocorrido…
Shera se virou para Diablo ao ouvi-lo murmurar.
— Sobre o que está falando?
— Parece que Edelgart está trabalhando na padaria.
— Ahh, essa é a loja que vende os biscoitos que Krum-chan adora, não é?
— Era para ela evitar de ser vista.
— A maquiagem da Mei-chan é incrível, então tenho certeza de que está tudo bem.
Krum possuía cauda e chifres, já Edelgart, escamas e olhos semelhantes à de répteis. Para Seres Demoníacos, essas eram características moderadas, mas certamente seria um grande incidente se fossem descobertas pelas pessoas das Raças.
Só o fato que Diablo possuía chifres já havia sido uma enorme confusão...
Rem fez uma pergunta enquanto segurava as rédeas. 
— ... Vamos tentar ir até lá?
— Vamos! — Shera levantou a mão.
Agora, eles estavam no distrito leste e a padaria [Peter] ficava no distrito sul. A hospedaria [Alivio] se encontrava no distrito oeste, portanto seria um longo desvio, mas o caminho poderia ser menos tumultuado, pois estariam saindo da rua principal que se transformara em um mercado.
— Eu não me importo.
E foi isso que acabaram fazendo.

◇◇◇




O distrito do sul era um bairro de comerciantes, de modo que lojas de carruagens estavam por todo lado, portanto eles estacionaram em uma delas. A loja que escolheram, não apenas servia de estacionamento, mas também trataria dos cavalos com água e comida, além de fazerem reparos na carruagem caso fosse preciso. Considerando a longa viagem que Diablo e seu grupo haviam feito, solicitaram aos funcionários que fizessem uma vistoria.
Deixando a loja, o grupo caminhou até a padaria [Peter], onde uma grande multidão estava reunida na frente.
— …… Parece que está lotado, não é? — Rem inclinou a cabeça.
— A comida é deliciosa e, acima de tudo, está na hora do almoço!
Ele não negou as palavras de Shera, mas achava que a explicação não era satisfatória. Algo estava acontecendo, então Diablo olhou para os clientes e sentiu que alguma coisa estava fora do lugar.
— A maioria dos clientes são homens.
— … Agora que mencionou, é realmente estranho. Haveria mais clientes do sexo feminino se estivessem apenas comprando pão.
—  O cheiro aqui é muito bom.
A irresistível fragrância de pão recém assado não mudou mesmo em outro mundo. Como havia poucas chances de provar coisas deliciosas, sua vontade dobrou. Mesmo para Diablo, que não era exigente com sua comida, não pensava em ir a um lugar diferente, apesar de que estava lotado.
— …… Bem, por que não entramos?
Rem disse isso com um tom como se ela estivesse prestes a entrar em uma briga e Shera seguiu atrás dela. Ele jamais tinha visto algo semelhante a uma fila nesta cidade. Nos casos em que uma loja estivesse lotada, se ele aguardasse elegantemente o momento certo, poderia se espremer entre os que vieram antes. 
Os moradores não tinham o conceito de fazer uma fila e seguir em ordem. Muito menos haveriam pessoas que discutiriam sobre quem furava aonde. A razão para esse comportamento, não se dava pelo fato de estarem em outro mundo, mas provavelmente era apenas uma diferença de práticas culturais.
No entanto, mesmo sem organização, os habitantes da cidade não eram foras da lei, nem um bando selvagem. Ele não encontraria nem pessoas que tentassem usar de violência. Era um lugar onde um jovem de bom coração poderia caminhar para frente enquanto pedia licença, compraria o pão à sua frente e sairia... Era esse tipo de cultura.
“Bem, já que um Rei Demônio fazendo fila para alguma coisa é um pouco estranho em termos de imagem, isso realmente me ajuda.”
O grupo de Diablo entrou na loja. 
Havia um balcão onde era possível comprar pão de lá e sair. Como vidro se tratava de um artigo de luxo, não havia vitrine, portanto, as mercadorias ficavam alinhadas atrás do balcão e eram compradas apontando para elas ou usando o nome do bem.
A balconista era uma jovem garota Panteriana que tinha a aparência de uma empregada doméstica. 
— Bem-vindos.
Além daquele balcão, o interior da loja tornara-se um Café, com cerca de quarenta cadeiras, sendo muito grande considerando o pouco espaço disponível do lugar. Provavelmente haviam disponibilizado mais cadeiras devido a lotação.
Enquanto recebiam as boas-vindas, foram trazidas novas fornadas de pão e café. Rem ficou surpresa com o que viu e apontou o dedo. 
— …… DIABLO! AQ-AQUILO?
— O, ou...
— WAWA!? — Os olhos de Shera também começaram a  girar com o que viu.
Edelgart em seu uniforme de batalha estava presente aqui. Ela não tinha a maquiagem que apagava as escamas de sua pele, e seus olhos de aparência reptiliana estavam perfeitamente à mostra. Ela era claramente um Ser Demoníaco.
A única coisa de diferente era o avental em sua cintura cintura. 




