Isekai Maou Lightnovel 7-1-1

Posted



Sylvie Novamente
Parte 1

No dia seguinte, à noite—
Rem saiu do quarto de Shera.
— …Parece que ela está um pouco melhor do que ontem, sendo capaz de comer um pouco, afinal.
— Ela ainda não consegue se levantar?
Ela assentiu com a cabeça à pergunta de Diablo.
— ...Ela mal consegue levantar o corpo da cama. Acho que vai levar algum tempo. Mas parece que os sentimentos dela se acalmaram.
— Entendo.
Já estava na hora deles jantarem também.
Eles pediram para ter suas refeições transportadas para a sala comum.
Rem olhou ao redor.
— …Horun ainda está em seu quarto?
— Umu. Parece que ela está estudando o livro que Lumachina lhe entregou esta manhã.
— ...Esse com certeza é um livro nostálgico. Eu também o li quando aprendi os fundamentos da magia.
— Fumu.
Diablo cruzou os braços e olhou pensativo.
Em relação a escrita deste país, como esperado, ele aprendeu o suficiente para saber os nomes de mercadorias e etiquetas de preços, mas não o bastante para ler um livro.
──Pensei sobre isso antes, mas me pergunto se eu deveria tentar aprender a ler e escrever também?
No entanto, um Rei Demônio que estuda no mesmo nível de uma criança, provavelmente não combinaria com seu ideal.
Embora tivesse seu próprio quarto agora, ele normalmente estaria comendo e dormindo junto com Rem e Shera. Não parece que haveria momentos para estudar sozinho.
A porta foi batida.
Por acaso seria um funcionário da [Casa da Fênix] trazendo a comida?
Rose, a Empregada Magimata, foi recebê-lo.
Ela girou a maçaneta e a porta se abriu.
No auge de sua linha de visão, orelhas de coelho balançavam.
Elas pertenciam a uma Grasswalker de cabelos rosados e um sorriso amável.
— Ya~, Diablo-san! Finalmente encontrei você!
Erguendo a mão para cima, ela acenou para esquerda e direita.

Suas vestes eram compostas apenas por uma pequena quantidade de tecido, quase como se estivesse nua.