“Sua identidade está exposta, não é!?”
Na mão em que ela normalmente segurava sua lança, estava uma bandeja com utensílios de mesa. Ela chamou um homem que estava sentado.
— Bem-vindo ~ de …… volta? Rei Demônio-sama? Rei Demônio-sama! 
O cliente disse com prazer: "Estou de volta, Edel-chan", e mostrou uma expressão descontraída.
Rem e Shera ficaram abaladas por ela estar em sua aparência demoníaca. 
Diablo fez uma conjectura. 
— Será que não é... algo como aquilo?
“Não se assemelha bastante a um Maid Café?” 
— ... Vo-você sabe de alguma coisa, Diablo?
— Va-vai ficar tudo bem?
Diablo baixou a voz e tentou explicar as duas.
— Vejam com mais atenção os arredores. Os clientes não consideram Edelgart como um Ser Demoníaco genuíno.
— ... Agora que você mencionou....
— Ninguém está assustado.
Para começar, Seres Demoníacos são criaturas que caçam as pessoas das raças. Se um deles estivesse atendendo aos pedidos em um café, seria natural acreditar que se tratava de um cosplay de Ser Demoníaco.
Um cliente Anão que estava alinhado ao lado deles começou a falar sobre isso, embora não o tivessem perguntado.
— Fufufu ...... No início, a maquiagem de Ser Demoníaco da Edel-chan tornou-se o maior tópico de fofoca pela cidade, e então até mesmo outras garçonetes começaram a imitá-la. Dessa forma, este lugar acabou recebendo o nome de “Café dos Seres Demoníacos” pelos frequentadores.
— O cliente não acabou de ser chamado de Rei Demônio?
— Maravilhoso, não acham? Isso porque os donos da [Peter] são excelentes em seguir o fluxo.
Os lojistas deste lugar eram três irmãos Grasswalker que se diziam juntos serem o “Peter”. Para transformar um tópico de fofocas como esse em um grande negócio, o espírito comercial dos irmãos era de fato impressionante.
Esperando por um tempo, o grupo de Diablo também foi guiado para alguns lugares até que Edelgart veio atende-los. 
— Ah.
— Parece que você está trabalhando bem.
— Diablo-sama …… Voltar? Bem-vindo, de vol~ta!
— Umu.
A Edelgart atualmente era subordinada ao Rei Demônio Krebskrum – Krum-chan. Desde que Diablo havia tornado Krum em sua escrava, ela passou a trata-lo como seu superior.
Apesar de que ele não sabia quanto do efeito da [Magia de Escravização] seria exercido sobre um genuíno Rei Demônio... Afinal, normalmente  coisas como “Morte Instantânea”, “Paralisia” e “Petrificação”, não funcionassem em inimigos de classe Chefe.
Rem olhou para cima e para baixo Edelgart.
— …… Você não colocou a maquiagem da Mei-chan na pousada?
— Chuva ~ caiu.
Parecia que ela ficou molhada e a maquiagem escorreu. Diablo entendeu isso depois de viajar um pouco, mas sem ficar restrito à Faltra, o tempo chuvoso era bastante raro neste mundo. Parecia chover mais perto das montanhas e dias ensolarados eram mais comuns nas planícies.
Equipamentos de proteção contra chuva não ficaram popularizados por conta disso. Os nobres tinham chapéus e casacos, mas pessoas normais não usavam cobertura contra a chuva e Guarda-chuvas sequer existiam. Como não havia nenhum pano naturalmente à prova d'água, não havia como fazê-los em primeiro lugar. 
Rem falou com um olhar de espanto. 
..... Em dias chuvosos, você deveria ter apenas tirado o dia de folga.
— Subitamente, estar ausente do trabalho é~ incomodo, para a loja?
— Ugh …… Esse é um argumento sólido, mas…
Ela jamais imaginou seria persuadida sobre a consciência de responsabilidade no trabalho por um Ser Demoníaco.