Diablo abriu os olhos arregalados.
— É você, Sylvie!?
— …VOCÊ NÃO PERCEBEU ATÉ PRESTAR ATENÇÃO NAS MINHAS ROUPAS!?
Com os olhos reprovadores voltados para ele, Diablo derramou um suor frio em sua mente.
— H-hmph… N-Não diga bobagens.
Diablo era pobre em lembrar os rostos das pessoas. Mas se fossem configurações de jogo, sua memória seria excepcional.
Rose fez uma confirmação.
— Mestre, esta pessoa não é um inimigo.
— Umu. Mas não baixe sua guarda perto dela.
— Ahaha… Oh, por favor, Diablo-san. Eu sou uma aliada, sabe? Você é um aventureiro da cidade de Faltra e eu sou a Mestra da Guilda, certo?
Ela era uma mulher influente a qual podiam confiar.
No entanto, como no caso de Krum, houve momentos em que ela se opôs a eles. Sylvie era uma aventureira que lutou pela causa das raças. Como ela não devia obediência a Diablo, era possível que ela se tornasse uma inimiga, dependendo da situação.
── Por enquanto, não parece haver hostilidade entre nós, então por que ela veio aqui?
Já que não sabia o motivo de sua visita, Diablo estava nervoso em sua mente. Mesmo assim, ele lidou com ela enquanto parecendo confiante, com seu habitual papel de Rei Demônio.
— Hmph… Para vir expressamente até a Capital Real a partir da cidade de Faltra, você deve ter algum negócio importante, não é mesmo? Ao menos farei a bondade em ouvir sua história.
Dizendo: “Perdoe a intromissão”, Sylvie entrou na sala.
Com um comportamento infantil, ela foi e sentou-se no sofá.
Desde que pertencia a raça Grasswalker, sua fisionomia era a mesma de uma criança, mas aparentemente, ela havia participado na [ Guerra Entre as Raças e Seres Demoníacos], que ocorreu 30 anos atrás.
Naquele momento, a porta foi batida novamente. Desta vez, foi para preparar o jantar. Bandejas de vários tamanhos estavam alinhadas na longa mesa da sala comunal. Um aroma saboroso flutuava no ar.
Os olhos de Sylvie brilharam.
— Fuwaah… Há algum tipo de comemoração hoje!?
Rem deixou seus ombros caírem.
— …Nesta pousada, todas as três refeições são geralmente assim.
— Isso é incrível!
— …Desde que você veio, por que não come conosco, então? Já que porções de Shera e Rose serão deixadas no fim das contas.
Como Rose era uma boneca Automata Mágica [Magimata], ela não fazia refeições normais. E então, a porção de Horun foi levada para o quarto dela.
Sylvie inclinou a cabeça.
— Agora que você mencionou, o que há de errado com Shera-chan?
— …Ela está um pouco debilitada.
— Arara? Poderia ser, foi porque ela ouviu falar de seu pai?
— …Então você já sabia.
— Recolher informações é um dos trabalhos de um Aventureiro, afinal~
Enquanto dizia isso, Sylvie moveu uma cadeira, enquanto com garfo e faca nas mãos.
Devido a terem viajado junto com Lumachina, Rem e os outros adquiriram o hábito de rezar antes de uma refeição.
Diablo também esperou em silêncio.
Enquanto comia, acabaram ouvindo a história de Sylvie.
— * Hagu * hagu * * hagu * …
— Sylvie, não apenas coma, fale qual assunto você tem a tratar.
— * Hanguh * … * Ngaguguh! * Puhaa! Não me apresse assim. Eu cheguei à Capital Real com urgência.
* Perori * Tendo engolido completamente um frango assado, ela lambeu os lábios com a língua.
Rem fez uma pergunta.
— …Como você descobriu que estávamos nesta pousada?
— Quando vocês visitaram a cidade de Faltra, estavam trazendo consigo a Alta Sacerdotisa Chefe e disseram que viriam para a Capital Real. E assim, depois de ir para a Grande Capela, fui informado pela própria pessoa.
— ...Você diz isso como se fosse tão simples, mas estou surpresa. Na cidade de Faltra, Lumachina cobriu o rosto para que sua identidade não fosse exposta. Além disso, para ter uma reunião cara-a-cara com a Alta Sacerdotisa, vários arranjos deveriam ter sido necessários.
— Tenho confiança em meu poder de observação. E embora uma reunião cara-a-cara fosse difícil normalmente, depois de revelar seus nomes, tive permissão imediata para encontrá-la.
— …Fazer algo tão perigoso… Se tivéssemos falhado e o Instituto Cardeal ainda estivesse no controle da Igreja, o que você teria feito?
Ela expressou um sorriso infantil.
Diablo a encorajou em continuar sua história.
Sylvie bebeu um pouco de suco de uva.
— * Gokun *, * gokun * …Puhaa! Tão doce~, Isso me trouxe de volta a vida . E então... Uma parte dos meus negócios, era sobre o pai da Shera-chan, mas, parece que não há mais a necessidade em contar para vocês, certo?
— ...Só para ter certeza, eu gostaria de confirmar isto. O pai de Shera, o Rei de Greenwood faleceu, é essa a informação?
— Sim. Embora a rainha, que é sua mãe esteja viva, já que ela não tem sangue real, não tem direito de herança. Falando francamente, se Shera-chan não voltar para casa, a linhagem chegará ao fim.
Diablo bufou.
— Isso não é da minha conta.
— Hahaha… Achei que você ia dizer isso. Mas não acha que Shera-chan gostaria de voltar para casa ao menos uma vez? Depois da morte dos pais, as pessoas normalmente pensam que gostariam de oferecer uma oração em frente ao túmulo, afinal. Diablo-san, você não iria se opor a isso, certo?
Mesmo quando estavam em Faltra, embora não se encontrasse tão frequentemente com Sylvie, ela havia visto completamente através de sua personalidade.
Rem fez uma pergunta.
— …Se Shera retornar ao seu país, ela se tornaria a rainha?
— Quem sabe? Eu não sei até onde vão os costumes do Reino Greenwood. Algo como um Rei Élfico falecer enquanto só tem filhas, tanto quanto sei, esta é a primeira vez que isso acontece. Bem, se você está preocupada, não seria melhor acompanhá-la?—
— ...Isso é o que pretendemos fazer embora.
— Fufu... Você mudou, Rem-san.
— Eh?
— No passado, você diria: ‘Eu não preciso de companheiros’, e não importa qual equipe lhe convidasse, você se recusaria.
— …I-isso é… Eu...
— Poderia ser uma influência de Diablo-san?
— ...Em um certo sentido, pode-se dizer isso.
— Também tem alguma conexão com o Rei Demônio sendo selado dentro de você, Rem-san?
— COMO É!?
Derrubando a cadeira, Rem levantou-se.
Diablo também ficou surpreso.
COMO ELA SABIA?”
No entanto, sua aparência externa nem sequer ocilou.
— Sylvie, essa história... Você ouviu de Celes?
— Celes-san não fala sobre segredos. A Guilda dos Magos está de boca fechada. Bem, se eu tivesse que revelar o segredo... Diria que ouvi de Krum-chan. Depois que dei a ela alguns biscoitos de amêndoa Ralivel que, segundo rumores, eram os mais saborosos do mundo, ela me contou várias coisas.
Sylvie sabia que Krum era um Rei Demônio.
Provavelmente foi por essa razão, que Krum pensou que não seria um problema falar sobre outras coisas.
A expressão facial de Rem ficou sombria.
— ...Kuh... Como pensei, não posso deixar minha guarda baixa ao seu redor.
— Isso é lamentável. Mas Rem-san, é melhor do que ser incapaz de ajudá-la por não conhecer suas circunstâncias. Por que você não falou comigo sobre isso? Mesmo que eu pense em todos os Aventureiros afiliados à guilda como minha própria família.
— …….............. Isso porque eu não consigo confiar em seu discurso e conduta....
— Aryarya~ Você não pode fazer algo sobre isso? O negócio mais importante que vim tratar na Capital Real estava realmente relacionado a você, Rem-san.
— ...A mim...?
— Eu entendo que esteja sendo cautelosa quanto a mim depois do caso com Krum-chan. Eu realmente gostaria que você pudesse confiar desta vez ♪
Sylvie piscou para ela.
Rem parecia não conseguir decidir qual atitude tomar.
— …C… Certamente, o Rei Demônio Krebskrum foi selado dentro de mim. No entanto, isso é algo do passado.
— Isso é realmente verdade?
— …......................... O quanto você sabe?
Rem parecia querer fugir da sala a qualquer momento. Suas orelhas triangulares de Pantherian estavam baixas e achatadas, e sua cauda longa e estreita balançava em nervosismo.
Sylvie estendeu as duas mãos.
— Não seja tão vigilante. Por que não te conto tudo o que sei? O fato é que, a menos que ganhe sua confiança , não posso fazer nada, ok?
— ...Vamos ouvir.
Depois de respirar fundo, Rem voltou ao seu lugar. Sylvie começou a falar, como se estivesse contando uma história antiga.

Se você gostou deste capítulo, CLIQUE AQUI, solucione o Captcha e aguarde

por 5 segundos, assim estará apoiando a Anime X Novel!





Share on Google+

Faça uma busca aqui por mais Novels e Mangás em nossos Sites Parceiros!

You Might Also Like

Comment Now

0 comentários