— Falso Rei Demônio! — Shera de repente levantou a voz. 
O coração de Diablo parou por um segundo. Ele chamou em particular a maneira como agia de "Papel de Rei Demônio". Resumindo, um Falso Rei Demônio.
Ele entrou em pânico pensando que o segredo que tinha escondido a todo custo finalmente havia sido exposto.
Edelgart acenou com a cabeça às palavras de Shera.
— Um Falso Rei Demô~nio.
— Mumu?
Quando ele baixou o olhar para o menu... Misturado com coisas como Gelato de Seres Demoníacos, Panqueca da Besta Demoníaca, Torta Demoníaca, havia um pão chamado “Falso Rei Demônio”.
Rudy: Precisei Adaptar pois a piada só fazia sentido no inglês =/
Diablo deu um grande suspiro e limpou o suor frio. Então ele não havia sido exposto. 
— ……Algo de errado? Você está pálido. — Rem falou preocupada com ele.
— Ah, não… Não é nada.
— … Estou pensando em comer uma Torta Demoníaca. E quanto a você, Diablo?
— Pão de Queijo.
O menu limitado ao Café dos Seres Demoníacos também era atraente, mas o pão de queijo desta loja foi soberbo. Como ele estava planejando deixar a cidade novamente, seria bom aproveitar para comê-lo enquanto podia.
— ...... Bem, então, três cafés junto com tudo isso.
— Entendi~do?
Edelgart foi para a parte de trás para dar o pedido. Olhando para a forma como ela trabalhava, não só atendia às mesas, como também conversava com as pessoas.
Clientes que contavam as histórias sobre si, clientes que falavam apenas sobre seus hobbies, clientes que bebiam álcool durante o dia. Havia bêbados e clientes com vozes altas, mas sendo um café, ninguém foi grosseiro. 
Rem olhou para o interior da loja. 
— ..... Esta certeza é uma loja peculiar, não é?
— É tão incomum assim?
— …… Sim. Para começar, os cafés só foram criados recentemente.
—  Umu.
Foi só recentemente que um certo café que popular na capital real, decidiu abrir uma loja no distrito central de Faltra. Era uma loja de alta classe que as pessoas comuns podiam usar devido à sua localização e seus baixos preços, mas as lojas que passaram a imita-la aumentaram uma após a outra. Diablo achava que aquele lugar também seria um deles, mas a atmosfera era bem diferente. 
Desde que Edelgart chegou carregando o pão e o café na hora certa, ele tentou perguntar sobre isso. 
— Quem foi quem pensou nessa loja?
— Peter? Amigo, ver ~ na Capital Real? Ver!
Era difícil de compreender o que ela estava falando, mas de alguma forma, Rem parecia ter conseguido captar algo.
— ...... Desde que um amigo dos lojistas deste lugar, viu uma loja semelhante na Capital Real, eles decidiram imitá-lo, é isso? Não era um café, mas um lugar onde Seres Demoníacos servem os clientes?
— Seres Demoníacos ~ errado! Lá, monstros?
— …… Monstros!?
— Monstros?
Ela fez várias perguntas para Edelgart, que estava com falta de palavras, como de costume, e conseguiu algumas informações dela.
— … Parece que o da Capital Real é um Café de Garotas Monstros. As garçonetes atendendo nas mesas possuem chifres, presas e outros cosplays como esses.
— Fumu.
“O que há com isso, eu quero tentar ir lá!”
Soava como um lugar divertido. Se eu soubesse disso quando ficaram na Capital, ele teria ido — foi o que pensou Diablo, mas ele não demonstrou isso em seu rosto. Um Rei Demônio frequentando um Café de Garotas Monstros era uma coisa consideravelmente difícil de fazer. 
“Algum dia, irei escondido até lá!”  — Ele secretamente fez essa promessa. 
No entanto, quem teria pensado em criar algo como um café de Garotas Monstros? Mesmo que os cafés normais tivessem sido criados ainda recentemente? Diablo foi convocado de seu mundo original e transferido para esse outro mundo. Desde que ele tinha a aparência e habilidades de seu personagem de jogo, por isso pode ser um pouco diferente de uma transferência normal, no entanto...
Poderia haver outros jogadores semelhantes a ele?
Tomando a xícara de café em sua mão, ele refletiu sobre essa possibilidade.

Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!



Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários